fbpx

Fluminense é condenado pela Justiça por ação de argentino que atuou apenas duas vezes pelo clube

Foto: Mailson Santana / FFC

O Fluminense sofreu uma derrota no Tribunal Regional do Trabalho da 1° Região do Rio de Janeiro em ação movida pelo argentino Claudio Aquino, que atuou pelo tricolor em 2016 e hoje defende o Cerro Porteño, do Paraguai. A decisão foi divulgada na última sexta-feira pela juíza Cristina Almeida de Oliveira, da 31° Vara do Trabalho.

O atleta entrou com a ação em janeiro de 2019 cobrando o valor de R$ 1.260.077,15. A magistrada não acatou todos os pedidos do argentino. O valor da indenização será definido posteriormente.

As partes podem recorrer da decisão. Por conta da pandemia do novo coronavírus, os prazos estão suspensos. O Fluminense deve se manifestar sobre o assunto assim que retornar às atividades.

Claudio Aquino chegou ao Fluminense por em empréstimo de um ano, vindo do Independiente, da Argentina, em julho de 2016, ainda na gestão Peter Siemsen. Atuou apenas duas vezes pelo clube e não deixou saudades.

Fluminense reage, mas estreia com derrota para o São Paulo no Brasileiro sub-17

Foto: globoesporte.com

O Fluminense começou mal o Campeonato Brasileiro sub-17. A garotada de Xerém tentou, mas sucumbiu diante do São Paulo fora de casa. O time paulista abriu 2×0, o Fluminense empatou ainda na primeira etapa. Após o intervalo os paulistas voltaram mais ligados e ampliaram a vantagem para 4×2. O tricolor carioca diminuiu no último lance do jogo e o duelo terminou 4×3. Os gols do Fluminense foram marcados por Kayky, Matheus Martins e Daniel.

A garotada volta a campo na próxima quarta-feira para enfrentar o Goiás, às 15h, nas Laranjeiras. O Brasileiro sub-17 é dividido em dois grupos com dez times, todas as equipes do grupo se enfrentam e quatro avançam para próxima fase. Com a derrota na estreia, o tricolor ocupa a sétima colocação.

Com Egídio poupado, Orinho assume a titularidade contra o Resende

Foto: Lucas Merçon/FFC

O técnico Odair Hellmann resolveu dar um descanso para o lateral-esquerdo Egídio. Visando o jogo de ida pela terceira fase na Copa do Brasil, o jogador sequer foi relacionado para a partida contra o Resende.

Com a ausência de Egídio, a tendência é que Orinho seja titular novamente. O atleta não anda muito prestigiado com a torcida e vê nesse jogo uma oportunidade única de mudar o cenário.

Orinho: “É um jogo muito importante para mim, levo como mais uma oportunidade para a minha vida. Expectativa de poder voltar a atuar e a ajudar a equipe.”

Egídio tem tido boas atuações desde que chegou o Fluminense e é titular incontestável da lateral-esquerda. Orinho não foi bem quando atuou, isso causou certa estranheza com o empréstimo de Marcarenhas. O jogo contra o Resende pode até ser visto como apenas mais um duelo da Taça Rio, mas para alguns jogadores do Fluminense será a chance de provar que merecem continuar no elenco.

O Fluminense enfrenta o Resende hoje às 18h, no Maracanã, pela segunda rodada da Taça Rio. A equipe estreou com a goleada de 5×1 diante do Madureira e tenta manter os 100% na competição.

Nova dupla de volantes agrada, e Odair elogia Hudson e Yago Felipe: “Foram realmente muito bem”

Foto: André Durão

Em busca da formação ideal, Odair Hellmann apostou na dupla que foi bem na segunda etapa da goleada contra o Madureira. Hudson e Yago Felipe tiveram boas atuações novamente e ajudaram a equipe a sair com a classificação na Copa do Brasil.

Após muitas críticas da torcida por insistir em Yuri e Henrique, dois volantes que não chegam muito ao ataque, o treinador colocou Yago e Hudson – ambos tem por característica a chegada ao ataque, além da marcação. O time apresentou evolução com a dupla e mais opções no ataque.

Odair aproveitou para elogiar a dupla após a vitória:

– Hudson e Yago foram muito bem dentro da nossa proposta. Foram realmente muito bem. Conseguiram dar boa dinâmica, e não só dinâmica, mas dar sustentação para gente não tomar contra-ataque – destacou Odair.

Fluminense acorda no segundo tempo, vence o Botafogo-PB, e avança na Copa do Brasil

Foto: André Durão

O Fluminense está classificado para terceira fase da Copa do Brasil. O tricolor venceu o Botafogo-PB por 2×0, gols de Marcos Paulo e Nenê, e agora vai enfrentar o Figueirense em dois jogos.

O jogo começou com o Fluminense em cima, criando chances, mas demonstrando dificuldade em penetrar na defesa do time visitante. A primeira etapa teve bola na trave de Gilberto após cruzamento de Yago Felipe e grande chance perdida por Wellington Silva na grande área. O atacante por sinal teve atuação apagada e foi sacado no intervalo. Os pouco mais de 12 mil presentes vaiaram o time após o fim do primeiro tempo. A atuação ligava o alerta.

Sabendo da necessidade de se classificar, o Fluminense voltou mais ligado na segunda etapa e pressionou os paraibanos até conseguir abrir o placar. A pressão surtiu efeito e o gol saiu logo aos seis minutos. Gilberto fez grande jogada e deixou para Marcos Paulo abrir o placar.

O Fluminense continuou controlando o jogo e contou com um pênalti duvidoso em Gilberto (um dos melhores em campo) para ampliar o marcador. Aos 24, o lateral foi puxado pelo atacante Lohan durante cobrança de escanteio. O juiz considerou o lance faltoso e marcou o pênalti para o Fluminense. Nenê, sempre ele, fez 2×0.

O time continou perdendo chances, Muriel fez duas boas defesas e o placar terminou 2×0. Vaga garantida, cerca de R$ 1,5 milhão nos cofres e a equipe demonstrou evolução. Nas duas próximas semanas o adversário será o Figueirense, reeditando a final da Copa do Brasil de 2007.

O Fluminense volta a campo no próximo domingo diante do Resende pelo Campeonato Carioca, às 18h, no Maracanã.

Deixou saudade? Ex-Flu, Airton acerta com o Amazonas FC

Foto: Lucas Merçon

O ex-volante do Fluminense vai disputar o Campeonato Amazonense. O atleta acertou com o Amazonas FC, segundo a asssessoria do próprio clube.

O Amazonas FC afirma que o jogador já está com contrato assinado e, de acordo com o clube, a expectativa é de que Airton já esteja em campo na próxima quinta contra o Fast, às 20h30, na Arena da Amazônia, na abertura do segundo turno do Campeonato Amazonense.

Airton não deixou saudades na torcida tricolor e deixou o clube no fim de 2019. O volante vai jogar com o atacante Maikon Leite. O Amazonas FC foi fundado em 2019 e possui apenas 14 jogos em sua história, com 10 vitórias, 3 empates e uma derrota.

Miguel comemora boa atuação e assistência para o gol de Hudson: “Faz e me abraça”

Foto: Divulgação Twitter

O Fluminense goleou o Madureira por 5×1 na estreia da Taça Rio. O meia Miguel entrou na segunda etapa e mostrou mais uma vez que merece ser lembrado na disputa por uma vaga entre os titulares.

O jovem de apenas 16 anos voltou a ser relacionado pelo técnico Odair Hellmann e entrou na segunda etapa. No primeiro toque na bola já deu grande passe para Marcos Paulo. A boa atuação foi coroada com a assistência para o primeiro gol de Hudson com a camisa do Fluminense.

Após o jogo, Miguel comemorou a atuação pelo Twitter.

Foto: Divulgação Twitter

Fluminense escalado para enfrentar o Madureira pela estreia da Taça Rio

Foto: Divulgação FFC

O técnico Odair Hellmann abriu mão de um armador de ofício para a estreia da Taça Rio. Sem Nenê, Ganso e Michel Araújo, o treinador optou pelo volante Yago Felipe na armação. O meia Miguel fica como opção no banco de reservas, e Gabriel Capixaba, outro armador, não foi relacionado.

Questionado por uma preferência pelo esquema com três volantes desde os tempos de Internacional, Odair repete o feito para o duelo contra o Madureira. Gilberto, Henrique e Nenê foram poupados do confronto.

Fluminense quita parte dos salários de janeiro de jogadores e funcionários após classificação na Copa do Brasil

Foto: Lucas Merçon/FFC

O Fluminense segue na luta diária para ficar em dia com jogadores e funcionários. A diretoria quitou a metade dos salários de janeiro de todos os jogadores e funcionários. Com o parcelamento, a diretoria evita que o atraso chegue a dois meses. A informação foi dada inicialmente pelo site “Saudações Tricolores”.

A Copa do Brasil ganha ainda mais importância após a eliminação na Sul-Americana justamente pelo lado financeiro. O tricolor já embolsou R$ 2,4 milhões só por chegar até a segunda fase. Na próxima quarta-feira diante do Botafogo-PB, o tricolor terá a oportunidade de garantiu mais uma quantia milionária. A classificação vale R$ 1,5 milhão.

A tendência é que a outra metade do salário de janeiro seja quitada na próxima semana, caso o Fluminense avance na competição nacional.

A boa notícia veio antes da estreia do tricolor na Taça Rio. O Fluminense enfrenta o Madureira no próximo domingo, às 16h, no Maracanã. Ainda não se sabe se Odair levará a campo um time misto ou completo.

Conheça o Moto Club: Líder do Campeonato Maranhense, adversário do Flu na Copa do Brasil não terá folga no carnaval

Foto: Gaudêncio Carvalho/Moto Club

O Fluminense estreia na Copa do Brasil na próxima quarta precisando de uma boa atuação para diminuir os danos causados pela eliminação na Copa Sul-Americana. O adversário não pretende facilitar a vida tricolor e marcou treinos durante todos dos dias de carnaval. Como comparação, o Fluminense ganhou folga neste domingo.

O Moto Club lidera o Campeonato Maranhense com dez pontos em quatro jogos. A equipe está invicta na competição e tem a melhor defesa com apenas um gol sofrido. Mas nem tudo é flores na equipe do Maranhão. Ume demissão inusitada agitou os bastidores da equipe após o empate contra a equipe do São José de Ribamar. O treinador Leandro Campos foi demitido mesmo com a invencibilidade no estadual. Ao ser questionada sobre o motivo da demissão do técnico, a diretoria emitiu o seguinte comunicado:

“Apesar dos resultados, a diretoria motense analisou e entendeu que o modelo de jogo e forma de trabalho não são compatíveis com o que o Moto Club precisa na atualidade.”

O auxiliar fixo do clube, Dejair Ferreira, assumiu a equipe de forma interina. A estreia foi na última quinta diante do Cordino. Vitória tranquila por 3×0 e equipe embalada para enfrentar o Fluminense.

A equipe se reapresentou na sexta-feira e iniciou a preparação para a estreia na Copa do Brasil. A diretoria e comissão técnica decidiram treinar durante todo o carnaval para buscar a classificação na competição milionária. Foco total para vencer o tricolor carioca.

O técnico interino do Moto Club falou sobre as eliminações recentes do Fluminense e disse esperar uma equipe “mordida”.

-O Fluminense é um time de Série A de Brasileiro e depois de duas eliminações, no Estadual e na Sul-Americana, a equipe vem “mordida”. Provavelmente vem com o time completo, mas estou falando para os nossos jogadores que devemos ter confiança no trabalho e coragem para enfrentar este tipo de jogo e avançar na competição – disse o técnico Dejair Ferreira.

Foto: Gaudêncio Carvalho/Moto Club

Para o Flu ficar de olho: o meia-atacante Ancelmo é o artilheiro do Campeonato Maranhense com quatro gols. Na última quinta marcou dois na vitória diante do Cordino.

Vale destacar que o Fluminense tem a vantagem do empate por ter melhor colocação no ranking da CBF e jogar fora de casa. O duelo acontece nesta quarta, às 21h30, no estádio Castelão-MA.

Top