“o torcedor do Fluminense sabia, será que o Roger Machado não sabe até agora ?” Opinião Thiago Caruso

Mais uma vez , Fluminense não joga bem e perdeu a decisão para a dissidência por 3 x 1. Segunda derrota consecutiva as vésperas do destino do tricolor em 2021.
Temos um treinador cagão, pragmático e que não abre mão das convicções! Já não é de hoje que o Fluminense vem jogando mal, jogando em um esquema em que abre mão de jogar e os adversários já perceberam as deficiências do time principalmente no meio de campo. Roger tinha a OBRIGAÇÃO de mudar o time taticamente, que fosse Calegari no meio junto com Martinelli e Yago ou até o Wellington mas TINHA QUE MUDAR. A dissidência joga de uma forma que você tem que povoar o meio de campo e tirar um atacante. Toda a torcida percebeu isso será que Roger e sua comissão não estão vendo isso ? Ou será que não pode tirar certos jogadores com medo de perder o vestiário?
Roger Machado, você já perdeu a confiança da torcida, ninguém te quer mais a frente do Fluminense, com esse esquema frouxo, de se portar como time pequeno em campo. Você tem no elenco peças que podem fazer esse time jogar. Pare de escalar esse CAGALHÃO DO DANILO BARCELOS que é um inútil também. Se o Egídio não serve, que teste outras opções! Tem o Marlon, Mascarenhas, Rai, Marcos Pedro e o Jefté , não é possível que não tenha um melhor que esse lixo. Que aliás , toda torcida sabia que não daria certo porque é fraco, foi segundo reserva de um time que caiu para a segunda divisão e que é parça do Fred. Tem outras coisas pra falar mas por hoje é só. Chega de amadorismo no futebol tricolor.

“Fred e Marcos Felipe brilham e Flu sai da Colômbia líder do grupo.” Opinião Thiago Caruso

E o Fluminense garantiu a liderança da chave D ao vencer o Santa Fé por 2 x 1 com dois gols de Fred e uma grande atuação de Marcos Felipe que garantiu a vitória no segundo tempo.

Fred com os dois gols, ultrapassou Orlando Pingo de Ouro e se tornou o segundo maior artilheiro da história do Fluminense com 185 gols. Vocês imaginem se a Flusocio não expulsasse ele do clube em 2016? Teria mais de 200 gols com certeza. De qualquer forma, é a história sendo escrita pelo nosso ídolo e só posso agradecer a Deus por viver esse momento do maior ídolo contemporâneo da história do Fluminense.

O primeiro gol dele foi uma obra prima com um passe de letra do Nenê e chapou de pé esquerdo. No segundo, cruzamento de Egídio no segundo pau e Fred subiu sozinho para fazer o segundo gol.

O Flu embora terminasse com 27,5% de posse de bola poderia ter feito mais uns 2 gols no jogo com Kayky que chutou no travessão, com Gabriel Teixeira que fez uma jogadassa na esquerda e não conseguiu tocar por cima e com Danilo Barcelos em que o Flu teve um tiro livre indireto dentro da pequena área mas o lateral chutou em cima do jogador do Santa Fé.

Precisamos falar de Marcos Felipe. Este que vos fala pede uma chance para ele desde 2016. E pensar que tivemos que aturar Rodolfo, Agenor, Júlio Cesar que não eram goleiros seguros e impediram o desenvolvimento do Marcos Felipe. Notem que ao contrário do Muriel, ele sai do gol pra pegar a bola ao invés de dar soquinhos como faz o reserva. Marcos Felipe foi muito seguro e fez duas grandes defesas no segundo tempo em especial uma cabeçada no seu canto direito em que garantiu a vitória do Fluminense. Acho que a torcida tem que dar bastante apoio a esse goleiro, ao invés de querer pegar cada erro para metralhar de criticas. Marcos Felipe é de Xerém, é tricolor e agarra demais.

Flu volta a jogar no domingo contra a Portuguesa pela semifinal do campeonato carioca e logo depois viaja para Barranquilla para o pegar o Júnior pela terceira rodada da chave D.

Um grande abraço do Caruso e VENCE O FLUMINENSE

Siga a gente no twitter:
@Caruso_FFC
@CanalFluNews
E toda terça-feira tem Mesa Redonda Flu News no YouTube sempre as 20:00. Inscreva-se, ative o sininho. Dê um like.

Atacantes reservas vão bem e Fluminense goleia o Madureira por 4 x 1 – Opinião Thiago Caruso

Atacantes reservas vão bem e Fluminense goleia o Madureira por 4 x 1.

Boa tarde, amigos e amigas do FluNews.


E agora há pouco, o Fluminense goleou o Madureira por 4 x 1 e vai pegar a Portuguesa na semifinal do campeonato carioca no próximo final de semana com a vantagem do empate. Os gols do Fluminense foram de Hernandez, Bobadilla, Ganso e Gabriel Teixeira (golaço por sinal).

Flu entrou com time mesclado dando minutagem para os reforços entrarem em forma. O primeiro tempo do Flu foi apático, também com Wellington e Hudson no meio não podia esperar outra coisa né? Cazares ficou preso na marcação, Hernandez e Bobadilla tentando abrir os espaços mas foi o Madureira quem abriu o placar com Luiz Paulo após mais uma pixotada de Hudson. E quase que logo depois, o Madureira ampliou após uma desastrosa ação da dupla de zaga onde quase saiu mais um golaço do Luiz Paulo.

No segundo tempo, Roger adiantou as linhas e o Flu melhorou um pouco. Conseguiu o empate com Abel Hernandez após méritos do próprio em conseguir o pênalti e converter. Com o empate, o Flu cresceu e após o chute de Samuel, o goleiro do Madureira soltou e Bobadilla no rebote virou o jogo. Com a desvantagem, o Madureira quase empatou por duas vezes mas Marcos Felipe e Matheus Ferraz impediram o empate.

Roger fez as substituições e em especial Ganso e Gabriel Teixeira foram muito bem. O primeiro com um belo gol de cabeça atuando Como um meia e chegando no ataque como sempre pedimos e o segundo com um golaço e sempre atuando verticalmente, com velocidade. Acho que Roger viu nesse jogo que Lucca não pode ser opção na frente desse rapaz que é mais uma jóia rara a ser lapidada.

Sobre os reforços, considerando sempre o desentrosamento desse time:
Samuel Xavier: tímido no apoio ao ataque, seguro atrás.
Manoel: fora o lance que quase saiu o segundo gol do Madureira, foi bem.
Bobadilla: achei muito intenso, tentando achar espaços e um pouco ansioso mas mostrou boa colocação pra poder marcar o segundo gol.
Hernandez: mérito total no gol de empate ao sofrer e marcar o gol de pênalti. Após perdeu um gol de frente que não pode perder em um contra ataque de 4 contra 2(podia até ter rolado por Gabriel Teixeira).
Acho que vão agregar muito durante a temporada.
Agora o Fluminense concentra suas energias para a segunda rodada da Taça Libertadores e se eu sou o Roger colocaria a mesma formação contra a Portuguesa.

O texto é de total responsabilidade do autor.

Foto em destque: FELIPE DUEST/PHOTOPRESS/Folhapress

Razão x Oportunidade – Opinião Thiago Caruso

Razão x Oportunidade

Eis que a novela Dodi de renovação ganhou capítulos decisivos com a Fala do presidente Mário Bittencourt no programa Os Donos da Bola e com a resposta do empresário principal de Dodi, Carlos Scuro inclusive chamando o presidente de mentiroso.

O empresário tem razão em querer valorizar seu principal ativo , é verdade quando fala que Dodi é um dos melhores jogadores na sua posição na premiação da Bola de prata da revista Placar/ESPN e nem esperem boa vontade do empresário com o clube. Mesmo que Dodi não fosse um ninguém antes de chegar ao Fluminense.

O Flu alega que está valorizando o bom momento do jogador. Não, não está! Algumas renovações precipitadas que já comprometem a folha salarial para o ano de 2021 , acabam deixando o Fluminense com poucos recursos para valorizar as apostas que faz. Mas nada impede nos planos que a diretoria tem de ir limpando as dividas que o clube tem, de valorizar ainda mais o jogador com o passar dos anos. Deu certo com o Luccas Claro mas o jogador tem 28 anos, ao contrário de Dodi que tem 22 a mesma atitude parece que não vai colar.

Dodi atualmente ganha R$70 mil em CLT e passaria a ganhar R$100 mil. Depois, o salário subiria para R$120 mil e depois R$130 mil no último ano. Nesses dois anos que acho , o salário dele poderia ser melhorado. Não sou o dono do cheque mas o Flu pode chegar a algo melhor. Scuro quer cinco anos de contrato ao contrário do Flu que oferece três anos. Vamos ver a contra proposta dos empresários mas até hoje dia 30/10, o impasse está formado e caminha para uma não renovação. Temos substitutos para Dodi? Claro que temos e estão nas Laranjeiras como Calegari, André e Martinelli mas ainda são muito jovens e precisam ganhar vivência dentro de campo. Vejo no Dodi encorpando ainda mais para os anos seguintes e o Flu podendo ter um ativo interessante para ganhar dinheiro com ele no futuro e assim justificar o esforço em cima do jogador. Resta a diretoria do Fluminense ver se enxerga isso também.

Ressaltar também a postura do jogador que mesmo com esse imbróglio, mesmo com proposta de time de série A, continua com jogando bem e sendo um dos melhores do time. Vem tendo profissionalismo.

Não temos que ser reféns de empresários mas vale a pena abrir mão do Dodi por causa disso?

O texto é de total responsabilidade do autor.

Foto destaque site Uol.

“Vaza Mário” – Opinião Thiago Caruso

Mario Bittencourt saia do comando do futebol do Fluminense.

Descentralização da gestão já. E aproveite peça ao Paulo Angioni para descansar, a imagem de vocês dois perante ao torcedor não estão ruins, estão PÉSSIMAS. Você dando entrevista ultimamente tem sido uma lástima. A desculpa para vender Evanilson foi tacanha, ruim, era mais fácil pedir desculpas ao torcedor e prometer que este tipo de situação não aconteceria mais. Ontem, em plena rede Globo, fomos lembrados de ser VITRINE DO TOMBENSE. Como se atrai patrocínio com uma característica dessa?

Fique onde o senhor sempre foi brilhante na área administrativa e jurídica, onde esse ano já fizeram grandes feitos, mas no futebol, o senhor onde toca não nasce grama. Cadê a gestão do futebol para cobrar o preparador de goleiros por seguidas falhas de Muriel ? Cadê a gestão do futebol para cobrar do treinador atuações muito ruins do clube ? Cadê a presidência para cobrar do diretor executivo que está no clube desde o meio de 2018 pela perda de um ativo como Evanilson? O senhor também quando fala ultimamente não tem sido feliz….(torcedor modinha, nunca deu dois treinos e por aí vai) .

Anteontem, o seu vice administrativo apareceu no Globo esporte para dizer que não assina cheque para pagar conta, que absurdo é esse ? Quer dizer que você vem a público falar que o patrocinador master do Flu é o seu torcedor e o na hora H o seu torcedor não assina cheque? Ajudamos e muito também a assinar o cheque. Quem destruiu a campanha #ÉPeloFlu feita pelo torcedor, foi você , MÁRIO BITTENCOURT! CHEGA! ESSAS SITUAÇÕES TEM QUE DESAPARECER DE UM COMANDO QUE SE DIZ PROFISSIONAL! NÃO REPITA o grupo político anterior que culpava diretamente os torcedores.
Contrate um novo diretor executivo para o futebol, que possa cobrar realmente dos jogadores e Comissão técnica, algo que hoje a imagem de que se tem aqui fora e que nada acontece.

Ainda dá tempo, presidente Mário Bittencourt.

“Os Danilos Barcelos que assolam o futebol brasileiro” – Opinião Thiago Caruso

“Os Danilos Barcelos que assolam o futebol brasileiro”

Nada contra o ser humano mas aqui nos cabe avaliar o jogador Danilo Barcelos. Um lateral esquerdo medíocre, que com 29 anos está indo para seu décimo segundo time na carreira.
Um lateral esquerdo cuja lembrança mais forte , foi o gol de falta que deu um título de uma taça Guanabara contra o mesmo Fluminense , no jogo onde o ex presidente Pedro Abad pediu a torcida para não ir ao Maracanã e abriram os portões no segundo tempo para os vascaínos.
Todo mundo sabe quem é Danilo Barcelos, segundo reserva do Botafogo , atrás até do possante Guilherme Santos, que foi um lateral esquerdo trazido por Mário Bittencourt em 2015 e que pediu para sair com 4 meses porque seria titular do Criciuma. Foi reserva do ORINHO na Ponte Preta.
Não deixou saudades no Vasco e no Botafogo seus últimos dois clubes até vir para o Flu. Mas porque seria útil no Flu ?

O futebol sempre nos apresenta surpresas. O Danilo Barcelos pode surpreender ? Pode mas isso é muito improvável. O que nos chama a atenção foi a paixonite do Odair Hellmann adquiriu por este jogador após dois amistosos contra o Botafogo e um jogo contra o rival pelo campeonato Brasileiro. Indicou ele ao diretor executivo Paulo Angioni, atravessou uma negociação com o Cruzeiro , dizendo que é um lateral diferente dos que tem no elenco.

Nos chama a atenção também a calma com que o presidente Mário Bittencourt falou hoje a imprensa e como o tricolor venceu essa disputa ferrenha contra o Cruzeiro que agoniza na Série B. Mario , com toda calma do mundo, falou que o Fluminense igualou as condições do Cruzeiro e mesmo assim, Danilo Barcelos achava mais interessante voltar a Minas Gerais já que seu pai é cruzeirense. Danilo pediu algo mais e o Fluminense aumentou o tempo de contrato para até o final de 2022 e assim venceu o Cruzeiro por está disputa. Dito isso vamos as nossas considerações.

1.Tá achando que o torcedor é trouxa, Mário Bittencourt? (para não dizer palavras mais pesadas). Não tinha um lateral na série B ? Nem no futebol sul americano? Os laterais do Volta Redonda, líder do seu grupo na Série C, por exemplo são melhores que os nossos, sem nenhuma dúvida. Tinha que ser o lateral do Eduardo Uram?

  1. Enquanto o senhor foi vice de futebol em 2015/16 , já havia sido questionado por essa relação infrutífera, porque a mantém?
  2. Um dos seus pilares na eleição foi falar em compliance. Que modelo de compliance é esse que permite contratar jogador de empresário que demanda contra o Fluminense ?
  3. A venda de Evanilson vai representar o fim da ação que a Brasil Soccer (de Eduardo Uram) tem contra o Flu no valor de R$3 milhões?

São vindas de jogadores como Danilo Barcelos que nos faz entender porque os clubes como o Fluminense estão na mão de empresários. Seja por um favor, por estar devendo e por aí vai.

Agradeço a Flu News por me dar essa oportunidade e aqui vocês podem ter certeza que não tem passada de pano. Vamos falar aquilo que o torcedor do Fluminense precisa saber.