fbpx

Venda de ingressos para River-PI x Fluminense começará neste sábado

Pela primeira fase da Copa do Brasil na próxima terça-feira, dia 5, às 21h30, River-PI e Fluminense se enfrentarão no Estádio Albertão, em Teresina.
Neste sábado com valores são de R$ 30 (arquibancada placar), R$ 50 (arquibancada cabine) e R$ 80 (cadeira), começam a serem vendidos os ingressos para a partida .

Por meio de sua assessoria de imprensa o River informou que o primeiro lote de ingressos será de 7 mil bilhetes e ainda haverá a disponibilização de 500 lugares no setor das cadeiras superiores no estádio, que poderá receber até 13.500 torcedores.

Pontos de venda :

SÁBADO
Lojas Noroeste: Praça Saraiva e Praça Rio Branco e Teresina Shopping
Centromed do bairro Piçarra.

SEGUNDA-FEIRA
Estádio Albertão a partir de 8h.


Alvaro Souza Che

Benfica após um ano volta a investida em Gustavo Scarpa

O Benfica novamente tenta a contratação de Gustavo Scarpa após a investida frustrada no ano passado,noticiado na época aqui no Canal FluNews.

A notícia atual é do jornal português a Bola  e indica que o Benfica fez a oferta de 6 milhões de Euros ao Fluminense  que detém  60 % dos direitos federativos do jogador .

Scarpa teria um salário anual de €$2,2 milhões   e ainda teria luvas de €$ 3 milhões de Euros  caso o jogador seja realmente contratado.

 

Alvaro Souza Che

 

Fonte: A Bola Pt

Abel da ultimato por pagamento de atrasados aos jogadores

Segundo informações que circulam em Laranjeiras e que foram apuradas pelo Canal FluNews , Abel Braga deu um ultimato a diretoria tricolor.

O treinador deu um prazo para que sejam solucionados os problemas de atraso salarial até a próxima quarta feira. Abel exige também garantias futuras de recebimento, pois esse foi um dos principais problemas do último ano tricolor e que acarretaram  com a saída de vários e  importantes jogadores no início da temporada . Se a diretoria não cumprir com as exigências de Abel Braga, o treinador entregará o cargo e não comandará mais a equipe tricolor no segundo semestre após a parada da Copa do Mundo da Rússia .

 

Alvaro Souza Che

Contas de Peter Siemsen no ano de 2016 serão reabertas !

O Fluminense não cumpriu com  o prazo para a  publicação das demonstrações financeiras de 2017, e o argumento utilizados para justificar o atraso seria a revisão dos saldos contábeis de 2016 ,ano de gestão do ex presidente Peter Siemsen.. Na noite desta quarta-feira, uma  reunião do Conselho Diretor, formado pelo presidente Pedro Abad e os vice-presidentes do clube definiu pela reabertura das contas de 2016.

O Conselho Deliberativo após a reanalise das contas ser apresentada decidirá se abrirá votação para aprová-las ou reprová-las.

Com prazo final para á última terça feira estabelecido pela lei federal 9.615, a “Lei Pelé” (fim de abril), o Flu foi o único dos grandes clubes do país a não publicar as demonstrações financeiras de 2017 .
Tendo disponibilizado   um documento de apenas duas páginas após o término do período de aceitação.

Ao descumprir o prazo ,o Fluminense  pode sofrer com  sanções , como a retirada do Profut, o programa de parcelamento das dívidas com a União, e ao presidente Pedro Abad. A pressão no clube existe desde a época em que essas contas foram aprovadas,onde até o risco de judicializar ocorreu. Agora chegou ao limite. 

 

Os motivos para a contestação são : 

A bonificação R$ 80 milhões pela renovação dos direitos de transmissão e mais R$ 52 milhões do repasse de direitos de jogadores, a maior fatia vinda da venda de Gerson ao Roma, da Itália – que no fim das contas gerou uma dívida, financiou o aumento das despesas. Receita, no entanto, extraordinária, ou seja, que não se repetiria em 2017.

O clube pagou parte da construção do CT,além de  dívidas antigas que estavam parceladas  e foram pagas à vista (com o Porto por Walter e Martinuccio) e fez diversas contratações. Mesmo com   grande volume de dinheiro, o Fluminense  atrasou pagamentos de algumas dívidas , como as de Henrique Dourado, Renato Chaves e Marquinho, que gerou recentes  problemas com a Fifa.

Paralelamente foi  feito pela oposição um relatório ( antes da votação) que  questionava o superávit de R$ 8 milhões,quando na verdade na verdade, houve déficit de R$ 72 milhões, sob argumento que a renovação do contrato de televisionamento deveria ser discriminada no balanço dos anos a que se refere, ou seja, 2019-2024.

A grande questão é  se  o conselho deliberativo eleito pelos sócios vai realmente agir em prol da   instituição ou de seus  grupos políticos e acordos eleitoreiros. 
Não nos parece ser algo que vá mudar alguma coisa neste cenário. Se este mesmo conselho aprovou as contas mesmo sobre fortes protestos na época,o que o faria não aprová-lo novamente agora ?

Fica o convite a sua reflexão,caríssimo Torcedor Tricolor.

Alvaro Souza Che

Fonte: Globoesporte.com

Foto: Mailson Santana / FluminenseFC

Diego Souza move ação contra o Fluminense cobrando R$ 710 mil

Nesta quarta-feira, o meia  Diego Souza do São Paulo, entrou com uma ação no Tribunal Regional do Trabalho contra o  Fluminense cobrando R$ 710.159,33 de verbas rescisórias referentes ao fim antecipado do vínculo com o Clube, em março de março de 2016. O caso ainda será julgado.

Tendo  retornado ao Fluminense no dia 10 de janeiro de 2016, na gestão do presidente Peter Siemsen, Diego Souza  chegou a um acordo com o clube e rescindiu seu contrato no dia 21 de março do mesmo ano para ir para o Sport.

Diego pede o saldo de salário referente ao seu último mês no clube, proporcional do 13º salários, férias, FGTS, multa de mais um salário (R$ 301 mil), além de honorários do processo.

  • Saldo de salário (21 dias): R$ 210.700,00;
  • 13º salário proporcional (3/12): R$ 75.250,00;
  • férias proporcionais (3/12): R$ 75.250,00;
  • 1/3 sobre férias proporcionais: . R$ 25.083,33;
  • FGTS rescisório (sobre saldo de salário e 13º proporcional): R$ 22.876,00;
  • Multa do art. 477, § 8º, da CLT: R$ 301.000,00;
  • Multa do art. 467 da CLT: a apurar;
  • Honorários de sucumbência: a arbitrar

O artigo 467 da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) determina que em caso de rescisão de contrato de trabalho, “havendo controvérsia sobre o montante das verbas rescisórias”, o empregador é obrigado a pagar ao trabalhador, “a parte incontroversa dessas verbas, sob pena de pagá-las acrescidas de cinqüenta por cento”.

Já os parágrafos 6 e 8 da CLT impõe que o pagamento das parcelas do acordo de rescisão deverão ser efetuados “até o primeiro dia útil imediato ao término do contrato” ou “até o décimo dia, contado da data da notificação da demissão, quando da ausência do aviso prévio, indenização do mesmo ou dispensa de seu cumprimento”. O não cumprimento sujeita o empregador a multa equivalente ao valor de um salário.

Alvaro Souza  Che

Fonte : Globoesporte.com
Foto :Marcello Zambrana/AGIF

Abad e Marcelo Teixeira são convocados para darem explicações por casos,Scarpa,Diego Souza e mais

O presidente Pedro Abad  e o diretor esportivo Marcelo Teixeira  foram  convocados para uma reunião extraordinária do Conselho Deliberativo, marcada para o dia 22. Devido há  uma série de episódios  que vem tumultuando  o futebol do clube nos últimos meses, conselheiros do Fluminense querem que os dirigentes prestem esclarecimentos.

O requerimento com a solicitação da reunião foi protocolado em janeiro, mas só teve prosseguimento após a conclusão da eleição do presidente do Conselho Deliberativo, que foi adiada em razão dos protestos pacíficos dos  torcedores no Salão Nobre.  O documento contém   42 assinaturas de membros da oposição e do grupo Unido e Forte, do vice presidente geral  Cacá Cardoso.

Na pauta de explicações seguem os casos como o de Diego Souza,  a dispensa de oito jogadores no fim do ano, que levou , Henrique e Diego Cavalieri a entrarem na Justiça contra o clube e o caso Gustavo Scarpa que era avaliado em 40 milhões e que saiu de graça para o Palmeiras.

Existe a possibilidade de a reunião ser secreta. Ou seja: sem a presença de sócios, somente com os conselheiros. Essa definição será tomada através de votação.

Guerreiras do Vôlei jogam no sábado buscando vaga na semi-final

A Confederação Brasileira de Vôlei  divulgou no último  sábado, 3, a tabela dos playoffs da Superliga. E as nossas Guerreiras do Vôlei  vão buscar essa  vaga na semifinal da competição . No próxima sábado , dia 10, o  primeiro desafio do Fluminense contra o Camponesa/Minas será  às 10h30, no ginásio da Hebraica. O segundo e terceiro jogo(Se necessário) acontecerão  em Belo Horizonte pois o time mineiro terminou a fase de classificação à frente do Fluminense.

Contamos com a presença da torcida pra incentivar nossas Guerreiras !

Primeira rodada
10.03 (SÁBADO) – Fluminense (RJ) x Camponesa/Minas (MG), às 10h30, na Hebraica, no Rio de Janeiro (RJ) – SPORTV

Segunda rodada
17.03 (SÁBADO) – Camponesa/Minas (MG) x Fluminense (RJ), às 15h, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG) – REDE TV e GE.com

Terceira rodada (se necessário)
20.03 (TERÇA-FEIRA) – Camponesa/Minas (MG) x Fluminense (RJ), a definir, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG)

Alvaro Souza Che

Fonte: Fluminense.F.C Site oficial

Rodrigo Aguirre está bem próximo do acerto com o Fluminense

O repórter Victor Mendes  da Rádio Rede Mais Esporte ,publicou em seu Twitter que  o atacante uruguaio Rodrigo Aguirre  de 23 anos,está muito próximo de se tornar mais um jogador Tricolor.  Victor afirmou que  após conversas com o empresário de Aguirre ,o mesmo o confidenciou  que os próximos dias seriam decisivos mas que o acordo entre o clube e o jogador estaria  muito bem adiantado  e que   a  Udinese da Itália ,detentora do passe de Aguirre,não vê problemas em emprestá-lo ao Tricolor por um ano e já estaria providenciando o documento liberatório do atleta .
Aguirre também era pretendido pelo Botafogo,mas o rival  carioca desistiu da contratação do jogador uruguaio.
A  equipe  do CanalFluNews  apurou  informações sobre  a desistência alvinegra pelo jogador.
O Botafogo teria decidido não entrar em leilão pelo jogador após ter tido sua primeira oferta recusada pelo empresário de Aguirre que também solicitou maiores luvas.

Alvaro Souza Che

Fonte: Rádio Rede Mais Esporte

A volta as Laranjeiras entra em pauta e ganha apoio no Fluminense

O Estádio das Laranjeiras que  transborda glórias  sendo  a história viva do futebol Brasileiro, poderá voltar a receber jogos do Fluminense .

Um projeto de reforma das Laranjeiras foi elaborado  por um grupo de Tricolores de diferentes correntes políticas que sempre almejaram revitalizar o Estádio das Laranjeiras. A princípio eram vários grupos com propostas diferentes  sobre Laranjeiras e estádios. Criou-se então um grupo  em uma rede social com a intenção de  debater o assunto  e  depois vieram reuniões  presenciais das quais estive presente em várias e ali ficou definido que uniríamos forças,que  seríamos  um grupo só e que dele sairia um novo projeto aproveitando a experiência de todos e o melhor de cada projeto, mas com uma certeza de que o  alvo seria a simplicidade para obter a  funcionalidade de Laranjeiras. Uma maquete simples foi criada  para  pontuar o que seria  necessário fazer .O foco sem dúvida alguma é no restauro das áreas históricas como a casa sede e a  arquibancada social .O projeto visa também a modernização  de  toda a área das arquibancadas populares. Obviamente há a necessidade de aprovação  do projeto junto aos órgãos públicos e para isso precisaríamos ter uma posição oficial do clube. O projeto então foi  apresentado  a direção em algumas reuniões e agradou ao  Presidente Pedro  Abad  e ao  conselho Diretor pois a possibilidade de  captação com recursos da Lei Rouanet, que permitiriam  ao Fluminense levantar os recursos  para a reforma sem precisar desembolsar recursos próprios foi um dos grandes motivadores . O Presidente Abad  deu uma carta para alguns membros que representam todos os grupos a  fim de iniciarem o detalhamento do projeto e para que negociassem com os órgãos Federais as aprovações necessárias .

É importante salientar que muitos avanços já foram conquistados  mas que  muito ainda há de  ser feito e que  por mais que se queira contar detalhadamente tudo o que se passa no projeto,chega o momento de manter o sigilo para que tudo flua sem contratempos !

Claro que algumas informações já podem ser passadas ao Torcedor para que ele possa entrar nessa corrente  de otimismo  que todos nos encontramos  em relação  a revitalização de Laranjeiras.
Recentemente no site globoesporte.com,uma matéria apresentava alguns tópicos do projeto  e a foto da maquete piloto . Seriam eles :

1-O estádio seria reformado, mas a fachada mantida.
O objetivo principal é fazer somente as mudanças necessárias paras as adequações do estatuto do torcedor e as exigências dos bombeiros. Preservar o máximo possível a estrutura original de Laranjeiras para não impactar negativamente aos órgãos públicos responsáveis pela aprovação do projeto.

2-Seria construída nova arquibancada no lugar do antigo estacionamento dos jogadores (Rua Pinheiro Machado).
A área que hoje recebe carros de diretores e que antigamente também servia aos jogadores,dará lugar há uma pequena arquibancada que pode vir a ser utilizada pela torcida visitante.

3-Por estarem em mau estado de conservação, as atuais arquibancadas teriam de ser refeitas.
Não há possibilidade de reforma das atuais arquibancadas populares e sua demolição se faz necessária.

4-A ideia é abandonar o modelo de dois lances, tendo apenas um
Em vez dos dois lances de arquibancada , seria apenas um,exatamente como era  entre 1919 e 1922.

5- A capacidade de público está indefinida.
Estima-se que a capacidade seja  em torno  de 15 a 18 mil lugares.

6-Parte do estádio teria cadeiras.
Cadeiras retráteis  como as do  Maracanã para proporcionar maior conforto aos torcedores.

7-Para atender ao Estatuto do Torcedor, novos acessos ao público seriam  feitos.
Quatro  novos acessos seriam construídos para facilitar a entrada e a saída dos torcedores.

8-Há previsão de espaço para viabilizar a transmissão de TV.
Quatro pontos de transmissão,cabines de rádio e TV seriam disponibilizados.

9-Os vestiários teriam de ser remodelados.
Reformas,ampliações  e instalação de equipamentos para o maior conforto de atletas e árbitros .

10-O custo ainda não foi estimado, mas os recursos viriam de patrocinadores e por leis de incentivo.
Várias formas de financiamento do estádio sem a necessidade de utilização dos recursos do Fluminense foram estudadas e já algumas já se encontram na fase de captação. Quanto ao custo só será divulgado quando da liberação do orçamento do projeto final.

Existem outros tópicos que oportunamente serão divulgados  após sua liberação.

Outro importante ponto a se salientar é que o Fluminense não abrirá mão de jogar no Maracanã  e que  Laranjeiras será usada para receber jogos de pequeno  e médio porte bem como jogos de futebol feminino que será obrigatório à partir de 2019 e do Football Americano que teve um crescimento fantástico de adeptos  no Brasil.


Perguntas sobre o projeto são respondidas na página do Facebook do Novo Estádio das Laranjeiras e obviamente também aqui no CanalFluNews .
https://www.facebook.com/NovoEstadioDasLaranjeiras/

O trabalho segue firme e forte para que Laranjeiras volte a ser a nossa casa.

Saudações Sempre Tricolores

Alvaro Souza Che

 

Fluminense e Nacional Potosí pela Sul Americana já tem data e hora definidos

Nesta terça-feira  a Conmebol  anunciou as datas das partidas de ida e volta entre Fluminense e Nacional Potosí da Bolívia.O confronto é válido  pela primeira fase da Copa Sul-Americana e o jogo de ida acontece no dia 11 de abril, às 21h45 provavelmente no Maracanã .Já a   volta está marcada para o dia 10 de maio, às 21h45, em Potosí, na Bolívia.

 

Alvaro Souza Che

Top