Fluminense chega á sétima vitória seguida no Nilton Santos

o Tricolor não perde pro botafogo no estádio desde 2018

A vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo na tarde deste domingo (26/06) ampliou uma sequência incrível do Fluminense jogando no Nilton Santos. o lindo gol do zagueiro Manuel sacramentou o sétimo triunfo consecutivo da equipe no estádio.

Diante do botafogo, o Fluminense aumentou para oito jogos sua invencibilidade no estádio, não é superado pelo adversário no Nilton Santos desde maio de 2018. Desde então, foram cinco vitórias do Time de Guerreiros e três empates, contabilizando um aproveitamento de 75%.

Confira os últimos 8 jogos do Flu contra o Botafogo no Nilton Santos:

Botafogo 0 X 1 Fluminense – 26/6/2022, Brasileirão 2022
Botafogo 0 X 1 Fluminense – 21/3/2022, Carioca 2022
Fluminense 2 X 1 Botafogo – 10/2/2022, Carioca 2022
Botafogo 1 X 1 Fluminense – 4/10/2020, Brasileirão 2020
Botafogo 1 X 1 Fluminense – 1/8/2020, Amistoso
Botafogo 0 X 1 Fluminense – 25/7/2020, Amistoso
Fluminense 0 X 0 Botafogo – 5/7/2020, Carioca 2020
Botafogo 0 X 1 Fluminense – 6/10/2019, Brasileiro 2019

Foto: Marcelo Gonçalves/FFC

Diniz elogia postura do Fluminense ” fez um grande jogo”

O técnico Fernando Diniz se mostrou satisfeito com a vitória do Fluminense sobre o Botafogo por 1 a 0, neste domingo, no Estádio Nilton Santos. Diniz elogiou a postura do time, que manteve alto índice de posse de bola e cedeu poucos contra-ataques ao adversário.

– Fluminense fez um grande jogo, divido também as próprias dificuldades que o Botafogo impôs. A gente acabou dominando a posse desde o início do jogo, mas especialmente no segundo tempo, isso ainda foi mais preponderante. Concordo que poderíamos ter finalizado um pouco melhor em alguns lances, mas a equipe está de parabéns.

O treinador lamentou o ato de vandalismo contra o ônibus da delegação do Fluminense na chegada ao Nilton Santos e ressaltou que não deveria acontecer em nenhum jogo

– A gente lamenta, não porque foi no ônibus do Fluminense, isso não deve acontecer em nenhum jogo, jamais deveria acontecer. É lamentável, acredito que não tenha participação de ninguém do Botafogo, foi um fato isolado, mas enquanto isso tem a possibilidade de acontecer, talvez a gente precise de algumas medidas de segurança. Não esperar acontecer o pior para poder tomar alguma iniciativa. A gente deu muita sorte porque pegou na coluna do ônibus, se pega no vidro, talvez tivesse machucado alguém com alguma gravidade. É lamentável esse fato.

Diniz também comentou sobre o ultimo jogo do Luiz Henrique, destacou que ele é o melhor atacante do brasileiro

– Na minha avaliação, o Luiz Henrique é o melhor atacante de lado do futebol brasileiro. Ele vai sair daqui com mais confiança, e ele como pessoa é daqueles que dá vontade de levar para casa, tamanha é a humildade. A gente torce muito para que dê certo lá, ele nos ajudou muito aqui, tenho muito a agradecer, e espero que um dia a gente se encontre novamente.

FOTO DE MARCELO GONÇALVES / FLUMINENSE FC 

Cano se iguala a Romerito como 2º maior artilheiro estrangeiro por temporada do Fluminense

Argentino chega a 23 gols, empata com o paraguaio e agora só estás atrás do compatriota Doval.

Após marcar na vitória por 2 a 1 sobre o Cruzeiro na noite desta quinta-feira, no Maracanã, pelo jogo de ida das oitavas de final da copa do brasil, o centroavante argentino chegou a 23 gols com a camisa tricolor e se igualou ao paraguaio Romerito como segundo maior artilheiro estrangeiro do Flu por temporada.

Imagem

Veja o ranking abaixo:

  • 1º: Doval (Argentina) – 39 gols em 1976
  • 2º: Cano (Argentina) – 23 gols em 2022
  • 2º: Romerito (Paraguai) – 23 gols em 1984
  • 2º: Doval (Argentina) – 23 gols em 1977
  • 5º: Yony González (Colômbia) – 17 gols em 2019
  • 6º: Conca (Argentina) – 16 gols em 2014
  • 7º: Conca (Argentina) – 14 gols em 2010
  • 8º: Conca (Argentina) – 13 gols em 2009
  • 9º: Petkovic (Sérvia) – 11 gols em 2006
  • 9º: Romerito (Paraguai) – 11 gols em 1985
  • 9º: Villalobos (Peru) – 11 gols em 1954

Foto:Marcelo Gonçalves/FFC

Ferrugem é a grande atração da Flu Fest 2022

Evento vai celebrar os 120 do Fluminense com show no gramado de Laranjeiras

Em 2020, Ferrugem se apresentou na Flu Fest sem a presença de público em função da pandemia de Covid-19 e prometeu que irá voltar para cantar e desta vez com o publico. Anote na agenda: o evento acontecerá no dia 31 de julho (domingo), a partir das 14h.

Tricolor de coração, Ferrugem fará um show completo, cantando todos os seus principais sucessos ao lado de sua banda no Estádio de Laranjeiras. Antes do pagodeiro subir ao palco, outras duas bandas se apresentarão: Grupo Entre Elas e Carrossel de Emoções.

Fotos: Armando Paiva/FFC

Alan vai ao jogo nesta quinta e se encanta “Ver o Maracanã assim é muito lindo, queria estar lá dentro”

Dois dias após ser anunciado, Alan iniciou os trabalhos no clube nesta quinta-feira pela manhã. O atacante foi ao CT Carlos Castilho e iniciou os testes físicos e fisiológicos de praxe.

A noite, o  jogador foi com sua esposa, Thuanny, ao Maracanã acompanhar a vitória dos seus novos companheiros por 2 a 1 no jogo de ida das oitavas de final da Copa do brasil.

“Me arrepia. Eu estava com minha esposa ali, ver o Maracanã assim é muito lindo, queria estar lá dentro. Mas vou me preparar, ficar bem para na hora que entrar dar conta do recado”.

Foto: Marcelo Gonçalves/FFC

Nonato afirma está feliz no clube e está totalmente focado em ajudar a equipe até a onde der.

Titular na vitória do Fluminense contra o Avaí por 2 a 0, pelo Campeonato Brasileiro, no último domingo, o volante deu entrevista coletiva no CT Carlos Castilho nesta terça-feira.

O jogador foi perguntado sobre uma futura permanecia no clube ao final do empréstimo, para quem não sabe, nonato veio de empréstimo pelo internacional que dura até o final do ano, ele deixou claro que está feliz e com foco em ajudar a equipe:

– Sobre a minha permanência no Fluminense, ainda faltam alguns meses. Estou feliz aqui. Eu fui muito bem acolhido desde a minha chegada. Vou completar no final do mês que vem um ano. Só tenho palavras para agradecer. Claro que faltam alguns meses para a definição, uma definição que não depende de mim, é muito maior do que só a minha vontade. Mas o que posso afirmar é que estou feliz aqui e com a cabeça muito focada no Fluminense.

O Volante também falou sobre a evolução do time e as oportunidades que vem tendo:

-Todo jogador quer estar atuando, quer jogar. Estou buscando meu espaço, no dia a dia, mostrando meu valor. Tive essa oportunidade, fiquei muito feliz. Tentei aproveitar da melhor maneira. A vitória foi boa para consolidar essa atuação, não só minha, mas da equipe inteira. Nossa equipe está em uma crescente. Claro que vamos ter oscilações, mas é diminuir para termos a consistência que o Diniz quer.

Nonato falou um pouco também sobre o que o Diniz pede para ele:

– Ele me dá a liberdade de chegar ao ataque, como gosto de fazer. Tenho essa característica. Mas ele pede também para sempre que a bola sair de trás, para eu estar junto com os zagueiros, com os laterais, para fazer essa saída de bola bem, que é um ponto chave para o esquema dele. Ele dá liberdade para ir ao ataque, mas pede a recomposição também.

Foto: Divulgação/FFC

André avalia trabalho de Diniz e comenta sobre a relação com o Fred.

No dia 15 de Julho, o volante deu entrevista a reporte Aline Nastari da TNT.

Na entrevista, André elogiou o Trabalho do técnico Fernando Diniz como “diferenciado”:

O Diniz é um cara muito especial, muito inteligente, muito diferente e assim como o Ganso é dentro de campo, fora de campo ele também é um gênio. Além de passar tudo pro jogador, deixar o jeito de jogar mais fácil, ele é muito ser humano, sempre quer que o jogador esteja feliz. É realmente diferenciado mesmo, às vezes tem o esporro também né, o puxão de orelha, que é brabo, que é o jeito dele, sempre tá fazendo pelo nosso bem.”  

Além disso, também enfatizou a importância do ídolo do clube, Fred, em mantê-lo confiante no próprio trabalho:

O Fred é um cara muito especial, desde o dia que cheguei aqui, até tremendo pra falar, ele me deu um apoio absurdo. Talvez se eu estou aqui hoje é por causa dele. Sempre estava ali me incentivando, no pior momento me deu a maior força possível. Em 2020, quando eu estava pra sair, pra ser emprestado, ele chegou pra mim e falou “você é forte, você é bom pra cara***, não para de treinar porque a oportunidade vai chegar”.

Foto: Mailson Santana/FFC

Cano abre vantagem na artilharia do futebol brasileiro em 2022

No domingo, o argentino marcou novamente com a camisa do fluminense, na vitória de 2 a 0 no Avaí, cano marcou o seu 22º tento em apenas 39 jogos na temporada e se isolou ainda mais como o principal artilheiro do futebol nacional em 2022. 

O atacante aproveitou que Hulk e Gabigol passaram em branco no duble-o entre Atlético- MG e Flamengo e ampliou a sua vantagem no topo da artilharia. 

O Germán Cano também é o segundo maior goleado do Campeonato Brasileiro, com sete bolas na rede, ficando atrás apenas de Calleri.

ARTILHEIROS DO FUTEBOL BRASILEIRO EM 2022

1º – Cano – Fluminense – 22 gols em 39 jogos
2º – Hulk – Atlético-MG – 20 gols em 26 jogos
3º – Raphael Veiga – Palmeiras – 18 gols em 31 jogos
4º – Calleri – São Paulo – 17 gols em 31 jogos
Gabigol – Flamengo – 17 gols em 32 jogos

Fotos: Marcelo Gonçalves/FFC

Marrony viaja para a Dinamarca para tentar liberação de empréstimo ao Fluminense

Um dos alvos da diretoria do Fluminense para reforça o time na janela de transferência do meio do ano, o jogador está acertado com o Flu, mas depende do aval do Midtjylland para retornar ao Brasil, por isso o jovem foi pessoalmente negociar a liberação do empréstimo.

Aos 23 anos, o atacante ex-Vasco e Atlético-MG, jogou 6 vezes como titular e não ajudou nenhum lance de gols pelo clube Midtjylland.

Após primeiro gol pelo fluminense no Maracanã, Matheus Martins agradece Diniz

Matheus Martins marcou seu primeiro gol pelo fluminense no Maracanã, neste domingo, e ampliou a vitória por 2 a 0 sobre o Avaí.

Após o jogo, o atacante agradeceu ao técnico Fernando Diniz pela confiança e contou o que o Diniz pediu para ele.

– Foi uma vitória importante, precisávamos para subir na tabela. O Diniz me dá uma confiança grande desde que chegou. Me disse para fazer o que eu fazia na base.

o jogador também foi perguntado sobre a possibilidade de ganhar mais espaço após a saída de Luiz Henrique e a aposentadoria do Fred, mas ele preferiu só dizer a importância do capitão.

– O Fred é ídolo, é muito importante ter ele com a gente. Temos que continuar trabalhando com humildade para as coisas continuarem a dar certo. Estamos de parabéns, fizemos uma grande partida.

Com isso, Matheus Martins tem 6 partidas e 4 gols pelo o Fluminense.

Fotos: Marcelo Gonçalves/FFC