fbpx

Fluminense pronto para a disputa da Superliga Feminina 2019/2020

Tricolor contratou seis reforços e promoveu duas atletas de suas categorias de base

O time adulto feminino de vôlei do Fluminense está pronto para a temporada 2019/2020. Com seis novas contratações e dois reforços oriundos de suas categorias de base, o Tricolor conta com um elenco que mescla experiência e juventude para a disputa do Campeonato Estadual e da Superliga, principal objetivo do clube.
“Para essa temporada, montamos uma equipe muito forte e guerreira. A Superliga é um campeonato longo, difícil e vamos em busca de uma boa participação”, afirmou Marcio Trindade, vice-presidente de Esportes Olímpicos do clube.
Gerente de Esportes Olímpicos do Fluminense, João Mandarino também está confiante com a nova equipe.
“O vôlei já é um projeto consolidado no clube. A equipe desse ano é forte e vamos fazer uma ótima temporada, tenho certeza”, destacou Mandarino.
Sétimo colocado na Superliga 2018/2019, o Fluminense foi ao mercado e trouxe seis atletas para reforçar a equipe. São elas a levantadora Mikaella, as ponteiras Mari Cassemiro e Neneca, a central Natasha Farinéa, a líbero Andressa Krachefski e a oposta Paula Borgo.

“Estamos muito motivados para essa temporada. Montamos um grupo novo, um grupo que a gente acha que vai ter uma sinergia maior com a torcida, uma energia maior. A gente espera fazer uma boa Superliga e trazer muita alegria para a torcida tricolor”, disse o técnico tricolor, Hylmer Dias.
Além de contar com as contratações, Hylmer promoveu das categorias de base do clube a oposta Mayara, de 18 anos, e a líbero Letícia Holanda, a Lelê, caçula do grupo com apenas 16 anos, medalhista de bronze no Mundial Sub-18 com a seleção brasileira, em setembro.
“As categorias de base do Fluminense têm um trabalho muito bom, de muitos anos. A gente espera que essa junção das meninas com as mais experientes que estão chegando, e com as atletas que já estavam aqui, dê uma liga boa para o time ir bem na temporada”, explicou o treinador.
A primeira competição que o Fluminense tem pela frente é o Campeonato Estadual, que acontece de 22 de outubro a 8 de novembro. A estreia do time na Superliga 2019/2020 será no dia 12 de novembro, contra o São Paulo FC/Barueri, às 19h30, na casa do adversário. Antes, o Tricolor disputa o torneio amistoso Desafio Minas x Rio, juntamente com Itambé Minas, Dentil Praia Clube e Flamengo, de 17 a 19 de outubro, no ginásio da Unifemm, em Sete Lagoas, Minas Gerais.
Confira o elenco do Fluminense para a temporada 2019/2020:
Levantadoras: Giovana Gasparini e Mikaella
Ponteiras: Thais, Mari Cassemiro, Neneca, Julia Moura e Giovanna Fant
Centrais: Leticia Hage, Larissa Gongra, Marcella e Natasha Farinéa
Líberos: Andressa Krachefski e Letícia Holanda
Opostas: Pamela Sanabio, Mayara e Paula Borgo
Texto: Comunicação/FFC
Foto: Mailson Santana/FFC

Natação tricolor leva o título do Sudeste Mini-mirim a mirim

Fluminense ficou em primeiro lugar na classificação geral com 714 pontos

Com 14 medalhas de ouro, sete de prata e cinco de bronze, o Fluminense ficou em primeiro lugar no quadro de medalhas e levou o título do Festival CBDA – Sudeste Mini-mirim a mirim 0 / Troféu Ivo da Silveira Lourenço com 714 pontos, neste fim de semana (05 e 06/10), no Clube de Natação e Regatas Álvares Cabral, em Vitória, Espírito Santo. Pedro Rhaddour Oliveira ainda foi o atleta mais eficiente da competição e melhor índice técnico.

Já no Festival CBDA – Correios Sudeste Mirim, o Tricolor terminou na segunda colocação da classificação geral com 620,50 pontos, atrás apenas do Flamengo, primeiro colocado com 1.677 pontos. O Fluminense terminou a competição com quatro ouros, cinco pratas e três bronzes.
Texto: Comunicação/FFC
Foto: Mailson Santana/FFC

Tricolor avança direto à semi do Estadual Sub-13 de basquete

Equipes sub-15 e sub-19 vão disputar as quartas de final da competição

A equipe masculina sub-13 de basquete do Fluminense está na semifinal do Campeonato Estadual da categoria. Apesar da derrota de 52 a 49 para o Flamengo, neste sábado (05/10), na Gávea, pela última rodada da fase de classificação, o Tricolor garantiu o primeiro lugar na tabela, com dez vitórias e apenas duas derrotas. Assim, o time avançou à semifinal sem a necessidade de disputar as quartas de final. Matheus dos Santos foi o cestinha do returno, com 126 pontos em seis jogos, e Felipe Tenius foi o cestinha de três pontos, com 13 cestas em seis jogos.

“Os meninos jogaram muito, mas agora é o que conta. O primeiro passo foi dado, mas ainda não ganhamos nada. Temos que ir um degrau por vez”, disse o técnico Ricardo dos Santos, o Ricardinho.
O Fluminense também avançou nas categorias sub-15 e sub-19, mesmo derrotado pelo Flamengo, neste sábado, no fechamento da fase de classificação (84 x 57 e 66 x 40, respectivamente). O time sub-15 ficou em sétimo lugar na tabela, com cinco vitórias em 16 jogos, e agora vai enfrentar o rival rubro-negro nas quartas de final. Já o sub-19 terminou na vice-liderança, com 15 vitórias e três derrotas, e pega o Universo na disputa por uma vaga na semifinal.

Texto: Comunicação/FFC
Foto: Mailson Santana/FFC

Flu vence mais dois jogos pela Liga Nacional de Polo Aquático

No CBI Sub-16, Tricolor terminou segunda etapa em quarto lugar na série prata

O fim de semana que passou foi de vitória para a equipe adulta de polo aquático do Fluminense. Na sexta-feira (04/10), em jogo válido pela sétima rodada da Liga Nacional, o Tricolor venceu a Associação Bauruense de Desportos Aquáticos (ABDA) por 11 a 8, na piscina do Tijuca Tênis Clube. No sábado (05/10), a vítima foi o Clube Paineiras do Morumby (CPM), batido por 13 a 10, também no Tijuca.

Com estes resultados, o Fluminense soma três vitórias, um empate e uma derrota nos cinco jogos disputados na competição. O próximo desafio será contra o Flamengo, nesta terça-feira (08/10), às 20h, no Tijuca Tênis Clube.
Campeonato Brasileiro Interclubes Sub-16 Masculino
Na piscina do Clube Internacional de Regatas, em Santos, a equipe masculina sub-16 do Fluminense disputou a segunda etapa do Campeonato Brasileiro Interclubes da categoria. Em sua primeira partida, na sexta-feira (04/10), empate em 8 a 8 com a Hebraica e, na sequência, foi derrotada pelo Pinheiros por 9 a 4. No sábado (05/10), o Tijuca levou a melhor por 11 a 5.
Com um empate e duas derrotas, o Tricolor ficou em quarto lugar na série prata.
Texto: Comunicação/FFC
Foto: Divulgação/PAB

Molecada do Sub-15 goleia e garante vaga na final da Taça Rio

Fluminense joga bem e faz 4 a 0 no Boavista, em Xerém, pela semifinal da competição

O Fluminense está classificado para a grande final da Taça Rio Sub-15. Os Moleques de Xerém entraram em campo na tarde deste sábado e venceram o Boavista por 4 a 0, pela semifinal da competição. Os gols de Samuca (2), Gabriel Lyra e Gustavo Lobo deram a vitória ao Tricolor, que agora enfrenta o Vasco na decisão.
A molecada do Sub-15 do Fluminense, que neste ano conquistou as duas competições nacionais da categoria, mostrou mais uma vez a sua força e segue em busca do título do Estadual deste ano. Nem mesmo o sol forte, que castigou Xerém, foi capaz de diminuir o ritmo de jogo ofensivo e envolvente do time do técnico Leonardo Ramos.

O Tricolor dominou o jogo todo, criou mais oportunidades e poderia ter deixado o gramado com um placar ainda maior. Agora, os Moleques de Xerém enfrentam o Vasco na decisão da Taça Rio. As datas das finais estão previamente marcadas para 12 e 19 de outubro, ainda a serem confirmadas pela FERJ.


Sub-17 aguarda vencedor da Taça Rio na final do Estadual.

O Sub-17 do Fluminense deixou escapar a chance de ser campeão direto do Estadual da categoria deste ano. A equipe foi cedo para o CEFAT em busca de uma vaga na final da Taça Rio, contra o Botafogo, mas em um dia ruim acabou perdendo para o adversário por 2 a 1. A outra semifinal, entre Vasco e Flamengo, será disputada no próximo final de semana. Atual campeão da Taça Guanabara, o Tricolor espera o vencedor da Taça Rio na final do Estadual.
Comunicação FFC
Fotos: Mailson Santana/FFC

Fluminense vence o Vasco pelo Estadual Feminino Sub-18

Carol marcou o gol do clássico deste domingo em Laranjeiras

O Fluminense venceu o primeiro clássico do Campeonato Estadual Feminino Sub-18 na manhã deste domingo (06/10), diante da torcida, no Estádio de Laranjeiras. As meninas fizeram bonito e conquistaram mais três importantes pontos ao vencer o Vasco da Gama por 1 a 0, na segunda rodada da primeira fase.
Carol foi a autora do gol do Tricolor que, agora, soma seis pontos em duas vitórias, com 11 gols marcados. O próximo desafio das meninas do Fluzão é no domingo (13/10) em Laranjeiras, diante do Brasileirinho, pela última rodada da primeira fase.

O torneio será disputado em três fases. A primeira terá oito associações, jogando entre si, distribuídas em dois grupos. Classificam-se a primeira e a segunda colocadas de cada chave. No segundo turno, os times voltam a disputar jogos em três grupos, também dentro da mesma chave, em partidas de ida e volta. Os dois melhores de cada grupo fazem a final.

Texto: Comunicação/ FFC
Fotos: Laís Patrício/ FFC

Fluminense fica em segundo na Taça Brasil de Futsal Sub-9

Molecadinha das quadras faz 30 gols em cinco jogos, mas título escapa na final

O time Sub-9 do Fluminense disputou nesta semana a Taça Brasil de Futsal da categoria e, como vem acontecendo todos os anos, a molecadinha foi destaque da competição, que aconteceu em Uberlândia. O grupo fez ótima campanha, marcando 30 gols em cinco jogos, terminando em segundo lugar na competição. O título escapou na final com o Corinthians por 1 a 0.

  • De 2013 até agora foram disputados 12 competições nacionais do futsal e conseguimos chegar em oito finais e conquistar quatro títulos. Temos a nossa academia de formação consolidada tanto no cenário regional como nacional. Quero agradecer aos profissionais, aos familiares e aos atletas, pois eles formam o nosso tripé institucional e são fundamentais na formação destes meninos para Xerém. Assim é o Fluminense, um clube gigante. Na base temos que saber vencer, saber perder, pois tudo isso faz parte do aprendizado nesta longa caminhada. Por isso tenho orgulho de fazer parte deste sistema de formação que conta com Futsal, Guerreirinhos, Captação e Xerém – comentou o gerente do futsal, Ivan Proença.
  • Confira os resultados do futsal na Taça Brasil Sub-9
  • 1ª Fase
  • Fluminense 7 x 4 Fortaleza
  • Fluminense 7 x 0 Ippon/MA
  • Fluminense 6 x 2 Uberlandia
  • Semifinal
  • Fluminense 10 x 0 Praia Clube
  • Final
  • Fluminense 0 x 1 Corinthians
  • Comunicação FFC
  • Fotos:Divulgação FFC

Fluminense participa de projeto Caravana pela Paz

Evento faz parte da Torcida Pela Paz, em conscientização do Dia Internacional da Não Violência

Na tarde desta quarta-feira, 2 de outubro, quando é comemorado o Dia Internacional da Não Violência, o Fluminense, por meio da Vice-Presidência de Ação Social e Governamental, participou do evento Caravana Pela Paz. A ação é promovida pelo Instituto Fair Play, que coordena o projeto Torcida Pela Paz, e tem apoio da Prefeitura do Rio de Janeiro e da FERJ.

“Gostaria de parabenizar o Instituto Fair Play pelo excelente projeto Torcida Pela Paz, e, especificamente, esse braço do projeto, que é a Caravana Pela Paz, onde os ídolos dos quatro grandes clubes do Rio de Janeiro se unem para fazer essa campanha educacional, junto aos atuais e futuros torcedores, nossas crianças. Tenho a honra de representar o Fluminense mais uma vez. Com a orientação permanente do nosso presidente, Mário Bittencourt, estamos solidários e integrados a iniciativas que, como essa, que busquem uma aliança permanente de amizade e paz entre torcedores. Somos pela paz, somos Fluminense”, destacou Edmundo Coelho

Com a participação de mais de 2.500 crianças, a Caravana registrou todas as visitas e as imagens produzidas estarão em um documentário que será exibido em escolas, Vilas Olímpicas e nos clubes de futebol.
Texto: Comunicação/ FFC
Fotos: Ricardo Pires/Lucas Emanuel

Time de vôlei do Flu volta a enfrentar o Flamengo em jogo-treino

Tricolor segue sua preparação para a temporada 2019/2020

Em mais uma etapa de sua preparação para a temporada 2019/2020, o time feminino de vôlei do Fluminense realizou nesta quinta-feira (03), na Gávea, o segundo jogo-treino contra o Flamengo. Após empate em 2 sets a 2 na primeira partida, disputada em Laranjeiras, na semana passada, o Tricolor acabou superado nos quatro sets disputados na casa do adversário (25/18, 25/22, 25/23 e 25/22).

“O time do Flamengo tem um mês a mais de preparação, já fez amistosos em São Paulo contra Pinheiros e Osasco, equipes fortes. Nosso time ainda está se conhecendo, eu mesmo cheguei do Mundial com a seleção sub-18 há apenas duas semanas. Precisamos trabalhar para corrigir os erros e formar uma equipe do jeito que a gente acha que tem que ser”, analisou Hylmer Dias, técnico do Fluminense.
Diferentemente do primeiro jogo-treino, quando utilizou quase todo o elenco tricolor, desta vez Hylmer teve menos jogadoras a sua disposição para colocar em quadra.

“A Pamela não pode jogar devido a uma contusão sofrida no dia anterior e a Julia Moura está com um problema no ombro. Mas usamos as centrais, a Mayara, e as outras atletas que estavam a disposição”, finalizou o treinador.
O Fluminense começou o jogo com: Giovanna, Andressa Krachefski, Thais, Leticia Hage, Paula Borgo e Mari Cassemiro.
Entraram: Mikaella, Larissa, Natasha, Mayara, Neneca e Marcella.
Texto: Comunicação/FFC
Foto: Mailson Santana/FFC

Campo em CT do Flu recebe o nome de Altair

Homenagem ao craque foi inaugurada nesta sexta-feira

O Fluminense Football Club inaugurou, na manhã desta sexta-feira (04/10), a placa que dá o nome do ídolo Altair a um dos campos do CT Tricolor, na Barra da Tijuca. O presidente do clube e os ex-jogadores Jair Marinho e Peri, estiveram presentes à solenidade.

Altair Gomes de Figueiredo, um dos maiores nomes da história do Fluminense, morreu em agosto, com 81 anos. Ele sofria com o Mal de Alzheimer. Além da placa em homenagem ao craque, o clube decretou, à época, luto oficial por três dias e respeitou um minuto de silêncio na 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Sobre Altair
Franzino e baixinho, o lateral-esquerdo Altair tinha o apelido de Fiapo nas Laranjeiras e foi considerado o melhor marcador de Garrincha. Ele é o quarto jogador que mais vestiu a camisa do Fluminense: foram 551 jogos com três gols marcados. Neste período, conquistou os Campeonatos Cariocas de 1959, 1964 e 1969; o Torneio Rio-SP em 1957 e 1960; e a Taça Guanabara de 1966.
Após encerrar a carreira, Altair trabalhou no clube e fez parte de várias comissões técnicas do Fluminense. Pela seleção brasileira atuou em 22 partidas e disputou duas Copas do Mundo (1962 e 1966), sendo campeão mundial no Chile.

Altair Gomes de Figueiredo foi sepultado no Cemitério de Maruí, em Niterói.

Texto: Comunicação/ FFC
Fotos: Lucas Merçon/ FFC

Top