fbpx

Próximo de deixar o clube, Luciano treina e disputa coletivo no CTPA

Um dos principais nomes do Fluminense no primeiro semestre, atacante negocia com o Atlético-MG e não esconde vontade de selar sua saída

Foto: Lucas Merçon / FFC

Envolvido em uma grande polêmica desde antes da parada para a Copa América, Luciano se reapresentou e treinou nesta última terça (16) no CTPA, na Barra da Tijuca. Um dos principais nomes do Fluminense no primeiro semestre da temporada, o atacante marcou 15 gols em 31 partidas. Porém, insatisfeito, vem tentando uma transferência para algum clube da Série A. Seu provável destino é o Atlético-MG, com quem já está em negociações avançadas. O treinador Fernando Diniz não esconde o incômodo com a situação do atacante e, quando perguntado sobre o imbróglio, deixou bem claro que “fica quem quer”.

Luciano havia pedido liberação dos treinos do final de semana, mas compareceu no CT do Tricolor e participou da atividade com os reservas e os não relacionados contra o Ceará. O coletivo disputado ficou marcado por ser o primeiro de Nenê, recém-contratado, com a camisa do Fluminense. Vale lembrar que o atacante já não tinha atuado contra a Chapecoense, antes da Copa América, para não completar sete jogos pelo clube das Laranjeiras, podendo assim assinar com outro time da elite do Campeonato Brasileiro. Além disso, ficou de fora também do empate em 1 a 1 com o Vozão, na última segunda.

Fluminense negocia empréstimo de Wellington Nem

A negociação entre Fluminense e Shakhtar Donetsk por Wellington Nem é tratada com otimismo nas Laranjeiras. O clube busca contratar o atacante por empréstimo até dezembro, sem pagamento pela liberação. Também são discutidos termos do acordo, como possibilidade de renovar por um ano e de compra de parte dos direitos econômicos.

Revelado pelo Tricolor, Nem deseja voltar. Porém, precisa topar reduzir os salários. Segunda-feira, durante a apresentação de Nenê, o presidente Mário Bittencourt esclareceu a tratativa.

– É um desejo de ambas as partes. Não temos nada bem encaminhado ou concretizado até porque é bem difícil negociar com o Shakhtar. Se dessa vez conseguirmos uma facilidade maior e tivermos uma possibilidade, com certeza desejamos.

Pela manhã, o jogador postou vídeo na internet ensinando o filho a cantar o hino do Fluminense. Assista:

View this post on Instagram

🇮🇹❤️

A post shared by W.nem⚽ (@wellingtonem) on

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Ex ponta direita da Máquina Tricolor Búfalo Gil sofreu um infarto ontem, e passa bem.

Ex-ponta-direita da Seleção Brasileira, do Fluminense e do Botafogo, ‘Búfalo’ Gil sofreu um infarto ontem. O ex-atacante de 68 anos foi internado na Clínica Cardiológica de Laranjeiras, no Rio, e passa bem.

Fonte/texto: Diário do Poder – Cláudio Humberto.

Nós do Canal Flunews e todos os Torcedores Tricolores estamos torcendo para sua rápida recuperação. ST.

Ceará discorda de gol anulado e prepara representação contra juiz de duelo com Fluminense

Por discordar da anulação do gol que o colocaria em vantagem sobre o Fluminense no duelo desta segunda-feira, no Maracanã, o Ceará prepara representação à CBF contra o juiz Douglas Marques das Flores. As equipes empataram em 1 a 1, pela 10ª rodada do Brasileirão.

Emprestado pelo Tricolor ao Vozão, Mateus Gonçalves marcou o gol em questão. Após lançamento de Thiago Galhardo, ele se antecipa a Nino, que é atrapalhado por Felippe Cardoso, em impedimento, e fica cara a cara com o goleiro Agenor. O lance foi analisado pelo juiz principal e pelo bandeirinha Danilo Ricardo Simon Manis em consulta ao VAR. O técnico Enderson Moreira considerou “um absurdo” a decisão da arbitragem.

O objetivo dos cearenses não é conseguir a invalidação da partida, mas afastar Douglas Marques das Flores de seus confrontos pela Série A.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Celso Barros é internado com pneumonia

Vice-presidente do Fluminense, Celso Barros precisou ser internado, domingo, em razão de uma pneumonia. Em tratamento no Hospital da Unimed-Rio na Barra da Tijuca, o dirigente acabou perdendo o treino aberto à torcida e a apresentação de Nenê, no Maracanã, segunda-feira, dia do empate em 1 a 1 com o Ceará, pela 10ª rodada do Brasileirão.

– Graças a Deus estou melhorando. Tive um gripe forte, que evoluiu para pneumonia. Mas estou bem. Agora é esperar o tempo da medicação para ter alta.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Nenê faz primeiro treino no Fluminense após apresentação no Maracanã

Apresentado no Maracanã na segunda-feira, Nenê treinou pela primeira vez no Centro de Treinamento Pedro Antônio, na Barra da Tijuca, no dia seguinte ao empate em 1 a 1 com o Ceará, pela 10ª rodada do Brasileirão. Apesar de encostado no São Paulo, ele vinha mantendo a forma física no CT da Barra Funda.

Enquanto os titulares do jogo desta segunda fizeram trabalho regenerativo, Nenê se juntou aos reservas e a jogadores da base para um treino coletivo. O meia aguarda seu contrato com o Fluminense, firmado até o fim de 2020, ser publicado no BID da CBF para poder entrar em campo já na manhã de sábado, diante do Vasco, em São Januário.

– Se estiver regularizado, tem chance. Tem de treinar. É uma pena perder o Ganso, ele está cada vez melhor. (Nenê) É móvel, tem qualidade e é decisivo. Ele pode jogar em mais de uma posição. Vamos ver como ele chegou e ver qual a posição que ele pode atuar – disse Fernando Diniz.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Convocados para a Seleção sub-17, Miguel e Calegari desfalcam Fluminense

Jovens jogadores se apresentaram para um período de treinos e amistosos e ficarão de fora das partidas contra Vasco e Peñarol

Foto: Lucas Merçon / FFC

Promessas do Fluminense, Miguel, de 16 anos, e Calegari, de 17 irão ficar de fora da equipe no clássico contra o Vasco, pelo Campeonato Brasileiro, e contra o Peñarol-URU, no duelo de ida pela Copa Sul-Americana. Isso porque os jovens jogadores se apresentaram nesta terça-feira (16) à seleção brasileira sub-17 para um período de treinamentos e amistosos visando a Copa do Mundo da categoria, em outubro.

Vale destacar que a dupla não está inscrita na Copa Sul-Americana, portanto não jogariam de qualquer forma. Porém, não está descartada a ausência do meia e do volante também na partida contra o São Paulo, pela 12ª rodada do Brasileirão, tendo em vista que o jogo acontecerá apenas um dia depois do último amistoso pela seleção, que será disputado no Paraguai.

Ganhando espaço no elenco profissional aos poucos, a dupla mostra muita personalidade apesar da pouca idade. Miguel, por exemplo, teve seu nome gritado pela torcida no empate em 1 a 1 com o Ceará e, com a suspensão de Paulo Henrique Ganso, era um dos mais cotados a assumir a vaga no meio-campo tricolor. Com isso, o recém-chegado Nenê pode acabar estreando já neste sábado (20), em São Januário.

Calegari durante treino no CTPA (Foto: Lucas Merçon / FFC)

Outro jovem atleta convocado foi o goleiro Marcelo, de 16 anos. O garoto vem se destacando nas categorias de base do Fluminense por ter ótimos reflexos e ser pegador de pênalti. O arqueiro treina junto ao elenco profissional há algum tempo. Após o apresentação dos jogadores, o clube das Laranjeiras informou que não pediu liberação de nenhum deles junto à CBF, diferentemente do que aconteceu no Torneio de Toulon, quando foi solicitada a volta de Pedro, que continuou com o grupo e sagrou-se campeão da competição.

Foto: Lucas Merçon / FFC

De volta após cumprir suspensão, Allan tem renovação de empréstimo publicada no BID

Contrato do volante estava sem validade desde o dia 1º de julho; além dele, Nenê também teve sua rescisão com o São Paulo oficializada

Foto: Lucas Merçon / FFC

Boa notícia para a torcida do Fluminense. Um dos destaques do time nesta temporada, o volante Allan teve sua renovação de empréstimo publicada no BID da CBF nesta segunda-feira (16). O vínculo, que estava sem validade desde o dia 1º de julho, foi prorrogado junto ao Liverpool-ING, garantindo a permanência do atleta até o fim deste ano. Peça-chave no esquema de Fernando Diniz no Tricolor carioca, o jovem jogador cumpriu suspensão contra o Ceará e irá retornar ao time no clássico do próximo sábado (20), contra o Vasco, às 11h (de Brasília), em São Januário, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Foto: Reprodução

Nenê pode ser regularizado

Além de Allan, outro jogador que teve seu nome constando no BID nesta segunda foi Nenê. Recém-contratado pelo Fluminense, o meia de 37 anos teve sua rescisão oficial com o São Paulo publicada e, consequentemente, já pode ser regularizado pelo Tricolor. O experiente atleta treinará com a equipe durante esta semana e, caso acerte a documentação e o treinador Fernando Diniz opte por ele, pode estrear justamente contra o Vasco, onde atuou por quase três anos. Nenê foi apresentado na noite de ontem, pouco antes do empate em 1 a 1 com o Ceará. Seu primeiro contato com a torcida no Maracanã foi marcado por uma grande manifestação de apoio por parte dos tricolores.

Foto: Reprodução

Fluminense tem seu segundo pior início de Brasileirão na era dos pontos corridos

Desempenho do Tricolor nas primeiras 10 rodadas deste ano só supera o de 2008, quando a equipe estava focada na Copa Libertadores

Foto: Lucas Merçon / FFC

Tornar desempenho em resultado. Esse vem sendo o maior desafio do Fluminense de Fernando Diniz no Campeonato Brasileiro. Mesmo jogando bem e criando chances de gol, o Tricolor carioca vem colecionando tropeços e resultados ruins na competição. Até aqui, foram apenas nove pontos conquistados em 30. Além disso, a equipe continua na parte de baixo da tabela, agora fora do Z4, na 15ª posição.

Essas atuações marcadas por um domínio na posse de bola, mas também pelas inúmeras oportunidades desperdiçadas e pela fragilidade defensiva rendeu ao Fluminense seu segundo pior início de Brasileirão na era dos pontos corridos. Os números são piores do que em 2009, quando o Tricolor se salvou na última rodada devido à uma arrancada incrível, e em 2013, quando o clube das Laranjeiras chegou a ser rebaixado, mas se manteve na Série A por causa da escalação irregular de um atleta por parte da Portuguesa-SP. A única campanha nas 10 primeiras rodadas pior que a deste ano foi a de 2008, quando o Flu estava focado na Copa Libertadores e poupava jogadores no nacional.

Veja abaixo as pontuações do Fluminense até a 10ª rodada de 2003 a 2019:

2003: 13 pontos

2004: 14 pontos

2005: 20 pontos

2006: 19 pontos

2007: 14 pontos

2008: 6 pontos

2009: 10 pontos

2010: 22 pontos

2011: 12 pontos

2012: 22 pontos

2013: 12 pontos

2014: 16 pontos

2015: 20 pontos

2016: 13 pontos

2017: 15 pontos

2018: 14 pontos

2019: 9 pontos

Diniz elogia volume de jogo do Fluminense, mas frisa necessidade de concluir melhor

Treinador tricolor destacou que os erros na hora de finalizar em gol vendo sendo o diferencial na conquista de pontos dentro do Brasileirão

Foto: Lucas Merçon / FFC

Voltando à campo pelo Campeonato Brasileiro após a parada para a Copa América, o Fluminense frustrou a torcida presente e empatou em 1 a 1 com o Ceará em pleno Maracanã. Com o resultado, o Tricolor até saiu do Z4 da competição, mas saiu de campo vaiado e com mais um tropeço dentro de casa. Após a partida, Fernando Diniz concedeu entrevista coletiva e, apesar de não ter conquistado a vitória, destacou o bom volume de jogo de sua equipe e comentou sobre o gol sofrido nos acréscimos da etapa inicial.

“Infelizmente, a bola não entrou. Tivemos chances claras, um bom volume de jogo, tanto que o goleiro deles deve ter sido o melhor em campo. O gol deles acabou acontecendo em um lance duvidoso e o time parou para reclamar. Essa parada que a gente deu gerou o contra-ataque e o gol do Ceará, mas é levantar a cabeça, pois temos um jogo importante no sábado”.

Para o treinador, a atuação do Fluminense na primeira etapa foi muito boa, mas o nível caiu no segundo tempo. De acordo com ele, a equipe jogou de forma errada. Diniz aproveitou também para frisar a necessidade de concluir melhor e aproveitar as chances de marcar gols.

“Jogou (o time) o primeiro tempo muito bem e jogou certo, depois no segundo tempo, jogou errado. Não jogou mal, mas errado. Em determinados lances do jogo, o time ficou fazendo a transição e esse não é o jogo do Fluminense”.

“O que mais incomoda no nosso time é a gente criar e não concluir em gol, está sendo o diferencial de deixar pontos pelo caminho. A gente tem treinado e além disso, temos jogadores com característica de fazer gol, temos o Pedro, o João Pedro, Yony, até o próprio Ganso. A gente tem jogador que, rotineiramente, faz gol, e espera que a bola comece a entrar o quanto antes para que a gente comece a vencer os jogos”.

Perguntado sobre a falta que o volante Allan fez no jogo contra o Ceará, o técnico tricolor rasgou elogios ao jovem jogador e o definiu como “um achado” do clube das Laranjeiras.

“Allan é um achado do Fluminense, é um jogador de muita qualidade técnica, de condicionamento físico, tem empatia com o torcedor, tem o pacote completo. Ele está muito bem, se encontrou no Fluminense e se sente bem jogando aqui, é um jogador diferente e tem jogado num nível muito alto”.

Sobre as vaias da torcida após o apito final, Diniz afirmou que entende a chateação da torcida, e disse que o time precisa retribuir o carinho dado no treino aberto e no jogo com vitórias dentro de campo.

“A torcida tem todo o direito de se manisfestar, é apaixonada. A demonstração de carinho ontem e hoje, em boa parte do jogo, é o que vale para mim. A gente tem que saber acatar e melhorar, porque o torcedor quer ver o time vencer e a gente precisa trazer a vitória para o torcedor. Temos que continuar produzindo e vencer as partidas”.

Por fim, o comandante não descartou a estreia de Nenê, recém-contratado logo no clássico contra o Vasco, no próximo sábado (20), às 16h (de Brasília), em São Januário. A partida será válida pela 11ª rodada do Brasileirão. Vale lembrar que o meia atuou por praticamente três anos no Cruzmaltino.

“Se estiver regularizado, tem chance, mas vai treinar primeiro. Nenê é um jogador móvel, tem muita qualidade, é decisivo. Pode jogar em mais de uma posição e vamos encontrar o melhor lugar para ele produzir bem no Fluminense”.

Top