fbpx

Preocupado com pressão da torcida na Baixada, Léo sonha com Sula: “Queremos fazer história”

Escolhido para conversar com a imprensa antes da viagem ao Paraná, Léo conhece bem o clima na Arena da Baixada, onde o Fluminense joga nesta quarta-feira, pela Sul-Americana. Ao longo dos cerca de três anos que defendeu o Atlético-PR, o lateral-direito se acostumou à temida grama sintética. Esta, inclusive, não é, segundo ele, o maior problema que o time enfrentará na ida da semifinal do torneio.

– A gente não costuma pensar em grama. Sabemos que lá é complicado, mas o importante é que estamos concentrados. Creio que a dificuldade é a torcida, que vai encher e joga junto os 90 minutos. A gente tem que ficar tranquilo, esquecer a torcida. Dentro de campo são só os jogadores. Quanto mais esquecer a parte de fora, melhor para gente – explicou, nesta manhã.

Nas quartas-de-final, o Furacão sofreu para eliminar o Bahia, mesmo decidindo em casa. Perdeu por 1 a 0 no tempo normal e confirmou a classificação apenas nos pênaltis. No entanto, Léo reconhece o talento de alguns jogadores e alerta para os cuidados que se deve ter com a postura que o rival adotará.

– Sabemos que eles estão num bom momento, com bons jogadores. Pablo, Nikão, Paulo André… Temos que estar focados. Também temos nossas qualidades.  O que eu falo para a equipe é manter tranquilidade. Eles vão querer vir para cima nos primeiros minutos. Temos que ter paciência. Vai ser um jogo bom. Vamos pensar na gente.

Numa temporada em que poucos confiavam em algo maior, o elenco tem a chance de provar seu valor e conquistar uma taça que quase foi parar nas Laranjeiras em 2009, quando aconteceu a derrota para a LDU. Trata-se, portanto, de um momento especial, principalmente, para a torcida, que carece de protagonismo desde a Copa do Brasil de 2015. Foi a última vez que o clube disputou um título de importância no cenário do futebol.

– Pela situação na Sul-Americana, a gente acaba focando. A gente quer fazer história na Sul-Americana. No Brasileiro, sabemos que os clubes de baixo estão chegando perto, mas agora temos que pensar na quarta e depois pensamos nos próximos jogos – disse, antes de completar:

– A gente vai para o jogo, independentemente da competição, com o pensamento de vencer. Infelizmente, não estamos tão bem no Brasileiro como na Sul-americana. Nem sempre conseguimos o que a gente quer. Mas temos que voltar a vencer no Brasileiro para sair dessa situação. E queremos atingir 100% na Sul-Americana.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

 

Flu oficializa mais duas trocas na Sula

Igor Julião e Cabezas entram na vaga de João Vitor e Pedro.

O Fluminense anunciou na manhã desta segunda-feira (05) mais duas mudanças na lista de inscritos da Copa Sul-Americana para a fase semifinal diante do Atlético Paranaense. Entram o lateral-direito Igor Julião e o atacante Cabezas nas vagas do lateral-esquerdo João Vitor e do centroavante Pedro, respectivamente.

Da dupla, Julião é o que mais vem recebendo oportunidades por Marcelo Oliveira, até mesmo pelo fato de Gilberto é Léo estarem contidos. Já Cabezas fez sua estréia no último dia 27 quando atuou por alguns minutos na derrota de 3 a 0 para o Santos.

 

foto: Lucas Merçon

Clube mineiro encaminha acordo por Richard

Jogador se apresentaria em Minas já em dezembro deste ano.

Titular absoluto do meio campo tricolor desde a chegada do técnico Marcelo Oliveira, o volante Richard pode deixar o Flu em 2019, é o que garante o jornalista Héverton Guimarães, que cita um possipos acordo entre o Cruzeiro e o jogador.

Ainda de acordo com o jornalista, a equipe mineira já teria adquirido 75% dos direitos do jogador que se apresenta na Toca da Raposa em dezembro deste ano, logo após o fim do Campeonato Brasileiro.

Richard chegou ao Fluminense em 2017 vindo do Atibaia, em contrapeso a contratação do atacante Robinho, emprestado atualmente ao América Mineiro. O volante que viveu altos e baixos com a camisa tricolor atravessa o seu melhor momento no clube. Garantiu a titularidade desde a chegada de Marcelo Oliveira e inclusive já marcou dois gols recentes, contra o Deportivo Cuenca e Paraná.

 

foto: Lucas Merçon

Fluminense abre check-in de sócios para semifinal contra o Atlético-PR

A venda de ingressos para o jogo do dia 28 de novembro, contra o Atlético-PR, válido pela semifinal da Sul-Americana, começou nesta sexta-feira. Mas, por enquanto, apenas para os sócios-torcedores dos planos Tricolor de Coração, Pacote Check-in 2018, Pacote Futebol, Sócio Futebol, Eterno Amor, Construa o CT e Pacote Jogos. Quem se associou pelo plano Guerreiro poderá comprar sua entrada a partir de segunda-feira, dia 05.

Os demais tricolores vão esperar até a manhã do dia 07, quarta-feira. A venda, a princípio, acontecerá exclusivamente pela internet, a partir de 10h. Os valores estão entre R$ 10 a R$ 60. Este jogo terá, novamente, o setor Leste Superior com ingressos promocionais, com a meia-entrada a R$15 e R$30 a inteira. Os sócios terão descontos que variam de 33% a 100%, dependendo do plano e do lugar no estádio. As gratuidades são somente no setor Leste Inferior.


Confira detalhes:

Check-in para sócios

Tricolor de Coração, Pacotes Futebol e Check-Ins 2018
Do dia 02/11, sexta-feira, às 18h, até dia 27/11, terça-feira, às 23h50

Sócio Futebol, Eterno Amor, Construa o CT e Pacote Jogos
Do dia 03/11, sábado, às 20 h, até dia 27/11, terça-feira, às 23h50

Guerreiro
Do dia 05/11, segunda-feira, às 10h, até dia 27/11, terça-feira, às 23h50

Os sócios também podem adquirir seus ingressos com o desconto do plano nos pontos de venda, na Sede do Fluminense e no Maracanã.

Valores dos ingressos

Setores Sul e Leste Inferior (Gratuidades apenas no setor Leste Inferior)

R$ 0 – 100% de desconto – Tricolor de Coração, Pacotes Futebol e Check-Ins 2018

R$20 – 67% de desconto – Sócio Futebol, Eterno Amor, Construa o CT e Pacote Jogos

R$40 – 33% de desconto – Guerreiro

R$60 Demais torcedores (R$ 30 meia)

Setor Leste Superior

R$ 0 – 100% de desconto – Tricolor de Coração e detentores dos Pacotes Futebol e Check-Ins 2018

R$10 – 67% de desconto – Sócio Futebol, Eterno Amor, Construa o CT, Guerreiro e Pacote Jogos

R$30 – Demais torcedores (R$ 15 meia)

Maracanã Mais

R$ 115 – Sócios de qualquer plano

R$ 165 – Demais torcedores (R$ 115 meia)


Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Dia de festa! Convocação Tricolor planeja mosaico para jogo de 28/11, pela Sul-Americana

Quase uma década depois de disputar a primeira final de Sul-Americana de sua história, contra a LDU, o Fluminense tem nova chance de ir à decisão do segundo torneio mais importante do continente. Antes, porém, precisa eliminar o Atlético-PR, com quem duela, pelo jogo de ida, na quarta-feira, na Arena da Baixada.

A segunda partida entre os brasileiros acontece em 28 de novembro, no Rio. Ou seja, a tendência é que o Maracanã esteja cheio – inclusive, a venda de ingressos para sócios-torcedores começou nesta sexta-feira. Como é uma ocasião que pode selar o retorno do clube a uma final de mata-mata, o “Convocação Tricolor” está planejando uma festa bastante especial. Ao Canal FluNews, Pedro Jordão, um dos idealizadores do projeto, conta que a ideia é fazer um mosaico. A frase? Guardada a sete-chaves.

Os tricolores têm poucas opções, devido às tantas restrições impostas pela Conmebol, que vetou a surpresa programada para o jogo contra o Deportivo Cuenca, pelas oitavas-de-final, em cima da hora. Com o objetivo de impedir problema parecido, o Convocação se reunirá com o Fluminense e com a entidade sul-americana. Aos seus seguidores nas redes sociais, a promessa é de “algo grandioso”.

– Por vocês, por nós, pelo Fluminense! Essa festa terá que ser do tamanho do Fluminense e do tamanho que o jogo nos propõe. É decisão – diz um post.

O período de doações iniciou pouco depois do 1 a 0 sobre o Nacional, no Uruguai, neste meio de semana. A meta estimada é, inicialmente, de R$ 5 mil, valor que deverá ser arrecadado até o dia 21 de novembro, uma semana antes do mosaico ser erguido. Até o momento, conseguiu-se cerca de R$ 500, isto é, 10% do necessário. Abaixo, você confere detalhes de como colaborar com qualquer quantia. 

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Poupados, Gum e Airton desfalcam o Fluminense em jogo contra o Vasco; veja provável time

A maratona de jogos neste fim de ano tem desgastado os jogadores, especialmente Gum e Airton. Ambos, inclusive, enfrentaram o Nacional, quarta-feira, mas sequer foram relacionados para o clássico da tarde deste sábado, contra o Vasco. A chance de levar a campo um time misto, assim como na goleada para o Santos, foi confirmada por Marcelo Oliveira, de olho na ida da semifinal da Sul-Americana, semana que vem, diante do Atlético-PR.

Gum, que ainda se recupera de uma entorse no joelho, dará lugar a Paulo Ricardo. Quanto a Airton, nenhuma lesão foi acusada. No entanto, o volante, que pouco jogou em 2018, está em busca de melhores condições físicas. Com esta ausência, Jádson, antes improvisado na lateral-direita, retoma sua vaga no meio-campo. Léo tratou de edema na coxa e pode começar jogando ou ceder a vaga a Igor Julião. O técnico depende do aval do setor de fisiologia, que reavalia os titulares, para oficializar a escalação.


Provável escalação:

Júlio César; Digão, Paulo Ricardo e Ibañez; Léo (Igor Julião), Richard, Jadson, Sornoza (Daniel) e Ayrton Lucas (Marlon); Everaldo (Matheus Alessandro) e Luciano.


Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.
Fonte: Globoesporte.com.

“Mais importante da carreira”: a visão de Luciano sobre o gol que levou o Fluminense adiante na Sula

Quando trocou o futebol grego pelo brasileiro, em julho, a promessa de Luciano era “fazer gols para ajudar o Fluminense”. Também por questões físicas, demorou algum tempo até se encontrar no time de Marcelo Oliveira. A lesão de Pedro, em agosto, deixou um vazio enorme e que, depois de tantas opções testadas, acabou preenchido pelo ex-Corinthians, em boa fase. Foi o ‘empurrãozinho’ de que ele precisava para, enfim, cumprir o prometido.

– Infelizmente, o Pedro se machucou. Coisas do futebol. Estou trabalhando, assim como os outros, e a gente espera suprir essas ausências. Graças a Deus está dando muito certo, estou podendo fazer os gols e ajudar meus companheiros.

Luciano anotou gols importantes (ao todo, são cinco em 15 jogos), como o que determinou o 1 a 0 sobre o Atlético-MG e garantiu certa tranquilidade para o clube no Brasileirão. Mas, pelo menos para ele, nenhum supera o que marcou na quarta-feira, em Montevidéu. Justo. Afinal, foi aquela bola na rede que reservou uma vaga para os tricolores na semifinal da Sul-Americana.

– Eu não sou herói, longe disso. Meus companheiros estão de parabéns. A emoção é muito grande. Sem dúvida foi o gol mais importante da minha carreira – revelou, em entrevista à imprensa no aeroporto do Galeão, quinta-feira.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

 

 

Olho no Vasco! Fluminense usa reservas em único treino antes do clássico

Embora ainda precise de cerca de seis pontos para acabar com o risco de rebaixamento no Brasileirão, o Fluminense aposta suas fichas na Sul-Americana. Portanto, a tendência é que, como no último sábado, vá a campo uma equipe alternativa. A delegação chegou ao Rio de Janeiro nesta quinta-feira, com festa de mais de cem torcedores, um dia depois do heroísmo no Uruguai: superou o maior público do estádio Parque Central e eliminou o Nacional.

O elenco se reapresentou na manhã desta sexta-feira, no Centro de Treinamento, para a única atividade antes do clássico com o Vasco, às 17h deste sábado. Só os reservas e não-relacionados trabalharam no campo, enquanto o time que jogou no meio de semana fez um regenerativo na academia. Ao fim do dia, Digão, Ibañez, Ayrton Lucas, Richard, Sornoza e Luciano bateram bola e correram em volta do gramado.

– Se for por mim, eu quero jogar. A gente tem que ver se todos estarão bem fisicamente. Temos que fazer um trabalho de recuperação. A gente vai descansar, vai ver quem está bem para o professor decidir quem joga sábado. Esperamos poder ganhar. Clássico fala por si só – disse, no aeroporto do Galeão, o centroavante Luciano.

A novidade foi o retorno de Léo. Ele viajou a Montevidéu, mas sequer foi relacionado. Sem atuar desde a derrota para o Flamengo, há mais de duas semanas, devido a um edema na coxa, o lateral-direito treinou normalmente e pode enfrentar o Cruz-Maltino, a depender da escolha do técnico. Jádson, improvisado no setor na partida da Sula, acusou maior desgaste, assim como Gum, Airton e Everaldo, e deve ser poupado.

– Sair de um jogo como esse, desgastante, ter uma viagem desgastante e já ter um clássico contra um adversário que não jogou durante a semana… Este jogo poderia ser no domingo. Vamos usar todos aqueles que estiverem se sentindo bem. Se um ou outro estiver muito desgastado, com probabilidade de lesão, vamos trocar. Temos um elenco que dá para fazer isso – disse o técnico, quarta-feira.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Conmebol oficializa datas e horários de Fluminense x Atlético-PR

Um finalista da Sul-Americana sairá dos jogos entre Fluminense e Atlético-PR, que já têm datas para acontecer. Uma vez que a segunda semifinal também foi definida (Júnior Barranquilla x Santa Fé), a Conmebol oficializou, na manhã desta sexta-feira, que os duelos de brasileiros ocorrerão nos dias 7, em Curitiba, e 28 de novembro, no Rio. Ambos marcados para 21h45.

Depois de despachar o Nacional, em pleno Parque Central, em Montevidéu, os tricolores estão cada vez mais perto da tão sonhada conquista da Sula. Até a grande decisão, o clube tem o privilégio de disputar a volta diante de sua torcida, no Maracanã. Inclusive, a expectativa é de casa cheia no fim do mês.


Veja detalhes:


Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Em dívida com o elenco, Fluminense lucra R$ 2 milhões com vaga na semi da Sula

A vaga na semi da Sul-Americana, conquistada no Uruguai, rende frutos que vão além do campo. O gol de Luciano, que garantiu a permanência do time no torneio, representa o fortalecimento da relação de confiança com a torcida e, de quebra, alívio financeiro, em meio a uma crise sem fim nas Laranjeiras.

Atualmente, o Fluminense deve o salário de setembro (o de outubro vence na semana que vem) e quatro meses de imagem (junho, julho, agosto e setembro). O prêmio pelo 1 a 0 sobre o Nacional vale R$ 2 milhões e pode ajudar a resolver pendências com o elenco, que se mostra decidido a conquistar a taça da Sula. Até porque há uma boa grana reservada ao vice (4,5 milhões) e ao campeão (R$ 9,3 milhões). Desde o início da caminhada, o clube lucrou R$ 6 milhões.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

 

Top