fbpx

Fluminense realizará peneira aberta para Xerém em outubro

Dia do Guerreiro Tricolor possibilita aos jovens a oportunidade de se tornar um Moleque de Xerém

O Fluminense tem como tradição buscar grandes jogadores para a base em todo o Brasil e no dia 26 de outubro realiza, no CT Vale das Laranjeiras, em Xerém, o Dia do Guerreiro Tricolor. O evento é uma oportunidade para aqueles que têm de 10 até 17 anos e sonham em ser um Moleque de Xerém.

A peneira será acompanhada de perto pelos profissionais da captação do Fluminense. A inscrição para as crianças de 10 a 13 anos será no dia 21/10, apenas em Xerém. Para o Sub-15 e sub-17 acontecerá no mesmo local no dia 22/10. Para se inscrever, o interessado precisa levar identidade (se tiver), certidão de nascimento (original), eletrocardiograma de repouso com laudo e atestado médico para o futebol com validade de 30 dias. Será cobrado uma taxa de R$ 20.
Para os participantes serem melhores avaliados, as vagas são limitadas. O departamento de futebol aconselha aos jogadores chegarem cedo, pois as inscrições acontecerão por ordem de chegada, a partir das 9 horas. Não será permitido uma pessoa inscrever mais do que um menino.
Inscrições Sub-11 e Sub-13 (Nascidos em 2006, 2007, 2008 e 2009)
Dia: 21/10
Horário: 9 horas (ordem de chegada)
Local: CT Vale das Laranjeiras, em Xerém
Documentos: Identidade (se tiver), certidão de nascimento (original), eletrocardiograma de repouso com laudo e atestado médico para o futebol
Taxa: R$ 20

Inscrições Sub-15 e Sub-17 (Nascidos em 2002, 2003, 2004 e 2005)
Dia: 22/10
Horário: 9 horas (ordem de chegada)
Local: CT Vale das Laranjeiras, em Xerém
Documentos: Identidade (se tiver), certidão de nascimento (original), eletrocardiograma de repouso com laudo e atestado médico para o futebol
Taxa: R$ 20
Comunicação FFC

Equipe masculina infantil do Flu vence pelo Estadual de Vôlei

No mirim feminino, Tricolor segue invicto e sem perder sets na competição

O Fluminense conquistou sua quinta vitória no Campeonato Estadual Infantil Masculino de Vôlei. Neste sábado (05/10), o Tricolor bateu o Tijuca por 3 sets a 1, com parciais de 25/23, 19/25, 25/18 e 30/28, na casa do adversário, em jogo válido pela terceira rodada da segunda fase da competição. O próximo jogo é contra o Flamengo, no dia 15/10, em Laranjeiras.

Já a equipe mirim feminina tricolor segue imbatível no Estadual da categoria. Dessa vez a vítima foi o RJ Vôlei, derrotado por 3 sets a 0 (25/7, 25/17 e 25/14), no domingo (06/10), no Colégio Batista Shepard, pela primeira rodada da segunda fase. As meninas continuam invictas e sem perder sets após oito jogos disputados.
No mirim masculino, o Fluminense conquistou sua primeira vitória no Campeonato Estadual no domingo (05/10). Na primeira rodada da terceira fase da competição, o Tricolor bateu o Flamengo por 3 sets a 0, parciais de 25/17, 25/10 e 25/22).

Fluminense pronto para a disputa da Superliga Feminina 2019/2020

Tricolor contratou seis reforços e promoveu duas atletas de suas categorias de base

O time adulto feminino de vôlei do Fluminense está pronto para a temporada 2019/2020. Com seis novas contratações e dois reforços oriundos de suas categorias de base, o Tricolor conta com um elenco que mescla experiência e juventude para a disputa do Campeonato Estadual e da Superliga, principal objetivo do clube.
“Para essa temporada, montamos uma equipe muito forte e guerreira. A Superliga é um campeonato longo, difícil e vamos em busca de uma boa participação”, afirmou Marcio Trindade, vice-presidente de Esportes Olímpicos do clube.
Gerente de Esportes Olímpicos do Fluminense, João Mandarino também está confiante com a nova equipe.
“O vôlei já é um projeto consolidado no clube. A equipe desse ano é forte e vamos fazer uma ótima temporada, tenho certeza”, destacou Mandarino.
Sétimo colocado na Superliga 2018/2019, o Fluminense foi ao mercado e trouxe seis atletas para reforçar a equipe. São elas a levantadora Mikaella, as ponteiras Mari Cassemiro e Neneca, a central Natasha Farinéa, a líbero Andressa Krachefski e a oposta Paula Borgo.

“Estamos muito motivados para essa temporada. Montamos um grupo novo, um grupo que a gente acha que vai ter uma sinergia maior com a torcida, uma energia maior. A gente espera fazer uma boa Superliga e trazer muita alegria para a torcida tricolor”, disse o técnico tricolor, Hylmer Dias.
Além de contar com as contratações, Hylmer promoveu das categorias de base do clube a oposta Mayara, de 18 anos, e a líbero Letícia Holanda, a Lelê, caçula do grupo com apenas 16 anos, medalhista de bronze no Mundial Sub-18 com a seleção brasileira, em setembro.
“As categorias de base do Fluminense têm um trabalho muito bom, de muitos anos. A gente espera que essa junção das meninas com as mais experientes que estão chegando, e com as atletas que já estavam aqui, dê uma liga boa para o time ir bem na temporada”, explicou o treinador.
A primeira competição que o Fluminense tem pela frente é o Campeonato Estadual, que acontece de 22 de outubro a 8 de novembro. A estreia do time na Superliga 2019/2020 será no dia 12 de novembro, contra o São Paulo FC/Barueri, às 19h30, na casa do adversário. Antes, o Tricolor disputa o torneio amistoso Desafio Minas x Rio, juntamente com Itambé Minas, Dentil Praia Clube e Flamengo, de 17 a 19 de outubro, no ginásio da Unifemm, em Sete Lagoas, Minas Gerais.
Confira o elenco do Fluminense para a temporada 2019/2020:
Levantadoras: Giovana Gasparini e Mikaella
Ponteiras: Thais, Mari Cassemiro, Neneca, Julia Moura e Giovanna Fant
Centrais: Leticia Hage, Larissa Gongra, Marcella e Natasha Farinéa
Líberos: Andressa Krachefski e Letícia Holanda
Opostas: Pamela Sanabio, Mayara e Paula Borgo
Texto: Comunicação/FFC
Foto: Mailson Santana/FFC

Natação tricolor leva o título do Sudeste Mini-mirim a mirim

Fluminense ficou em primeiro lugar na classificação geral com 714 pontos

Com 14 medalhas de ouro, sete de prata e cinco de bronze, o Fluminense ficou em primeiro lugar no quadro de medalhas e levou o título do Festival CBDA – Sudeste Mini-mirim a mirim 0 / Troféu Ivo da Silveira Lourenço com 714 pontos, neste fim de semana (05 e 06/10), no Clube de Natação e Regatas Álvares Cabral, em Vitória, Espírito Santo. Pedro Rhaddour Oliveira ainda foi o atleta mais eficiente da competição e melhor índice técnico.

Já no Festival CBDA – Correios Sudeste Mirim, o Tricolor terminou na segunda colocação da classificação geral com 620,50 pontos, atrás apenas do Flamengo, primeiro colocado com 1.677 pontos. O Fluminense terminou a competição com quatro ouros, cinco pratas e três bronzes.
Texto: Comunicação/FFC
Foto: Mailson Santana/FFC

Tricolor avança direto à semi do Estadual Sub-13 de basquete

Equipes sub-15 e sub-19 vão disputar as quartas de final da competição

A equipe masculina sub-13 de basquete do Fluminense está na semifinal do Campeonato Estadual da categoria. Apesar da derrota de 52 a 49 para o Flamengo, neste sábado (05/10), na Gávea, pela última rodada da fase de classificação, o Tricolor garantiu o primeiro lugar na tabela, com dez vitórias e apenas duas derrotas. Assim, o time avançou à semifinal sem a necessidade de disputar as quartas de final. Matheus dos Santos foi o cestinha do returno, com 126 pontos em seis jogos, e Felipe Tenius foi o cestinha de três pontos, com 13 cestas em seis jogos.

“Os meninos jogaram muito, mas agora é o que conta. O primeiro passo foi dado, mas ainda não ganhamos nada. Temos que ir um degrau por vez”, disse o técnico Ricardo dos Santos, o Ricardinho.
O Fluminense também avançou nas categorias sub-15 e sub-19, mesmo derrotado pelo Flamengo, neste sábado, no fechamento da fase de classificação (84 x 57 e 66 x 40, respectivamente). O time sub-15 ficou em sétimo lugar na tabela, com cinco vitórias em 16 jogos, e agora vai enfrentar o rival rubro-negro nas quartas de final. Já o sub-19 terminou na vice-liderança, com 15 vitórias e três derrotas, e pega o Universo na disputa por uma vaga na semifinal.

Texto: Comunicação/FFC
Foto: Mailson Santana/FFC

Flu vence mais dois jogos pela Liga Nacional de Polo Aquático

No CBI Sub-16, Tricolor terminou segunda etapa em quarto lugar na série prata

O fim de semana que passou foi de vitória para a equipe adulta de polo aquático do Fluminense. Na sexta-feira (04/10), em jogo válido pela sétima rodada da Liga Nacional, o Tricolor venceu a Associação Bauruense de Desportos Aquáticos (ABDA) por 11 a 8, na piscina do Tijuca Tênis Clube. No sábado (05/10), a vítima foi o Clube Paineiras do Morumby (CPM), batido por 13 a 10, também no Tijuca.

Com estes resultados, o Fluminense soma três vitórias, um empate e uma derrota nos cinco jogos disputados na competição. O próximo desafio será contra o Flamengo, nesta terça-feira (08/10), às 20h, no Tijuca Tênis Clube.
Campeonato Brasileiro Interclubes Sub-16 Masculino
Na piscina do Clube Internacional de Regatas, em Santos, a equipe masculina sub-16 do Fluminense disputou a segunda etapa do Campeonato Brasileiro Interclubes da categoria. Em sua primeira partida, na sexta-feira (04/10), empate em 8 a 8 com a Hebraica e, na sequência, foi derrotada pelo Pinheiros por 9 a 4. No sábado (05/10), o Tijuca levou a melhor por 11 a 5.
Com um empate e duas derrotas, o Tricolor ficou em quarto lugar na série prata.
Texto: Comunicação/FFC
Foto: Divulgação/PAB

Fluminense não deve ter surpresas para enfrentar o Cruzeiro, nessa quarta-feira

Foto: Lucas Merçon/FFC

O Fluminense viajou para Minas nesta terça-feira (8), para enfrentar o Cruzeiro na noite desta quarta-feira (9), no estádio do Mineirão, às 21h e 30.

Desfalcado de três jogadores que vinham atuando na equipe titular: Allan e Caio Henrique convocados para a seleção olímpica e Digão fora por força de contrato, o técnico Marcão não deve fazer mistério para escalar a equipe.

Recém chegado ao clube, Orinho deve ganhar a vaga na lateral esquerda, enquanto Frazan e Yuri devem ficar com as vagas de Digão e Allan, na zaga e no meio campo, respectivamente.

Desta forma, o time não deve ter nenhuma surpresa para enfrentar o Cruzeiro, e ir a campo com a seguinte escalação: Muriel; Gilberto, Frazan, Nino e Orinho; Yuri, Daniel, Nenê e Ganso, Yony Gonzales e João Pedro.

Fim de jejum, artilharia e acesso a ranking de maiores goleadores estrangeiros do Fluminense: o que gol contra Bota representa para Yony

Yony González superou a seca de dois meses (ou onze duelos) sem marcar e, no domingo, deu ao Fluminense os três pontos sobre o Botafogo com gol de cabeça, após passe de Gilberto. A bola na rede no Clássico Vovô no Nilton Santos se tornou a 16ª em 48 jogos pelo Tricolor e pôs o colombiano em 10º lugar no ranking de maiores artilheiros estrangeiros do clube. Ele rapidamente pode ultrapassar o 9º colocado, Petkovic, com somente dois gols a mais.

Com menos de um ano de casa, Yony é quem mais anotou gols e distribuiu assistências (8) pelo Time de Guerreiros em 2019. Além disso, permanece no posto de gringo mais goleador da temporada no Brasil.

— O rendimento dele melhorou. Ele sentiu uma dificuldade, conversou comigo e procuramos ajudar, deixar mais perto do gol adversário. Ele tem uma excelente movimentação. Está mais leve, animado, feliz. Estamos vendo o Yony que começamos a ver lá atrás. Tem que manter a sequência e a motivação — explicou o técnico Marcão, em entrevista na rodada passada.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Renovação emperra e Daniel pode não seguir no Flu para 2020

Foto: Divulgação/FFC

O que parecia apenas questão de tempo pode virar uma grande dor de cabeça. Isso porque a situação da renovação de Daniel com o Fluminense emperrou e o jogador pode não permanecer no clube em 2020.

A informação foi dada em primeira mão pelo site NetFlu e confirmado pelo Flunews, que apurou ainda que a pedida do jogador nem seria tão alta quanto divulgada. Inclusive, o salário pedido seria inferior ao de alguns jogadores que estão no elenco sem ser aproveitados atualmente, embora seja distante do atual vencimento do camisa 20.

Além do reajuste salarial, o jogador e seu estafe pediram ainda uma parte dos atrasados diluído em luvas. Proposta recusada pelo clube.

O Flunews apurou ainda que o jogador já recebeu sondagens de vários clubes, inclusive com propostas oficiais na mesa, porém, a vontade do jogador e permanecer no Fluminense, onde atualmente é considerado peça importante no elenco comandado pelo técnico Marcão.

Na atual temporada, Daniel foi titular em praticamente todo ano, só perdendo espaço com a chegada de Oswaldo de Oliveira, coisa que mudou com a efetivação de Marcão sendo dos principais jogadores do time nos últimos jogos.

Com dois triunfos seguidos, Fluminense vê diminuir chance de rebaixamento

O jogo contra o Cruzeiro (18º), quarta-feira, no Mineirão, é crucial na campanha do Fluminense (15º) contra o rebaixamento. Mas os triunfos sobre Grêmio e Botafogo, em sequência, ajudaram a equipe a, ao menos, respirar no Campeonato Brasileiro. Com 25 pontos, abriu três de vantagem sobre o Z-4.

O novo cálculo de Tristão Garcia aponta 20% de risco de queda à Série B. Houve uma considerável redução nos números, anteriormente mais assustadores. A calculadora chegou a indicar 78% depois da 17ª rodada e 49% na virada do turno.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Top