fbpx

Flu acerta empréstimo com atacante do São Bento

Jogador e um dos principais nomes do clube paulista na disputa da série C.

O Fluminense acertou nesta terça-feira (17) o empréstimo do meia atacante Everaldo, que pertence ao Velo Clube-SP e estava emprestado ao São Bento-SP.

O jogador de 24 anos é um dos destaques da São Bento quando o clube paulista conseguiu o acesso da série C para a série B do Brasileirão. Em 43 partidas disputadas pelo clube do interior de São Paulo, Everaldo marcou quatro gols, sendo um em 2018.

O contrato de Everaldo com o Fluminense será de empréstimo até o final do Campeonato Carioca de 2019.

 

ST,

Douglas Wandekochen

Jovem do Flu declara seu amor ao rival pela rede social

Tido como uma promessa Tricolor, o jovem já tem passagens pela seleção de base.

O meia Bruno Praxedes, de 16 anos, se envolveu em polêmica com alguns torcedores do Fluminense. Isso porquê, o jogador da base Tricolor declarou seu amor ao Flamengo através de um post no Twitter, onde o jogador usou a resposta: “Segue o líder” para responder uma pergunta da rede social.

Não demorou para aparecerem os tricolores reclamando da resposta do atleta, que chegou a responder de forma ríspida um dos seguidores

Diante de vários comentários de torcedores do Fluminense, surgiu até um internauta se dizendo flamenguista e reclamando da atitude do atleta

Bruno Praxedes e tido como uma promessa na base do Flu e já têm inclusive passagem pela base da seleção brasileira.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Reprodução Twitter

Reflexo da crise: Flu envia menos jogadores à Eslováquia e atrasa viagem por falta de verba

Além de pôr em dúvida a continuidade do Flu-Samorin, a crise financeira atrapalhou a pré-temporada da filial. Nos dois primeiros anos do projeto, oito tricolores foram enviados à Eslováquia. Os vencimentos e aluguéis de moradia são de responsabilidade do Fluminense.

Desta vez, o número caiu para cinco: Matheus Pato (centroavante), Euller (atacante), Guilherme (volante), Jhon (volante) e Saturnino (lateral-direito). A viagem do grupo, ocorrida em 7 de julho, atrasou por falta de verba para bancar as passagens. A apresentação estava marcada para 27 de junho.

Efetivado, o treinador Gustavo Leal, à espera do bilhete do avião e da licença para trabalhar na Europa, só embarcou neste domingo, em situação semelhante à do fisioterapeuta Huli Nagel. Ambos chegarão com a preparação em andamento.

Os treinamentos foram iniciados no dia 10, quando dois dos quatro meses de salários em aberto foram pagos. A taxa de inscrição na Associação Eslovaca, que garante presença na segunda divisão local, também é uma pendência já resolvida.

Devido à dificuldade em manter as remunerações em dia, o Flu-Samorin perdeu o zagueiro Zoltan Agh, que se recusou a estender seu vínculo, e contratou um reforço, em acordo que prevê apenas pagamento de salários: o atacante Marek Pittneer. A caminhada na tentativa de subir para a elite começa no dia 21.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

 

Corinthians libera Júnior Dutra para fechar com o Fluminense

Da mesma forma que o Fluminense autorizou Douglas a viajar a São Paulo para exames médicos, a diretoria alvinegra liberou Júnior Dutra de treino para confirmar o empréstimo de seis meses ao clube de Laranjeiras, embora as negociações aconteçam paralelamente.

Nesta segunda-feira, o centroavante foi ao CT Joaquim Grava, em clima de despedida, mas sem trabalhar com o restante do elenco. Ele chegou ao Corinthians depois de fazer sucesso com a camisa do Avaí, no ano passado, assinando por duas temporadas. No entanto, nos 24 jogos que disputou, marcou apenas três gols e acabou perdendo espaço.

Também no radar do Fluminense, Paulo Roberto recusou a oferta para se mudar para o Rio de Janeiro. Disse que estava adaptado à cidade onde mora há mais de um ano. Tem contrato com o atual campeão brasileiro até o fim de 2019.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

Nem chegou e já se foi: Robert e dispensado cinco dias após anúncio

O jogador faltou ao treinamento sem dar justificativa.

O meia atacante Robert não consegue mesmo dar uma sequência em sua carreira. Após ter o contrato rescindido com o Fluminense noninino do ano, o jogador ganhou uma nova oportunidade após ser contratado pela Ponte Preta para a disputa da série B do Brasileirão. Contudo, o jogador nem entrou em campo e já foi dispensado.

De acordo com o portal Globoesporte.com, o ex jogador do Fluminense faltou ao treino desta segunda-feira (16) – quinto desde que foi anunciado – sem dar nenhuma justificativa e, a diretoria da Macaca não aceitou muito bem o fato, rescindido o contrato com o atleta, que já havia sido avisado que qualquer deslize seria motivo para o rompimento do acordo.

Vale destacar ainda que o contrato do jogador com o clube de Campinas já era considerado de risco, tanto que foi assinado um acordo válido por apenas três meses.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Divulgação

 

Douglas é desfalque em treino e viaja a SP para selar acordo com o Corinthians

Barrado do time que começou o jogo-treino de sábado, frente ao Madureira, Douglas foi liberado pela diretoria de comparecer à atividade desta segunda-feira e viajou a São Paulo. Negociando com o Corinthians, fará exames médicos para, finalmente, selar o acordo que se desenha desde semana passada. Paralelamente, o Fluminense conversa com o atual campeão brasileiro sobre Paulo Roberto e Júnior Dutra.

Desde a venda de Maycon para o Shakthar Donetsk, o Corinthians definiu que o nome certo para a vaga é o de Douglas, sempre visto com bons olhos pela cúpula alvinegra. O clube sinalizou ao Fluminense o interesse de compra, o que agrada aos tricolores, pois seria um renovo nos cofres de Laranjeiras.

Com contrato até o fim de 2019 e 63% de seu passe ligado ao time onde foi formado, o volante sofre de artrite reativa, descoberta na última temporada. Depois de poucas chances no primeiro semestre, com Abel Braga, Douglas ganhou a confiança de Marcelo Oliveira e foi testado entre os titulares. Entretanto, a provável transferência para o Parque São Jorge o fez ceder a posição a Dodi. Ele atuou seis vezes no Brasileirão e, para trocar de equipe, está proibido de defender as cores verde, branca e grená no campeonato.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

Ex Flu, Gérson deve ser emprestado pela Roma

Jogador deve ser emprestado ao Empoli.

De acordo com informações do jornal italiano Corriere dello Sport a Roma está próxima de acertar o empréstimo do meia Gérson ao Empoli, recém promovido a série A italiana.

A intenção dos romanistas e fazer com que o atleta ex Flu, tenha mais tempo em campo, uma vez que na última temporada o meia esteve em campo em 31 partidas, sendo titular em apenas 11 delas, marcando dois gols pela equipe da capital.

Ainda de acordo com o jornal, o acordo que já estava praticamente selado perdeu forças nos últimos dias, mas deve ser finalizado ainda nesta semana.

O Besikitas, da Turquia, também estaria interessado no empréstimo do ex Tricolor de 21 anos.

 

ST,

Douglas Wandekochen

Entre alegrias e tristezas, Ricardo Berna relembra passagem pelo Fluminense: ‘Privilégio’

A carreira de Ricardo Berna debaixo da baliza está, praticamente, encerrada. O ato final acontece no sábado, em jogo-festivo na FluFest, nas Laranjeiras, ao lado de personagens que fizeram história com a camisa verde, branca e grená. Com duas décadas no mundo do futebol, o goleiro pretende seguir neste universo, mas atuando como coach de jogadores (área de desenvolvimento humano). Contudo, pendura as luvas certo de que fez o seu melhor.

– Eu não tenho do que lamentar. As perspectivas que eu tinha de alcançar, alcancei. As conquistas vieram graças aos treinos, à dedicação. Comecei com 17 anos minha carreira profissional, e os momentos que vivi e continuo vivendo são um privilégio – conta.

Bicampeão do Campeonato Brasileiro, Berna elege a conquista de 2010 a mais inesquecível. Principalmente porque assumiu a meta a poucas rodadas do fim, quando a vantagem sobre o vice-líder, o Corinthians, era de só um ponto. Ele relembrou o caso e explicou que se sustentou na família para se sair bem.

– O time era líder do campeonato, e o Muricy optou por me lançar de titular, trocando o goleiro. Eu não sabia que isso iria acontecer e, quando teve a preleção antes de irmos para o estádio, ele avisou que ia começar comigo jogando. Assumir nessa condição foi surpresa, segurar as pontas até o final. Mas tudo favoreceu para que eu tivesse mais disposição e mais propósito para treinar e jogar – contou Berna.

Nem só de bons momentos vive o homem. Especialmente, em se tratando de um atleta. Em 2008, a perda do título da Libertadores, para a LDU, em pleno Maracanã, ainda é digerida por Ricardo Berna. O arqueiro, por outro lado, admite que o ocorrido foi crucial para amadurecer a equipe que, dois anos depois, ganharia o Brasil.

– Foi trágico para todo mundo. Quem estava no Maracanã, sentiu. Fazer o placar que fizemos e perder nos pênaltis, com dois dos nossos grandes jogadores da época desperdiçando cobranças, foi algo muito complicado. Mas nós nos tornamos mais fortes e a Libertadores nos ensinou muito para ganhar o Brasileiro [de 2010] – recordou.

Para assistir à despedida de Berna, clique aqui e corra! Pois o crowdfunding para a FluFest termina dia 18 de julho.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

Marcelo Oliveira mexe no time em amistoso e barra Douglas, perto do Corinthians

O que se viu nos amistosos passados, realizados durante a parada para a Copa do Mundo, foi um pouco mudado para o jogo-treino de sábado, frente ao Madureira, derrotado por 4 a 2. Marcelo Oliveira barrou Douglas, perto de acerto com o Corinthians, e deu chance a Dodi no time titular. A joia de Xerém, com seis jogos no Campeonato Brasileiro, está proibida de atuar no torneio, se quiser rumar para um novo clube. Do contrário, ultrapassará o limite permitido (sete).

Além desta, mais três alterações foram promovidas. Recuperado de lesão, Marcos Júnior retomou sua vaga, ocupada, em alguns testes, por Robinho, e deve ser o parceiro de Pedro na reestreia em 2018. Gilberto, que torceu o tornozelo em treino, deu lugar a Léo. Assim que chegou, no fim do mês passado, Marcelo Oliveira confiou em Aírton a ponto de colocar Richard, absoluto na era Abel Braga, no banco. Mas o treinador voltou atrás e sacou o ex-Botafogo, pouco usado desde que contratado.


Desta maneira, a escalação que começou a atividade com o Madureira foi esta:

Júlio César; Léo, Gum, Digão e Ayrton Lucas; Richard, Jadson, Dodi e Sornoza; Marcos Jr. e Pedro.


Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

Com gols de Marcos Jr. e João Carlos, Fluminense vence último jogo-treino antes de clássico

Antes da reestreia no Campeonato Brasileiro, quinta-feira, contra o Vasco, o Fluminense fez seu último jogo-treino, ocorrido no sábado, no Centro de Treinamento. O teste, dividido em três tempos, contou com o Madureira como adversário e terminou em 4 a 2 para o time de Marcelo Oliveira.

As duas primeiras etapas da atividade duraram 45 minutos, enquanto a terceira foi de 30 minutos. Superior, o Fluminense marcou seus gols com Marcos Jr., que anotou três, e João Carlos, que fez um. O destaque do camisa 35, vice-artilheiro do clube no ano, serviu para confirmar que está recuperado da lesão na coxa esquerda e em melhores condições físicas. Nos outros amistosos, foi banco de Robinho, mas retomou a vaga.

Quem também aproveitou a parada para a Copa do Mundo foi Ibañez, que ficou parado por dois meses por contusão. Entretanto, foi barrado por Marcelo Oliveira, que preferiu escalar Digão, contratado neste período, junto com Luciano.

Foram, no total, quatro jogos-treino em um mês (Maricá, vitória por 4 a 0; Portuguesa-RJ, derrota por 1 a 0; Bangu, vitória por 2 a 0; e Madureira, vitória por 4 a 2). Ainda assim, as tardes de segunda, terça e quarta-feira serão de trabalho para o elenco, em reta final de preparação para o clássico e, emendando, para enfrentar o Sport, no próximo fim de semana, em Recife.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

Top