fbpx

Nem Flu nem Palmeiras: destino de Scarpa pode ser a Arábia Saudita

Os valores da proposta nem o nome do clube foram revelados ainda.

A novela envolvendo o Fluminense, Gustavo Scarpa e Palmeiras pode se encaminhar para um final inesperado.

De acordo com informações do publicadas no UOL Sports, o meia que conseguiu se desvincular do contrato com o Tricolor na última segunda-feira (25) pode acertar com um clube da Arábia Saudita. Contudo, como o investimento no futebol é conduzido pelo ministro do esporte do país, o nome do clube nem os valores da negociação foram revelados nesse primeiro momento. Ainda sim, de acordo com o próprio UOl, a proposta seria bastante vantajosa para o jogador.

Caso realmente acerte sua transferência para fora do país, Scarpa deixaria o Flu sem que o clube recebesse nenhum retorno financeiro, uma vez que, qualquer transação internacional inviabilizaria uma nova ação do Tricolor das Laranjeiras em um tribunal carioca.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Reprodução ESPN

Scarpa consegue liminar e suspende contrato com o Flu

Contrato do jogador com o Palmeiras ainda não foi reativado.

A novela envolvendo o meia Gustavo Scarpa ganhou mais um capítulo nesta segunda-feira (25).

Após ter duas decisões favoráveis ao tricolor, o meia conseguiu um habeas corpus conseguindo a desvinculação do Fluminense. Contudo, o contrato de Scarpa com Palmeiras não foi reativado, pois no entendimento do clube paulista a decisão ainda deve ganhar novos capítulos. Dessa forma, Scarpa poderia assinar novo vínculo com qualquer outro clube.

Por sua vez, o Fluminense afirma “lutar por seus direitos” mas não tem a intenção de ter o jogador de volta. A intenção do Tricolor é ter o ganho de causa para lucrar com o atleta em uma possível negociação.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Marcelo Theobald

Abad diz ter intenção de cumprir todo o seu mandato, mas descarta reeleição

Dirigente promete entregar o clube melhor do que o herdado por Peter Siensem.

Um ano e seis meses após ser eleito presidente do Fluminense, Pedro Abad concedeu entrevista ao site Globoesporte.com, onde revelou que apesar das duras críticas que vem sofrendo por grande parte do torcedor e de alguns conselheiros, pretende cumprir o mandato até o final – dezembro de 2019 –

– Nao vou fazer isso. Se eu desistir no meio, estou jogando fora tudo. Não vou renunciar – disse Abad.

O mandatário Tricolor ainda confessou que entende o questionamento da torcida diante dos maus resultados:

– A torcida quer time, mas o momento do clube é de reestruturação. Então, o investimento é menor. Se o time não ganha, o xingamento é mais alto. Acho injusto, mas entendo. Não reclamo. É legítimo. O torcedor tem direito de não gostar de mim. Agora, eu quero ganhar também. Qual a lógica de eu perder convívio familiar, tempo profissional e momento de lazer? – completou o mandatário que ainda afirmou não ter a intenção de reeleição :

– Eu sei o que estou fazendo. Quando acabar meu mandato, em 2019, eu tenho certeza de que o Fluminense vai estar melhor do que estava. Certeza absoluta. Não estou aqui atrás de reconhecimento. Ao acabar meu mandato, vou para casa, volto para a arquibancada e ajudarei o próximo presidente, se ele quiser. E no que ele quiser – finalizou Abad.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Mailson Santana

Recuperado, Airton espera ter sequência após a Copa

Jogador esteve em campo apenas 46 minutos pelo Tricolor.

O volante Airton que chegou ao Fluminense sob grande desconfiança do torcedor devido ao grande histórico de lesões, pouco atuou com a camisa Tricolor, mas espera dar uma sequência após a parada para a Copa do Mundo.

De acordo com o próprio jogador, o maior problema que enfrentou após a operação no torbotorn, foi a perda de força muscular

Só quero dar uma sequência na minha carreira.  Fiquei chateado, claro. Mas sei que não fui o primeiro e não serei o último. Tive ajuda da família e dos amigos para superar. Não cheguei a temer alguma dificuldade de voltar a atuar. Logo após a cirurgia, os exames apontaram que estava tudo certo. Sabia que iria voltar a jogar. A maior dificuldade foi a questão muscular. Perdi muita força. Os movimentos mais fáceis… não tinha força para isso. Para perder força é rápido, para ganhar é um sacrifício – disse o volante.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Lucas Merçon

Mesmo com cenário escasso, Léo Percovich não deve ser efetivado

Diretoria busca um treinador com o mesmo perfil de Abel Braga.

O Fluminense vem encontrando enorme dificuldade para encontrar o substituto de Abel Braga, que pediu demissão do cargo de treinador no último sábado (16). No entanto, a efetivação de Léo Percovich, que chegou a ser cogitada por alguns membros da diretoria, está descartada, pelo menos por enquanto. Uma vez que a ideia da direção do clube é dar seguimento no trabalho do treinador à frente da equipe sub-20.

A intenção da diretoria tricolor, é encontrar um nome que tenha as mesmas características de Abel Braga. Um profissional que passe confiança e sirva de referência aos jogadores.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Mailson Santana

Mais um não ! Assim como Zé Ricardo, Dorival recusa oferta do Flu

Diretoria segue com a intenção de fechar com o próximo treinador até o dia 26.

O Fluminense segue em busca de um novo nome para assumir o cargo de treinador da equipe, vago após a saisade Abel Braga. Contudo, a tarefa vai se mostrando ser bem complicada.

Após ouvir a recusa de Zé Ricardo que aguarda uma proposta da Arábia, a diretoria tricolor ouviu um não de Dorival Júnior, que alegou motivo de problemas de saúde na família para recusar o convite. Além disso, a própria diretoria tricolor já havia de assustado com o valor do salário pretendido pelo treinador em caso de um possível acerto.

Diante das duas recusas, a Fox Sports informou que a direção do Flu chegou a cogitar o nome do ex treinador e ídolo do clube, Ricardo Gomes, porém, ainda de acordo com a Fox,  o profissional está  vias de acertar com o Santos, onde assumiria o cargo de diretor de futebol.

 

 

ST, 

Douglas Wandekochen

foto: Marcos Ribolli

Pedida de Dorival assusta e treinador fica mais distante do Flu

Diretoria tricolor já analisa inclusive outros nomes.

Tido como o nome favorito para assumir o comando técnico do Fluminense, o treinador Dorival Júnior teria feito uma pedida acima do teto tricolor e com isso ficou mais improvável um acerto e o tricolor já começa a trabalhar com outras hipóteses.

De acordo com informações do UOL esportes e confirmadas pelo canal Flunews, os nomes de Guto Ferreira ex Bahia e Marcelo Cabo atualmente no CSA – 4° colocado da série B – são os que mais se aproximam de um acerto com o tricolor. Contudo, e possível que a direção do tricolor tente um novo contato com Dorival Júnior.

Vale destacar que a intenção da diretoria é definir o próximo comandante até o dia 26 desse mês, quando o elenco se reapresenta para seguir a preparação para o restante da temporada.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Marcos Ribolli

Após recusa de Zé Ricardo, nome de Dorival Júnior ganha força no Flu

Treinador é o nome favorito do presidente Pedro Abad.

O nome do técnico Dorival Júnior ganhou força após a recusa de Zé Ricardo e, surge como favorito para assumir o comando técnico do Fluminense.

O ex técnico do São Paulo é o favorito do presidente tricolor, Pedro Abad, que viu um bom desempenho no último trabalho do treinador quando comandou o Fluminense em 2013, mesmo não tendo livrado a equipe do rebaixamento na época.

O diretor executivo Paulo Angioni, que ainda não foi anunciado no cargo, trabalha ao lado de Abad e do vice de futebol Fernando Camargo para anunciarem o substituto de Abel até o dia 26, data marcada para a reapresentação do elenco.

Outro nome que surge como alternativa é onde Guto Ferreira, demitido do Bahia e que já teria sido inclusive sugerido aos dirigentes do flu.

 

ST,

Douglas Wandekochen

fonte: Globoesporte.com

Zé Ricardo recusa oferta para comandar o Flu

Treinador teria sido contactado logo após a saída de Abel Braga.

O técnico Zé Ricardo recusou ao convite para ser o novo treinador do Fluminense. De acordo com o site Globoesporte.com, o treinador foi contactado logo após o pedido de demissão de Abel Braga.

De acordo com informações obtidas pelo canal Flunews, o motivo da recusa teria sido os constantes atrasos de salários, além do clima político turbulento em que atravessa o clube das Laranjeiras, onde na visão de Zé Ricardo, não daria respaldo nem segura para uma sequência de trabalho.

Outro motivo da negativa do treinador seria o fato de Zé não querer ficar rotulado como treinador apenas de clubes cariocas, uma vez, que seus únicos trabalhos nos profissionais foram no Flamengo e no Vasco.

De férias com a família, o treinador espera por propostas do Brasil ou até mesmo da Arábia.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Thiago Ribeiro/ AGIF

Formado em Xerém, Fabinho é anunciado pelo Liverpool

Jogador era um dos destaques do Mônaco, da França.

O Liverpool anunciou na tarde desta segunda-feira (28) a contratação do volante Fabinho, revelado pelo Fluminense e um dos destaques do Mônaco, vice campeão francês na atual temporada.

Para contar com o futebol do brasileiro, os Reds desembolsaram €50 milhões (cerca de R$216 milhões)pelo jogador que chega para suprir uma eminente saída de Enre Can, que deve ser negociado com a Juventus.

Diante do acerto entre as partes, o Fluminens garante um percentual do valor total, de acordo com o mecanismo de solidariedade ao clube formador garantido pela FIFA.

 

 

ST,

Douglas Wandekochen

Top