Autuori anuncia sua saída do Fluminense

Insatisfação com os bastidores do clube seriam o motivo pela saída.

O diretor de esportivo Paulo Autuori anúncio nesta segunda-feira (28) sua saída do Fluminense. Insatisfação com os bastidores conturbado do clube seria um dos principais motivos pela saída.

O dirigente esteve no CTPA (Centro de Treinamento Pedro Antônio) na manhã desta segunda-feira (28) para comunicar sua decisão de deixar o cargo de diretor de esportivo do Flu.

Contudo, o ex dirigente Tricolor confirmou que o futuro ainda não está definido. Há possibilidade de Autuori fechar com o Flamengo para ser o elo entre diretoria e elenco rubro-negro no lugar de Rodrigo Caetano.

 

 

ST,

Douglas Wandekochen

Chapecoense pode ter mudanças contra o Fluminense

Kleina estuda a realização de até três mudanças.

Diante da boa fase em que atravessa a equipe tricolor, principalmente no setor ofensivo, o técnico da Chapecoense, Gílson Kleina, estuda fazer algumas mudanças na equipe catarinense para o duelo contra o Fluminense neste sábado (26), às 16h no estádio do Maracanã.

Durante os treinos ao longo da semana, Kleina testou as entradas de Eduardo, Elicarlos e Leandro Pereira nos lugares de Apodi, Guilherme e Wellington Paulista, visando segundo o treinador, deixar o time mais consistente:

– A gente notou que  precisamos ter alguma consistência diferente dentro ou fora de casa. Fizemos uma partida espetacular contra o Flamengo, competimos contra o Atlético-MG e fora de casa erramos muitos passes, o time ficou espaçado. Mudanças são sempre para o bem, vamos fazer a análise dos jogadores e, se preciso for, fazer alguma mudança – comemtou o treinador.

 

ST,

Douglas Wandekochen

Paralisação dos caminhoneiros pode suspender rodada do Brasileirão

Paralisações já duram quatro dias.

Diante da greve dos caminhoneiros que iniciaram paralisação em todo o país, a rodada do Campeonato Brasileiro deste fim de semana pode ser adiada pela CBF. A entidade confirmou que monitora a situação, mas por hora as partidas estão mantidas.

No Rio de Janeiro, a Ferj, já anunciou a suspensão de suas competições, contudo, os jogos de Fluminense e Botafogo que acontecem no estado neste fim de semana ainda está mantido por ser de responsabilidade da CBF.

A greve dos caminhoneiros já duram quatro dias pode afetar os eventos em diversas frentes, desde o abastecimento de bares, à logística para deslocamento de efetivo de segurança e o transporte de torcedores.

 

ST,

Douglas Wandekochen

Foto: Reprodução TV Globo

Jornalista crava a saída de Paulo Autuori para o Flamengo

Sucessivos problemas de bastidores seriam a causa da saída do dirigente.

De acordo com o jornalista Fábio Azevedo, dos canais Fox Sports, Paulo Autuori está de saída do Fluminense para assumir o cargo de diretor de futebol do Flamengo.

Ainda de acordo com Fábio Azevedo, o treinador já comunicou a decisão ao presidente do Tricolor, Pedro Abad que anunciará a saída do dirigente ainda nesta quarta-feira (23). O jornalista ainda informou que a escolha pelo Flamengo se deu devido a problemas particulares de Autuori que pretende continuar no Rio. O dirigente recusou uma proposta para ser treinador da Universidad de Chile.

Autuori estava insatisfeito no tricolor devido aos constantes problemas na política tricolor, onde na visão do dirigente não dão estabilidade para o desenvolvimento do trabalho, somando-se a isso, os consecutivos atrasos de salários, a não vinda de Kleber Gladiador e a recente demissão do CEO Marcus Vinicius Freire, foram fundamentais para a decisão de deixar o clube.

 

ST,

Douglas Wandekochen

Nome de Camilo volta a ser especulado no Flu

Jogador está insatisfeito no Inter, onde vem amargando o banco de reservas.

O meia Camilo, do Internacional voltou a ter seu nome ligado ao Fluminense. Com isso, o estafe do jogador que está insatisfeito com a reserva no Colorado deve buscar um empréstimo do atleta durante a parada para a Copa do Mundo e o Fluminense surge como uma das principais opções.

Contratado pelo Inter no meio do ano passado para a disputa da série B, Camilo disputou vinte partidas pela competição. Começou este ano como titular, mas não agradou ao técnico Odair Hellmann e perdeu espaço na equipe titular, tendo disputado apenas uma partida no atual Campeonato Brasileiro. O clima piorou após uma dura entrada que deu em D’alessandro no treino do último domingo.

Por sua vez o Inter não se oporia a uma saída do jogador que pode ser negociado por empréstimo até o final do ano. America MG já seria outro interessado na contratação do meia, que já teria demonstrado o interesse em voltar para o Rio de Janeiro. Vale destacar que Camilo já reijeitou uma proposta do Ceará.

 

ST,

Douglas Wandekochen

Na LDU, Orejuela fala de amizade com Abelão e se atualiza sobre o Fluminense

Foi pouco tempo vestindo a camisa do Fluminense, mas o suficiente para Orejuela, de 25 anos, se tornar fã do clube. De volta ao Equador, seu país-natal, para acompanhar a saúde da mãe, o volante confessa estar desatualizado sobre o que acontece nas Laranjeiras. Conta, no entanto, com os ex-companheiros para estar à par da nova fase do time.

Na verdade, não estou conseguindo acompanhar. Mas sempre busco manter contato com meus ex-companheiros, e eles falam que o time está bem, está ganhando. Fico muito feliz com isso – afirma.

Compatriotas, Orejuela e Sornoza, apesar da distância, mantêm a amizade construída ainda no Independiente Del Valle. Além do camisa 10 do Fluminense, mais alguns tricolores, certamente, estão na lista de conversas do WhatsApp do jogador da LDU.

Falo também com o Douglas, com o Reginaldo, que agora foi para a Ponte Preta. Matheus Norton, Frazan, Wellington Silva, que está no Inter. São jogadores muito legais, com quem criei uma amizade muito forte – revela.

Comandando por Abel Braga no ano em que esteve no Rio, Orejuela destaca a relação amistosa com o treinador e aprova a experiência de trabalhar com uma figura vencedora do futebol.

Gostei muito. É um cara que sabe muito, um grande treinador. Minha amizade com ele foi muito boa e sempre nos falamos.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

Autuori reclama da Conmebol e ameaça não viajar a Bolívia

Viagem do Tricolor segue marcada para a tarde desta terça-feira.

Diante do conturbado momento político que atravessa a Bolívia, com manifestantes fechando as estradas por conta da disputa por royalties de uma reserva de gás situada entre os estados de Chuquisaca e Santa Cruz. Diante de tal situação, o diretor de futebol do Flu, Paulo Autuori, cobrou um posicionamento da Conmebol, e, não descarta cancelar a viagem:

– Seguimos esperando um posicionamento (da Conmebol) que vem sendo adiado. Se a gente vai depender de uma aeronave que não faz parte do nosso planejamento, por mim, abortaríamos esta viagem. Não podemos colocar em risco a segurança do nosso grupo por conta de um jogo. Dependemos de um posicionamento da Conmebol – Declarou Autuori.

Apesar do jogo do Tricolor ser em Potosí, o Fluminense havia planejada a logística passando por Santa Cruz de la Sierra, que fica em Santa Cruz, e Sucre, antes de chegar no local da partida.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Lucas Merçon

Abel cita Vasco como exemplo e pede cautela na Sul-Americana

Treinador lembrou a derrota do Cruz-maltino por 4 a 0 após vencer pelo mesmo placar no Brasil.

O Fluminense enfrenta o Nacional Potosí na próxima quinta-feira (10) pelo jogo de volta da primeira fase da Copa Sul-Americana. Apesar de ter ganhado a primeira partida por 3 a 0 no Maracanã, o técnico Abel Braga cobra cautela de seus comandados e usa o Vasco como exemplo – Cruz-maltino venceu o Jorge Wilsterman por 4 a 0 em São Januário pela pré Libertadores e sofreu o revés pelo mesmo placar na Bolívia, cobseguincoa classificação somente nos pênaltis –

– É algo que preocupa muito e isso que aconteceu com o Vasco está vivo na nossa memória. Vamos precisar ter força ofensiva, nos defender muito bem e reduzir os espaços para cruzamentos e chutes de fora da área. O triunfo no jogo de ida nos dá uma tranquilidade para sentir o jogo, mas está longe de ter nos garantido a classificação, pois existem fatores atípicos envolvidos neste cenário – comentou o treinador.

– Se tivéssemos feito mais um gol no Maracanã acho que seria uma vantagem confortável, mas 3 a 0, e jogando na altitude agora…- concluiu Abelão.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Lucas Merçon

Estreante, Nathan Ribeiro tem bom desempenho contra o Vitória

Jogador atuou os 90 minutos da partida.

O zagueiro Nathan Ribeiro, contratado na última quarta-feira (02) foi regularizado à tempo de fazer sua estreia contra o Vitória, no último domingo (06), no Barradão. O zagueiro que foi muito elogiado por Abel Braga, deixou uma boa impressão na estréia.

Tendo jogado os 90 minutos da partida, o camisa 32 teve excelentes números, sendo:  46 passes certos, com 93% de aproveitamento, 9 lançamentos, com 7 certos, 8 cortes feitos, sendo 1 desarme completo 2 duelos mano a mano vencido de 4 disputados.

Esses números se tornam ainda mais expressivos se lembrarmos que o jogador estava há quase um ano sem atuar por uma equipe profissional.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Lucas Merçon

Subindo: Fluminense vira pra cima do Vitória no Barradão e chega a sexta colocação

Tricolor mostrou força mesmo fora de casa e foi superior durante maior parte do jogo.

Vitória e Fluminense se enfrentaram na tarde deste domingo (05) diante de forte chuva em Salvador. O Vitória chegou a abrir a contagem com Neílton, mas Pablo Dyego e Gilberto viraram o placar para o Tricolor, que chegou a sua segunda vitória no Brasileirão em quatro rodadas disputadas.

Jogando sob seus domínios, o Vitória começou o jogo pressionando a equipe carioca e aos 20 minutos Neílton abriu o placar. Jefferson recebeu na linha de fundo e cruzou rasteiro. A zaga não cortou e Neílton encheu o pé da entrada da pequena área, com um chute inapelável para Júlio César.

O Fluminense reagiu bem ao gol sofrido e passou a dominar a partida, e, embora tivesse mais posse de bola, não conseguia furar a boa marcação da equipe baiana, que passou a explorar os contra-ataques. A melhor chance do Tricolor veio em cobrança de falta de Marlon, defendida por Caique, mas não consegui ameaçar de fato os donos da casa.

Na volta do intervalo, o técnico Abel Braga lançou Pablo Dyego no lugar de Marcos Júnior. Contudo, a mudança que parecia não ter surtido muito efeito foi decisiva no empate tricolor, que veio exatamente com Pablo Dyego, que após passe de Pedro bateu cruzado contando ainda com o desvio em Rhayner para vencer Caique.

O Fluminense continuou em cima do rubro-negro baiano em busca da virada que quase veio no lance seguinte, quando Renato Chaves desviou de cabeça e Frazan desviou já na pequena área para grande defesa de Caique. A bola ainda sobrou para Richard que buscou Pedro na área mas de carrinho o goleiro do Vitória voltou a salvar os donos da casa.

A virada no entanto, veio aos 40 minutos com Gilberto. Sornoza cobrou escanteio e o lateral apareceu livre na risca da pequena área para virar o jogo.

O Vitória não demonstrou forças para reagir e o jogo terminou com o triunfo do tricolor, que com o resultado chegou a sexta colocação com sete pontos. Já o Vitória ocupa a penúltima colocação com apenas um ponto conquistado.

 

ST,

Douglas Wandekochen

 

foto: Futebol Baiano