Opinião do colunista Lauro Cernicchiaro sobre os pré-candidatos à presidência do Fluminense.

Guerreiros da Sul, Tricolores e Tricolindas, voltei!
Hoje vou falar um pouco da política do Clube, pois dia 8 de junho próximo teremos a tão esperada ANTECIPAÇÃO DAS ELEIÇÕES. Procurar esclarecer para aqueles que não frequentam o clube, não participam de grupos políticos mas são SÓCIO FUTEBOL como eu e tem direito a voto, ok?
Bem, temos cinco candidatos atualmente, dois ” cascudos ” que já possuem bagagem extraordinária no meio do futebol, experiência e altamente preparados e vacinados, e mais três lançando candidatura pela primeira vez. Vemos la.
1) Mario Bittencourt, foi diretor jurídico do clube e diretor de futebol, nos livrou do rebalixamento ao defender brilhantemente no caso Lusa, sem vice geral, ao lado do Dr Celso Barros, que virá no comando do futebol, com larga experiência e competência.
2 ) Ricardo Tenório, empresário, saiu há pouco da coligação TRIUNVIRATO,já foi diretor de Futebol também, possui grande experiência no meio, capaz de dar upgrade necessário, também sem vice geral. Até o momento irão ambos candidatos fazendo negociações e alianças para ocupar o cargo de vice e se fortelecerem. Muito bem. Os outros três.

1) Ayrton Xerez, ex deputado federal, tem o apoio de vários empresários tricolores consagrados, não o conheço, vice Edmundo Coelho, esse sim amigo pessoal, com uma grande vontade de ajeitar o clube, resta saber se vão deixar.

2 ) Marcelo Souto, conselheiro do clube, Presidente do Grupo Esperança Tricolor, criado pelo filho do Francisco Horta, também não o conheço, carreira solo, com ideideias e propostas novas.
3 ) Hebert Borges, advogado criminalista e empresário, oriundo das arquibancadas, YOUNG FLU, vem com apoio irrestrito da torcida, defendeu e soltou torcedores presos em várias situações, vem com muita vontade.

Gostaria muito que essa eleição tivesse apenas duas chapas, opinião pessoal minha, Mario Bittencourt & Celso Barros e do outro lado Ricardo Tenório & Pedro Antonio! Aí sim , BRIGA DE CACHORRO GRANDE, com debates, entrevistas, apresentação de plano de gestão, e o principal MEDIDAS IMEDIATAS A PARTIR DE 10 DE JUNHO, aí sim, chegar eleito com choque de ordem, arrumar a casa, custe o que custar, auditoria, abrir a caixa preta, Samorin, mistério Marcelo Teixeira, balancetes passados, enfim, averiguar e responsabilizar quem brincou de ser Presidente e afundou o clube. Concomitantemente partir com muita disposição e planejamento pré determinado, resgatar a credibilidade no mercado, patrocínio master, material esportivo, revitalizar o programa sócio torcedor e trazer a confiança do torcerdor tricolor de volta. E abrir o peito e falar : “AGORA SIM ” , isso que eu e milhares de tricolores esperamos. CHEGA DE AMADORISMO, ser Presidente por vaidade ou status, nao valorizar grupinhos ou ego pessoal. Tem que entrar, sabendo da furada, não dizer depois de eleito:
“NAO SABIA QUE A SITUAÇÃO ERA TÃO CRÍTICA ” , sem essa, eleito, bate no peito, encara e vai pra dentro. Lógico com aporte político e suporte financeiro já definido. Isso que desejo, e acredito que a grande maioria.
Então que vença realmente o melhor para o FLUMINENSE!
Saudações Tricolores.
Vitória na Guerra!

Opinião do nosso colunista LAURO CERNICCHIARO, sobre o momento político no Fluminense FC.

Guerreiros da Sul,Tricolindas e Tricolores.

Ontem foi um dia muito conturbado politicamente para o clube, aconteceu um RACHA no triunvirato, onde o Dueto Mario & Tenorio juntos desde a campanha de 2016, quando tiveram uma votação expressiva.
Ricardo Tenório em uma reunião segunda feira última bateu pé firme e impôs e cobrou que deveria ser o candidato a presidente. Como sabemos em uma pesquisa realizada por telefone encomendada pelo próprio triunvirato houve um “empate” técnico entre o Dr. Celso e o Mário, com Pedro Antonio em terceiro e Ricardo Tenório lá atrás, na frente do Júlio Bueno apenas. Baseados nesse dados tentaram um consenso, como não chegaram a um acordo o mesmo pulou fora para carreira solo. E agora? Quem será o vice geral do Biunvirato? Dr. Celso? Não creio, pois com certeza ele tem que assumir o futebol e tem que ser remunerado para tal. E concordo plenamente com isso, pois pagamos Angioni, Teixeira e Simoni para que? Pagam os Marcus Vinicius e Emanuel para que? Qual será a alternativa deles para vice presidente? Esportes olímpicos é a saída? Do outro lado quem Tenório irá procurar? Flusócio? Não acredito, queimação de filme total. Será que empresários tricolores com Xerez farão uma aliança com ele? E os Buenos? Muito quietinhos só corujando. E mais será que o Pedro Antonio ressussitaria das cinzas igual a uma Fênix? Só sei de uma coisa. Nessa suruba da política tricolor não existe fidelidade ou confiabilidade.
Sabe aquela garota de programa deliciosa que todo homem quer, mas sabe que não presta, que tem a certeza que vai se dar mal, perder um dinheiro, botar o casamento em risco e trazer problema e stress pessoal, mas mesmo assim não larga? Ela é o cargo de PRESIDENTE DO FLUMINENSE!
Clube praticamente falido, mergulhado em dívidas e penhoras, sustentação ZERO, sem estrutura, todo despedaçado, mas mesmo assim todos desejam estar lá na cadeira de PRESIDENTE.
Fico pensando. Será que desejam realmente reerguer nosso clube? Será que eles têm realmente a mesma paixão que a nossa? Será que sentem na pele a zoação nas ruas e são sacaneados e bombardeados nas redes sociais após duas derrotas seguidas em Fla Flu? Particularmente estou cansado e enjoado disso tudo. Até onde o Sr. dos anéis mongol está envolvido nisso com a sua seita do mal? Na véspera da carta aberta do Tenório todos juntos e sorridentes assistindo ao jogo da copa do Brasil como se nada tivesse acontecido ou se nada seria escrito ou publicado no dia seguinte. Enfim LAMENTÁVEL, DEPRIMENTE, mais uma ducha de água fria em muitos tricolores como eu que tinham alguma esperança. Afinal de contas. Por que esse cargo é tão atrativo para pessoas romperem amizades, alianças e traições inesperadas acontecerem?
E não me venham com essa conversinha de que são adversários políticos e não inimigos. Aqueles que exercem o cargo expondo ao ridículo o clube por simples váidade pessoal ou jogo de interesses, com incompetência e discaso total, afundam e destroem meu Fluminense, é sim meu INIMIGO!
Enojado de tudo isso e totalmente desacreditado, sigo em frente.
No mais,
Saudações Tricolores e Vitória na Guerra!

PERGUNTAS SEM RESPOSTAS.

Guerreiros da Sul, Tricolindas e Tricolores.

Após o complemento da rodada ontem com a final da Taça Rio ficam as perguntas.
Valeu a pena colocar o time reserva e correr o sério risso de ficar fora das semi finais do Carioca?
A imprudência e ignorância desse zagueiro não seria caso de treinar separado e rescindir contrato?
No mínimo muito estranha sua atitude , não foi deficiência técnica.
Enfim. Será que merecemos realmente mais um FLA FLU?
Ficar com posse de bola, recuando bolas perigosas para o Rodolfo com o adversário marcando pressão na nossa sáida de bola?
Não aguento mais ser sacaneado pelos mulambos, incompetência total nas finalizações, a bola não entra, afobados e displicentes, temos que caprichar mais no toque final. A torcida comparece, tem gastos aproximados de $150 reais, ingresso, transporte e alimentação, corre riscos por falta de segurança, chega de madrugada em casa para ver erros infantis de finalização aliado a uma atitude lamentável de um cara que se diz atleta profissional. Não me levem a mal, para mim IMPROVÁVEL! Será que não tem noção do que é a rinvalidade de um FLA FLU? Nosso dia a dia após uma derrota para o ” COISA RUIM ” fica insuportável! Será que teremos mais una vergonhosa derrota? CHEGA! Nosso aproveitamento em clássicos de 2010 pra cá é de 38 %, um absurdo. APEQUENARAM NOSSO FLUMINENSE? Se eu que sou apaixonado e fanático estou em dúvida de ir sábado, imaginem os demais. Muito triste nossa realidade. Nosso poder de combatividade e enfrentamento é pífio, tem que sentar esses caras numa sala e passar momentos de FLA FLU antigos. Não é possível, de 2010 pra cá 18 vitórias da mulambada e 9 Isso mesmo, Nove vitorias nossa. METADE. LAMENTÁVEL e DEPRIMENTE.
No mais , Saudações Tricolores.
Vitória na guerra!