fbpx

Segundo jornalista, zagueiro do Corinthians pode estar na mira do Fluminense



Foto: Marco Galvão/Fotoarena

O Fluminense procura reforçar a zaga após a lesão de Frazan e de acordo com o jornalista Jorge Nicola, o tricolor carioca teria interesse no zagueiro Marlon do Corinthians para preencher a vaga.

Segundo ele, o time paulista tem interesse em emprestar o jogador, que não faz parte dos planos do timão, mas a negociação pode acabar não indo muito para frente, pois o único que demonstra interesse em contratar o jogador é o vice presidente geral, Celso Barros, que se encontra afastado no momento.

Marlon que chegou ao Corinthians vindo da Ponte Preta não faz parte dos planos da diretoria paulista, ano passado ele já havia sido emprestado ao Bahia onde fez 13 jogos. Este ano, o desejo do timão é de empresta-lo novamente, além do tricolor o Goiás também já demonstrou interesse na contratação do jogador.

Tricolor bate o São Paulo em sua estreia no returno da Superliga

Esta é a terceira vitória consecutiva do Fluminense, que agora enfrenta o Itambé Minas pela Copa Brasil, na próxima terça-feira

O Fluminense estreou com vitória no returno da Superliga feminina de vôlei, neste sábado (18/01). Estreando o novo uniforme azul e jogando em um Hebraica mais uma vez lotado, o Tricolor devolveu a derrota sofrida no primeiro turno e bateu o São Paulo/Barueri por 3 sets a 0, parciais de 25/22, 27/25 e 25/19. Com três vitórias consecutivas na competição, o time segue em sexto lugar na tabela de classificação com 19 pontos conquistados. São sete vitórias em 12 partidas disputadas.


A oposta tricolor Paula Borgo foi a maior pontuadora do jogo ao lado de Lorenne, do São Paulo, ambas com 21 pontos, e ganhou o Troféu VivaVôlei.

“Estamos evoluindo muito ao longo da competição e estamos fazendo jogos muito bons. Hoje era um jogo muito difícl, a gente sabia da qualidade do São Paulo, que também vem fazendo uma Superliga muito boa, mas a gente entrou muito bem. O time todo está funcionando muito bem e isso que é importante”, disse Paula após a partida.

Agora o Fluminense dá um tempo na Superliga para enfrentar o Itambé Minas pela Copa Brasil, na próxima terça-feira (21/01), às 20h, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG).

O jogo

Em um início de jogo equilibrado, o Fluminense se manteve à frente no placar até a metade do primeiro set, quando o São Paulo conseguiu a virada (14 a 12) e fez com que o treinador Hylmer Dias pedisse o primeiro tempo técnico da partida. A conversa deu resultado e, com Paula Borgo no saque, o time retomou a liderança. O Tricolor fechou a parcial em 25 a 22 em um erro de ataque do São Paulo.

O segundo set foi ainda mais disputado que o primeiro. As duas equipes se revezaram na liderança da parcial, mas em nenhum momento conseguiram abrir mais de três pontos de vantagem sobre o adversário. O Fluminense contou novamente com a boa atuação de Paula Borgo para saltar na frente no fim e, no terceiro set point, vencer por 27 a 25.

No último set, o Fluminense largou atrás e com dois bloqueios de Leticia Hage e um de Paula Borgo conseguiu a virada (11 a 9). O São Paulo ainda buscou o empate em 17 a 17, mas o Tricolor conquistou a vitória por 25 a 19 no saque da levantadora Giovana.

O Fluminense começou o jogo com: Giovana, Paula, Leticia, Natasha, Thais, Mari Cassemiro e Andressa Krachefski.
Entraram: Pamela, Rose e Larissa.

Texto: Comunicação/FFC
Foto: Mailson Santana/FFC

Fora dos planos tricolores, Airton avalia 2019 como positivo


FOTO DE MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC

Tendo tido um final de ano extremamente complicado, o volante Airton foi dispensado pelo tricolor. Mas apesar dessa situação, o jogador preferiu analisar o último ano de uma maneira mais positiva.

“Avalio o ano de 2019 como muito positivo na minha carreira, consegui quase igualar a sequência de jogos desde a época de Botafogo. Por isso achei o ano positivo. Provei que estou 100%.”

Hudson e Henrique: Dupla campeã da Copa do Brasil se reencontra agora no Fluminense


FOTO: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.

Em 2017, o Cruzeio ganhou a Copa do Brasil e os volantes Hudson e Henrique estavam naquele elenco vitorioso. Hoje, 3 anos depois, os jogadores se reencontram agora usando a camisa do tricolor carioca, Hudson espera repetir o sucesso daquele ano e aposta no entrosamento entre os dois como a chave para trazer boas alegrias a torcida.

“O Henrique eu costumo chamar ele de tio. Não é tão velho assim, ele nos chama assim e nós ele. É um cara experiente, um líder em campo. O Fluminense acertou em cheio. Vamos fazer de tudo para repetir as boas atuações e vitórias. Temos uma mescla boa de jogadores novos, a categoria de base de Xerém é incrivelmente reveladora, tem vários talentos aí mostrando qualidade. Essa mescla com os experientes que já tem e os que estão chegando, acho que é meio caminho andado pra dar certo.”

Flu está de olho em Emerson Santos, do Palmeiras

De acordo com a Rádio Brasil, à pedido de Odair Hellmann o Fluminense abriu negociações com o Palmeiras para tentar a contratação de Emerson Santos, o principal motivo seria a grave lesão sofrida por Frazan.

Depois de defender o Internacional em 2019, emprestado pelo Palmeiras, Emerson Santos tem chance de voltar ao futebol carioca. E o destino seria o Fluminense.

Aos 24 anos, Emerson Santos foi pouco aproveitado pelo time paulista. Revelado pelo Botafogo, ele foi para o Palmeiras em 2018 e tem contrato válido até o fim de 2022.

Confira abaixo os dados de desempenho do jogador:

Flu renova com jóias de Xerém

Kayky e Metinho, que vêm se destacando no sub-17 do Fluminense, assinaram contrato profissional com o clube. Duração de três temporadas.

A dupla vem se destacando em Xerém. No atual time sub-17, são os principais jogadores do elenco – ao lado do atacante Matheus Martins. No fim de 2019, eles participaram da conquista do título do Campeonato Carioca Sub-16. Essa é a mesma geração do meia Miguel Silveira, já integrado ao elenco profissional.

Metinho é volante, nasceu no Congo e sua família veio para o Brasil quando o jogador tinha apenas um ano. Ele já tem dupla nacionalidade e sua história foi contada recentemente pelo Esporte Espetacular.

Já Kayky é o camisa 10 do time, meia habilidoso e de dribles curtos. Está no Flu desde o futsal.

Fonte: Globo Esporte

Aos 18 anos, meia Wallace despertou o interesse do Liverpool e do São Paulo; o jogador conta sobre sua infância difícil e a mudança que sua vida passou

Wallace viu seu pai e sua mãe tentarem o tráfico como o único caminho possível. Aos três anos, já era órfão de pai, que fora assassinado a dez metros do portão de casa.

É assim, de forma direta e sem demonstrar dificuldade para tocar no assunto, que o jovem resumiu a mudança pela qual sua vida passou. Dona Margarida, a avó paterna, o criou sozinha. Até conhecer Igor Manhães, treinador de futebol que trabalhava num projeto social na mesma cidade.

— Não sei se Papai do céu disse “aparece”. Mas fato é que eu apareci na vida dele. E consegui dar um caminho bom. Se pensar na estrutura que ele tinha antes, poderia ter dado tudo errado. E tem ainda aquela questão que falam do sangue. Mas conseguimos dar toda ajuda. A família, as pessoas em volta, o clube… — conta Manhães, que abrigou Wallace ainda criança em sua casa e ocupou a figura de pai em sua vida.

Com um pai treinador, o futebol virou uma opção natural. Seus primeiros chutes foram no Profute, de Itaboraí. Até que, num amistoso, chamou a atenção do Fluminense. Há sete anos em Xerém, o meia de velocidade já acumulou elogios, títulos e passagens pelas seleções de base.

Foi este sucesso que o fez quase sair dos trilhos em 2016, ano marcado pelo deslumbramento e por muitas brigas tanto dentro quanto fora de campo. Não gostava de ser repreendido nos treinos: atirava o colete na grama e saía xingando. Uma rebeldia que só foi controlada quando Manhães, comissão técnica da base e até a psicóloga do Fluminense entraram em cena.

— Deixei subir à cabeça. Todo mundo puxou minha orelha, porque só fazia merda. Era brigão, problemático. Vi que estava errado e me prejudicando — diz Dáblio.

Com o foco retomado, chamou a atenção do Liverpool. O clube inglês chegou a pedir que um de seus olheiros o observasse na última Copa SP. Mas, na operação que resultou no empréstimo do volante Hudson, o São Paulo ganhou a prioridade de compra.

Fonte: O Globo

Matheus Ferraz confia em ano melhor para o tricolor


FOTO DE MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC

No domingo, o ano começa oficialmente para o Fluminense, com a primeira partida do tricolor no ano prestes a se aproximar o zagueiro Matheus Ferraz tem confiança que o ano será bem melhor do que o último.

“Eu espero um ano totalmente diferente do ano passado. Acho que a diretoria tem conseguido formar um bom elenco até agora. Logicamente, precisamos fortalecer ainda mais. Bons jogadores têm chegado, jogadores que vão ajudar em todos os aspectos: técnica, liderança… Acho que nosso grupo está se fortalecendo. Tem um comandante muito experiente, que trabalha muito intensamente. Já demonstrou que quer alcançar títulos no Fluminense, mas com muito trabalho. Acho que o Fluminense tem tudo para fazer um grande ano e conquistar títulos, que é o que marca a nossa carreira e o clube.”

Informações sobre o Campeonato Carioca 2020

Começa amanhã (18) a 70ª edição do Estadual e com ele um regulamento diferente das edições anteriores. Além da mudança no regulamento, o campeonato terá a utilização do VAR, mas apenas na fase final e em clássicos.

Transmissão pela TV

As partidas do Campeonato Carioca 2020 serão transmitidas pelos seguintes canais: TV Globo, SporTV e Premiere. Porém, apenas os jogos do Flamengo não serão transmitidos, pois o clube rubro-negro ainda não acertou o valor dos direitos de transmissão.

Fase preliminar do Campeonato Carioca

É um torneio disputado por seis clubes, sendo os quatro de pior campanha no ano anterior (exceto os dois rebaixados) e mais dois clubes promovidos da Série B1. Os dois melhores colocados deste hexagonal vão para a fase principal enquanto os outros quatro times disputam para ver quem vai ser rebaixado para a Série B1 em 2020. Portuguesa e Macaé foram os dois primeiros colocados. Já o Americano, Nova Iguaçu, América e Friburguense lutam para não cair.

Grupos do Campeonato Carioca

Grupo A: Botafogo, Flamengo, Bangu, Boavista, Cabofriense e Portuguesa

Grupo B: Fluminense, Vasco, Macaé, Madureira, Resende e Volta Redonda

Regulamento do Campeonato Carioca 2020

A edição de 2020 possui 12 clubes divididos em dois grupos de seis times.

Taça Guanabara

Na Taça Guanabara, que representa o primeiro turno, as equipes de um grupo enfrentam as do outro grupo. Os dois melhores de cada chave farão uma semifinal e os vencedores desta partida decidem o título do turno.

Taça Rio

Na Taça Rio, que representa o segundo turno, os confrontos serão entre times do mesmo grupo. Novamente, os dois primeiros fazem a semi e os melhores decidem o turno.

Final do Campeonato Carioca

A final do Campeonato Carioca 2020 será disputada entre o campeão da Taça Rio e o da Taça Guanabará. Porém, caso o mesmo time conquiste os dois turnos, ele poderá ser o campeão direto, desde que nenhuma agremiação tenha somado mais pontos que ele. Por exemplo, se o Fluminense conquistar os dois turnos e somar 23 pontos e o Flamengo somar 24, os dois times farão a final.

O Fluminense possui 31 títulos, só fica atrás do Flamengo com 35. A equipe tricolor enfrenta a Cabofriense, domingo (18), às 19h no horário de Brasília.

Fonte: Explosão Tricolor

Após sete meses, Matheus Ferraz está de volta

O zagueiro que caiu nas graças da torcida tricolor está de volta, depois de sete meses, Matheus Ferraz está preparado para voltar a jogar na estreia do Fluminense, domingo (19), contra a Cabofriense.

Matheus que teve lesão no joelho direito, está parado desde junho e contou em entrevista ao GloboEsporte, que está mais motivado do que nunca.  

– Voltei na pré-temporada com uma vontade muito grande de evoluir, de crescer, como se eu tivesse 18 anos. Sinto que faltou algo para eu poder conquistar no ano passado. Esse desejo de querer mais, de ultrapassar meus limites está ardendo dentro de mim. Tenho trabalhado muito para isso – resumiu Ferraz.

Fonte: GloboEsporte.com

Foto Reprodução: Paula Carvalho

Top