Em busca da primeira vitória, Flu enfrenta o Cuiabá no Brasileirão de Aspirantes

Após empate com o Grêmio e derrota para o Juventude nas primeiras rodadas, Fluminense volta a campo hoje contra o Cuiabá em busca do primeiro triunfo na competição, às 17hrs, no Dutrinha, em Cuiabá.

Equipe do técnico Aílton Ferraz é a sexta colocada no grupo B, com um ponto conquistado em duas rodadas. No Brasileiro de Aspirantes, os quatro primeiros colocados de cada chave avançam para a próxima fase do campeonato.

O Cuiabá é o sexto colocado no grupo A com 0 pontos.

A partida terá transmissão da plataforma de streaming Eleven Sports, antiga MyCujoo.

Foto: Daniel Perpetuo/FFC

Maracanã é cedido para a Conmebol até o dia 11 de julho

Fluminense vai enfrentar o Corinthians em São Januário no próximo domingo

O Fluminense Football Club informa que, a partir desta quinta-feira (24/06), o Maracanã ficará cedido à Conmebol visando os preparativos para a final da Copa América 2021, que será realizada no próximo dia 10 de julho. Por isso, todos os jogos do clube previstos para o estádio neste período serão realocados para outros locais.

No período em que o Maracanã estará cedido à Conmebol serão realizadas melhorias no campo de jogo, como a troca parcial de algumas áreas do gramado.

A partida entre Fluminense e Corinthians, no próximo domingo (27/06), às 16h, será realizada em São Januário. Além deste confronto, o Tricolor teria ainda outros três jogos no estádio no período: contra o Athletico-PR, no dia 30/06, às 20h30; o clássico diante do Flamengo, dia 04/07, às 16h; e contra o Ceará, 07/07, às 21h30. Os locais das partidas serão confirmados em breve.

Texto: Comunicação/FFC

Larrissa retorna ao Futebol Tricolor, após primeira passagem em 2019.

A jogadora Larissa Nepomuceno é o novo reforço do futebol feminino do Fluminense. A atleta de 25 anos defendeu as cores do Tricolor em 2019, no primeiro ano da modalidade no clube e agora está de volta ao Time de Guerreiras. No próximo domingo (27), a equipe enfrenta o Real Ariquemes, em Laranjeiras, às 15 horas, pelo primeiro jogo das oitavas de final do Campeonato Brasileiro Feminino A2.

“Estou muito feliz em poder voltar a atuar pelo Fluminense. É muito gratificante voltar a defender a camisa do clube onde fui muito feliz. Espero poder colaborar. O que me ajuda bastante é já conhecer o trabalho da Thaissan e ter jogado com algumas meninas. A minha volta ao clube faz com que eu já me sinta em casa. Cheguei ao grupo para somar e poder ajudar minhas companheiras de equipe junto com toda a comissão técnica. Vamos batalhar pelo acesso ao Campeonato Brasileiro A1”.

FICHA

Nome: Larissa Amaral Nepomuceno

Data de nascimento: 08/05/1996

Posição: zagueira/lateral

Clubes anteriores: Duque de Caxias, Botafogo, Iranduba, Ponte Preta, Fluminense, Associação Esportiva 3B da Amazônia e São José.

Texto: Comunicação/Fluminense F.C.
Fotos: Mailson Santana/Fluminense F.C.

Aílton diz sobre o treino do Sub-23 nas Laranjeiras: “Especial”

Técnico recordou momentos históricos no local e disse que transmitiu aos jovens a importância do estádio

O time Sub-23 do Fluminense utilizou o campo de Laranjeiras para treinar na última terça-feira antes de embarcar para o Mato Grosso, onde enfrenta o Cuiabá nesta quinta (24/06) pelo Campeonato Brasileiro de Aspirantes. Para Ailton Ferraz, hoje técnico da equipe, pisar no estádio é sempre uma oportunidade de revisitar momentos para lá de especiais de sua vida. Ex-jogador do Flu, ele revelou, com a voz embargada, alguns dos sentimentos que vêm à tona quando entra na casa tricolor.

“Voltar aqui nas Laranjeiras é uma coisa que sempre mexe muito comigo. É um estádio onde a seleção brasileira jogou tantas vezes. Eu tive a oportunidade de fazer vários jogos, se não me engano tenho quatro gols aqui. E sem dúvida todos esses momentos que vivi aqui, com estádio lotado, dão muita saudade. Eu fico até gago”, declarou.

Com toda sua experiência, Aílton Ferraz procura compartilhar com os jogadores do Sub-23 tudo o que viveu nos tempos de atleta. O treinador revelou que tem conversado com o grupo e transmitido a importância do histórico estádio.

“Eu falei com os meninos o quanto é emocionante para mim voltar a pisar nesse gramado, nesse palco, o mais charmoso do Rio de Janeiro. Passei isso para eles, falei da importância que Laranjeiras tem para mim e eu espero que eles tenham assimilado tudo, porque é realmente emocionante. Esse estádio faz parte da história da minha vida. É muito especial”, disse.

O treino nas Laranjeiras na terça foi o último do time Sub-23 no Rio antes do embarque para o Mato Grosso. Nesta quinta, às 17h, enfrenta o Cuiabá, no Dutrinha, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro de Aspirantes.

Fotos: Reprodução/FluTV e Daniel Perpetuo/FFC
Texto: Comunicação/FFC

Gabriel Teixeira lamenta derrota em Goiás: “Tentamos o gol mas não deu certo”

O Fluminense enfrentou o Atlético-Go na noite desta quarta-feira (23), pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro e sofreu sua primeira derrota na competição.

Na saída do gramado, o atacante Gabriel Teixeira comentou sobre o resultado e lamentou a derrota:

Sempre fomos até o final, tentamos fazer o gol e não deu certo. Vamos continuar trabalhando – comentou o jogador.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Fluminense não joga o suficiente e perde a primeira partida no Brasileirão

O Fluminense sofreu nesta quarta-feira (23/06) sua primeira derrota no Campeonato Brasileiro 2021. Apesar de jogar bem, dominar as ações e criar boas oportunidades, sobretudo no primeiro tempo, o Tricolor acabou parando na boa atuação da defesa do Atlético-GO, que marcou no segundo tempo o gol que definiu o resultado em 1 a 0 no Estádio Antônio Accioly, pela sexta rodada da competição.

O Fluminense começou a partida controlando a posse de bola e trocando passes rápidos. Mas foi em uma transição ofensiva que o time criou sua primeira grande oportunidade na partida.

Aos 16 minutos, Kayky puxou contra-ataque com muita velocidade, se livrou da marcação e achou Fred dentro da área, mas o capitão não conseguiu o domínio. Aos 26, Gabriel Teixeira achou lindo passe para Fred, que dessa vez dominou e deu bom chute cruzado, mas parou em ótima defesa do goleiro.

Aos 45, Gabriel fez boa tabela com Fred, fez o cruzamento, mas a zaga afastou o perigo.

O primeiro lance de perigo do Fluminense na segunda etapa aconteceu logo aos 2 minutos, quando Fred recebeu com pouco ângulo, chutou em cima da defesa e conseguiu o escanteio. Na cobrança, o próprio Fred cabeceou com muita qualidade para grande defesa do goleiro Fernando Miguel.

Três minutos depois, Gabriel Teixeira levantou bola venenosa na área e novamente obrigou o goleiro adversário a trabalhar bem. Apesar da pressão do Fluminense, foi o Atlético-GO quem chegou ao gol, com Nathan Silva, de cabeça, aos 34 minutos.

Fluminense volta a campo no próximo domingo (27/06), às 16h, quando enfrenta o Corinthians em São Januário.

Foto: Lucas Merçon/FFC

Parabéns. Manfrini comemora 71 anos

Ídolo integrou a Máquina Tricolor e se sagrou bicampeão carioca pelo clube

É celebrado no dia 23 de junho o aniversário de Manfrini, jogador do Fluminense entre 1973 e 1975. Bi carioca e campeão da Taça Guanabara pelo clube, o ex-atacante comemora, nesta quarta-feira, 71 anos.

Ao longo de sua passagem por Laranjeiras, o paulistano disputou 157 jogos e marcou 61 gols. Seu talento e poder de decisão promoveram a imediata identificação com o Time de Guerreiros e marcaram a memória dos tricolores, devido aos importantes lances em grandes duelos.

Em 1973, no Maracanã, balançou a rede duas vezes no triunfo por 4 a 2 sobre o Flamengo, debaixo de chuva e com o campo encharcado, em clássico válido pela decisão do Campeonato Carioca. O episódio rendeu ao ídolo o apelido de “Gene Kelly”, em alusão ao protagonista do musical “Cantando na Chuva”.

Em mais um histórico confronto com o Rubro-Negro, comandou uma virada por 2 a 1, com dois gols, sendo um de bicicleta. Ao lado de Rivellino, Gil e Paulo Cézar, entre outros, Manfrini ainda conduziu a primeira versão da Máquina Tricolor às conquistas da Taça Guanabara e do Carioca de 1975.

Texto: Flu-Memória
Foto: Flu-Memória

Gabriel Teixeira comenta sobre o jogo de hoje contra o Atlético-GO: ”Mais focados do que nunca”

Fluminense enfrenta o Atletico-GO no Antonio Accioly, nesta quarta-feira, às 19h pela sexta rodada do campeonato Brasileiro. Hoje o Fluminense ocupa a 6° colocação do campeonato com 8 pontos somados.

Sabendo das dificuldades do jogo, Gabriel Teixeira comentou sobre o que esperar do jogo e espera sair com os 3 pontos da partida.

”A expectativa é muito grande, eles estão vindo em uma sequência muito boa. Vamos mais focados do que nunca, procurar sempre pontuar que é o mais importante, fazer um bom jogo e sair com a vitória”. Finalizou, Biel.

Foto destaque: Lucas Merçon/FFC

Yago Felipe retorna ao time titular e antecipa sua análise: “Jogo contra o Atlético-GO vai ser muito difícil”.

A partida contra o Atlético-GO nesta quarta-feira (23/06), às 19h, marca o retorno de um importante jogador no esquema do técnico Roger Machado. Após cumprir suspensão automática diante do Fortaleza no último domingo, Yago Felipe volta a ficar à disposição do treinador para o jogo em Goiânia. O camisa 20 não escondeu a felicidade de voltar a atuar pelo Fluminense e analisou o confronto da sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

“Vai ser um jogo muito difícil. O Atlético-GO tem conseguido jogar muito bem dentro e fora de casa. Mas o professor Roger já passou todas as informações e eu espero que a gente consiga colocar em prática tudo o que treinou e estudou para que a gente possa sair daqui com a vitória”, disse o jogador.

Os números ajudam a dar a dimensão da importância de Yago Felipe ao esquema do Fluminense. “Motorzinho”, o camisa 20 é um dos destaques da posição neste Brasileiro. Ele é o terceiro volante com mais desarmes em todo o campeonato, com 12. Além disso, soma 26 bolas recuperadas e 3 interceptações nas quatro partidas em que atuou.

O Fluminense ocupa a sexta colocação na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, com 9 pontos ganhos após duas vitórias e três empates.

Foto: Mailson Santana/FFC

Fluminense pode igualar sua maior invencibilidade dos pontos corridos.

Invicto há 14 partidas, Flu pode alcançar marca do time tricampeão brasileiro em 2010

Dono da maior invencibilidade de momento no Brasileirão, o Fluminense está muito perto de alcança sua maior sequência de partidas sem derrota na história do campeonato desde que ele passou a ser disputado por pontos corridos. Para igualar a série invicta de 15 jogos de 2010, quando o Tricolor se sagrou tricampeão brasileiro sob o comando de Muricy Ramalho, a equipe precisa pontuar na partida contra o Atlético-GO, nesta quarta-feira, às 19h, no Estádio Antônio Accioly.

A série invicta tricolor, de 14 jogos, se iniciou na edição passada do Brasileiro, quando o time ainda era comandado por Marcão. Com ele, foram seis vitórias e três empates na reta final que ajudou a equipe a conseguir uma vaga direta na fase de grupos da Libertadores. No campeonato atual, com Roger Machado, o Fluminense soma duas vitórias e três empates.

Com o empate em 1 a 1 com o Fortaleza no último domingo, no Castelão, o Fluminense se aproximou não apenas de igualar a maior sequência sem derrotas no Brasileiro por pontos corridos. O time, caso passe duas rodadas sem perder, vai alcançar sua maior invencibilidade na história da competição, em qualquer que seja o formato. A marca pertence aos times de 1984 e 1985 — comandados por Carlos Alberto Parreira e Carlos Alberto Torres, respectivamente — que juntos ficaram 16 jogos sem derrota.

O feito pode ser alcançado no próximo domingo, dia 27, às 16h, quando o Fluminense enfrenta o Corinthians em São Januário em partida válida pela sétima rodada. Para tornar-se o dono isolado da maior invencibilidade tricolor na história do Brasileirão, o time de Roger precisará passar também pelo jogo contra o Athletico-PR, no dia 30 de junho, pela oitava rodada.

O Fluminense ocupa a sexta colocação na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, com 9 pontos ganhos.

Foto: Lucas Merçon/FFC
Texto: Comunicação/FFC