fbpx

Marcão ensaia equipe com Marcos Felipe na vaga de Muriel

Foto: Mailson Santana/FFC

O técnico do Fluminense, Marcão, começou a dar pistas da equipe que deve mandar a campo para enfrentar o Atlético Mineiro no próximo sábado (16), às 19h, no Maracanã.

Sem Muriel, que fraturou a mão esquerda e ao volta no ano que vem, o treinador testou o prata da casa, Marcos Felipe, no gol Tricolor. O jogador, revelado em Xerém e que teve poucas oportunidades no time principal, briga por uma vaga com o contestado Agenor.

Outra mudança foi a volta do meia Paulo Henrique Ganso. Fora da última partida, contra o Internacional, com desgaste muscular, o camisa 10 não participou das primeiras atividades da semana, dando espaço para Nenê, seu substituto no Sul também, porém, o jogador treinou normalmente nesta quinta-feira (14) e não deve ser problemas para sábado.

O coletivo também serviu para reforçar a entrada de Orinho na vaga de Caio Henrique, convocado para a seleção olímpica.

Portal revela possíveis nomes que devem formar projeto de revitalização de Laranjeiras

Foto: Divulgação

Um dos grandes sonhos do torcedor Tricolor é ver o time do Fluminense atuando novamente no estádio das Laranjeiras e, o projeto apresentado pelo grupo Laranjeiras XXI aflorou ainda mais esse sonho.

Um passo importante para a revitalização do estádio parece ter sido dado essa semana, mais precisamente na última terça-feira (12), quando representantes do grupo participaram de uma reunião junto do presidente do clube, Mário Bittencourt, onde alinhavaram que o Fluminense terá sua própria comissão para acompanhar as etapas restante do processo.

Segundo o portal Explosão Tricolor, o próprio Mário Bittencourt já teria inclusive indicado alguns nomes para formar essa comissão do clube, sendo eles:

Eduardo Mitke – Vice-Presidente de Relações Institucionais.

Douglas Branco – Responsável por Arenas e tesoureiro do clube.

Leonardo Salata e Luiz Mario Bittencourt – experiência com obras.

Marcelo Lutterbach – Marketing.

Felipe Sisley – Departamento Jurídico.

Paulo Todaro – Finanças.

Além de Luiz Mário Bittencourt, pai do presidente Tricolor e de acordo com o próprio Explosão, possui experiência com obras.

Ainda de acordo com o site Explosão Tricolor, no próximo dia 27, já está agendada uma nova reunião para que o grupo Laranjeiras XXI apresente o atual estágio do projeto.

Tricolor encara o Sesc-RJ pela segunda rodada da Superliga

Fluminense levou a melhor no duelo entre as equipes no primeiro turno da temporada passada

O Fluminense tem um jogo difícil pela segunda rodada da Superliga Feminina 2019/2020. A equipe comandada pelo técnico Hylmer Dias enfrenta o Sesc-RJ, atual campeão carioca, às 20h30, no Tijuca Tênis Clube, em jogo válido pela segunda rodada. O Tricolor aposta no retrospecto recente contra o time de Bernardinho para conquistar sua primeira vitória na competição nacional.

Na temporada passada, as equipes se enfrentaram quatro vezes, com duas vitórias para cada lado. Pelo Campeonato Estadual, o Fluminense levou a melhor na fase de classificação e levou o troco na final do torneio. Já na Superliga, o Time de Guerreiras venceu no primeiro turno e acabou derrotado no segundo. Este ano, porém, o Sesc-RJ venceu o único jogo entre os times, pela primeira fase do Carioca.
Assim como na estreia contra o São Paulo/Barueri, Hylmer Dias contará com todas as suas jogadoras para o duelo contra o time comandado pelo técnico Bernardinho.
SERVIÇO
Jogo: Sesc-RJ x Fluminense
Data: sexta-feira (15/11)
Hora: 20h30
Local: Tijuca Tênis Clube
Ingresso: 2kg de alimento não perecível
OBS.1: Entrada da torcida do Fluminense ao lado da bilheteria
OBS.2: Portão abre duas horas antes da partida
Texto: Comunicação/FFC
Foto: Mailson Santana/FFC

Final de Temporada se aproxima e Fluminense ainda não renovou com 12 jogadores


FOTO: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.

O final da temporada de 2019 está chegando e com ele, a incerteza paira sobre alguns dos jogadores do elenco carioca que ainda não tiveram seus contratos renovados pela diretoria tricolor.

12 jogadores irão ficar sem contrato ao final deste ano, a lista conta com nomes de peso como o colombiano Yony González, que segundo a imprensa Portuguesa, já estaria com um pré contrato assinado com o Benfica para a próxima temporada.

Além de González, os outros nomes que estão na lista são: O zagueiro Digão, o lateral Gilberto, volantes Yuri, Allan e Caio Henrique, meia Daneil e o goleiro Agenor.

Sub-13 tricolor empata série semifinal do Estadual de Basquete

Fluminense derrotou o Vasco por 48 a 42 no segundo jogo da melhor de três

Derrotado no primeiro jogo da semifinal do Campeonato Estadual Sub-13 Masculino, o Fluminense empatou a série contra o Vasco, nesta terça-feira (12/11), em São Januário. O Tricolor venceu o adversário por 48 a 42 e agora as duas equipes decidirão a vaga na final da competição em uma terceira partida.

Fluminense e Vasco voltam a se enfrentar no próximo dia 27 e o vencedor brigará pelo título do Campeonato Estadual Sub-13. O adversário na final sairá do duelo entre Clube Central e Tijuca Tênis Clube.
Texto: Comunicação/FFC
Foto: Mailson Santana/FFC

A equipe Tricolor Sub-17 é pioneira na utilização de tecnologia em chuteiras no Brasil

Foi criado em Israel e possui Arsène Wenger como sócio, deste novo dispositivo de captação de métricas em chuteiras.

O Dispositivo difere do GPS tradicional, pois, pode captar passes, intensidade dos movimentos e ajudar na prevenção de possíveis lesões. Dita tecnologia foi desenvolvida Israel, amplamente difundida em países europeus. Amplamente, utilizada por equipes da Premier League de base e profissionais. A PlayerMaker tem como socio o ex- tecnico do Arsenal, Arsène Wenger.

O Sub-17 do Fluminense, atual Campeão Carioca, com boa atuação na Copa do Brasil e Brasileirão, teve a sua disposição a tecnologia de ponta no país , durante as competições e nos dia a dia de treinos, sendo pioneiro.
O equipamento é acoplado nas chuteiras , fornecendo informações e estatísticas , tais como: métricas técnicas, táticas, biomecânicas dos atletas para comissão técnica. Melhorando, assim, as estratégias e desempenho dos atletas.

Fonte GloboEsporte.com

Substituto de Caio Henrique, Orinho garante foco total em tirar Flu do Z4: “Grupo está fechado”

Lateral-esquerdo tricolor lamentou a lesão do goleiro Muriel e desconversou sobre polêmicas internas do clube

Foto: Lucas Merçon / FFC

Contratado para suprir a ausência de opções no setor esquerdo do Fluminense, Orinho terá mais uma grande oportunidade no próximo sábado (16), quando o Tricolor carioca encara o Atlético-MG, no Maracança, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com a convocação de Caio Henrique para a seleção olímpica, o lateral será titular na partida.

Nesta quarta-feira, o jogador de 24 anos foi o escolhido para conceder entrevista coletiva no CT Carlos Castilho. Na conversa com a imprensa, Orinho lamentou bastante a lesão de Muriel, que não atua mais em 2019, mas fez questão de rasgar elogios aos possíveis substitutos do goleiro.

“Sabemos que o Muriel é um grande goleiro. Todos ficamos tristes pelo fato de ele ter se machucado. Lamentamos, mas não podemos deixar isso nos abater. Contamos com grandes goleiros e temos confiança nos dois”.

“O Agenor é experiente, passou por grandes clubes. O Marcos Felipe também já pegou seleção de base. Prova que são dois grandes goleiros. Fica a critério do treinador. A gente fica feliz por eles estarem ganhando oportunidade, mas triste pelo Muriel. No final, quem entrar vai dar conta do recado”.

O lateral-esquerdo também aproveitou para enaltecer Caio Henrique, seu companheiro de posição, que será desfalque por estar com a seleção sub-23, que se prepara para as Olimpíadas de Tóquio. Para ele, as características de ambos são parecidas.

“O Caio Henrique é um grande jogador, todos sabem disso. Temos características parecidas. Tive uma sequência de dois jogos e saímos com vitória. O meu comportamento vai ser o mesmo. Primeiro, defender. Depois, penso em atacar. O importante é não tomar gols e sair com a vitória”.

Orinho em treino no CT (Foto: Lucas Merçon / FFC)

Por fim, quando perguntado sobre a situação do vice-presidente Celso Barros dentro do clube, Orinho preferiu desconversar e focar na luta dos atletas para tirar o Fluminense do Z4 do Brasileirão. Vale destacar que Celso não esteve presente na reapresentação do elenco.

“Todos nós sabemos disso, mas prefiro não comentar isso. Fica no extracampo, para a diretoria resolver. Nós, jogadores, focamos em tirar o Fluminense da zona de rebaixamento”.

Campanha pra esquecer: Fluminense passou todo Brasileirão na parte de baixo da tabela

Foto: Divulgação

Faltando seis rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro, o Fluminense vive seu drama particular: a fuga do rebaixamento.

Engana-se porém quem pensa que isso é obra do acaso. Em mais de 30 rodadas disputadas, o Tricolor não esteve em hora alguma na parte de cima da tabela, tendo sua melhor colocação ao longo de todo o Campeonato, o modesto 13° lugar.

Na ocasião, o Tricolor bateu o Bahia por 2 a 0, no Maracanã e abriu seis pontos para o Z-4.

Depois disso, foram cinco jogos sem vencer, com três derrotas e dois empates, o que fez Flu voltar para a zona do rebaixamento.

Após cirurgia, Muriel agradece apoio da torcida Tricolor

Foto: Lucas Merçon / FFC

Após ter uma lesão na mão esquerda, sendo preciso passar por uma intervenção cirúrgica no local, o goleiro Muriel foi operado ainda no noite da última terça-feira (12) e confirmada a sua ausência no restante da temporada.

Apoiado e tendo recebido diversas mensagens de apoio por grande parte do torcedor, o goleiro gravou um vídeo onde reconheceu e agradeceu o apoio do torcedor:

Tricolor avança às semifinais do Campeonato Estadual de Vôlei

Equipe juvenil feminina e infantil masculina disputarão vaga na final da competição

O Fluminense fechou com vitória sua participação na fase de classificação do Campeonato Estadual Juvenil Feminino de Vôlei. Neste sábado (09/11), em Laranjeiras, as meninas entraram em quadra já classificadas para a semifinal e derrotaram o Flamengo por 3 sets a 0, parciais de 27/25, 25/21 e 27/25. Agora, a equipe disputará uma vaga na grande final contra o Grajaú. O primeiro jogo será realizado na próxima terça-feira (19/11), na casa do adversário.

No masculino, a equipe infantil do Fluminense venceu o Tijuca por 3 a 1, com parciais de 25/20, 22/25, 25/23 e 25/19, no Tijuca Tênis Clube, e também avançou à semifinal. O adversário será o Botafogo e o primeiro jogo também será disputado na próxima terça-feira, em General Severiano.
Já pela categoria infantil feminina, o Tricolor bateu o Botafogo por 3 sets a 0 (25/21, 25/20 e 25/16), na casa do adversário, pela terceira rodada da segunda fase. Esta foi a nona vitória em dez jogos disputados no Estadual.
Texto: Comunicação/FFC
Foto: Mailson Santana/FFC

Top