fbpx

Vp comercial do Fluminense renuncia através de carta endereçada ao presidente Mário Bittencourt

Ronaldo Barcellos que era Vice presidente comercial do Fluminense renunciou ao cargo através de uma carta entregue no início deste mês de outtubro ao presidente do Tricolor, Mário Bittencourt.

A informação foi divulgada pelo Blog da Gabriela Moreira, no site do GE, quando a jornalista ainda informou que o agora ex VP Comercial teve R$33 milhões bloqueados pela justiça, contudo, ainda de acordo com Gabriela, Barcelos respondeu que sua saída do clube não teria relação com o processo.

A reportagem ainda revelou que o ex-vp é réu num processo milionário movido pela Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN). Barcellos é ex-sócio na empresa Maptec Comércio e Representação LTDA, companhia que, segundo a PGFN, possui dívidas que ultrapassam R$ 300 milhões com a União, fruto do não pagamento de impostos.

Mário ainda vai comunicar a decisão ao conselho na próxima reunião, prevista para o fim do mês. Ainda não há um nome para substituí-lo. O cargo de vice comercial não é estatutário, ou seja, pode ser extinto. Mas o presidente tem um limite de até 90 dias após a homologação da vacância para extingui-lo ou substituir o responsável.

Fluminense chega a marca de 70% de aproveitamento como mandante

A vitória sobre o Santos, por 3 a 1, no último domingo (25), foi a sexta do Fluminense em dez jogos dentro de casa neste Campeonato Brasileiro. Com isso, o Tricolor chegou aos 70% de aproveitamento como mandante, conquistando 21 dos 30 pontos disputados até aqui.

O número coloca o Fluminense como o terceiro melhor time como mandante no campeonato, empatado com o Inter com 21 pontos e dois pontos atrás do Atlético-MG. Além das seis vitórias, o Tricolor empatou três partidas e perdeu apenas uma.

Um outro número importante alcançado dentro de casa nesta última vitória sobre o Santos foi que o Tricolor chegou a 19 gols como mandante na competição. O número é o mesmo marcado pelo Fluminense em 19 jogos em casa no Campeonato Brasileiro de 2019, mostrando a evolução do Time de Guerreiros nesta temporada.

Foto em destaque: Lucas Merçon/Fluminense FC

Desde que o Brasileirão passou a ter G-6, a média para ficar entre os seis primeiros é de 60 pontos

Ocupando a 4° posição, com 29 pontos conquistados em 18 jogos disputados, o Fluminense começa a vislumbrar uma vaga na Libertadores do próximo ano, confira a análise.

Desde 2016 que o futebol brasileiro tem pelo menos sete representantes na principal competição das américas, sendo seis pelo Brasileirão e um pela Copa do Brasil – este número pode chegar a nove, caso os campeões da Libertadores e Sul-americana também sejam tupiniquins. –

No caso do Campeonato Brasileiro, os quatro primeiros vão direto para a fase grupos, enquanto o quinto e o sexto, a princípio, disputam as fases preliminares. Já que se o Campeão da Copa do Brasil terminar entre os seis primeiros, automaticamente uma vaga será aberta, virando G-7.

Nas últimas quatro temporadas, o sexto colocado que mais pontuou obteve 63 pontos, e o menor 56. Confira abaixo

2019 – 6° São Paulo (63 pontos)
2018 – 6° Atlético-MG (59 pontos)
2017 – 6° Flamengo (56 pontos)
2016 – 6° Athlético-PR (57 pontos)


A partir dessa perspectiva, temos uma pontuação média de 60,2 pontos para terminar o Brasileirão entre os seis melhores. Faltando um jogo para fechar a primeira metade do Campeonato, o Fluminense pode terminar o turno com:

29 pontos (em caso de derrota para o Fortaleza)
30 pontos (em caso de empate com o Fortaleza)
32 pontos (em caso de vitória sobre o Fortaleza)


Em uma projeção onde repita a mesma campanha no returno, o Tricolor terminaria o Brasileirão com 64, 60 ou 58 pontos. E com base nas pontuações das últimas temporadas, a equipe voltaria a disputar a Libertadores após sete anos.

Vale ressaltar que estas análises levam em conta apenas as campanhas no Brasileirão já que as chances podem ser ainda mais potencializadas, uma vez que pode o G-6, pode virar G-9.

foto: divulgação









#DiadeFlu: Fluminense entra em campo nesta segunda pelo Brasileirão sub-20

O Fluminense entra em campo nesta segunda-feira (26) para enfrentar o Sport pelo Campeonato Brasileiro sub-20 em jogo que terá transmissão do SportTV, às 17h.

Em segundo lugar na competição com 15 pontos, o Flu precisa vencer para seguir na cola do Corinthians, líder da competição, com 19 pontos, mas que já entrou em campo na rodada.

Para o duelo no entanto, o Tricolor terá desfalque do lateral Marcos Pedro, que se recupera de uma lesão muscular. O meia Wallace e o atacante Samuel, que fazem parte do projeto de aspirantes, foram com a delegação para Recife, e devem iniciar a partida como titulares.

Foto em destaque: Mailson Santana/Fluminense FC

Fluminense é o quinto time com maior chance de alcançar o título Brasileiro após a 18° rodada

A vitória de 3 a 1 do Fluminense contra o Santos colocou o time na quarta colocação do Campeonato Brasileiro e a seis pontos dos líderes Internacional e Flamengo, que somam 35 pontos.

Diante deste cenário, colocou o Fluminense com quinto time com maior chance de título no Brasileirão, atrás de Flamengo, Internacional, Atlético-MG e São Paulo.

Embora poucas, o Flu tem hoje, ao final da 18° rodada 1,1 % de chance, ao lado do Fortaleza. Antes vem: Flamengo (50,5%), Internacional (30,6%), Atlético-MG (12,2%) e São Paulo (3,6%}

Foto em destaque: Lucas Merçon/Fluminense FC

Autor do primeiro gol contra o Santos, Luccas Claro iguala marca de Leandro Euzébio com a camisa Tricolor

O zagueiro Luccas abriu foi o autor do primeiro gol na vitória do Fluminense por 3 a 1 contra o Santos.

O gol, coloca claro entre os principais artilheiros do Flu no ano, com cinco gols marcados. Claro fica atrás apenas de Nenê (17), Evanilson (9)e Marcos Paulo (6). Além disso, Luccas Claro igualou a marca de um outro zagueiro importante na história do clube, Leandro Euzébio, que na campanha do título Brasileiro de 2012,arcou cinco gols ao longo da temporada.

Foto em destaque: Lucas Merçon/Fluminense FC

Rodada perfeita ! Fluminense vence e vê líderes do Campeonato tropeçarem

A 18° rodada do Campeonato Brasileiro que teve sua primeira parte finalizada na noite do último domingo (25), terminou de forma perfeita para o Fluminense, que venceu um concorrente direto pelo G4 e ainda viu os líderes Internacional, Flamengo e Atlético-MG tropeçarem nos seus jogos.

Ainda há jogos para completar a rodada, como por exemplo São Paulo e Fortaleza, que não entraram em campo pela Copa do Brasil e ainda disputarão seus jogos contra Bahia e Botafogo, respectivamente.

Contudo, pelos jogos já disputados, o resultado de 3 a 1 do Fluminense sobre o Santos fez o Tricolor roubar o lugar do Peixe no G4. Somando-se ainda os empates de Inter e Flamengo, que ficaram no 1 a 1 no Beira Rio e mais o empate do Atlético-MG com o Sport, no sábado (24), no Mineirão, voltou a deixar o Flu a seis pontos dos líderes Inter e Flamengo que somam 35 pontos, além de ficar a três pontos do Galo, que agora soma 32 pontos, porém, com 17 jogos disputados.

Agora o Tricolor terá que secar o São Paulo, que vem em quinto lugar, com 27 pontos, mas com três jogos a menos.

Foto em destaque: Lucas Merçon/Fluminense FC

Flu chega a marca de 16 gols nas últimas partidas

Após +1 vitória sobre o Santos neste último domingo (25), de 3 a 1, Fluminense alcança 7 partidas sem derrotas no Brasileirão.

Nesse tempo, o time marcou 16 gols, confira os números do Tricolor nessa sequência:

FOTOS: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.

“Não merecemos vencer”, declara Cuca após 3 a 1 do Flu sobre Santos

Após vitória do Fluminense sobre o Santos, o técnico Cuca reclamou sobre a arbitragem, mas também admitiu que o time não merecia vencer, confira:

Avaliar a arbitragem é ruim. Não é função minha, mas o lance (do Hudson em Soteldo) era para vermelho, estava a cinco metros de mim. Não adianta passar essa situação para o árbitro de vídeo, é uma sensação que tem que ter no campo. Como ele (Anderson Daronco) teve essa sensação de anular nosso primeiro gol anulado, e não foi nada. Então foi nisso que falei, que foi tudo contra hoje. Se você for buscar o movimento do Arthur (em um dos dois gols anulados), ele para, não faz uma carga. O jogo é de uma disputa de espaço. Se ele não desse falta em nenhum dos lances, passaria. Se desse só no segundo, está bom, o primeiro não. Acho que a arbitragem foi muito ruim, não deixou o jogo fluir, mas ele é bom árbitro. Esteve em um dia ruim, mas não apaga a carreira. Uma excelente pessoa, que esteve num dia ruim – declarou o técnico.

Cuca também falou sobre estar em um dia ruim:

— Assim como tivemos num dia ruim, não merecemos vencer. Mesmo se tivesse sido validado os dois gols. Estivemos num dia ruim, não merecemos vencer.

FOTOS: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.

Confira a programação de treinos do Tricolor

Confira abaixo a programação do Departamento de Futebol Profissional do Fluminense Football Club entre os dias 26 de outubro e 1º de novembro de 2020.

26/10 – Segunda-feira
– Folga

27/10 – Terça-feira
– 10h00 – Treino – CTCC
– Após a atividade – Entrevista coletiva (ao vivo na FluTV)

28/10 – Quarta-feira
– 10h00 – Treino – CTCC

29/10 – Quinta-feira
– 10h00 – Treino – CTCC
– Após a atividade – Entrevista coletiva (ao vivo na FluTV)

30/10 – Sexta-feira  
– 09h30 – Treino – CTCC
– Depois da atividade – Viagem para Fortaleza

31/10 – Sábado
– 21h00 – Fortaleza x Fluminense – Castelão – Campeonato Brasileiro

01/11 – Domingo
– A definir

*Escala sujeita a alterações

FOTOS: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C. 

Top