fbpx

Fluminense vence o Bahia e embala no Campeonato Brasileiro

Foto: Globoesporte.com

O Fluminense parece enfim ter encontrado o caminho das vitórias. Sob o comando de Marcão, o tricolor chegou ao terceiro triunfo em quatro jogos e soma três partidas sem tomar gol. A qualidade tática e técnica do Bahia valorizou muito a conquista dos três pontos.

A partida não começou muito boa para o Fluminense, mas a sorte livrou o time do pior. Logo no primeiro minuto do jogo, o Bahia teve chance clara de abrir o placar. Élber, sozinho e sem goleiro mandou pra fora.

O tricolor melhorou e começou a criar chances. Com bom toque de bola e participação dos pontas, o Fluminense passou a encontrar os espaços na zaga do Bahia. Aos 18, Yoni tabelou com Daniel e sofreu pênalti do lateral João Pedro. Nenê na bola, Fluminense 1×0.

O meia Daniel era o “motorzinho” do time e teve ótima atuação. Para coroar o desempenho, Daniel fez seu primeiro gol pelo Flu em 2019. Aos 44, Wellington partiu em contra ataque e deu bom passe para João Pedro, que acertou a trave. No rebote, o pequeno Daniel cabeceou para ampliar a vantagem. Fim de 1° tempo, Flu 2×0.

A segunda etapa teve uma baita pressão do Bahia nos primeiros 15 minutos. Muriel confirmou a ótima fase e salvou o time em três oportunidades. O Fluminense passou a “cozinhar” o jogo e garantiu três pontos importantíssimos.

Com 29 pontos, o time abriu seis pontos da zona do rebaixamento e começa a sonhar mais alto no campeonato. Amanhã o dia será ultrapassado por Vasco ou Fortaleza, terminando a rodada na 14° colocação. A Sul-Americana já é uma realidade.

O tricolor volta a campo na próxima quinta-feira contra o Athletico Paranaense, às 21h, no Maracanã.

Time de “Guerreirinhos”: Fluminense publica imagens de jogadores na infância

Nesse Dia das Crianças, o Fluminense publicou nas redes sociais imagens de seus jogadores na infância e lançou aos tricolores a seguinte pergunta: Que guerreiros são esses?. Tente adivinhar e, depois, veja as respostas, sempre da esquerda para a direita.

Caio Vinícius, Paulo Henrique Ganso, Brenner e Daniel
Caio Henrique, Dodi, Evanílson, Lucão, Luan e João Pedro
Marcos Paulo, Airton, Mascarenhas, Agenor, Nenê e Matheus Ferraz
Miguel, Muriel, Nino, Orinho, Pablo Dyego, Yuri e Guilherme

Frazan, Igor Julião, Allan, Ewandro, Digão, Yony e Luccas Claro

César, Lucas, Gilberto, Marcos Felipe e Calegari

Em celebração à data, o clube ainda distribuirá, a partir das 17h deste sábado, duas mil camisas oficiais, de coleções e fornecedores antigos, aos torcedores de até 12 anos que forem ao Maracanã para assistir ao jogo contra o Bahia.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Torcedor que for ao Maracanã neste sábado pode sair com um carro zero

Foto: Thais Magalhães/CBF

O torcedor do Fluzão que for ao Maracanã neste sábado (12) pode voltar cheio de prêmios do estádio.

Além da ação do clube que irá distribuir diversas camisas oficiais para as crianças no estádio, ainda vai rolar o sorteio de um carro zero km na campanha “Sua Torcida Vale um Carro Zero”.

Essa não será a primeira vez do sorteio no jogo do Flu. Na partida entre Fluminense x Grêmio, o torcedor Eduardo Gama foi contemplado em meio a quase 18 mil concorrentes.

Vai ao Maraca e ainda não sabe como participar ? Click no link e confira o regulamento completo

Ponto fora de casa deixa Flu mais garantido na Série A

Foto: Lucas Merçon/FFC

O ponto garantido fora de casa, no 0 a 0 contra o Cruzeiro na última quarta-feira (9) no Mineirão, fez as chances de queda do Fluminense para a segunda divisão diminuírem.

Com o ponto ganho, o Tricolor se colocou à 3 pontos longe da zona e diminuiu de 22 para 21% a chance de queda, que pode aumentar ainda mais nas próximas rodas, onde serão quatro jogos disputados no Maracanã, contra: Bahia (12/10), Athletico Paranaense (17/10), Flamengo (20/10) e Chapecoense (27/10).

A chance do Fluzão fica ainda mais “confortável” se comparada às chance de seus adversários direto, como: Chapecoense, com 96% de chances de cair, seguida por Avaí (92%), Cruzeiro (73%), Ceará (52%) e CSA (37%).

Fluminense dará brindes as crianças que forem no Maracanã neste sábado

Foto: Mailson Santana/FFC

O Fluminense entra em campo neste sábado (12), às 19h para encarar o Bahia, no Maracanã.

No data que é comemorada o dia das crianças, o Tricolor deixará algumas camisas no estádio destinadas à criançada.

O clube divulgou uma informação mais detalhada em seu site, onde comunicou que ação ocorrerá das 17h às 19h 30, com as camisas sendo distribuídas no setor Leste (superior e inferior) e no topo da rampa do acesso C do estádio. O clube ainda informou que só será distribuída apenas uma camisa por criança.

Que moral eim: companheiro faz brincadeira entre Frazan e o melhor zagueiro do mundo

Foto: Divulgação

O zagueiro Frazan foi um dos destaques do Fluminense no empate em 0 a 0 contra o Cruzeiro, no Mineirão, na noite da última quarta-feira (9).

Elogiado por grande parte da torcida, o zagueiro ganhou um baita elogio do companheiro de equipe, Igor Julião, usou seu twitter pessoal para fazer uma brincadeira entre Frazan e o melhor zagueiro do mundo na atualidade: Virgil Van Dijk:

Os internautas é claro, entraram no clima:

Fluminense tenta “segurar” João Pedro por mais seis meses

Foto: Divulgação/FFC

Negociado ainda na gestão Abad ao Watford, da Inglaterra, o atacante João Pedro deve seguir rumo a Europa em janeiro de 2020.

Titular absoluto desde a saída de Pedro, que rumou à Fiorentina, da Itália, o Fluminense busca junto ao clube inglês a possibilidade de um empréstimo do atacante por mais seis meses.

A idéia da diretoria Tricolor, é, além de manter o jogador por mais tempo em Laranjeiras fazer com que João Pedro chegue a Inglaterra no início da temporada, ficando mais fácil sua adaptação.

Porém, de acordo com informações do portal Netflu, o Watford não teria interesse em adiar a chegada do atacante e, já conta com João Pedro para janeiro.

Igor Julião presenteia casal cruzeirense vítima de homofobia; rapaz agradece apoio: “Foi difícil segurar as lágrimas”

Conhecido pelo engajamento em causas sociais, Igor Julião presenteou casal cruzeirense vítima de homofobia pela própria torcida ao serem filmados trocando carinhos em jogo contra o Vasco, no primeiro dia de setembro, no Mineirão. À época, o caso gerou enorme repercussão no país.

O lateral-direito reconheceu Yuri Senna e Warley Silva na arquibancada do estádio e, na zona mista, entregou a camisa usada no empate sem gols entre Cruzeiro e Fluminense. O jogador entrou na partida improvisado na vaga de Orinho, substituído aos 28′ do segundo tempo.

— Foi difícil segurar as lágrimas com aquelas palavras de apoio e coragem. Você é um cara que eu admiro muito e tenho orgulho da pessoa que é — escreveu Yuri Senna em rede social.

— Foi um prazer conhecer vocês — respondeu Julião.

— O prazer foi todo nosso. Tenha certeza de que, depois de ontem, teremos mais força e coragem para continuar nessa luta – continuou Senna.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Muriel minimiza bronca de Ganso em João Pedro e diz: “Todos se cobram para ajudar o Fluminense”

Muriel deu sua interpretação da bronca de Paulo Henrique Ganso em João Pedro no 0 a 0 com o Cruzeiro, quarta-feira, no Mineirão. Com o Fluminense há quatro jogos sem perder, mas ainda na briga contra o rebaixamento, o jogador disse concordar com cobranças entre os companheiros.

— Na minha opinião, era algo que estava até faltando para nós. Temos encarado todo jogo como uma decisão, nos doando e pensando no bem do time, sem vaidade. No jogo não tem muito tempo, acabamos excedendo. Mas dentro do futebol é algo normal.

Com Ganso e JP próximos no avião, o elenco retornou ao Rio de Janeiro na tarde desta quinta. Muriel reforçou a boa relação no Time de Guerreiros.

— Voltamos no avião com Ganso e João Pedro perto, todo mundo rindo e brincando. O ambiente é muito bom. Todo mundo se dá muito bem. Isso (cobrança) fica dentro de campo. É tudo para ajudar o Fluminense, então todos se cobram – completou.

Sobre bola rolando, o goleiro admitiu que o Cruzeiro dificultou no duelo da 24ª rodada do Brasileirão, mas destacou a postura da equipe em segurar a pressão adversária. O próximo compromisso é no sábado, contra o Bahia, quando se inicia uma sequência de quatro jogos no Maracanã.

— A gente vem em evolução. Queremos ganhar sempre, mas o Campeonato Brasileiro é nivelado. O Cruzeiro marcou forte, não deixou a gente jogar como a gente gosta, mas ao mesmo tempo suportamos bem. A gente conseguiu neutralizar. Esse é um ponto positivo, mas queremos evoluir ainda mais. Não vamos parar por aqui — disse Muriel.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: GloboEsporte.com.

Fluminense x Santos: STJD julgará Ganso e Oswaldo por discussão e mais três jogadores por expulsões; veja pacotão de denunciados

Os diversos episódios que marcaram o empate em 1 a 1 entre Fluminense e Santos, no dia 26 de setembro, ainda devem render problemas aos clubes. Por causa da briga à beira do campo, Paulo Henrique Ganso e Oswaldo de Oliveira foram denunciados pelo STJD e serão julgados com base no Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) a partir das 11h30 da próxima segunda-feira.


Ganso: responderá por “ofender alguém em sua honra” e, além de multa de R$ 100 a R$ 100 mil, pode ser suspenso por até seis jogos.

Oswaldo: responderá por “ofender alguém em sua honra” (suspensão de até seis jogos e multa de R$ 100 a R$ 100 mil) e por “provocar a torcida” (suspensão de dois a seis jogos) em gesto obsceno ao deixar o campo.


O duelo terminou com três jogadores a menos em razão de expulsões: Digão e Frazan, pelo Fluminense, e Marinho, pelo Santos, passarão por julgamento. O capitão atingiu com o pé o rosto de Marinho, enquanto o jovem zagueiro derrubou o mesmo adversário com carrinho. O santista, por sua vez, cometeu falta dura em João Pedro.


Digão: responderá por “agressão” e pode ser suspenso por quatro a 12 jogos.

Frazan: responderá por “jogada violenta” e pode ser suspenso por até seis jogos.

Marinho: responderá por “conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva” e pode ser suspenso por até seis jogos.


Por fim, o próprio clube e profissionais de seus bastidores foram indiciados por ocorridos naquela quinta-feira no Maracanã. Acontece que a equipe de arbitragem, na saída para os vestiários, ouviu de tricolores ofensas como “vagabundos, safados, pilantras…”, segundo a súmula. Além disso, até um gandula e a FERJ vão ser julgados.


Fernando Simone (gerente de futebol), Rodrigo Henriques (supervisor) e Allan Neiva (auxiliar de supervisão): responderão por “ofender a equipe de arbitragem” e, além de multados de R$ 100 a R$ 100 mil, podem ser suspensos por 15 a 90 dias.

Fluminense: responderá pela “conduta de seus integrantes” (multa de até R$ 10 mil) e pelo comportamento de gandula (multa entre R$ 100 e R$ 100 mil).

George Allan Nascimento Moura (gandula): responderá “por não cumprir a determinação de reposição de bola” e pode ser multado.

FERJ: responderá pelo comportamento do gandula e pode ser multada de R$ 100 a R$ 100 mil.


Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Saudações Tricolores.

Top