Fluminense consegue liberação para vôo buscar delegação no Equador

A saga do Fluminense para enfrentar o Júnior Barranquilla, no Equador, será menos complicada na volta. Após não conseguir embarcar no vôo fretado para o Equador, a direção do clube conseguiu uma liberação para que o avião entrasse em solo equatoriano para buscar a delegação.

Assim, o grupo que empatou em 1 a 1 com o Júnior Barranquilla, embarca de volta para o Rio de Janeiro ainda nesta quinta-feira (06), com previsão de chegada no início da manhã de sexta-feira em solo Carioca.

O elenco folga no restante da sexta e já se apresenta no sábado (08), quando faz o último e único treino visando a semifinal do Carioca, contra a Portuguesa, domingo (09), no Maracanã, às 16h.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Mesmo prejudicado pela arbitragem, Fluminense empata com o Júnior e segue líder do grupo D

O Fluminense completou mais uma rodada na fase de grupos da Libertadores, vivendo uma grande saga. O “Time de Guerreiros” que viajou para Barranquilla, teve que fretar um novo vôo para Guayaguil, no Equador, onde enfrentou o Júnior Barranquilla, por conta de protestos na Colômbia.

Se ja não bastasse o transtorno da viajem, o Tricolor ainda contou com a trapalhada do juizão, que assinalou um pênalti pra lá de duvidoso. Borja cobrou e abril o placar logo aos 11 minutos.

O Flu reagiu e empatou aos 21 minutos, com Kayky. O juiz que já havia assinalado um pênalti esquisito, se complicou e acabou perdendo o controle da partida, que se estabilizou na volta do intervalo.

Logo no início da segunda etapa, Fred quase virou o jogo, mas Viera fez ótima defesa. O Júnior ainda levou perigo com chutes de fora da área, chegando a acertar o travessão de Marcos Felipe, mas também não conseguiu seu gol, terminando o jogo empatado por 1 a 1. Como noutro jogo do grupo, o Santa Fé e River Plate ficaram no 0 a 0, o Fluminense garantiu mais uma vez a liderança do grupo D.

No próximo confronto o Flu recebe o Santa Fé, na próxima quarta-feira (12), no estádio do Maracanã.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Fluminense fecha novo patrocínio com grupo Gazin. Confira detalhes

O Fluminense anunciou, nesta quinta-feira, a assinatura de contrato de patrocínio com o Grupo Gazin, empresa do setor de varejo de móveis e eletrodomésticos. A marca será estampada nas costas superior do uniforme do time profissional já a partir da semifinal do Carioca, no domingo (09/05), às 16h, no Maracanã. O contrato terá vigência de 12 meses.

O presidente Mário Bittencourt falou da importância do novo patrocinador, em um momento em que o clube está superando adversidades e corrigindo rumos, para voltar à rota das grandes conquistas.

 “A chegada de um grande patrocinador, quando o mercado sofre com a pandemia, mostra que estamos alcançando resultados por uma filosofia de gestão que prioriza a organização, a estabilidade do ambiente e o estímulo permanente. Nunca é demais repetir que continuamos no caminho certo, em busca da expansão da nossa marca e recebemos o Grupo Gazin como parte deste projeto”.

A Gazin já tem tradição no patrocínio esportivo, estampando sua marca em times de futebol, no futsal e em projetos sociais no Brasil.

“O Grupo tem muito forte em seu propósito como empresa o desenvolvimento e melhoria da qualidade de vida das pessoas. Neste contexto, o esporte, principalmente o futebol, desempenha um papel importantíssimo, além de ser um gerador de renda e um excelente canal de visibilidade no mercado. Por isso, a Gazin tem investido estratégica e maciçamente no marketing esportivo, apoiando diversos times e categorias. Patrocinar o Fluminense, um dos mais tradicionais times do Brasil, é motivo de muito orgulho e grandes expectativas de sucesso. Estamos comemorando o contrato promissor com o Tricolor e o começo de uma parceria forte que tem tudo para ser supercampeã.”Revela  o gerente de Marketing do Grupo, Edson Oleksyw.

Fonte: Extra Globo

Foto: Divulgação 

Mário fala sobre polêmica de vacinação da Covid que Conmebol planeja aos jogadores: “ Não, obrigado “

O presidente Mário Bittencourt, deu uma entrevista hoje ao ‘ Seleção Sportv ‘ e falou sobre a viagem, sobre mudança de país em cima do jogo é muito mais. Perguntado sobre se aceitaria a vacina oferecida diretamente pela Conmebol para vacinar jogadores e funcionários dos clubes, Mário foi bem direto na resposta. Confira:

Extraoficialmente foi nos informado que isso seria oferecido, não obrigado. Teríamos que sair do Brasil para nos vacinarmos, porque a vacina não chegaria ao Brasil. Eu, na mesma posição que você, fui absolutamente contra. Acho antipático com o mundo, especialmente com o povo brasileiro passando por tantas dificuldades nesse momento. Estamos com um controle enorme, com possibilidade de fazer exames de três em três dias, extremamente seguros dentro do possível, pois ninguém está seguro 100% com essa doença traiçoeira. Pode ter certeza que o Fluminense recebeu uma informação extraoficial e extraoficialmente informei que o Fluminense não se deslocaria para fora do Brasil para vacinar seus jogadores e seus funcionários porque acho que tem muitas pessoas na nossa frente que precisam e devem ser vacinadas, sejam eles profissionais de saúde, idosos, pessoas com comorbidade. Acho que podemos esperar. A maioria dos que trabalham aqui são jovens atletas, que não sofrem muito com os sintomas da doença e mesmo que sofressem, seria antipático do mesmo jeito nos privilegiarmos de uma situação privada e buscar vacinação em outro país enquanto o Brasil está sofrendo com mais de 400 mil mortes. Se vier a orientação formal, o Fluminense responderá formalmente.”

Fonte: Ge

Foto: Divulgação

Tática Didática: Quais são os pontos fracos do Junior Barranquilla?

A equipe colombiana enfrenta o Tricolor após uma indefinição sobre a data e local da partida. Hoje, às 21h, Junior e Flu jogam em mais uma rodada da Libertadores.

A principal fraqueza está na zaga. Os colombianos vem enfrentando dificuldades em marcar jogadas aéreas, por erros de posicionamento e leitura de jogo de seus atletas. Além disso, diante do River, tiveram problemas para encurtar espaços dos laterais, que subiam em velocidade pelos corredores, encontrando certa liberdade para cruzar.

Além disso, a equipe tem alguns problemas pontuais para a partida nesse setor. O zagueiro titular Mera, está fora desde fevereiro, por lesão, e sua dupla, Willer Ditta, está suspenso pelo acúmulo de amarelos.

Nesse cenário, Luis Perea, técnico do Junior, deve escalar Martínez, volante, improvisado na zaga, e Rosero, substituto de Mera desde a lesão.

As características dos problemas defensivos do Barranquilla podem ser um prato cheio para a qualidade e boa fase de Fred, que vem sendo bem abastecido no esquema de Roger Machado.

Confira a análise completa do Junior Barranquilla no vídeo.

Foto destaque: Instagran Oficial

Roger comenta sobre indefinições no local da partida: “Motivação para mais esse compromisso”

Em busca de continuar na liderança do Grupo D na Libertadores, o Fluminense enfrenta hoje a equipe do Júnior Barranquilla. Com mudanças de país e no local do jogo, a partida passou para o Equador. O técnico Roger Machado projetou o confronto.

Sabemos da qualidade do adversário, mas da nossa parte, temos a oportunidade de levarmos mais três pontos para o Brasil e nos consolidarmos como protagonistas desse grupo importante. Uma partida dura, difícil, com tantos percaussos de mudança de lugar, que só devem servir de motivação para esse compromisso. – disse o treinador.

A bola rola às 21hrs, no Estádio Monumental de Barcelona, em Guayaquil, no Equador.

Foto: Maílson Santana/FFC

Marcos Felipe comenta sobre objetivo do Flu

Goleiro tricolor deu entrevista para a Flutv, falando sobre a próxima partida contra o Júnior Barranquilla, fora de casa. Elenco tricolor enfrentou duras viagens, primeiro para a Colômbia e depois para o Equador, na Cidade de Guayaquil. 

“A nossa equipe está preparada para vencer qualquer adversidade e agora não vai ser diferente. Mais um jogo fora de casa e a gente espera fazer mais uma grande partida para levar mais três pontos para o Rio de Janeiro. Esse é o nosso objetivo”. – Marcos Felipe

Foto: Mailson Santana/Fluminense FC 

Com novidades, Flu divulga relacionados para enfrentar o Júnior Barranquilla

Depois de mais uma indefinição sobre o local da partida, com mudanças de cidade e país, o Fluminense divulgou os relacionados para o duelo contra o Júnior Barranquilla, às 21hrs, no Estádio Monumental de Barcelona, em Guayaquil, no Equador.

As novidades da relação são o zagueiro David Braz, que ainda não estreou, e o volante André, que volta a ficar à disposição do técnico Roger Machado após lesão de Hudson.

Com Covid-19, o atacante John Kennedy segue em isolamento.

Confira a lista completa de relacionados para a partida:

GOLEIROS: Marcos Felipe, Muriel e João Lopes;

ZAGUEIROS: David Braz, Luccas Claro, Manoel, Matheus Ferraz e Nino;

LATERAIS: Calegari, Danilo Barcelos, Jefté e Samuel Xavier;

MEIAS: André, Cazares, Gabriel Teixeira, Ganso, Martinelli, Nenê, Wellington e Yago;

ATACANTES: Abel Hernández, Bobadilla, Caio Paulista, Fred, Kayky, Lucca e Luiz Henrique.

Pelo regulamento da competição, dos 27 relacionados, apenas 23 vão para o jogo, com quatro atletas sendo cortados.

O Fluminense é o primeiro colocado do grupo D, empatado com o River Plate com 4 pontos ganhos em duas partidas.

Foto: Maílson Santana/FFC

Fluminense faz os últimos retoques em Laranjeiras para receber os jogos.

Pela primeira vez na temporada, a bola vai rolar no estádio das Laranjeiras, que já entrou em contagem regressiva para voltar a receber partidas dos times Sub-17, Sub-20 e da equipe feminina. E quando eles entrarem em campo, encontrarão um gramado em ótimas condições. 

O primeiro jogo no estádio Manoel Schwartz está marcado para este sábado (8), às 15h, quando o time Sub-17 fará sua estreia no Campeonato Brasileiro da categoria. Atual campeão com sua geração dos sonhos, o Tricolor defende o título e em seu primeiro compromisso enfrenta o Fortaleza, pelo Grupo B da competição.

Nesta quarta-feira, alguns dias após o replantio da grama, o campo recebeu as marcações das linhas. Nos próximos dias, o gramado passará pelos últimos retoques.  A partida contra o Fortaleza não terá público por conta dos protocolos de segurança do combate à Covid-19, mas o torcedor tricolor poderá acompanhar a estreia do Fluminense na plataforma digital Mycujoo.

Texto: Comunicação/FFC

Fluminense reforça elenco para o Brasileiro Feminino A2. Leia

Após fazer, em 2020, boas campanhas – no Brasileirão chegou às oitavas de final e no Campeonato Estadual foi o vice-campeão da competição, o Fluminense acerta pacote de jogadoras para a disputa do Campeonato Brasileiro Feminino A2. O Tricolor estreia no torneio no dia 16 de maio, contra o Vila Nova-ES, às 15 horas, no Estádio de Laranjeiras. As novas Guerreiras: Andreza Souza, Beatriz Pereira, Jéssica Alves, Juliana Regina, Paula Passuello e Verônica da Silva, já se apresentaram à comissão técnica e foram incorporadas ao elenco. 

Saiba quem são as novas contratadas:

Andreza

Nome completo: Andreza Souza

Posição: Lateral

Data de nascimento: 05/07/1995

Clubes anteriores: Bahia, CSA, Ceará 

“Minha expectativa é chegar para somar, e conquistar o acesso pra série A1 do Brasileiro. É uma grande honra e prazer vestir a camisa e representar este grande clube que é o Fluminense. Fui bem recebida pela comissão e atletas, me senti muito à vontade e fico feliz por estar aqui”.

Beatriz

Nome completo: Beatriz Pereira dos Santos 

Posição: Meia-atacante

Data de nascimento: 02/11/1997

Clubes anteriores: Botafogo

“Minha expectativa é conquistar o acesso para a série A1, conquistar o Carioca, e apresentar os melhores resultados possíveis à torcida. Fui muito bem recebida pela comissão e pelas atletas, isso fez eu me sentir em casa. Estou muito feliz e motivada a fazer uma história no Fluminense”.

Jéssica

Nome completo: Jéssica Alves Sousa

Posição: Lateral direita

Data de nascimento: 23/08/1991

Clubes anteriores: Vitória/BA, São Francisco do Conde/BA, Gama/DF, Real Brasília/DF 

“A expectativa é a melhor possível, quero ajudar o clube a alcançar os objetivos e espero fazer um bom campeonato. Ainda estou em fase de adaptação, conhecendo as minhas companheiras e a comissão, mas tive uma boa impressão durante os treinamentos”

Juliana

Nome completo: Juliana Regina Lima da Silva

Posição: Atacante

Data de nascimento: 05/02/1994

Clubes anteriores: Real Brasília/DF, Vitória/BA, Vitoria de Santo Antão

“As expectativas são as melhores possíveis, por já ter conhecido o time e as meninas do elenco. Fui recebida de braços abertos, estou muito feliz e grata por fazer parte dessa família”.

Paula

Nome completo: Paula Passuello Alves Ribeiro

Posição: Meia

Data de nascimento: 26/12/1995

Clubes anteriores: Ferroviária, América de São Manoel, Guarani Futebol Clube, Rio Branco Esporte Clube

“Estou muito feliz pela oportunidade de defender um time com o tamanho do Fluminense. As expectativas são as melhores possíveis. A vontade de estrear com a camisa do Fluminense é enorme. Eu e todo o grupo estamos trabalhando forte para buscar o tão sonhado acesso para a série A1. Graças a Deus estou me adaptando muito bem à forma que a treinadora gosta de jogar, acredito que será um ano muito vitorioso”.

Verônica

Nome completo: Verônica da Silva Fernandes Corrêa

Posição: Meia/volante

Data de nascimento: 26/03/1998

Clubes anteriores: Foz Cataratas, Associação Desportiva de Telêmaco Borba, Botafogo

“Estou extremamente feliz em poder fazer parte desse enorme clube. Espero contribuir muito aqui, levar o Fluminense para a elite do futebol brasileiro e conquistar títulos. Fui muito bem recebida e já me sinto em casa, sinto que será um ano de muitas vitórias e conquistas. Estou muito grata por estar vestindo essa camisa e fazendo parte desse grupo”.

Texto: Comunicação/ FFC
Fotos: Divulgação