fbpx

Alvo do Flu, Cabezas pode ocupar posições carentes no elenco Tricolor

Jogador atua tanto pelos flancos como também faz a meia esquerda.

O novo alvo para reforçar o elenco tricolor, o equatoriano Bryan Cabezas pode ocupar dois setores carente do elenco Tricolor, que busca um atacante de velocidade e um meia, posicopo que atua o equatoriano de 21 anos.

Tendo a velocidade como sua principal característica, o atacante se destacou pelos flancos do campo, principalmente pelo lado esquerdo. Contudo também pode ser imorovisado em outra posição carente no elenco Tricolor, a meia esquerda.

Porém, em se tratando de gols marcados, os números do jogador deixam a desejar, tendo marcado apenas 9 gols nos últimos cinco anos:

Período Equipe Números: 

2013/2016 Independiente del Valle-EQU 85 jogos e 7 gols

2016/2017 Atalanta-ITA 2 jogos (82 minutos)

2017 Panathinaikos-GRE 14 jogos e 2 gols

2018 Avellino 7 jogos

O jogador ainda tem em seu currículo passagens pelas divisões de base do Equador (sub-17 e sub-20), além de uma convocação pela selecionado principal.

 

ST, 

Douglas Wandekochen

foto: Sofía Jácome / Press South

Flu tenta ex companheiro de Sornoza para o ataque

Bryan Cabezas se destacou no vice campeonato da Libertadores pelo Del Valle.

Depois de buscar opções no mercado interno para reforçar o ataque, quando tentou a contratação de Hernan, do Figueirense e sondou Júnior Dutra, Do Corinthians, o Fluminense tenta agora uma alternativa internacional, trata-se do equatoriano Bryan Cabezas, atacante do Atalanta, da Itália.

O jogador de 21 anos chamou a atenção do clube italiano na temporada 2016, quando foi vice campeão da Libertadores pelo Independiente Del Valle, quando na ocasião jogou ao lado de Orejuela e Sornoza, que chegaram ao Tricolor no ano seguinte.

Contudo, para contar com o futebol de Cabezas, o Tricolor tem que convencer os italianos a liberarem o atacante a custo zero, com o Flu arcando apenas com o salário do jogador. Ainda há outra dificuldade na negociação: o interesse de clubes mexicanos e argentinos pelo atacante, que dificilmente permanecerá na Europa.

 

ST,

Douglas Wandekochen

fonte: Globoesporte.com

foto: Reuters 

 

Flu vai na direção de Dutra para reforçar o ataque

Jogador atende as características desejadas pela diretoria Tricolor.

O Fluminense segue em busca de uma opção no mercado para reforçar o seu setor ofensivo, e o nome da vez no Tricolor é o de Júnior Dutra, atacante do Corinthians.

A negociação que está em fase inicial vem sendo tratada pelo diretor de futebol do clube, Paulo Angioni, que já contactou Alessandro Nunes, diretor de futebol corintiano. Dutra e visto no tricolor como um nome ideal para o que a diretoria vem buscando, um jogador que possa atuar tanto pelos flancos como mais centralizado. Com pouco dinheiro nos cofres, o Tricolor busca um acordo com o Corinthians para ter o atacante nas Laranjeiras por empréstimo até o final do ano.

Contratado pelo Corinthians após bom desempenho pelo Avaí, Júnior Dutra atuou por 22 jogos e marcou três vezes com a camisa corintiana, tendo contrato com o clube paulista até o final de 2019.

Vale destacar que o Flu já anunciou dois reforços durante a parada para a Copa do Mundo, trata-se do zagueiro Digão e do atacante Luciano, que também já atuou pelo Corinthians.

ST,

Douglas Wandekochen

fonte: UOL Esportes

foto: Daniel Vorley / AGIF

Berna convida torcida para FluFest e pede paz e união: ‘Tudo o que nosso clube precisa’

Daqui a duas semanas, o Fluminense completará 116 anos. Dia 21 de julho, nas Laranjeiras, tem a FluFest 2018 para comemorar esta data tão especial, com a presença de torcedores, ex-jogadores e artistas. Quem está confirmado é Ricardo Berna, único profissional a conquistar três taças nacionais pelo clube. O evento marcará, inclusive, sua despedida do futebol, com um jogo-festivo no palco da primeira partida da Seleção do Brasil. Para celebrar o aniversário do Fluzão, basta colaborar com o crowdfunding até 18 de julho. Mais de 400 pessoas já participaram.

A pouco tempo da grande festa, o goleiro convidou a torcida, em vídeo, e, ao final do recado, pregou paz e união nos festejos. Vale destacar que há um protesto marcado para o mesmo dia, nos arredores da sede. A última manifestação, em 03 de julho, causou tumulto e assustou funcionários e moradores da região.

LEIA MAIS: Blitz, de Evandro Mesquista, fará show na FluFest 2018
LEIA MAIS: Ferrugem foi cotado para FluFest, mas Blitz é confirmada e convoca torcida
LEIA MAIS: Aos 38 anos, Ricardo Berna encerrará carreira na FluFest: ‘Marco para mim’
LEIA MAIS: Brindes da FluFest, livro e pôster têm capas escolhidas pela torcida
LEIA MAIS: Centenas de tricolores se mobilizam, e FluFest bate meta a um mês do prazo
LEIA MAIS: Jogos-festivos com ídolos, shows da Blitz e de Sérgio Mallandro: tudo sobre a FluFest 2018
LEIA MAIS: Atração da FluFest, Sérgio Mallandro chama torcida para festejar ‘116 anos de sucesso’
LEIA MAIS: Fenômeno da balada carioca, DJ João Rodrigo confirma presença na FluFest 2018
LEIA MAIS: Fluminense leva imagens de protesto ao MP e se resguarda de tumulto na FluFest

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

Cria do Fluminense, Patrick Carvalho deixa o Tupi-MG e está a caminho da Suíça

Destaque na Série C, Patrick Carvalho, aos 21 anos, encaminhou sua ida para a Suíça, onde vestirá a camisa do FC Chiasso, da segunda divisão do país. Ele, revelado pelo Fluminense, estava emprestado ao Tupi-MG, do qual se despediu na sexta-feira. A passagem pelo clube de Minas foi de sucesso: assumiu a artilharia do time na temporada, com oito gols, e era um dos principais goleadores do Brasileirão, com seis.

O curioso é que, pelo Tricolor, o jogador nunca atuou no profissional. É da mesma geração de Douglas e Pedro, integrantes do elenco de Marcelo Oliveira, e participou da campanha do título brasileiro sub-20, em 2015.

As negociações, ainda em andamento, estão quase concluídas. O empresário da cria de Xerém, Márcio Giugni, da empresa PGB Sports, explica como a situação está sendo tratada.

– A negociação para a saída do Patrick Carvalho realmente existe, mas ainda faltam alguns detalhes. Não tem 100% da transação concluída. Estamos conversando com o Fluminense, que detém os direitos federativos do Patrick e que tem sido um grande parceiro, para chegarmos à conclusão do negócio. Está em andamento, bem adiantado, mas faltam alguns detalhes. O importante é fazer um negócio bom para o Fluminense e também para o Patrick – disse.

Dono de 50% do passe de Patrick Carvalho, o clube de Laranjeiras decidiu, junto do agente e do Tupi, tirá-lo da partida contra o Cuiabá, neste sábado – derrota por 3 a 1. O valor que cairá nos cofres de Laranjeiras, segundo o jornalista Wilson Pimental, do portal ‘Eu, Rio’, é de R$ 2 milhões (total do negócio é, então, R$ 4 milhões).

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

Obra de rua de acesso ao CT é paralisada e depende da retirada de árvores para ser retomada

Inaugurado em meados de 2016, o Centro de Treinamento Pedro Antônio, na Barra da Tijuca, é de difícil acesso. A solução para o problema é construir uma rua que ligue a Avenida Ayrton Senna até o local. O processo caminhava bem até esbarrar em árvores que impedem o prosseguimento das obras. Faltam somente 25 metros para finalizar a passagem.

A Secretaria Municipal de Conservação e Meio Ambiente (SMAC) foi acionada pelo Fluminense, ainda à espera de uma resposta. A conclusão da construção depende da retirada das raízes, ação a cargo da Prefeitura. Parado enquanto aguarda o caso ser resolvido, o clube continua aterrando a área.

Uma vez que a SMAC tem priorizado outros projetos, como o ‘Minha casa, Minha vida’, o Fluminense acabou deixado de lado. Representantes tricolores foram à Prefeitura reforçar o pedido pela liberação do caminho, o que deve acontecer nos próximos dias. A ideia é replantar as árvores em outro lugar.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

Reserva no Figueirense, Henan é deixado de lado pelo Fluminense

Ao ser apresentado à imprensa, Marcelo Oliveira confirmou o pedido à diretoria por reforços: dois atacantes, sendo um centroavante, e um meia. Com as saídas de Luan Peres e Nathan Ribeiro, fez-se necessário contratar um zagueiro. O nome escolhido foi Digão, anunciado pouco antes de Luciano, outra novidade nesta parada para a Copa.

Atento ao mercado, o Fluminense se interessou, no mês passado, e até abriu negociações, sem formalizar proposta, por Henan, 31 anos. Ele é reserva no Figueirense, da Série B, e tem contrato até novembro. Mas, de cara, um empecilho: os catarinenses têm um acordo informal com o jogador para, em caso de oferta de um time da elite ou do exterior, liberá-lo. No entanto, o clube de Santa Catarina tem um pé atrás com o Tricolor, que atrasou o pagamento pela compra de Robinho. As informações são do Globoesporte.com.

Nilson Moura, empresário da Art Sports, representante de Henan, foi ao Centro de Treinamento, na Barra, quinta-feira, para conversar sobre o caso. Houve avanço e, inicialmente, o combinado era de contrato até o final 2019. Entretanto, segundo o LANCE!, o Fluminense desistiu do negócio. A razão é um desacerto quanto à data em que o reforço chegaria à Cidade Maravilhosa.

Banco para André Luis, Henan marcou oito gols em 22 jogos na temporada e, em sua carreira, rodou por equipes pequenas, como Comercial, Red Bull Brasil, Guarani, São Bernardo e Santo André. Também atuou na Coréia do Sul, defendendo três diferentes camisas.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

 

Fluminense consegue empréstimo e regulariza salários de maio

Na sexta-feira, o Fluminense resolveu uma parcela de um problema comum, principalmente, desde o ano passado. Os salários e direitos de imagem de maio e a carteira de quem recebe até R$ 5 mil foram pagos. A quantia usada no pagamento foi conseguida em empréstimo.

Quando o elenco se reapresentou, em 26 de junho, houve uma conversa com Pedro Abad, que prometeu sanar a dívida até 4 de julho, com chance de adiamento de mais dois dias. Antes do treino da última quarta-feira, Paulo Angioni recomendou que o presidente fosse, novamente, a encontro do grupo para informar que estava aguardando o montante ser liberado. Os atrasos têm incomodado os jogadores.

A diretoria ainda deve a CLT de junho e, no dia 15, precisa depositar o valor referente à imagem do mês passado. A falta de regularidade nos pagamentos é mais sentida por funcionários, que pedem ajuda financeira aos atletas e chegaram a ficar sem dinheiro para a passagem.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com

FluFest: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

Legado da Copa? VAR é confirmado em reta final da Sul-Americana

A estreia do árbitro de vídeo em Copas do Mundo aconteceu em 2018, na Rússia, e deixou uma boa impressão. Foi confirmado, na quinta-feira passada, que o recurso poderá ser usado a partir das quartas-de-final da Sul-Americana, disputada pelo Fluminense, e da Libertadores. É, portanto, o legado deste Mundial, que caminha para sua fase de semifinais.

– Decidiu-se que, a partir das quartas-de-final, poderá ser usado o VAR em nossas competições. Quando implementamos, vimos que nossos árbitros tiveram uma ajuda nesse sentido (durante a Copa do Mundo), já que conhecem o trabalho com o VAR, porque treinaram com o VAR, o que os ajudou bastante durante este Mundial – avaliou Alejandro Domínguez, presidente da Conmebol.

É a segunda vez que o recurso estará presente em torneios sul-americanos. Ano passado, o VAR foi implementado nas semifinais e finais da Libertadores, decisão da Sul-Americana e da Recopa. As regras são as mesmas seguidas na Copa: o árbitro de vídeo só será acionado em dúvidas sobre gols, pênaltis, cartões vermelhos e para quem deve ser aplicado a advertência.

O primeiro jogo da segunda etapa da Sula é dia 02 de agosto, às 21h45, no Maracanã. O adversário do clube de Laranjeiras é o Defensor, do Uruguai.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

FluFest: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

Fluminense pede adiantamento de parcelas de vendas de joias e perde valor milionário

Diante do desastroso cenário financeiro, o Fluminense tenta encontrar soluções para minimizar a crise econômica. Algo que, hoje, tem se tornado mais comum é a antecipação de parcelas de vendas de jogadores, como nos casos de Gérson, de maior lucro na história do clube, e Richarlison. Mas, para tal, existe um custo: €1,47 milhão (R$ 6,73 milhões). As operações foram realizadas porque a diretoria entendeu que o ‘custo-oportunidade’ seria positivo.

Do valor milionário, maior pedaço é do que o Fluminense deveria receber pela ida de Gérson à Roma, em 2015, e acabou servindo de garantia de empréstimo. Duas parcelas foram antecipadas, o que gerou um prejuízo de € 1,2 milhão, pagos ao fundo inglês XXIII Capital Limited. O episódio ainda criou dívida para o Tricolor, que não repassou o que pertencia aos investidores.

O restante do montante (€ 270 mil) vale pela saída de Richarlison para o Watford, em 2017. Uma parcela do negócio cairia nos cofres de Laranjeiras em agosto deste ano, mas foi adiantada, em parceria com o fundo Star Fund GP S.a.r.l. O motivo: pagar a folha salarial, de R$ 5 milhões, e regularizar um mês de direitos de imagem com o elenco.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

Top