fbpx

Por indicação de Diniz, São Paulo busca contratação de Allan

Allan, um dos destaques do Fluminense na última temporada, pode fazer a ponte aérea e trocar de tricolor em 2020, deixando o Fluzão pelo São Paulo.

O jogador que pertence ao Liverpool, da Inglaterra, clube no qual tem contrato até maio de 2020, já demonstrou interesse em permanecer no Brasil e no Fluminense, clube que lhe abriu as portas para o cenário nacional, contudo, segundo o UOL Esportes, a disputa da Libertadores e a chance de trabalhar novamente com Fernando Diniz, seu técnico no Fluminense, pode acabar seduzindo o atleta.

Ainda de acordo com o UOL, os empresários do jogador possuem um ótimo relacionamento com os dirigentes paulista e chegaram inclusive a oferecer o volante ao São Paulo, antes mesmo do acerto com o Fluminense. Na época porém a direção da equipe paulista entendeu que não havia necessidade de reforçar o setor.

Esse pensamento no entanto mudou e o São Paulo deve fazer uma reformulação, tentando se “desfazer” de alguns volantes com vencimentos considerado altos, como Hudson e Jucilei por exemplo, abrindo espaço para novos nomes.

Por sua vez, o Fluminense mantém esperanças de renovar com o jogador que viajou para a Liverpool, para tratar pessoalmente com o clube inglês sobre um melhor desfecho para seu futuro.

Foto em destaque: Divulgação/FFC

Promessa da base assina contrato de permanência no tricolor

Arthur jogador de 14 anos promessa da base de Xerem

A temporada de 2019 somente ratificou o que todos sabiam, o meia Arthur brilhou na Seleção Brasileira , no qual foi campeão na Sul Americana Sub-15 , o sucesso com a camisa da seleção intensificou o interesse do tricolor em sua permanência na base.

Chegou ao Clube em 2015, desde então, tem sido observado como jogador de muito potencial.

O desempenho do atleta, contou ainda, com dois títulos nacionais com o Tricolor. Em 2020, irá permanecer no sub-15 , e, eventualmente , subirá para treinos e jogos no sub-16.

Arthur disputou 29 partidas pelo Fluminense e marcou 14 gols nos campeonatos. Conquistou a Copa Nike (marcou gol do meio de campo na final contra o Grêmio) e a Copa Amizade Brasil-Japão, torneios com caráter nacional.

Fonte GloboEsporte.com

Flu abre portas para interesse de Liverpool em Evanilson


Flu abre portas para interesse de Liverpool em Evanilson

O time inglês tem acompanhado o atacante de 20 anos do time tricolor essa temporada e está em contato com seus agentes, segundo uma fonte do UOL.

O contrato de Evanilson expira em Fevereiro e depois de marcar dois gols em sua última partida, contra o Corinthians, ele foi perguntado sobre o interesse de Liverpool.

“Vamos ver. O campeonato acabou agora, vou ver com meu agente “ –  ele disse no apito final.

“Estou esperando para ver o que vai acontecer. Eu não sei. Ainda não posso falar sobre. É um clube que abriu as portas pra mim, estou muito feliz e quero realmente ficar”

Fonte: tribalfootball 

foto: MAILSON SANTANA

2019 foi o ano com menor quantidade de gols no histórico dos artilheiros do Flu

O time das laranjeiras fechou o Campeonato Brasileiro com um artilheiro com o menor número de gols: Yony Golzález balançou a rede apenas 6 vezes. 

Flu enfrentou certas dificuldades em golear esse ano, no Brasileirão.  De acordo com o Globo Esporte, o Tricolor teve seu artilheiro com a menor quantidade de gols na “era dos pontos corridos”: Yony González, com apenas seis gols.

A marca contraria um histórico do clube de ter goleadores na competição. De 2003 para cá, o Flu já terminou com quatro artilheiros do Brasileirão: Washington, em 2008 (21 gols), Fred, em 2012 (20 gols) e 2014 (18 gols) e Henrique Dourado, em 2017 (18 gols). 

Quando a competição era em sistema de mata-mata, Magno Alves foi o líder da estatística em 2000, com 20 gols.

Confira o histórico dos artilheiros e a quantidade de gols, segundo o Globo Esporte.

Artilheiros do Fluminense na era dos pontos corridos (2003 em diante):

  • 2019 – Yony: 6 gols ⚽⚽⚽⚽⚽⚽
  • 2018 – Pedro: 10 gols ⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽
  • 2017* – Henrique Dourado: 18 gols ⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽
  • 2016 – Cícero: 9 gols ⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽
  • 2015 – Fred: 9 gols ⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽
  • 2014* – Fred: 18 gols ⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽
  • 2013 – Rafael Sóbis: 10 gols ⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽
  • 2012* – Fred: 20 gols ⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽
  • 2011 – Fred: 22 gols ⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽
  • 2010 – Conca: 9 gols ⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽
  • 2009 – Fred: 12 gols ⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽
  • 2008* – Washington: 21 gols ⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽
  • 2007 – Thiago Neves: 13 gols ⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽
  • 2006 – Tuta: 12 gols ⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽
  • 2005 – Tuta: 16 gols ⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽
  • 2004 – Ramón: 11 gols ⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽
  • 2003 – Romário: 13 gols ⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽⚽
  • * Terminaram a competição como artilheiros

Foto: MAILSON SANTANA

Novo Conselho Deliberativo toma posse no Fluminense

Composto de 150 conselheiros eleitos na última campanha eleitoral, elegeram novo Presidente e Vice Presidente do CD

O novo Conselho tomou posse segunda feira , e elegeram como Presidente Braz Antônio Masullo e Ivan Perroni Vice. Braz figura conhecida em Laranjeiras, pois, nos últimos anos, ocupou o mesmo cargo na gestão do presidente Peter Siemsen, que assumiu o clube em 2010. O novo presidente do CDEL, eleito em votação de chapa única, é um dos líderes da Democracia Tricolor, que está entre as correntes mais influentes da política tricolor.

O clube esperava, também, eleger os três nomes e os outros três suplentes que formariam o Conselho Fiscal (CFIS), mas, a votação foi adiada devido à posse dos novos conselheiros e da nova liderança do CDEL. O Fluminense corre para designar os novos responsáveis nos próximos dias, a fim de que possam ser votadas e aprovadas as contas da gestão referente ao ano de 2019/2020.

Torcida Tricolor ganha mais três lojas oficiais

Shoppings na Região Metropolitana, Zona Norte e Zona Oeste entram no programa de expansão do Fluminense

O Fluminense Football Club inaugura, hoje (10/12), sua nova loja oficial no São Gonçalo Shopping, na Rodovia Niterói – Manilha, Boa Vista, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. A Torcida Tricolor também ganhou novos pontos de acesso aos produtos exclusivos no Park Shopping Campo Grande – o principal shopping da região –, com espaço inaugurado no dia 4/12, e no Shopping Nova América, em Del Castilho, na Zona Norte, que teve o quiosque transformado em butique no dia 7/12.

Os empreendimentos estavam definidos no Projeto de Pontos de Venda Oficiais, que passa por reformulação desde setembro de 2018. O programa já possibilitou a abertura de oito novas áreas para atender a torcida em um ano. A expectativa é de que, em 2020, o Flu amplie o investimento e aumente o fornecimento de produtos do clube ao mercado.

“Essa primeira semana de dezembro é especial. Os novos pontos são um canal para incremento de receita e expansão da marca, uma experiência de contato direto do torcedor com o Fluminense e, por isso, estão em locais estratégicos. Estamos desenvolvendo mercados de consumo de produtos do Fluminense e regiões como Campo Grande, São Gonçalo e Del Castilho têm grande concentração de tricolores. É mais um passo na aproximação do Clube com o torcedor”, explicou Lucas Sodré do Departamento de Marketing.

São Gonçalo shopping

2° piso – L2

Rodovia Niterói – Manilha, Boa Vista, em São Gonçalo

De segunda a sábado de 10h as 22h

Domingos de 13h as 21 h

Feriados de 15h as 21 hr

Park Shopping Campo Grande

Piso L2

Estr. do Monteiro, 1200 – Campo Grande, Rio de Janeiro

De segunda a sábado de 11h as 23h

Domingos e feriados de 13h as 21h

Shopping Nova América

Av. Pastor Martin Luther King Jr 126, Del Castilho. Loja 1406

De segunda a sábado de 10h as 22h

Dom 13h as 21h

Texto:Comunicação/FFC

2020 MELHOR! Flu consegue liberação de valores, quita dívidas e adianta 60 meses do Profut

Já não é de hoje que vimos o Fluminense com graves problemas financeiros e por muitos, sem uma solução em curto prazo. Porém, sempre em seus discursos, Mário Bittencourt sempre ressaltou que estava trabalhando incansavelmente para quitar as dívidas tricolores. E parece que está cumprindo com o que disse!

Após quitar três meses de salários com o elenco e funcionários, em reunião do conselho na última segunda, o presidente informou ter quitado a dívida com o PROFUT e ter pago 60 meses do financiamento de forma adiantada, após ele conseguir um acordo com a Procuradoria da República, que desbloqueou os valores penhorados na justiça referentes a venda de Wellington Nem, ainda na gestão do ex-presidente tricolor Peter Siemsem.

Peter no Flu (Foto: Campos 24h)

Além disso, Mário informou que, com isso, pagará impostos atrasados e deu um grande passo para quitar a dívida e se aproximou da tão sonhada CND – Certidão Negativa de Débito.

APROFUNDANDO…

Em todo o processo envolvendo a venda de Wellington Nem, havia penhoras de 15% sobre TODAS as receitas do clube. O início disso tudo se deu quando o Flu recolheu uma quantia de R$ 7,5 milhões, numa conta em juízo. Naquela época, esse valor girou em torno de R$ 41 milhões, que eram cobrados pela Procuradoria da Geral Fazenda Nacional (PGFN).

Resultado de imagem para profut fluminense
Mário está tentando colocar o Flu em ordem (Foto: Lucas Merçon/FFC)

No acordo feito, o clube não conseguiu a liberação dos valores para os cofres tricolores, mas conseguiu que os mesmos fossem revertidos no pagamento das dívidas tricolores junto ao ProFut e demais impostos, que ao mesmo tempo, estavam atrasados e impossibilitando a retirada das CNDs, que impedem o Flu de fechar acordos com o poder público e estatais (caso do Estádio do Maracanã).

O acordo foi o seguinte:

  • R$ 10 milhões foram destinados ao pagamento dos impostos atrasados;
  • R$ 31 milhões serão utilizados para quitar a dívida existente junto ao Profut, além de um pagamento antecipado de 60 parcelas.

Esse acordo ainda será homologado pela juíza da vara tribunal onde está correndo o processo. Mas como a própria Procuradoria é parte no instrumento celebrado, a homologação e os pagamentos são questão de tempo até serem negociados.

Saudações Tricolores,

João Eduardo Gurgel


Notícia boa!Número de Sócios do Flu aumenta!

O Fluminense tenta de inúmeros jeitos atrair novos Sócios-Torcedores para que esse programa possa realmente ser uma fonte de renda e ajuda financeira para o clube. Além de um crescimento espontâneo no início de outubro, o clube lançou promoções na Black Friday para o torcedor poder virar sócio por um quantia mais barata. E parece que funcionou!

Segundo apuração da Flu News, o número de sócios teve um aumento de 8 mil para 23 mil associados ao Fluminense Football Club. A diretoria tricolor ainda vai reformular todos os planos e os novos, serão lançados provavelmente em janeiro.

O Canal Flu News iniciou uma campanha com a #Flu150milSócios nas redes sócios, convocando você, torcedor, a se associar e fazer um Fluminense cada vez mais forte!

Foto: Flu News

Saudações Tricolores,

João Eduardo Gurgel

Luto, faleceu hoje o ex Presidente Ângelo Chaves

Amigos,
Com muita tristeza informamos que o nosso grande Ex Presidente Ângelo Chaves faleceu esta tarde.
O velório será amanhã a partir das 12:00 horas e será cremado às 15:00 horas.
Seu corpo está no Memorial do Carmo, na Capela 3.

ÂNGELO LUÍS PEREIRA CHAVES (de 12 de fevereiro de 1990 a 1º de fevereiro de 1983)
Assumiu a presidência com a promessa de modernizar o clube.

Um presidente do futebol. Um apaixonado. Torcedor de arquibancada.

“Se eu não montar um grande time, vou ficar duas vezes frustrado: primeiro como Presidente, depois como torcedor.”

Assim se auto definia o novo presidente do Fluminense Ângelo Chaves.

A imensa nação tricolor voltava a sorrir na esperança de dias melhores. Títulos! Grandes Reforços! Os dias de glória voltarão!

Viva o Flu!

Esperança!

Meus pêsames a família. Vou sentir muito sua falta meu amigo e médico querido. Mais um tricolor ilustre se vai. Luto total.

Em post de agradecimento, Celso Barros fala sobre Ariel Holan, planos para 2020 e muito mais. Confira!

Afastado pelo presidente Mário Bitencourt nessa reta final da temporada, o vice-presidente geral Celso Barros usou a sua rede social, o Instagram, para fazer um comunicado para toda a torcida tricolor.

Foto: Reprodução/Instagram

Celso falou sobre diversos temas da temporada atual e visando o ano que vem, inclusive, sobre o treinador argentino Ariel Holan, desejo da torcida do Fluminense. Confira o que ele falou:

“O Nosso Fluminense em 2019: Alívio. Parabéns. Necessidade de análises profundas. Planejamento 2020.”

“Eu gostaria de cumprimentar a TODOS os colaboradores do Fluminense (Laranjeiras, Xerém e CT Profissional) que se empenharam para manter o clube na série A do Campeonato Brasileiro.”
“Desde quando fui eleito, ao lado do Presidente, como Vice Presidente Geral, essa sempre foi a minha maior preocupação em relação ao campo. E não exponho isso agora, pelo contrário, deixei claro desde a nossa primeira coletiva no dia da vitória, em junho/19, assim como em outros momentos de reuniões junto à comissão técnica e jogadores. Tenho absoluta certeza que se não tivéssemos feito as mudanças – todas estas onde todos os responsáveis estiveram envolvidos – não teríamos sobrevivido. O aproveitamento depois da mudança inicial melhorou e nos fez permanecer na elite do Futebol Brasileiro.”
Aproveitando o alívio do momento, não comemoração pela colocação na tabela, acho importante esclarecer que alguns procuraram usar fatos como minhas falas (internas ou externas) para desgastar a imagem que tenho junto ao futebol do Fluminense. O momento em campo nunca deve ser político, porém o futebol brasileiro é bastante impactado por ela e avaliá-la faz-se necessário por todas as partes. Em qualquer gestão temos acertos e equívocos mas a omissão não faz parte da minha história e nunca fará – seja qual for a circunstância. O FLU é minha grande paixão e sei que ninguém duvida.”
“É chegada a hora do planejamento para o próximo ano e como Vice Presidente Geral, estando ou não à frente do futebol, seguirei ativo. Por isso, acho importante deixar claro e avaliarmos uma das características que tornou-se um “hábito” nos últimos anos: me preocupa profundamente que após a saída da UNIMED em 2014 (quando ficamos na 6 colocação), de 2015 a 2019, estivemos sempre na segunda página da classificação, inclusive esse ano em que obtivemos a modestíssima 14 colocação na tabela. Como defendemos em nossa campanha, inclusive, o Fluminense não é um clube para estar nesta virada de tabela. Na década que se encerra agora (2010 a 2019) “

– Corinthians – 3 títulos;
– Fluminense – 2 títulos;
– Cruzeiro – 2 títulos
– Palmeiras – 2 títulos
– Flamengo – 1 título

“Isso por si só já diz muito que temos aceitado muito pouco do fim de cada campeonato. Estamos entre os maiores da década. Gerações de torcedores nasceram vendo o FLU campeão graças às últimas conquistas. Não podemos deixar este orgulho morrer em nós torcedores. O Fluminense é maior do que todos nós e para isso precisamos mudar. Precisamos avaliar e voltar a escrever uma história vitoriosa.”

“Entendo que o momento financeiro do clube não é o mesmo do período que tivemos a UNIMED como patrocinadora e isso faz parte não apenas da realidade do nosso clube. Nem por isso, devemos achar que tudo pode e deve ser modesto. Tudo tem que ser feito de forma responsável, porém jamais pensando pequeno. Nestas situações de falta de verba a criatividade é o que fará diferença no resultado desportivo. Este é o nosso desafio: sermos criativos e termos coragem. Como o maior dos exemplos do que enxergo de criatividade e mudança de paradigma dentro do Flu é a minha predileção pela contratação de Ariel Holan para 2020, como todos já sabem. Muito já saiu na mídia e no momento que conversamos, extra oficialmente, ele tinha uma extrema motivação em vir para o Fluminense. Uma grande certeza que tenho é que o Fluminense Football Club precisa alçar por maiores ambições – sendo sempre responsável dentro e fora de campo.”

“Certamente há muito a ser feito para modernizarmos o futebol do FLU. Da minha parte na posição institucional que exerço estarei sempre à disposição do clube para colaborar no que for necessário e não pouparei esforços. ST”

O que achou das palavras do Celso, torcedor?

Saudações Tricolores,

João Eduardo Gurgel

Top