De férias, Thiago Silva mantém a forma no CT do Fluminense

Zagueiro foi um dos destaques do Brasil no Mundial da Rússia.

De férias após disputar a Copa do Mundo com a seleção brasileira onde foi um dos destaques da equipe canarinho na competição, o zagueiro Thiago Silva esteve no Centro de Treinamento do Fluminense nesta terça-feira (17), onde aproveitou a visita para manter a forma no ex clube.

Contudo, o zagueiro teve de realizar a atividade com o uniforme do Paris Saint-Germain, clube com o qual tem contrato até junho de 2020, porém, o “Monstro” ganhou uma camisa do Fluzão personalizada com o número 3 e o seu nome.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Reprodução vídeo

Flu acerta empréstimo com atacante do São Bento

Jogador e um dos principais nomes do clube paulista na disputa da série C.

O Fluminense acertou nesta terça-feira (17) o empréstimo do meia atacante Everaldo, que pertence ao Velo Clube-SP e estava emprestado ao São Bento-SP.

O jogador de 24 anos é um dos destaques da São Bento quando o clube paulista conseguiu o acesso da série C para a série B do Brasileirão. Em 43 partidas disputadas pelo clube do interior de São Paulo, Everaldo marcou quatro gols, sendo um em 2018.

O contrato de Everaldo com o Fluminense será de empréstimo até o final do Campeonato Carioca de 2019.

 

ST,

Douglas Wandekochen

Jovem do Flu declara seu amor ao rival pela rede social

Tido como uma promessa Tricolor, o jovem já tem passagens pela seleção de base.

O meia Bruno Praxedes, de 16 anos, se envolveu em polêmica com alguns torcedores do Fluminense. Isso porquê, o jogador da base Tricolor declarou seu amor ao Flamengo através de um post no Twitter, onde o jogador usou a resposta: “Segue o líder” para responder uma pergunta da rede social.

Não demorou para aparecerem os tricolores reclamando da resposta do atleta, que chegou a responder de forma ríspida um dos seguidores

Diante de vários comentários de torcedores do Fluminense, surgiu até um internauta se dizendo flamenguista e reclamando da atitude do atleta

Bruno Praxedes e tido como uma promessa na base do Flu e já têm inclusive passagem pela base da seleção brasileira.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Reprodução Twitter

Nem chegou e já se foi: Robert e dispensado cinco dias após anúncio

O jogador faltou ao treinamento sem dar justificativa.

O meia atacante Robert não consegue mesmo dar uma sequência em sua carreira. Após ter o contrato rescindido com o Fluminense noninino do ano, o jogador ganhou uma nova oportunidade após ser contratado pela Ponte Preta para a disputa da série B do Brasileirão. Contudo, o jogador nem entrou em campo e já foi dispensado.

De acordo com o portal Globoesporte.com, o ex jogador do Fluminense faltou ao treino desta segunda-feira (16) – quinto desde que foi anunciado – sem dar nenhuma justificativa e, a diretoria da Macaca não aceitou muito bem o fato, rescindido o contrato com o atleta, que já havia sido avisado que qualquer deslize seria motivo para o rompimento do acordo.

Vale destacar ainda que o contrato do jogador com o clube de Campinas já era considerado de risco, tanto que foi assinado um acordo válido por apenas três meses.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Divulgação

 

Ex Flu, Gérson deve ser emprestado pela Roma

Jogador deve ser emprestado ao Empoli.

De acordo com informações do jornal italiano Corriere dello Sport a Roma está próxima de acertar o empréstimo do meia Gérson ao Empoli, recém promovido a série A italiana.

A intenção dos romanistas e fazer com que o atleta ex Flu, tenha mais tempo em campo, uma vez que na última temporada o meia esteve em campo em 31 partidas, sendo titular em apenas 11 delas, marcando dois gols pela equipe da capital.

Ainda de acordo com o jornal, o acordo que já estava praticamente selado perdeu forças nos últimos dias, mas deve ser finalizado ainda nesta semana.

O Besikitas, da Turquia, também estaria interessado no empréstimo do ex Tricolor de 21 anos.

 

ST,

Douglas Wandekochen

Dispensado em 2017, Wellington Silva ameaça acionar o Fluminense na Justiça

A ação na Justiça, antes descartada, é uma possibilidade real e estudada por Wellington Silva, dispensado em 2017, via telefone, quando ainda estava lesionado. Foi acordado, em março, que a rescisão seria paga parceladamente. No entanto, a falta de compromisso do Fluminense, que está há quatro meses sem pagar, levou o lateral-direito a mudar de ideia.

– Tem alguns meses que o Fluminense não paga. Eles falaram com o meu empresário e eu estou aguardando. É só o que posso fazer. Talvez acertem algo nos próximos dias, mas não tem prazo. Não queria colocar o clube na Justiça. Eu sei que a situação é difícil, a gente sabe das dificuldades financeiras, mas eu também tenho contas para pagar. Eu tinha contrato, fiz o acordo numa boa e esperava a mesma postura deles, mas não estou recebendo. Infelizmente, não descarto mais entrar na Justiça. Eles estão em débito com a gente – explicou.

Recuperado da contusão no joelho esquerdo e com ofertas de times do exterior e do Brasil, Wellington Silva destacou a dificuldade da rotina de um jogador de futebol. Principalmente quando, como em 2016, sem o Maracanã, há maratona de jogos e viagens. Em razão disso, o ex-tricolor entende que o salário é seu direito e rechaça o rótulo de mercenário.

– A gente dá a vida pelo clube. Vivemos mais no clube que em casa, com a família. A gente cede muita coisa que o torcedor não vê. Não é questão de ser mercenário, o salário é nosso direito. Não existe coisa de corpo mole, parar de correr porque salário está atrasado. Quando entra em campo, isso fica secundário. O clube tem que pensar no jogador, conversar, tudo é o jeito como as coisas acontecem – disse.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

‘E o Scarpa?’: Calazans entra na onda e responde a perguntas de fãs em rede social

Quem está conectado ao mundo virtual, como é o caso de mais de 4 bilhões de pessoas, se acostumou às novidades que, diariamente, são lançadas. Nesta semana, o Instagram apresentou um recurso de perguntas que caiu no gosto dos usuários em poucos dias. Marquinhos Calazans, do Fluminense, é um deles. 

Na sexta-feira, o jovem, que se recupera de lesão sofrida em dezembro, quando foi agredido por flamenguistas, entrou na brincadeira e foi questionado sobre vários assuntos. Desde o relacionamento com o elenco, passando por Gustavo Scarpa, até Flamengo. Veja as respostas do atacante! 

  • Você tomou caneta minha (Kenedy, ex-Fluminense)
  • Tá de brincadeira, Kenedy? Nunca!


  • Qual o jogador do elenco atual que você considera irmão?
  • Considero alguns, difícil falar um. Mas, se for para escolher, Matheusinho (Matheus Alessandro).


  • E o Scarpa?
  • Scarpou! 


  • Jogador mais chato que te marcou?
  • Felipe Melo 


  • Ganhar Fla-Flu é:
  • Muito normal


Depois da segunda cirurgia no joelho (a primeira, em meados de 2017, foi em razão de uma lesão durante jogo contra o Atlético-GO), Calazans sonha em retomar os treinos com bola, o que está perto de acontecer. Enquanto aguarda alcançar as condições ideais, o moleque de Xerém mescla sessões de fisioterapia com atividades físicas, de bicicleta e musculação. A previsão dada no início de 2018 diz que ele poderá atuar a partir de setembro.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

Empresário anuncia interesse do Fluminense em palmeirense

Desfalcado de dois zagueiros para o restante da temporada, uma vez que perdeu Nathan Ribeiro e Luan Peres para o exterior, o Fluminense quer contratar mais um zagueiro, depois de conseguir o empréstimo de Digão. O nome contatado é Emerson Santos, do Palmeiras, disputado, também, por América-MG e Internacional. Avalia-se o empréstimo do jogador.

– Inter me procurou, como o América-MG, o Fluminense e outros clubes. Não tem nada certo. Tem conversas rolando. É uma possibilidade. Inter é um clube gigante, campeão mundial, com uma baita estrutura. A gente vê com bons olhos. Estamos analisando com o Palmeiras. A princípio, é por empréstimo – declarou, em entrevista ao Globoesporte.com, o empresário, Jaílton Oliveira.

Ex-Botafogo, Emerson Santos, de 23 anos, chegou ao Palmeiras em janeiro deste ano. Mas, dada a concorrência no setor, atuou em quatro jogos. Seu contrato com o Alviverde é válido até dezembro de 2022.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

Jádson valoriza parada para Copa e destaca mudanças: ‘Importante para organizar a casa’

É verdade que o primeiro semestre terminou mal. Mas o segundo, que começou com a parada para a Copa do Mundo, tem tudo para ser diferente. Foi um mês de mudanças, desde o comando do time, que perdeu Abel Braga e ganhou Marcelo Oliveira, até o elenco, desfalcado de Nathan Ribeiro e Luan Peres e reforçado por Digão e Luciano. A cinco dias da reestreia na temporada, contra o Vasco, em São Januário, Jádson resume as mudanças do Fluminense neste período.

– Foi uma parada extremamente importante pela troca de comando, pela sequência negativa que tivemos antes da Copa. Foi importante para organizar a casa. Vai ser um Fluminense mais descansado, tivemos uma sequência muito pesada de jogos, sem tempo para treinar. Então, acho que seremos mais organizados e bem mais competitivos – destaca.


Confira mais respostas de Jádson:

Marcelo Oliveira

– Marcelo é um treinador extremamente vitorioso. Todos sabem da carreira dele e de tudo o que ganhou no futebol. Tem nos ajudado bastante, principalmente os jogadores jovens, que estão começando a trajetória no futebol. Espero que ele tenha muito sucesso no comando desse time e, consequentemente, nós também.

Relacionamento com companheiros e torcida 

– A gente trabalha para ser reconhecido, construir um certo prestígio não só dentro de campo, mas fora dele também. Tenho o respeito de todos os jogadores, gosto de estar com eles. É importante ter esse retorno e visão da comissão técnica e diretoria, não só como jogador, mas como pessoa também.

Eventual uso do VAR no Brasileirão

– Particularmente, acho que não seria bom, porque o VAR tira a emoção de quem está no estádio, a discussão do torcedor, que no dia seguinte quer discutir um lance diferente. Pelo que vi na Copa, é interpretativo, para demais o jogo, tira um pouco da emoção. Acho que deixa o futebol muito mecânico.


Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

Machucado, De Amores passa por pré-operatório e sonha em treinar ainda em 2018

A passagem de De Amores pelo Fluminense está sendo apagada e marcada por lesões. No sábado passado, o departamento médico descobriu uma contusão no menisco direito do uruguaio, que precisará passar por cirurgia. Antes do processo, ainda sem prazo para acontecer, ele faz, no Centro de Treinamento, o que é chamado de pré-operatório: trabalhos de fisioterapia na área atingida e exercícios de fortalecimento muscular dos membros superiores, na academia.

Os médicos aguardam o inchaço desaparecer para, enfim, operar o goleiro. Como De Amores pertence ao Boston River, o Fluminense pediu permissão ao clube do Uruguai para que o procedimento seja realizado no Rio de Janeiro. É a terceira lesão do jogador desde que foi contratado, em janeiro. As outras duas foram na panturrilha direita.

Entende-se que a recuperação deve ser rápida, embora o clube não tenha estimado tempo para tal. Há otimismo em ter o goleiro de volta aos treinos já neste ano, antes que seu vínculo termine – ao fim de 2018. Em sete meses de Fluminense, De Amores foi relacionado para apenas um jogo: contra o Avaí, no Engenhão, pela Copa do Brasil, em março. E ficou no banco.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!