fbpx

Ie, ie: Sergio Malandro “entra” na campanha “Adote um Vencedor”

Foto: Divulgação/FFC

O próximo dia 25 de maio se comemora o dia Nacional da Adoção, e o Fluminense aderiu a campanha Adote Vencedor, onde incentiva a adoção de jovens e crianças c idades entre 7 a 17 anos.

Buscando uma maior mobilização para a campanha, um ilustre tricolor, o humorista Sérgio Malandro, vestiu a camisa e aderiu a campanha do Flu, deixando uma mensagem nos perfis oficiais do clube.

Confira o vídeo:

Fluminense dá espaço no Maracanã para crianças e adolescentes de projeto de adoção

Ao lado do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ), o Fluminense promoveu a “Adote um Vencedor”, campanha que visa estimular a adoção tardia. Sábado, 64 crianças e adolescentes com idades entre 7 e 17 anos conheceram o Maracanã, que recebeu o Clássico Vovô da 4ª rodada do Brasileirão, o vestiário dos jogadores e acompanharam a chegada da delegação. Depois, subiram ao gramado com o time.

– Sou Fluminense e quero guardar para sempre tudo o que estou vendo! Nunca tinha vindo ao Maracanã – disse a macaense Ana Júlia, de 8 anos, ao Jornal O Globo.

Na véspera do jogo, vencido pelo Botafogo por 1 a 0, a turma visitou o Centro de Treinamento do clube, na Barra da Tijuca, e conseguiu autógrafos e fotos com os atletas tricolores, especialmente Pedro e Paulo Henrique Ganso. Além disso, assistiram a um trecho do treino.

O projeto nasceu do objetivo de dar visibilidade àqueles que fogem ao perfil mais desejados pelas famílias. Atualmente, no Rio, há 400 crianças com mais de 7 anos à espera de um lar. Para saber mais, clique aqui.

– Mais de 85% dos habilitados procuram crianças de até 6 anos. Por outro lado, 92% dos acolhidos estão entre 7 e 10 anos. Os perfis não batem. Como nossa experiência mostrou que a mudança de perfil se dá após o encontro, a estratégia é promover encontros. Precisamos virar esse jogo – falou Sérgio Luiz Ribeiro de Souza, juiz titular da 4ª Vara da Infância, da Juventude e do idoso do Rio de Janeiro.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Top