fbpx

Advogados do Fluminense foram ameaçados em ida a São Januário: “Tem que dar murro mesmo”

Na sexta-feira, o Fluminense conseguiu uma liminar que reafirmava o contrato assinado em 2013 com o consórcio que gerencia o Maracanã. Dessa maneira, garantia que o setor Sul deveria ser ocupado pelos tricolores. A decisão, porém, acabou não sendo cumprida, uma vez que o Vasco quase esgotou o espaço à direita das cabines de imprensa. Por fim, a Norte abrigará a torcida do clube das Laranjeiras.

Dois advogados que representam o Fluminense se encaminharam a São Januário para entregar ao rival uma cópia da determinação judicial. Todavia, segundo o presidente Abad, a recepção aos profissionais foi hostil.

– Mandamos dois advogados a São Januário. Eles não puderam entrar no Vasco para entregar a cópia da decisão liminar. E diversas pessoas – eu não estava lá e não sei precisar quem foram – ameaçando: “Tem que dar murro mesmo, tem que bater”. Vocês imaginam, nessa cultura de ódio, pessoas atacarem uma mãe de família e um advogado. Lamentável.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Top