fbpx

Números de celular vazam, e membros da Flusócio são ameaçados: “Mato você e sua família”

Principalmente pelos salários em atraso e pela campanha do time, há cinco jogos sem vencer ou marcar gols, a inconformidade da torcida acabou sendo posta em evidência. Primeiro, nesta segunda-feira, durante o empate com o Ceará, no Maracanã, com protestos que recaíram sobre o presidente e os jogadores. Ainda no começo da madrugada desta terça-feira, houve também pichações no muro da sede, nas Laranjeiras.

A partir desta tarde, os principais alvos, todavia, vêm sendo os membros da Flusócio, grupo de apoio a Abad, ofendidos diariamente nas redes sociais. Alguns deles tiveram seus números de celular vazados na internet e estão sendo xingados e ameaçados de morte e de sequestro por torcedores, por meio de ligações ou mensagens no WhatsApp. Nem mesmo as famílias escaparam da hostilidade. Eles, provavelmente, levarão o ocorrido à Polícia para que os responsáveis sejam denunciados.

– Cadê o salário dos jogadores? Tenho nojo de vocês, seus vermes. Sei onde seu filho estuda. Tenho p**** nenhuma a perder. Mato você e sua família – ameaçou um torcedor que teve acesso ao número telefônico.

– Só um aviso: tem torcedores contratando sequestradores para pessoas da Flusócio. Vocês não têm noção do que está acontecendo – disse outro.

Integrantes da Flusócio têm números de telefones vazados e recebem ameaças de morte — Foto: Reprodução


Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Top