fbpx

Reunião entre clubes e Prefeitura não altera decisão do arbitral e início do Carioca segue mantido

Representante dos clubes da elite do futebol carioca estiveram reunidos na tarde desta quarta-feira (17) com o prefeito Marcelo Crivela, quando discutirem sobre a data do retorno do futebol Carioca, definida pelo arbitral, para está quinta-feira (18).

A reunião no entanto não trouxe nenhuma novidade no caso e a sequência da competição segue mantida para acontecer neste quinta-feira (18) no jogo entre Bangu x Flamengo, marcado para às 21h no estádio do Maracanã.

O governador contudo, fez pedido para que a fosse mantida a decisão de Fluminense e Botafogo em não atuaram na data previamente agendada, que seria na próxima segunda-feira (22).

Representante do Tricolor na reunião, Marcelo Penha reforçou o que já havia dito Mário Bittencourt, quando descartou entrar em campo caso a decisão seja mantida. Crivela pediu um entendimento entre as partes para que o caso não fosse parar na justiça, como ameaçou Botafogo e Fluminense caso a data de seus jogos não seja alterada.

Presidente do Fluminense não aceita datas sugeridas e retorno do Carioca pode parar na justiça

No arbitral realizado na noite da última segunda-feira (15) entre Ferj e representantes dos clubes que disputam a série A do Campeonato Carioca, ficou decidido por maioria dos vistos que o Campeonato retorne nesta quinta-feira (18) com a realização da partida entre Bangu x Flamengo, uma vez que se trata das duas equipes que voltaram aos treinos há mais tempo.

O Fluminense por sua vez, que nem sequer realizou os exames sorológicos nos jogadores – será realizado nesta terça-feira (16), voltaria no dia 22, tendo tempo desta forma para entrar em campo já com o resultado dos exames em mãos. No entanto, o presidente Tricolor, Mário Bittencourt se mostrou contrário à decisão pelo fato de não haver tempo hábil para realização de um período de treinos presenciais – jogadores vem realizando treinos virtuais desde o início de maio, e pelo fato do tempo curto de recuperação entre uma rodada.

Com isso, de acordo com o setorista do Fluminense pela Rádio Globo, Victor Lessa, caso as datas sejam mantidas, Mário deverá buscar os direitos do clube na justiça.

Seguimos achando precipitado o retorno do futebol porque entendemos que não é momento. A pandemia persiste. A maioria dos clubes do Rio de Janeiro quer voltar. Sendo assim, cedemos, mas desde que o Fluminense tenha um tempo justo de treino e que a prefeitura e o governo do estado autorizem a volta de forma oficial. Entendemos que nesse caso podemos avaliar um retorno. Como as datas marcadas (22 e 24) para o retorno dos nossos jogos são inaceitáveis, do ponto de vista da saúde de nossos atletas, não vamos a campo e vamos buscar as medidas na justiça desportiva para fazer valer o que é certo, já que se trata de um estado de calamidade pública – teria afirmado o dirigente.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Dificilmente Flu entrará em campo caso confirme retorno do Carioca para a próxima semana

O arbitral da Ferj marcado para a próxima segunda-feira (15) pode definir o retorno do futebol carioca já para o próximo final de semana, uma vez que a Federação trabalha com a data do dia 19 de junho para o reinício da competição.

Contudo, caso o retorno seja confirmado para esta data, o Fluminense dificilmente estará em campo, uma vez que o clube trabalha com essa data para receber o resultado dos exames dos jogadores, marcado para serem feitos na próxima terça-feira (16) e com isso o clube não poderia entrar em campo sem saber sobre a condição de infecção de seus jogadores.

Além disso, o clube ficou de certa forma contrariado por não ter sido avisado da reunião entre Ferj e alguns clubes que aconteceu no último sábado (13).

Com isso, o W.O ao Tricolor não está descartado.

Foto em destaque: Divulgação/FFC

Ferj agenda reunião com clubes e retorno do Carioca pode acontecer no próximo final de semana

A Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) fez uma reunião no final da noite deste sábado (13) quando definiu alguns temas a serem discutidos no arbitral que acontecerá na próxima segunda-feira (15). Entre os temas a volta do futebol.

Contudo, Fluminense e Botafogo não participaram desta reunião, inclusive, representante de ambos os clubes de revoltaram com a postura da federação por entenderem que a reunião teria sido feita de forma secreta, sem avisar aos respectivos clubes.

Com isso nenhum deles confirmou presença no arbitral desta segunda. Vale destacar que no último, o presidente Mário Bittencourt não participou e enviou um representante, já pelo Botafogo esteve Maurício Mufarrej, que reafirmou a posição contrária ao retorno dos jogos.

No arbitral desta segunda, alguns temas como:

  1. Atestado de saúde da delegação dos clubes (passaporte) estabelecido no protocolo Jogo Seguro (fase 2): modelo, conteúdo e responsabilidade.
  2. Torneio Extra (§ 2º do art. 50 do REC).
  3. Substituições.
  4. Quantidade de atletas não profissionais.
  5. Inscrição e Registro (art. 21 e 36 do REC).
  6. Inscrição e Registro de atletas por associação diferente da que tenha jogado no mesmo campeonato.
  7. Assuntos pertinentes à conclusão do grupo Z.
  8. Outros assuntos pertinentes às partidas complementares do Campeonato Carioca passíveis de discussão por decisão preliminar favorável da maioria.

Vale destacar que a Ferj planeja realizar só uma ou duas partidas por dia, já que apenas três estádios funcionarão: Maracanã, Nilton Santos e São Januário.

Foto em destaque: Divulgação/Ferj

Mário não vai ao arbitral da Ferj, mas manda representante Tricolor

O presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, não está participando do arbitral da Ferj na tarde deste sábado. A reunião que foi marcada para definir os rumos do Campeonato Carioca né estando não ficou sem representante Tricolor. Marcelo Penha, coordenador administrativo representou o clube.

No entanto, apesar da “pressão” feita por Ferj mais Flamengo e Vasco, o posicionamento do Flu no que se refere a volta do futebol e das atividades em meio a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) não deve alterar em nada.

De acordo com o jornalista Victor Lessa, setorista do Flu pela Rádio Globo, o presidente Tricolor desmentiu que tenha entrado em outro grupo de whatsapp para decidir o assunto – vale lembrar que o próprio Lessa informou da saída de Mário do grupo criado pela Ferj. Fato confirmado pelo próprio presidente.

Lessa informou inclusive que o número de telefone do presidente do Flu foi vazado e relatou ainda que o mesmo vem sendo incomodado com diversas ligações e sendo incluído em grupos aleatórios de whatsapp.

Foto em destaque: Divulgação/FFC

Presidente tricolor confirma presença de Fluminense em arbitral da Ferj

Apesar de ter confirmado a saída do grupo de whatsapp que a Federação do Rio de Janeiro, a Ferj, criou para debater com os clubes sobre a volta do futebol, o presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, confirmou participação no arbitral que acontecerá neste sábado (6).

Mário confirmou a participação do clube das Laranjeiras através de uma entrevista concedida ao canal Esporte Interativo nesta sexta-feira (5).

– O Fluminense estará representado no arbitral de amanhã por seu representante nas entidades – confirmou Mário.

O presidente no entanto deixou claro na que manterão a posição contrária de retomada das atividades e volta aos jogos nesse momento em que a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) avança em números significativos:

– O Fluminense manterá sua posição contrária ao retorno da competição até que a pandemia seja controlada no Rio de Janeiro. Não mudaremos nossa posição. No Rio Grande do Sul, onde a taxa de mortes é dez vezes menor, a previsão conservadora para o retorno é em 15 de julho e, ainda assim, desde que a pandemia esteja controlada. Não há motivo que justifique voltar ao futebol no Rio de Janeiro antes dessa data – completou Mário.

Foto em destaque: Divulgação/FFC

Top