Moleques de Xerém, meias Arthur e Thiago são convocados para Seleção sub-17

Dupla tricolor foi chamada pelo técnico Paulo Victor Gomes para período de treinos na Granja Comary entre os dias 8 e 18 de Março, visando o Torneio Sul-americano sub-17.

No perfil oficial do Twitter, o Fluminense parabenizou os jovens pela convocação, confira:

Integrantes da “Geração dos sonhos” de Xerém, ambos são mais novos que o restante dos companheiros de equipe. Thiago tem 16 anos e Arthur, 15 (o meia faz aniversário amanhã).

Na temporada, o sub-17 Tricolor foi campeão brasileiro e finalista da Copa do Brasil e Supercopa da categoria.

Foto: Thiago Mendes/Porthix

Flu monta “projeto especial” para Arthur e conta com a família do jovem como trunfo em futuras negociações

Um dos pilares da “Geração dos sonhos” de Xerém, o meia Arthur é destaque do sub-17 mesmo com a pouca idade, faz 16 em fevereiro. Visando se proteger do assédio do futebol europeu, o Fluminense montou um projeto especial para o jovem, que passará por um “estágio” na equipe profissional a partir da temporada 2021.

Segundo informações do jornalista Caio Blois, do portal Uol, a família de Arthur é vista como um trunfo internamente. Diferente de outras revelações de Xerém, desejam um desenvolvimento físico, psicológico e esportivo do jogador antes de partir para a Europa, apesar da vontade do jovem e de seus agentes de trocar o Brasil pelo velho continente.

A diretoria Tricolor sabe do valor e potencial de Arthur, e não quer arriscar uma situação parecida com a de Marcos Paulo, sair sem custos.

Fonte: UOL

Foto: Maílson Santana/FFC

Diário espanhol destaca jovens campeões pelo Fluminense no Brasileirão sub-17

A molecada Tricolor que acabou faturando o título brasileiro no sub-17 já vem chamando atenção da Europa. Logo após a vitória de 2 a 1 sobre o Athletico-PR, que culminou com o título Tricolor, o diário espanhol AS, da Espanha, publicou uma matéria onde já destacou dois jogadores do Flu: Kayke e Arthur.

O portal fez inclusive uma análise específica dos dois jogadores, destacando Kayke como artilheiro e Arthur como peça central do time. Veja o que disse a publicação:

Kayky atua como um ala direito, embora seja canhoto e apareça constantemente na linha central de ataque. É um jogador de puro talento, com dribles diabólicos com a bola presa ao pé e um excelente remate de média distância. Ele marcou um dos melhores gols do torneio na semifinal contra o São Paulo depois de enfrentar vários adversários e na final já marcou nos dois jogos.

Ele sabe ler o jogo para acelerar ou frear na hora certa, se relaciona com os companheiros, faz o time se mexer e nesta categoria não encontrei rival que seja capaz de retardá-lo.

Porém, para dar um salto, vital para se tornar um profissional e ser tão importante quanto é agora, é preciso melhorar sua aparência física. Apesar de ser um dos melhores jogadores do Flu , sempre foi substituído na hora do jogo, quando seu desempenho tende a cair.

Arthur , por sua vez, é um dos jogadores mais jovens desta edição do Brasileirão aos 15 anos e é considerado pelos técnicos como a grande joia que o Fluminense tem no momento no futebol de base. Atua como meio-campista e embora se destaque pelo jogo virtuoso com a bola, oferece um grande sacrifício defensivo.

Gosta de ter a posse de bola e também é inteligente na hora de se mover sem ela para aproveitar os espaços, entrar na área e finalizar as chances. Mostra caráter e sempre se oferece para receber nas entrelinhas. Tem muito espaço para melhorias, mas parece estar crescendo aos trancos e barrancos.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Aos 14 anos, meia do Fluminense é convocado para Seleção sub-15

Uma das promessas de Xerém, o meia Arthur recebeu, nesta segunda-feira, convocação para um período de treinos com a Seleção sub-15, em preparação para o Sul-Americano da categoria, a ser realizado em novembro, na Bolívia.

No começo de fevereiro, o jogador assinou, aos 14 anos, seu primeiro contrato de formação com o Fluminense, válido por quatro temporadas – o acordo profissional só pode ser celebrado aos 16 anos. Na época, ele, que chegou ao clube em 2015, somava 81 gols em 99 jogos.

O jogador vai se apresentar na Granja Comary, em Teresópolis, no domingo. Trabalho com mais 25 companheiros, previsto para ser encerrado em 27 de março, inclui dois jogos-treino.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

 

Flu firma primeiro contrato com jovem sensação da base

Foto: Arquivo Pessoal

Jovem  possui 81 gols em 99 jogos com a camisa tricolor.

O Fluminense anúncio nesta sexta-feira (15) que firmou contrato de formação por 4 anos com o meia Arthur, de 14 anos, uma das principais promessas do clube.

Formado nas categorias de base do clube, em Xerém, o garoto possui 81 gols em 99 jogos com a camisa tricolor.

Natural de Friburgo, Arthur, chegou ao time tricolor em 2015, tendo seu início no futsal, onde passou pelas categorias Sub-11, 13 e 14 do Fluzão.

O contrato do jovem foi assinado de acordo com a legislação brasileira, que prevê Pela legislação brasileira, que autoriza a assinatura do vínculo de formação a partir de 14 anos, enquanto o tipo profissional só pode ser assinado depois dos 16 anos.

 

fonte: Globoesporte.com