fbpx

Ex Corinthians e Furacão, Guilherme pode ser o novo reforço do Flu

Foto: Divulgação

O nome do meia atacante Guilherme foi oferecido ao Fluminense. O jogador que pertence ao Corinthians e esteve emprestado ao Bahia no início do ano, não será mais aproveitado pelo Tricolor de Aço após divergência com a torcida por fazer sinal negativo após ser substituído durante o Campeonato Baiano.

Afastado do clube da boa terra desde meados de março, o atleta não será aproveitado no Corinthians e seus empresários levaram o nome do jogador a cúpula de futebol do Fluminense, que embora desconverse sobre um possível acerto, há possibilidade de negociação com o jogador.

O nome de Guilherme deve ganhar mais força ainda caso se concretize as saídas de Marquinhos Calazans e Everaldo, este último, embora ambas as diretorias neguem, já estaria acertado com o Corinthians.

Ex Flu, volante Douglas é emprestado ao Bahia

foto: Daniel Augusto Jr. / SCCP

O volante Douglas, negociado pelo Fluminense ao Corinthians no meio da temporada passada, acertou seu empréstimo junto ao Bahia por uma temporada.

O jogador de 22 anos estava sem espaço no clube paulista, onde seguer havia sido inscrito para a disputa do Paulistão.

Douglas, foi anunciado pelo Bahia na manhã deste domingo (20) através das redes sociais do tricolor baiano. Contudo, os sócios do tricolor de aço receberam a informação antes através de mensagens via SMS.

Douglas foi anunciado oelas mídias oficiais do Bahia. (Foto: Divulgação)

Pelo Timão, foram 17 aparições do volante, que fez apenas um gol, recebeu quatro cartões amarelos e um vermelho. 

Sem renovar com o Bahia, Vinícius ganha campanha de torcedores por retorno ao Fluminense

Vinícius e Bahia, ao que parece, não renovarão contrato para 2019. As negociações pararam em junho e, até o momento, não foram reiniciadas. O que indica que, a partir de janeiro, o meia estará livre no mercado. Ele joga pelo Tricolor de Aço desde o meio do ano passado e marcou 15 gols em 88 jogos.

– São coisas que acontecem no futebol. Opções, planejamento, e eu, como jogador, tenho que entender. Meu carinho pelo Bahia será eterno, e espero que um dia ainda possa voltar a vestir essa camiseta grandiosa. Fui muito feliz e tenho uma gratidão imensa pelo Bahia. Os torcedores, pessoal do clube que trabalha mais nos bastidores, sentirei muitas saudades, mas vou levar sempre no meu coração – disse.

Embora a chance de permanência no Bahia seja pequena, Vinícius prefere não planejar seus próximos passos. Ele, que priorizaria uma extensão do vínculo, ainda aguarda uma resposta do clube baiano.

– Estou aguardando ainda uma definição concreta do Bahia, pois tenho contrato vigente até o final desse mês e minha preferência sempre foi renovar. Depois disso, se não houver uma renovação, começarei a pensar sobre o futuro – revelou.

Caso seja dispensado, o jogador não deve demorar a encontrar um novo time para defender. No que depender dos tricolores, aliás, o destino será Laranjeiras. Nos últimos dias, torcedores vêm pedindo o retorno de Vinícius, que vestiu a camisa do Fluminense em 2015, na internet.

– Fico muito feliz de ter esse carinho de boa parte da torcida do Fluminense. Eles estão enchendo minhas redes sociais com mensagens para voltar. A gente entende que, no futebol, a torcida tem muita força. Fico realmente muito feliz por isso. Vamos ver os próximos capítulos e se esse desejo, quem sabe, pode se concretizar.

Atualmente, o Fluminense dispõe de só dois armadores no elenco. Sornoza, que negocia saída para o Corinthians, e Daniel, encostado na reserva. As boas atuações de Vinícius provocaram na maioria da torcida o desejo de vê-lo recomeçar no Tricolor. Há três anos, ele teve uma grande fase interrompida por uma lesão e, quando se recuperou, se envolveu em polêmicas com a diretoria da época.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

São Paulo negocia compra do passe de Léo

Atrás de uma vaga na fase de grupos da Libertadores, o São Paulo começa a planejar o elenco para o ano que vem e acrescentou o nome de Léo, do Fluminense, ao radar de possíveis reforços. Durante a temporada de 2018, o lateral-esquerdo, revelado em Xerém, defendeu o Bahia, com quem firmou contrato de empréstimo até dezembro. Fez 58 jogos e nenhum gol.

As negociações, que vêm evoluindo para a compra do passe pelo São Paulo, nasceram de um interesse de tempos no jovem de 22 anos. Os direitos econômicos estão separados em 50% para o Fluminense e 50% para o empresário, Gerson Oldenburg. Segundo ele, existe uma espera pelo fim do Campeonato Brasileiro para que o futuro de Léo seja resolvido. Pessoas ligadas ao atleta apostam que a decisão sairá pouco depois da última rodada.

A vaga na lateral-esquerda do São Paulo, hoje, pertence a Reinaldo. Caso acerte com o clube do Morumbi, Léo, num primeiro momento, dividirá a reserva com Edimar, que não agrada os são-paulinos.

Depois de ser promovido ao profissional do Fluminense, em 2015, Léo acabou emprestado ao Londrina, em 2016, onde acumulou boas atuações. Retornou em 2017, mas não vingou e ainda lidou com grande desconfiança da torcida. Tem vínculo com o time carioca até dezembro de 2019. 

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Digão pede união entre time e torcida e lamenta atrasos salariais: “Atrapalha”

Assim que o juiz encerrou a partida desta quinta-feira, em que o Fluminense acabou derrotado pelo Bahia, por 2 a 0, a reportagem do SporTV flagrou Digão consolando Luciano, que estaria abalado pelo sexto jogo de seca e sem os três pontos. Na saída do campo, quando se deu o último contato entre os jogadores e a imprensa, o zagueiro confessou que os atrasos salariais têm interferência mesmo quando a bola rola.

– Eu seria hipócrita de falar que não atrapalha. O momento é conturbado fora de campo e atrapalha muito. É um grupo jovem, alguns jogadores ficam abalados. Mas não vamos desanimar. Vamos continuar correndo um pelo outro para deixar o Fluminense na primeira divisão – afirmou, em entrevista ao canal da Globosat.

Restam duas rodadas, contra Internacional e América-MG, para o clube se garantir na primeira divisão do ano que vem. Digão pediu que a torcida se una ao time e abrace a luta contra a queda para a Série B. No momento, o Fluminense ocupa a 13º colocação, com 42 pontos e a uma distância de quatro para a zona de rebaixamento.

– Papo é para não desanimar. O resultado foi muito ruim. Precisamos um abraçar o outro para ter cabeça boa diante do Internacional. Vamos fazer o possível para levar um grande resultado para o Rio de Janeiro. No Fluminense sempre foi muito difícil, mas a torcida vai nos abraçar e vamos deixar o clube no lugar em que ele merece, a primeira divisão. Temos que terminar o ano dignamente – completou.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

 

Marcelo Oliveira diz que salários atrasados desconcentram e prevê emoção em luta contra o Z-4

A duas rodadas do fim do Campeonato Brasileiro, o Fluminense ainda se vê ameaçado pelo risco de rebaixamento. Quinta-feira, perdeu para o Bahia, em Salvador, por 2 a 0, e acrescentou mais um jogo à sequência de seis sem vencer. Mantém-se com 42 pontos, a quatro do Z-4, e se prepara para enfrentar Internacional, domingo, e América-MG, dia 02 de dezembro, com a certeza de que a luta deve ser pela permanência na primeira divisão.

– Vai ser assim até o final, infelizmente, para todos nós e para o torcedor. Por mais que estejamos lutando e trocando peças, dá a impressão de que a falta de um ou outro jogador quase sempre é muito importante. Nossas dificuldades trazem problemas e causa desconcentração que o adversário aproveita – explicou Marcelo Oliveira.

Segundo o técnico, a desconcentração mencionada na resposta anterior está ligada aos salários atrasados. Atualmente, são dois meses na CLT e mais cinco em imagem, que, geralmente, representa maior parcela da mensalidade paga aos jogadores. Embora a torcida acuse o time de “corpo mole”, Marcelo Oliveira rechaça essa postura.

– O problema financeiro interfere, é representativo. Quando é um período menor, reflete menos. Não é o nosso caso. Ninguém deixa de treinar ou jogar. Todos se esforçam, se empenham. Não tenho garantia disso, mas pode, inconscientemente, ele se desconcentrar do jogo. É a impressão que tenho. Mas, ao mesmo tempo, estamos mobilizando muito para que venha logo essa salvação no Brasileiro para que possamos ter tranquilidade – disse.

Questionado pela torcida, o treinador não se garante no comando da equipe do Fluminense na temporada que vem. Ele, contratado em junho, assinou até dezembro deste ano.

– Quando decidi virar treinador me preparei para todas as situações e vou doar o máximo sempre para buscar resultados melhores. Não depende de mim essa situação (de permanecer ou não no cargo).


Veja mais trechos da entrevista:

Análise do jogo

– Aqui é sempre muito difícil pela qualidade do Bahia. Tivemos uma pressão grande no início e depois controlamos. Voltamos com bom controle também e, por infelicidade, levamos o gol. Bahia poderia ter feito antes, mas não daquela maneira. Tivemos muito pouco poder ofensivo.

Duelo com o Internacional

– Tivemos chance contra Vasco, Sport, vai apertando. Queríamos ao menos um ponto aqui. Não foi possível. Estamos estudando agora e talvez tenhamos que ir com o time principal contra o Inter. Como são jogadores que lutam muito, temos que fazer esse sacrifício.


Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

 

Com dores na coxa, Airton vira dúvida para jogo contra o Bahia

Paralelamente à pressão exercida pela torcida sobre a diretoria, o elenco do Fluminense se reapresentou, na tarde desta terça-feira, de olho na rodada do meio de semana e com uma dúvida no meio-campo. Airton sentiu dores na coxa direita no fim do jogo contra o Ceará e tem poucas chances de viajar a Salvador. Quinta-feira, o time enfrenta o Bahia, livre do perigo de rebaixamento, na Fonte Nova.

No treino de hoje, na Barra, o volante trabalhou com a fisioterapia. Como de costume, os jogadores que estiveram em campo nesta segunda-feira fizeram apenas uma atividade regenerativa. Ele passará por exames na manhã desta quarta-feira para detectar uma possível lesão.

Aos 40′ do segundo tempo do empate com os cearenses, no Maracanã, Airton acompanhava um contra-ataque quando acusou o incômodo. Ele, inclusive, reduziu o pique e, depois, mancou e segurou a perna. Marcelo Oliveira havia realizado as três substituições, o que obrigou o camisa 5 a terminar a partida.

Para encarar o Bahia, o técnico precisará quebrar a cabeça até encontrar a melhor escalação. Richard também desfalca o Fluminense, pelo terceiro amarelo. Enquanto dois saem, por outro lado, um volta: Jádson, que cumpriu suspensão, se junta novamente à delegação.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Fluminense observa volante do Bahia para 2019

Embora ainda tente resolver sua vida no Campeonato Brasileiro e sonhe conquistar a Sul-Americana, o Fluminense começou a sondar possíveis nomes para renovar o elenco para o ano que vem. Um deles pertence, hoje, ao Bahia: Elton, de 28 anos. Porém, uma cláusula contratual, que prevê renovação automática por metas atingidas, pode atrapalhar o início de uma eventual tratativa pelo volante.

– O pessoal do Fluminense fez uma consulta. Isso é verdadeiro. Mas Elton tem contrato com o Bahia e tem uma prorrogação de contrato prevista. Ele tem interesse em ficar. É muito feliz no Bahia – disse o empresário Eduardo Madeira.

Contratado pelo Bahia em janeiro, Elton atuou em 53 jogos e marcou três gols, sendo um, inclusive, na final do Campeonato Baiano. Seu atual vínculo se encerra em dezembro. Tem, no currículo, empréstimos ao Criciúma e ao Paraná, além de cerca de três anos na Ponte Preta. Foi revelado pelo Internacional.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

 

Baseado em levantamento da CBF, Fluminense tem quatro pontos a menos no Brasileirão

Os torcedores estão acostumados às trapalhadas de juízes brasileiros nos torneios no país. A pouco mais de um mês do fim do Brasileirão, a CBF publicou um levantamento de erros cruciais até a 27ª rodada da Série A deste ano, mas sem detalhar o que é levado em conta na hora de selecionar os lances que passarão por análise. Nem todas as polêmicas entram na balança.

A entidade diz que o Fluminense, o nono colocado (40 pontos), não teve nenhuma falha a favor. Em contrapartida, foi prejudicado em duas partidas, ambas no primeiro turno e que terminaram empatadas em 1 a 1: contra o São Paulo, no Maracanã, quando teve um pênalti ignorado pela arbitragem; e frente ao Bahia, também no Rio, quando o adversário teve validado um gol impedido.

De acordo com este levantamento, o clube de Laranjeiras deveria ter quatro pontos a mais na tabela do campeonato. Ou seja, pularia de 40 para 44 pontos, ficando ainda mais perto de se livrar do risco de rebaixamento.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Fluminense confirma empréstimo de Kayke, que comemora ‘oportunidade gigante’

Aos 30 anos, Kayke ganha mais uma chance em um grande clube do futebol nacional. Na tarde desta quinta-feira, horas depois de o Bahia anunciar a rescisão com seu agora ex-contratado, o Fluminense confirmou a chegada do reforço, que assinou empréstimo até dezembro.

– Estou muito empolgado com mais uma oportunidade gigante na minha carreira. Será um privilégio vestir as cores do Fluminense. Vamos fazer de tudo para, no final do ano, estarmos comemorando títulos. Em um clube acostumado a ganhar, temos que chegar com esse pensamento. Dentro de campo não vai faltar vontade – disse.

O passe de Kayke pertence ao Yokohama Marinos, do Japão, que dividirá os salários com o clube de Laranjeiras. Ele, que estava no Rio de Janeiro desde terça-feira para fazer exames médicos, vestirá a camisa 17. A novidade serve para suprir a ausência de Pedro em eventuais convocações para a Seleção e até em caso de venda.

– Morei no Rio muitos anos, a minha família é toda daqui. Minha esposa está grávida e nosso segundo filho vai nascer aqui, isso nos deixa muito felizes e é um ponto positivo para que as coisas fluam bem dentro de campo também, em uma adaptação rápida – opina.

Com passagens por times europeus e brasileiros, como Flamengo e Santos, Kayke se apresentará à imprensa nesta sexta-feira, às 15h30, no Centro de Treinamento. Sua estreia depende de condições físicas, uma vez que está há quase dois meses sem atuar, e do registro no BID.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Top