Samuel de titular e Calegari no banco; Fluminense escalado para enfrentar o Boavista

Com algumas mudanças em relação a última partida contra o Bangu, o Fluminense está definido para o duelo frente ao Boavista em Bacaxá.

Sem Ganso, poupado, o jovem Samuel Granada assume a vaga no ataque. Outras novidades na equipe são a volta dos titulares Nino, Yago e Martinelli. O lateral Calegari começa a partida no banco.

O Fluminense vai a campo com: Marcos Felipe; Igor Julião, Matheus Ferraz, Nino e Danilo Barcelos; Yago Felipe, Martinelli, Michel Araújo e Gabriel Teixeira; Lucca e Samuel.

Foto: Lucas Merçon/FFC

Com parte dos titulares de volta, Flu divulga relacionados para duelo com o Boavista

Em busca da terceira vitória seguida no Carioca, o técnico Roger Machado terá o reforço de alguns tiulares para o duelo de hoje contra o Boavista, às 18hrs, em Bacaxá.

Nino, Calegari, Yago, Martinelli e Hudson são as novidades, se juntando a parte do elenco principal que atuou nas duas últimas partidas.

Confira os relacionados:

GOLEIROS: Marcos Felipe, Pedro Rangel;

ZAGUEIROS: Frazan, Matheus Ferraz, Nino e Reginaldo;

LATERAIS: Calegari, Danilo Barcelos, Igor Julião e Raí;

MEIAS: Gabriel Teixeira, Hudson, Martinelli, Michel Araújo, Wellington, Yago e Yuri;

ATACANTES: Alexandre Jesus, Caio Paulista, John Kennedy, Kayky, Lucca e Samuel;

Foto: Lucas Merçon/FFC

Fluminense empresta lateral ao Boavista para disputa do Carioca

O lateral-direito Guilherme, de 20 anos, ira jogar o Campeonato Carioca pelo Boavista. O jogador que disputou o Campeonato Brasileiro de Aspirantes pelo Tricolor ira participar de sua primeira competição profissional.

O jogador que atua também como ala tem vínculo com o Tricolor até junho de 2023 e assinou com o Boavista até o final do Carioca.

Natural de Conselheiro Lafaiete, em Minas Gerais, Guilherme se profissionalizou pelo Duque de Caxias, onde jogou pelo sub-20 e já treinava com os profissionais. Ele foi contratado pelo Fluminense em julho de 2019 e passou a integrar a equipe sub-20 tricolor. Na Copa São Paulo de Futebol Junior de 2020, o lateral se destacou com assistências, mas se machucou e viu a equipe cair no mata-mata.

Foto: Divulgação

Guilherme já se apresentou e vem treinando com o elenco do Boavista para disputa da Competição que tem início previsto para o começo de março.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Fonte: GE

Derrota do Madureira antecipa classificação do Fluminense para semi da Taça Guanabara

A derrota do Madureira para o Flamengo por 2 a 0, nesse sábado, antecipou a classificação do Fluminense para a semifinal da Taça Guanabara. O resultado do Clássico Vovô deste domingo, no Maracanã, definirá o adversário do Time de Guerreiros na próxima etapa do primeiro turno do Campeonato Carioca.

Se vencer ou mesmo empatar com o Botafogo, o Tricolor duelará com o Rubro-Negro por uma vaga na decisão com a vantagem do empate. Caso perca, pode ser ultrapassado pelo Volta Redonda. Nesse cenário, terá pela frente o Boavista.

Um possível confronto com o clube da Gávea ocorrerá na quarta-feira, devido ao compromisso do rival na Supercopa do Brasil, no fim de semana seguinte.

Publicado por: Nicholas Rodrigues.

Yago lamenta derrota, aponta alguns erros da equipe e já projeta partida decisiva na sul-americana

Ontem o tricolor conheceu sua primeira derrota na temporada, após ser derrotado pela equipe do Boa Vista, por 1 a 0, no Maracanã.
Com um primeiro tempo apático e um segundo tempo de pouca intensidade, o Fluminense viu a equipe de Bacaxá, sair vitoriosa de campo, com gol marcado após falha de marcação de Orinho.
Dono das duas principais chances de gol do Flu, o meia Yago analisou os erros da equipe.

– A gente caiu um pouco de produção tanto no primeiro, quanto no segundo tempo. No segundo deu até uma melhorada, mas a equipe do Boavista tava bem postada ali atrás. A gente tava errando muito e a gente não conseguiu fazer o gol. – Declarou o jogador.

O camisa 20 tricolor, falou sobre a conversa de Odair com os jogadores,
no intervalo, após a má atuação da equipe nos primeiros 45 minutos.

– Cobrou intensidade né? Acertar o último passe ali. Para que a gente criasse mais chances de fazer o gol. A gente até começou bem ali [o segundo tempo], mas a gente não fez [o gol].

Perguntando se a formação tática que iniciou a partida, foi determinante para o desempenho da equipe, Yago respondeu.

Nem pela formação, mas pelos erros de passes, erros técnicos né ? Pouca intensidade, pelo ritmo de jogo. Então, eu creio que não foi nem pelo padrão tático, mas, pelo técnico mesmo.

Mesmo lamentando a derrota o meia diz que já virou a página e que “Agora o pensamento é no próximo jogo”. E sobre o fim da sequencia de vitórias do Flu, ressalta.

– Assim como a gente não podia se empolgar com quatro vitórias, a gente não pode se abater com derrota.

O Fluminense volta a campo nesta terça-feira, na primeira decisão de 2020, diante do Uníon La Calera, do Chile, às 21h30, no Maracanã. Partida válida pela primeira fase da Copa sul-americana.

Foto: Fluminense Futebol Clube

Fluminense empresta volante ao Boavista

Ausente da reapresentação do Fluminense, o volante Zé Ricardo se transferiu ao Boavista por empréstimo até o fim do Campeonato Carioca. Ele começa a preparação pelo novo clube nesta sexta-feira.

Cria de Xerém, o jovem de 20 anos sofre com a falta de espaço nas Laranjeiras desde 2018, quando promovido e relacionado por Marcelo Oliveira em três partidas do profissional no Brasileirão.

Ano passado, Zé Ricardo jogou apenas duas vezes, em janeiro, sob o comando de Fernando Diniz: no empate em 1 a 1 com o Volta Redonda, o primeiro compromisso daquela temporada, e na vitória por 3 a 1 sobre a Portuguesa-RJ. Ficou no banco pela última vez na eliminação para o Corinthians na Sul-Americana, dia 29 de agosto, no Maracanã.

Com contrato com o Tricolor até janeiro de 2021, o jogador deve ser integrado ao Time de Aspirantes assim que retornar da equipe de Saquarema.

Publicado por: Nicholas Rodrigues.
Fonte: LANCE!

Emprestado pelo Flu, Marlon faz sucesso e é elogiado por torcedores portugueses

O lateral esquerdo Marlon, emprestado pelo Fluminense ao Boavista, de Portugal, vem deixando uma boa impressão de seu futebol aos portugueses.

O jogador que saiu do Rio “odiado” pela torcida Tricolor, que não confiava no seu potencial para vestir a camisa das cores verde, branco e grená, parece ter readquirido o bom futebol da época de Criciúma, e se vê sendo elogiado pelos portugueses, como nos conta João Eduardo Gurgel, direto da terra lusitana:

O jogador de 22 anos que está emprestado ao Boavista até julho deste ano, disputou 12 jogos, onde marcou um gol e deu uma assistência.

Marlon é emprestado a clube português

Fora dos planos de Fernando Diniz, Marlon reforça o português Boavista até o meio da próxima temporada. O acordo é de empréstimo e prevê opção de compra ao fim do período. Neste domingo, o clube anunciou a contratação do lateral-esquerdo de 22 anos.

– Estou muito contente com esta oportunidade de vestir a camisa de uma equipe tão tradicional do campeonato português – declarou o jovem.

O elenco carioca tem só Caio Henrique, que joga improvisado, e Mascarenhas, que recupera forma física após cirurgia no joelho, como opções para a ala esquerda. A posição, aliás, é uma das prioridades da diretoria no mercado. Houve um princípio de negociação por Júnior Tavares, do São Paulo, que acabou não avançando. O presidente Mário Bittencourt prometeu mais duas novidades para os próximos dias.

Marlon chegou ao Fluminense emprestado pelo Criciúma, que o revelou, em 2018. No começo deste ano, o Tricolor o adquiriu em definitivo por R$ 2 milhões. Marcou um gol e entrou em campo sob o comando de Diniz seis vezes, sendo a última delas na derrota por 3 a 2 para o Flamengo, na Taça Rio, em 24 de março. Tem, no total, 22 partidas com a camisa verde, branca e grená.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Encostado no Fluminense, Marlon está perto de ser emprestado ao Boavista-POR

Tricolor e clube português tem negociações avançadas para ida do jogador para a Europa; lateral não conseguiu espaço com Fernando Diniz

Foto: Mailson Santana / FFC

Depois de uma negociação frustrada com o Göztepe, da Turquia, Marlon está próximo de ir jogar no Boavista, de Portugal. Fora dos planos de Fernando Diniz, o lateral está encostado no Fluminense. Sua última partida com a camisa tricolor foi no dia 24 de março, quando o time foi totalmente reserva para o clássico contra o Flamengo e perdeu por 3 a 2. As tratativas entre Fluminense e Boavista já estão em estágio avançado, mas nada foi oficializado até o momento.

No fim do ano passado, o clube efetuou a compra de Marlon junto ao Criciúma por uma quantia de aproximadamente R$ 2 milhões. Porém, neste ano, o jogador não conseguiu se firmar e aos poucos foi perdendo espaço na equipe. Mesmo com a lesão de Mascarenhas e a queda de rendimento de Caio Henrique, improvisado na posição, o lateral-esquerdo sequer chegou a ser relacionado para algum jogo na volta da Copa América.

Ao todo, Marlon, que tem contrato com o Fluminense até dezembro de 2021, atuou em seis jogos nessa temporada e marcou um gol, na goleada por 5 a 0 sobre o River-PI, pela primeira fase da Copa do Brasil.

Rodolfo participa de treinamento e deve enfrentar o Boavista

Foto: Lucas Merçon/FFC

Goleiro era dúvida por conta de dores no joelho.

O Fluminense encara o Boavista na noite desta quinta-feira (14) em Bacaxá, no estádio Elcyr Resende, em confronto adiantado, válido pela 5° rodada da Taça Rio.

Para o confronto, o técnico Fernando Diniz ganhou uma boa notícia. A confirmação do goleiro Rodolfo, que após sentir dores no joelho no início da semana, virou dúvida para a partida. Contudo, o goleiro participou da atividade da última quarta-feira (13) e teve a presença confirmada para a partida.

Por outro lado, o técnico Tricolor deve ter duas baixas na primeira linha de defesa: Digão, que fez apenas trabalho físico na última atividade por conta de dores na panturrilha, sequer foi relacionado para o jogo. Outro que pode ficar de fora é Gilberto, devendo ser poupado devido ao desgaste físico.

Para o lugar de Digão, Diniz deverá optar por Léo Santos, e Ezequiel, é o mais cotado para assumir a lateral direita caso Gilberto seja de fato poupado.

Dessa forma o Fluzão deve iniciar a partida com a seguinte formação: Rodolfo; Ezequiel, Matheus Ferraz, Léo Santos e Caio Henrique; Airton, Bruno Silva (Allan) e Ganso; Yony Gonzalez, Everaldo e Luciano. 

 

Se inscreva também em nosso canal do YouTube: https://www.youtube.com/user/flunewstv