fbpx

Torcedores do Botafogo seguram filho de Marcão pelo pescoço em abordagem depois do Clássico Vovô

Familiares de Marcão, vestidos com camisas do Fluminense, foram vítimas de abordagem violenta por botafoguenses na saída do Clássico Vovô de domingo, no Nilton Santos, vencido pelo Tricolor. O filho, Felipe, chegou a ser segurado pelo pescoço.

— Foi um momento de tensão, de preocupação, todo mundo de cabeça quente. Mas não teve agressão, nem nada. Ficou aquele nervosismo, eles nunca tinham passado por isso. Mas, no momento, causa nervosismo. Graças a Deus, ficou tudo bem – disse o ex-volante, que detalhou o episódio em entrevista ao Globo Esporte:

— Minha esposa deixou o carro no estacionamento e, na volta, teve que sair do estádio. Meu filho e meu sobrinho estavam passando na calçada, tinha uma aglomeração de torcedores do Botafogo. Meu filho e minha esposa estavam com a camisa do Fluminense, algumas pessoas não gostaram. Um torcedor questionou ao meu filho o porquê de ele estar passando ali na calçada e pegou ele pelo pescoço. Minha esposa, na mesma hora, se colocou, disse que era filho dela, que eles só estavam passando por ali para pegar o carro. Mas os próprios torcedores do Botafogo se acalmaram e pediram para eles atravessarem.

Marcão revelou o enorme susto sofrido pela mulher, Fabiana, e lamentou o ocorrido.

— Quando eu cheguei, ela estava nervosa. “O que houve?”. Ela: “Aconteceu uma situação ruim” e me passou tudo. Meu filho estava mais calmo que ela (risos). Fico triste por isso, mas acho que o próprio pessoal do Botafogo viu que eram dois meninos. Eles não estavam afrontando, era só o caminho, estavam passando para pegar o carro. Mas eles atravessaram, e ficou tudo bem. Graças a Deus, não houve nada além – concluiu.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Top