fbpx

Datafolha revela tamanho da torcida do Fluminense no Brasil

Nessa terça-feira, o Datafolha divulgou pesquisa, realizada entre 29 e 30 de agosto, na qual revela o tamanho das torcidas de clubes brasileiros no país. Assim como no levantamento do ano passado, o Fluminense aparece com apenas 1%, ao lado de Botafogo, Bahia, Sport, Santa Cruz, Fortaleza, Vitória e Ceará. Os cariocas preferidos do público são Flamengo e Vasco, com 20% e 4%, respectivamente.

Foram ouvidas 2.878 pessoas, com mais de 16 anos, em 175 municípios do Brasil. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. A maioria dos entrevistados (22%) disse não torcer para nenhum time.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Chamado para amistosos da seleção olímpica, Allan desfalcará Fluminense em dois jogos

Técnico da seleção olímpica, André Jardine anunciou o volante Allan entre os jogadores chamados para os amistosos contra Colômbia e Chile, nos dias 5 e 9 de setembro, no Pacaembu. O jovem disse esperar vida longa com a amarelinha.

– Estou muito feliz com essa convocação. É um período de preparação e a gente sabe que o que vale mesmo é estar dentro da convocação final. Vou lá, dar meu melhor, me esforçar como faço aqui no clube, dar a vida e espero ter continuidade – disse.

Allan desfalcará o Fluminense diante de Fortaleza, dia 07 de setembro, pela 18ª rodada, e Palmeiras, dia 10, em jogo adiado da 16ª rodada. Ambos os compromissos são fora de casa.

– Ficamos felizes com a convocação de um atleta nosso. É uma data FIFA e, provavelmente, vamos conviver com o desfalque. É algo positivo. O atleta se valoriza e valoriza a instituição. Temos de respeitar a data FIFA. Em outra situação, avaliaríamos de forma diferente – explicou o presidente Mário Bittencourt, em entrevista nesta sexta-feira.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Thiago Silva entra na seleção da Copa América

Cinco brasileiros figuram na seleção de melhores da Copa América em 2019, conquistada pelo Brasil no domingo, dia 7, sobre o Peru. Cria de Xerém, Thiago Silva é um deles, seguido de Alisson, Daniel Alves, Arthur e Éverton. Vale lembrar que a equipe só sofreu um gol, justamente na final, que terminou com placar de 3 a 1.

Prestes a completar 35 anos, o “Monstro”, segundo o Jornal Extra, quer ir à Copa de 2022, no Catar. O que, ainda de acordo com o diário, pode adiar seu prometido retorno ao Fluminense, uma vez que a preferência é pela permanência na Europa. Ele tem contrato com o PSG até junho do ano que vem.

À sua espera nas Laranjeiras estão o presidente Mário Bittencourt, que revelou projetar repatriá-lo, e o auxiliar-técnico Marcão, que se disse, durante o dia da eleição do clube, otimista com sua volta num futuro próximo.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Allan comemora título de Firmino pela seleção brasileira no gramado do Maraca

Ex-companheiros de Liverpool, Allan e Roberto Firmino comemoraram a conquista da Copa América pela seleção brasileira, que venceu o Peru por 3 a 1 na final deste domingo, no Maracanã, onde o atacante jogou pela primeira vez. Após a cerimônia de entrega de medalhas, o volante do Fluminense postou foto ao lado do amigo no gramado.

Outros tricolores assistiram ao jogo diretamente do estádio, como Gilberto, Kelvin, Miguel e João Pedro. Além deles, Mário Bittencourt e Celso Barros estiveram no local e, inclusive, encontraram o goleiro Muriel, anunciado como novo reforço do clube na sexta-feira.

No Rio de Janeiro para acompanhar a decisão, o pai de Firmino, José Roberto, conheceu o Centro de Treinamento do Tricolor, seu time de coração, na quinta-feira e aproveitou para rever Allan, que treina de olho na volta do Campeonato Brasileiro, dia 15, contra o Ceará.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Richarlison marca de pênalti para o Brasil e sacramenta conquista da Copa América

É campeão! A seleção brasileira conquistou, neste domingo, a Copa América de 2019, sediada no Brasil. Novamente vítima depois do 5 a 0 na fase de grupos, o Peru não deu vida fácil na final no Maracanã. Mesmo assim, a superioridade da equipe de Tite fez a diferença e encerrou o jejum de títulos da Canarinho, que não levantava uma taça desde 2013.

No jogo de maior renda da história do futebol nacional (R$ 38.769.850,00), os gols foram marcados por Éverton, Gabriel Jesus e, de pênalti, Richarlison, ex-Fluminense, sacramentando o triunfo. Também em penalidade, cometida por Thiago Silva, Guerrero deixou o seu para o Peru.

O zagueiro Thiago Silva, cria de Xerém, e o atacante Richarlison representaram o Fluminense na decisão. Curiosamente, há seis anos e no mesmo palco, um outro ex-tricolor ajudou a seleção a vencer um título. Foi o centroavante Fred, que balançou as redes duas vezes na vitória por 3 a 1 sobre a Espanha pela Copa das Confederações.

A relação entre o Tricolor e a seleção vem de longo tempo. Faz exatos 100 anos que o Brasil faturou seu primeiro troféu sul-americano, no Estádio das Laranjeiras.

O presidente Mário Bittencourt e o vice Celso Barros assistiram ao duelo em camarote. Eles se encontraram com o novo arqueiro do clube das Laranjeiras, Muriel, que foi prestigiar o irmão Alisson, eleito o melhor goleiro do torneio. De folga até terça-feira, João Pedro, Miguel, Gilberto e Kelvin foram alguns dos integrantes do Time de Guerreiros que compareceram ao estádio.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Celso Barros encontra Muriel em Brasil x Peru, no Maracanã

Anunciado na sexta-feira como novo reforço do Fluminense, Muriel encontrou o vice-presidente Celso Barros neste domingo, no Maracanã, durante a final da Copa América, entre Brasil e Peru. O goleiro prestigia o irmão mais novo, Alisson. Mário Bittencourt também marca presença no estádio.

“Hoje foi dia de dar as boas-vindas ao nosso novo goleiro Muriel. Falamos sobre o nosso clube e seleção. Ele estará hoje no Maracanã torcendo pelo título sul-americano e, em especial, pelo seu irmão Alisson, goleiro da seleção brasileira. Também estamos na torcida”.

Muriel aguarda seu contrato de três anos e meio ser publicado no BID até às 14h de segunda para confirmar sua pré-inscrição na Sul-Americana. Deve poder estrear já na retomada do Campeonato Brasileiro, dia 15, contra o Ceará, no Maraca. De folga, o elenco retoma as atividades na terça-feira, data da apresentação do novo contratado.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Tricolor, pai de Roberto Firmino assiste a treino do Fluminense no CT

Pai de Roberto Firmino, atacante do Liverpool e da seleção brasileira, José Roberto assistiu ao treino do Fluminense, seu time do coração, nesta quinta-feira, no Centro de Treinamento. Ele ainda reviu o volante Allan, ex-companheiro de equipe do filho na Inglaterra.

A família de Firmino veio ao Rio de Janeiro para acompanhar a decisão da Copa América, entre Brasil e Peru, às 17h de domingo, no Maracanã. O jogador, aliás, ajudou na classificação sobre a Argentina, no meio de semana, ao ampliar o placar no triunfo por 2 a 0.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Foto: Thayuan Leiras / Globoesporte.com.

Campeão com a seleção olímpica, Pedro volta lesionado e não preocupa para reapresentação ao Fluminense

Ao realizar exames na manhã desta terça-feira, Pedro descobriu que a lesão sofrida na final do Torneio de Toulon, sábado, diante do Japão, é no músculo adutor da coxa esquerda. Ele começou no banco e sentiu uma fisgada na região contundida assim que entrou em campo, aos 34′ do segundo tempo. Terminou campeão com a seleção olímpica, mas não balançou as redes em nenhum dos quatro jogos que disputou.

A contusão, porém, não deve tirá-lo dos compromissos do Fluminense após a pausa para a Copa América. Pedro se reapresenta com o elenco dia 24 de junho e não preocupa para o primeiro duelo do segundo semestre, contra o Ceará, em 15 de junho, no Maracanã.

Convocado para o torneio francês, o centroavante desfalcou o Fluminense em cinco jogos, incluindo Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Sul-Americana. Não atua de verde, branco e grená desde a derrota por 3 a 2 para o Bahia, em Salvador, em 26 de maio. Recuperado da cirurgia no joelho, ocorrida no fim do ano passado, Pedro soma três gols em sete confrontos pelo clube em 2019.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Seleção confirma corte e troca Pedro por Richarlison

A lesão no joelho direito, detectada neste domingo, tirou Pedro da convocação da Seleção para os amistosos de 7 e 11 de setembro, contra os Estados Unidos e El Salvador. O corte, oficializado nesta segunda-feira, dá a Richarlison, ex-companheiro do centroavante no Fluminense, de estrear com a amarelinha. Atualmente, ele atua pelo Everton, da Inglaterra, e tem se destacado no início da Premier League.

– Ficamos muito chateados com a lesão do Pedro. Falei com o Fluminense e com o atleta com o objetivo de tranquilizá-lo, para que ele tenha uma boa recuperação, pois certamente continuará a ser observado quando voltar a jogar – avisou Edu Gaspar, coordenador de Seleções.

Pedro ficará parado por, pelo menos, três semanas. Quando retornar aos gramados, terá pouco tempo para mostrar serviço e tentar a vaga na lista do dia 21 de setembro ou, mais tarde, em 26 de outubro, para testes que estão no planejamento de preparação para a Copa América, entre junho e julho do ano que vem, em solo brasileiro.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

 

Com lesão, Pedro deve perder amistosos da Seleção e ganha ‘combustível’ em tratamento

Depois da cena que preocupou o Brasil, sábado, durante o primeiro tempo da derrota para o Cruzeiro, por 2 a 1, Pedro desembarcou no Rio de Janeiro sem mancar e fez o domingo amanhecer com uma ponta de esperança. Mas os exames, realizados nesta tarde, confirmaram o temor da torcida: lesão no joelho direito. Segundo o Fluminense, o tratamento, a princípio, sem necessidade de cirurgia, deve ser finalizado em até três semanas.

A contusão tira o centroavante de, pelo menos, quatro jogos importantes do clube no Brasileirão, contra São Paulo, Vitória, Botafogo e Atlético-PR. Kayke, que o substituiu no Mineirão, deve ganhar a vaga. No entanto, o problema é ainda maior para o jovem que sonhava conquistar seu espaço na Seleção. Convocado para os amistosos de setembro, nos dias 7 e 11, diante dos EUA e El Salvador, Pedro corre o risco de ser cortado da lista de Tite, dado o prazo de recuperação estimado – nada foi oficializado por enquanto.

Na saída do estádio em Belo Horizonte, o camisa 9 se mostrou confiante e tentou passar tranquilidade aos tricolores.

– Graças a Deus, foi só um susto. Tive uma torção de leve na hora. Eu fiquei assustado com a dor. Preferi sair pois não estava me sentido bem. Agora, estou me sentindo melhor. Queria agradecer a todos os torcedores do Fluminense e do Brasil pelo apoio. Isso é fundamental para me dar força. Foi só um susto – disse.

Hoje, com o problema médico constatado, o discurso se mantém baseado na fé a na gratidão. Veja como ele se posicionou nas redes sociais:

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Top