Flu tem dois jogadores na Seleção do Campeonato Brasileiro Sub-20

Eliminado nas quartas de final da competição, o Fluminense teve dois jogadores na Seleção do Campeonato Brasileiro Sub-20. Wallace e John Kennedy foram escolhidos pelo Blog Tatiquês (e outros papos), do jornalista Marcelo Raed, do SporTV, para compor o melhor time do campeonato.

Confira um pouco sobre os dois Moleques de Xerém:

Wallace (volante do Fluminense): meia de marcação e ótima chegada ao ataque, foi o termômetro do meio-campo do Fluminense. Com três assistências e um gol, participou diretamente em 12% dos gols da equipe na competição, número alto para um volante.

John Kennedy (atacante do Fluminense): vice-artilheiro da competição com 11 gols em 14 jogos, foi um dos principais jogadores do campeonato, o que lhe rendeu a ida para os profissionais ainda com 18 anos.

Fonte: GE

Foto: Maílson Santana/ FFC

Flu repete placar do jogo da ida mas acaba eliminado nos pênaltis do Brasileiro Sub-20

Nos pênaltis, Moleques de Xerém são eliminados do Campeonato Brasileiro Sub-20. Após perder o jogo da ida por 3 a 1, Fluminense repete o placar e vence o Flamengo por 3 a 1 nas Laranjeiras no tempo regulamentar. Gabriel Teixeira, John Kennedy e Wallace marcaram os gols da partida.

A partida começou bem disputada, com as duas equipes se estudando. O Flamengo chegou a assustar com uma bola na trave de Thiaguinho, mas quem abriu o placar foi o Flu. Aos 14 minutos, Gabriel Teixeira cobrou falta forte e após desvio da zaga, gol tricolor.

No segundo tempo o Flu voltou pressionando, e aos 10 minutos Marcos Pedro cruzou na medida para John Kennedy completar para o fundo das redes, empatando a partida no placar agregado, 3 a 3.

A equipe do técnico Eduardo Oliveira quase virou o confronto aos 25, após bom passe de John Kennedy, Wallace recebeu livre na entrada mas acabou finalizando mal. Se na primeira oportunidade ele não aproveitou, aos 38 foi letal, Wallace recebeu de Matheus Martins, limpou a marcação e bateu colocado para marcar o terceiro gol tricolor.

Com o placar adverso, a equipe adversária ensaiou uma pressão e aos 44, Gabriel Barros finalizou colocado de fora da área e voltou a empatar a partida. Com o resultado, a definição da vaga ficou para a disputa de pênaltis.

Nos pênaltis, o aproveitamento do Flu foi ruim, com John Kennedy e Cipriano desperdiçando suas cobranças. A disputa acabou 4 a 1 para a equipe rubro-negra, que se classifica para a semifinal da competição.

Foto: Thiago Mendes/ Porthix

“Carrasco”? Eduardo Oliveira comenta sobre gols decisivos de John Kennedy contra o rival

Artilheiro do time e um dos principais destaques do sub-20 tricolor, John Kennedy tem a fama de “carrasco” pelos gols decisivos marcados contra o Flamengo, como na final do carioca sub-17 de 2019. No jogo de ida das quartas do Brasileiro Sub-20, o atacante marcou e comemorou afirmando ser o carrasco do rival. Para o técnico Eduardo Oliveira, esse retrospecto de gols importantes pode trazer confiança não só para o jogador, mas para toda a equipe.

– O John é um dos atacantes que temos no elenco. Perigoso, ele desde o juvenil vem tendo bom aproveitamento em clássicos. Contra o Flamengo ele teve bons desempenhos, que geraram classificações e títulos para a gente. Isso dá confiança para a nossa equipe e dá confiança para ele. É um momento interessante para a gente aproveitar. Mas ele faz parte de uma equipe, do nosso setor ofensivo. Eu acredito que coletivamente a gente consegue fazer com que esses indivíduos se sobressaiam. – comentou o treinador.

Foto: Maílson Santana/ FFC

Antes de partida decisiva no sub-20, técnico Eduardo Oliveira comenta sobre integração com os profissionais e o sub-23

Em preparação para o confronto decisivo contra o Flamengo pelo jogo de volta das quartas de final do Brasileiro Sub-20, a equipe do técnico Eduardo Oliveira precisa tirar uma desvantagem de dois gols após perder a partida de ida por 3 a 1. A tarefa seria muito mais fácil se todos os jogadores com idade estivessem à disposição, com vários atletas servindo as equipes sub-23 e profissional, o treinador, no entanto, busca ver o lado positivo.

– Para mim o sub-20 tem sido uma escola e um aprendizado. É o último patamar da base que fornece jogadores para o profissional. A gente entende o sub-23 já como futebol profissional. A demanda deles vai ditar o ritmo do grupo que temos para trabalhar durante a semana. No Brasileiro, conseguimos dar oportunidade a muitos jogadores. Conseguimos bons resultados com jogadores que nem sempre tinham uma minutagem alta no clube. – comentou Eduardo.

O treinador explica também sobre uma integração com o futebol profissional, que disponibiliza jogadores abaixo dos 20 anos dos elencos principal ou sub-23 para atuarem nas fases mais avançadas da temporada do sub-20.

– Nessa reta final nós continuamos com essa integração com o futebol profissional para entender quais são os jogadores que estarão à disposição no nosso plantel para o sub-20. Mas eu acho que isso é uma característica da categoria e a gente tem que se adaptar e conseguir bons desempenhos com diferentes jogadores, já que todos são do Fluminense e têm potencial para que possam ser desenvolvidos e evoluir a ponto de chegar à equipe profissional do clube. – explicou o técnico do sub-20 tricolor.

Foto: Maílson Santana/ FFC

Mesmo reforçado, Flu poderia ter “Seleção” para duelo contra o Flamengo nas quartas do Brasileiro Sub-20

Além dos reforços de André, Guilherme e os campeões brasileiros sub-17 Kayky, Matheus Martins, Jefté e João Neto para a partida de volta das quartas de final do Brasileiro Sub-20, o técnico Eduardo Oliveira poderia contar com uma verdadeira “Seleção” se todos jogadores com idade para a categoria integrados aos profissionais estivessem à disposição.

Entre os nomes que poderiam entrar em campo hoje contra o Flamengo estão Marcos Paulo, Calegari, Martinelli, Miguel e Luiz Henrique, todos na equipe profissional, além do zagueiro Luan, cedido ao sub-23.

Se todos com idade estivessem disponíveis, o Fluminense poderia ter o seguinte time no Sub-20:

Pedro Rangel(sub-23/sub-20), Calegari (profissional), Luan (sub-23), Davi e Marcos Pedro; André (profissional), Martinelli (profissional) e Miguel Silveira (profissional); Marcos Paulo (profissional), Luiz Henrique (profissional) e John Kennedy.

Precisando reverter uma desvantagem de dois gols, os Moleques de Xerém enfrentam o Flamengo às 15hrs, nas Laranjeiras, com transmissão do SporTV.

Foto: Maílson Santana/ FFC

André, Kayky e Matheus Martins; Sub-20 ganha reforços para duelo decisivo contra o Flamengo

De olho na classificação para a semifinal do Brasileiro da categoria, o Sub-20 tricolor terá reforços para o jogo de volta das quartas de final contra o Flamengo. Após derrota na partida de ida por 3 a 1, o volante André, já incorporado aos profissionais, o lateral do sub-23 Guilherme, além dos campeões brasileiros sub-17 Kayky, Matheus Martins, Jefté e João Neto estarão à disposição do técnico Eduardo Oliveira.

Com a desvantagem no placar, os Moleques de Xerém precisam vencer por pelo menos dois gols de diferença para levar a decisão para os pênaltis.

A bola rola amanhã, às 15hrs, nas Laranjeiras, com transmissão do SporTV.

Foto: Maílson Santana/ FFC

Moleques de Xerém enfrentam o Flamengo hoje pelas quartas de final do Brasileiro Sub-20

De olho em mais um título na base, após conquista do Brasileiro Sub-17, o Fluminense enfrenta o Flamengo pela partida de ida das quartas de final do Campeonato Brasileiro Sub-20, às 15hrs, na Gávea, com transmissão do SporTV.

No último duelo entre as equipes, na penúltima rodada da primeira fase, empate por 1 a 1 nas Laranjeiras, gol do atacante Samuel.

A equipe do técnico Eduardo Oliveira se classificou 3⁰ lugar na primeira fase, e decide a classificação no jogo de volta em casa, dia 4 de Janeiro, nas Laranjeiras.

Foto: Lucas Merçon/ FFC

Classificado para às quartas de final do Brasileiro Sub-20, números mostram força do Flu na competição

Classificados em terceiro lugar geral após vitória por 1 a 0 sobre o Ceará, Moleques de Xerém mantém um histórico impressionante no Brasileiro Sub-20.

Realizado com a chancela da CBF desde 2015, a competição tem o Fluminense como um de seus principais protagonistas. Campeão em 2015, com Douglas, Danielzinho e Pedro entre os destaques, equipe Tricolor é a única a ter se classificado para a segunda fase do Brasileiro em todas as edições.

Flu também é recordista de pontos (146) e gols (125) na história da competição.

Confira as campanhas ao longo dos anos:

2015 – Campeão

2016 – Segunda fase

2017 – Segunda fase

2018 – Semifinal

2019 – Quartas de final

Foto: Lucas Merçon/ FFC

Com gol de Gabryel Martins, Flu vence o Ceará por 1 a 0 e se classifica para o mata-mata do Brasileiro Sub-20 em terceiro lugar

Jogando fora de casa, Moleques de Xerém venceram o Ceará por 1 a 0, gol de Gabryel Martins. Já classificado para o mata-mata, Flu apenas cumpriu tabela na última rodada da primeira fase da competição, e com o resultado, garantiu a terceira colocação geral no Brasileiro Sub-20.

As quartas de final começam no próximo domingo (27/12), em jogos de ida e volta. O adversário tricolor será a equipe do Flamengo, 6⁰ colocado geral.

Por ter a melhor campanha, Fluminense faz o segundo jogo em casa, já em 2021.

Foto: Luis Miguel Ferreira/ FFC

Moleques de Xerém empatam nas Laranjeiras e sobem na tabela do Brasileiro Sub-20

Com gol de Samuel, Fluminense empata por 1 a 1 com o Flamengo nas Laranjeiras e sobe para a terceira colocação no Brasileiro Sub-20.

Já classificados para as quartas de final, os Moleques de Xerém começaram a partida pressionado o adversário, dominando as ações no meio campo. Antes dos 10 minutos, duas boas chances de gol, com Wallace e Samuel.

Aos 24, Gabriel Teixeira arrancou em velocidade no contra ataque e serviu para Samuel, livre dentro da área, abrir o placar do jogo. A vantagem quase ficou maior dois minutos depois, Edinho fez bom passe para Miguel, que finalizou cruzado com perigo, parando no goleiro.

Apesar de melhor durante toda primeira etapa, o Flu acabou não aproveitando as chances criadas para ampliar o marcador. Aos 44, Em uma desatenção do sistema defensivo, Rodrigo Muniz completou de cabeça cruzamento de Ramon e empatou a partida, 1 a 1.

Na volta do intervalo, a partida caiu tecnicamente e ambas equipes tiveram dificuldades em criar oportunidades de perigo. A melhor chance tricolor veio já nos acréscimos, em cobrança de falta do camisa 8 Wallace, um dos destaques do confronto, mas não foi o suficiente para mudar o placar.

Na próxima rodada, a última da primeira fase, equipe do técnico Eduardo Oliveira enfrenta o Ceará fora de casa, no Domingo (20/12), às 16hrs.

Foto: Lucas Merçon/ FFC