fbpx

Campeão com o Cruzeiro, Bruno Silva quer bi da Copa do Brasil e avalia início de passagem pelo Flu

Às 19h15, em jogo adiado por conta da chuva que atingiu o Rio de Janeiro no início da semana, o Fluminense encara o Luverdense, no Maracanã, em busca da permanência na Copa do Brasil. Campeão do mata-mata com o Cruzeiro em 2018, Bruno Silva quer repetir a dose, dessa vez com as cores verde, branco e grená.

– Fui campeão ano passado e farei de tudo para novamente conquistar a Copa do Brasil. Queremos fazer história neste ano pelo Fluminense – disse.

Passando por revezamento em decorrência de lesões, a zaga ainda não levou gols no torneio. Matheus Ferraz e, no momento, Nino são os encarregados de impedir ameaças à baliza de Rodolfo.

– Não sofremos gol ainda na Copa do Brasil 2019. É um estilo de competição que a nossa equipe se comporta bem. Gostamos de ter a posse de bola e podemos enfrentar qualquer equipe de igual para igual – declarou Bruno Silva.

Presente em 15 dos 20 jogos do clube na temporada, com um gol marcado, o volante avalia como positivo seu início de passagem pelas Laranjeiras. Após destaque no Botafogo, ele visa reencontrar o sucesso.

– Estou muito feliz no Fluminense. Tive uma passagem positiva pelo futebol carioca e estou novamente tendo sucesso aqui. Tenho a confiança da comissão técnica e isso é fundamental para repetir o bom desempenho individual de outras temporadas – completou.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Bruno Silva reconhece nervosismo com gol anulado: “Falou que foi impedimento e voltou com uma falta”

Pouco depois de a bola começar a rolar no Maracanã, o juiz, alegando impedimento, anulou gol marcado por Léo Santos e que daria mais tranquilidade ao Fluminense. Marcelo de Lima Henrique analisou o lance com auxílio do VAR por quatro minutos e confirmou a invalidação, o que gerou a primeira confusão da noite de quarta-feira.

– É porque ele (árbitro) falou que foi impedimento e voltou com uma falta. Acho que a gente ficou um pouco nervoso por causa disso. Ele foi olhar o impedimento que o bandeirinha falou e voltou com uma falta. Acho que a gente tem que ter a cabeça no lugar. Temos que saber lidar com isso. Não vai mudar. Não mudou nunca, não vai mudar agora – explicou Bruno Silva.

Por outro lado, o volante cobrou uma postura diferente do time no clássico que levou o Flamengo, que venceu por 2 a 1, à decisão da Taça Rio, domingo.

– Mas o jogador tem que entrar mais tranquilo – eu me coloco no meio também. Se entrarmos em campo preocupados em discutir, vai gerar na torcida. Se todo mundo se conscientizar, já melhora bastante.

Foi um duelo que mexeu com os ânimos dos jogadores e acabou marcado por discussões e vários cartões, amarelos (11) e vermelhos (2, para Bruno Henrique e Ganso). Bruno Silva disse discordar da forma como atletas agem em campo.

– Tem que começar com os jogadores, a gente dar exemplo. Futebol está muito chato. Qualquer coisinha hoje é uma polêmica gigantesca. Tem que partir da gente, ter um pouquinho de cabeça no lugar. Tem falta que é falta e não adianta ficar reclamando, xingando.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Fluminense consegue liberação para Bruno Silva jogar clássico com o Flamengo

Com o recurso contra suspensão negado pelo TJD-RJ na quinta-feira, o Fluminense precisou vencer o tempo para garantir a presença de Bruno Silva no clássico com o Flamengo, domingo, pela última rodada da Taça Rio. A menos de meia-hora para o recesso do fim de semana do judiciário, o clube conseguiu um segundo efeito suspensivo.

Porém, o STJD vai marcar um julgamento para decidir se a pena de seis jogos, dos quais o volante cumpriu apenas dois, deverá ser obedecida. A punição é em decorrência da cusparada a vascaínos em duelo no Mané Garrincha, no início de fevereiro.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

 

TJD-RJ nega recurso contra suspensão, e Fluminense pode perder Bruno Silva para o Campeonato Carioca

Denunciado por cusparada a vascaínos em clássico no Mané Garrincha, Bruno Silva pegou suspensão por seis jogos, dos quais cumpriu apenas dois. Conseguiu efeito suspensivo, mas o TJD-RJ, nesta quinta-feira, negou o recurso impetrado pelo Fluminense para anular a pena, em decisão que, por ora, não é definitiva. Assim, o volante pode ser desfalque durante o último mês do Campeonato Carioca.

Hoje, o Fluminense recorrerá ao STJD em busca de mais um efeito suspensivo. Todavia, a questão pode não ser resolvida a tempo de relacioná-lo para o duelo com o Flamengo, domingo, pela última rodada da Taça Rio. O prazo para concluir o trâmite afim de tê-lo no fim de semana é até as 19h desta sexta-feira.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Bruno Silva projeta reencontro com o Botafogo e revela papo com Sassá sobre o Fluminense

Foto: Lucas Merçon / FFC

Volante confirmou conversa com atacante, que foi seu companheiro de time no Cruzeiro

Nesta sexta-feira (15), um dia depois da vitória do Fluminense por 3 a 0 sobre o Boavista, em jogo adiantado da 5ª rodada da Taça Rio, Bruno Silva concedeu entrevista coletiva no Centro de Treinamento Pedro Antônio, o CTPA. De volta após o clube conseguir um efeito suspensivo, o volante foi titular em Bacaxá.

Perguntado sobre o triunfo conquistado, Bruno Silva afirmou que esperava um jogo difícil e projetou o clássico do próximo domingo (17) contra o Botafogo, às 19h (de Brasília), no Maracanã. Além disso, o jogador de 32 anos falou sobre Diego Souza, que pode fazer sua estreia justamente contra o Tricolor.

Foi uma vitória importante. Sabíamos que seria um jogo difícil, mas fizemos o nosso papel bem feito. Vamos pensar no clássico, todo mundo quer ver um clássico com grandes jogadores. O Diego vai estar do outro lado e estamos em um momento bom. Vamos nos preparar, treinar e descansar para conseguir a vitória“.

O Diego é um grande jogador, que dispensa comentários. É um jogador que desperta preocupação. Também temos o nosso craque, que é o Ganso. São jogadores que fazem a diferença. Quem ganha com isso é o torcedor“.

O volante revelou um papo com seu ex-companheiro e amigo Sassá, que pode ser envolvido no negócio entre Fluminense, Cruzeiro e Everaldo. De acordo com ele, o atacante tem um grande potencial e pode decidir jogos.

É meu amigo, é um amigo que eu tenho. Conversei com ele e ele falou dessa possibilidade. Espero que venha. Não sei como está, mas é um cara diferente, que pode decidir um jogo. Como não tem nada certo, não vou falar muito.É um cara que tem muita qualidade, potencial muito grande. Se for verdade, que possa vir para ajudar“.

Bruno Silva também comentou sobre o reencontro com o Botafogo, onde atuou por dois anos, e pregou foco total em representar a camisa tricolor.

Respeito o Botafogo, mas sou jogador do Fluminense e quero ganhar. Vamos em busca de um grande jogo e da vitória. Vontade não vai faltar“.

Por fim, o camisa 8 do Fluminense afirmou que o time treina para os grandes jogos e que almeja bons resultados nessa sequência (Botafogo e Antofagasta-CHI). O volante concluiu rasgando elogios a Paulo Henrique Ganso, estrela da equipe nesta temporada.

Com todo respeito às outras equipes, a gente está treinando para esses grandes jogos. Queremos jogar clássicos. Essa sequência que está vindo pela frente, com Sul-Americana e dois clássicos. Vamos treinar, porque temos muito a evoluir“.

São jogadores que fazem a diferença. É bom para o futebol, para o espetáculo. Espero que o nosso 10 possa fazer a diferença no decorrer do ano. Que possa desequilibrar para conseguirmos vitórias importantes“.

Após mês machucado, João Pedro é novidade em treino no CT

Promovido ao profissional neste ano, João Pedro ficou parado por um mês em razão de lesão causada por Bruno Silva em dividida dura em treino no CT. Exames realizados à época apontaram apenas uma entorse no tornozelo esquerdo.

Recuperado, o jovem retomou os trabalhos com bola na manhã desta segunda-feira. Reserva, ele jogou apenas duas vezes, entrando com o duelo já em andamento. Fez seu último jogo em 5 de fevereiro, na goleada por 5 a 0 sobre o River-PI, em Teresina, pela primeira fase da Copa do Brasil.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Bruno Silva pega gancho de seis jogos por cusparada a vascaínos

Bruno Silva, enquadrado no artigo 254-B (cuspir em outrem), respondeu no TJD-RJ pela cusparada dada a vascaínos em clássico na fase de grupos da Taça Guanabara, no Mané Garrincha. O julgamento, realizado nesta quarta-feira, determinou gancho de seis jogos ao volante.

A serviço do Fluminense, o advogado Lucas Maleval argumentou que o juiz do jogo não relatou o episódio na súmula e pediu que o vídeo que registrou a ação, publicado por uma torcedora rival, não fosse considerado como prova. Os auditores negaram o requerimento.

Eram quatro relatores presentes e houve um empate na votação pela punição a ser aplicada ao jogador. Dois queriam que a suspensão durasse quatro partidas, enquanto os demais defendiam pena de seis jogos, posição com a qual o presidente da sessão, Wagner Vieira, concordou, dando seu voto de minerva.

Inicialmente, a audiência havia sido marcada para 13 de fevereiro, mas acabou adiada por conta do alerta de temporal no Rio. Passou para dia 20, sendo novamente remarcada, agora para esta quarta, em razão de uma falha de comunicação no órgão.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Pena a Bruno Silva no Botafogo muda para doação a comunidade no Rio

Bruno Silva havia sido suspenso por três jogos por uma bolada no juiz Bruno Arleu de Araújo, em 2017, época em que ainda defendia o Botafogo. A polêmica ocorreu na final da Taça Rio daquele ano. Como se transferiu para o Cruzeiro, acabou carregando a pena e, agora no Fluminense, poderá cumpri-la.

Por decisão do TJD-RJ, o duelo restante para encerrar o assunto virou doação de 15 cestas básicas a moradores do Vidigal, na Zona Sul do Rio. A comunidade sofre consequências da chuva que assolou a cidade na primeira semana do mês. São pelo menos 40 famílias desabrigadas e, inclusive, há riscos de novos desabamentos.

– Acho que, em tempos tão caóticos, de ninguém solta a mão de ninguém, tão amplamente divulgado em redes sociais, a gente precisa, de fato, não soltar a mão. Fiz uma pequena mobilização nas redes sociais e, no dia seguinte, o Marcelo Jucá (presidente do TJD-RJ), vendo a minha postagem no Instagram, veio até mim e procurou saber mais sobre o trabalho voluntário que estava acontecendo sem eu mesma ter noção da tamanha ajuda que estávamos fornecendo. Daí fiquei sabendo das cestas básicas frutos de conversões de punições a jogadores e logo entrei em contato com a Associação e com o meu amigo Piu. Conseguimos uma Kombi da comunidade para buscar as 55 cestas (sendo 40 doadas por Rildo, do Vasco, cuja punição acabou convertida). A entrega foi só alegria – relata uma das voluntárias na Associação de Moradores do Vidigal, Wanisy Roncone.

O volante, aliás, tem um julgamento marcado por direcionar cusparada a vascaínos no clássico no Mané Garrincha, pela fase de grupos da Taça Guanabara. Dessa maneira, está sujeito a mais uma sanção. Adiada uma vez pelo alerta de temporal no Rio e, depois, por uma falha de comunicação entre os auditores, a audiência está marcada para o dia 27.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Por precaução, Bruno Silva fica de fora da partida contra o Bangu

Foto: Lucas Merçon / FFC

Volante sentiu dores na coxa direita na final da Taça Guanabara e será poupado 

Nesta sexta-feira (22), o Fluminense enfrenta o Bangu pela 1ª rodada da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. A partida, que será realizada no Maracanã, às 21h (de Brasília), marcará a estreia de Paulo Henrique Ganso com a camisa tricolor. O time de Fernando Diniz terá três desfalques para este jogo: Airton e Luciano, expulsos contra o Vasco, e também Bruno Silva, que foi substituído durante o duelo do último final de semana com dores na coxa direita e não se recuperou a tempo de atuar contra o Bangu.

O volante chegou a treinar normalmente durante a preparação para a partida desta sexta, mas acabou sendo vetado pelo departamento médico e ficou de fora da relação. No exame realizado após a derrota para o Cruzmaltino não foi detectada nenhuma lesão muscular. Porém, como ainda se queixava de algumas dores, o jogador não foi liberado para atuar esta noite.

Em entrevista coletiva concedida na última quinta (21), Fernando Diniz já havia comentado a possibilidade de Bruno não jogar.

“Com a saída do Bruno… A gente não sabe se ele vai jogar ainda, estamos avaliando. Tínhamos a preocupação com o julgamento (pela cusparada no primeiro jogo com o Vasco), que foi adiado. E agora estamos avaliando se vale ele jogar ou não. Tem jogadores para entrar. Quando você começa a repetir a equipe tendo pouco tempo para treinar a naturalidade do jogo acaba saindo com o decorrer das partidas. Mas com isso talvez a gente sinta um pouco. Os que entrarem vão fazer uma boa partida”.

Veja abaixo a lista completa dos relacionados para a partida contra o Bangu:

Foto: Reprodução / Twitter

 

O profeta: Bruno Silva revela que previu gol do Flu no fim da partida

Foto: Lucas Merçon/FFC

Volante também fez questão de enaltecer o trabalho do técnico Fernando Diniz.

A vitória do Fluminense por 1 a 0 diante do Flamengo, foi como o torcedor gosta: com emoção, suado, e com um gol nos últimos minutos.

Em menor número, a torcida tricolor acreditou o tempo todo e ficou no estádio mesmo quando parecia que a classificação ficaria com o rubro-negro. Dentro de campo, o pensamento era o mesmo: Bruno Silva, por exemplo, já havia comentado com Luciano que o gol Tricolor sairia no fim:

– Eu falei com o Luciano que o gol iria sair aos 44 minutos. Saiu depois um pouquinho, né ? (risos) – disse o volante.

O camisa 8 fez questão também de destacar o trabalho do treinador Fernando Diniz, que em pouco tempo conseguiu implementar um padrão e uma identidade à equipe:

– Isso também é mérito do Diniz: temos que ressaltar que esse cara está fazendo, o que ele trabalha. O que a gente faz aqui é muito treinamento, muita repetição. E quando a gente chega no jogo e faz é porquê tem que fazer pois se treina muito – completou o jogador.

Com a vitória, o Fluminense garantiu classificação para enfrentar o Vasco na final da Taça Guanabara no próximo domingo (17), no Maracanã, às 17hrs.

Top