fbpx

Destaque do Fluminense pode parar no Flamengo em 2020

O volante/lateral esquerdo Caio Henrique, destaque do Fluminense no último Campeonato Brasileiro, pode pintar como reforço do Flamengo para a temporada de 2020.

O jogador que estave emprestado ao Fluminense pelo Atlético de Madrid é cobiçado por outros clubes do Brasil também,como Grêmio e Santos.

Embora saiba da valorização do atleta, o Fluminense ainda não desistiu de contar com o futebol de Caio e busca uma renovação de empréstimo junto ao clube espanhol como confirmou o próprio presidente Tricolor, Mário Bittencourt, em coletiva concedida na última sexta-feira (13).

Foto em destaque: Divulgação/FFC

Caio Henrique vira jogador que mais vestiu a camisa do Fluminense numa temporada desde Conca em 2009

No triunfo por 2 a 1 sobre o Corinthians, domingo, no encerramento do Brasileirão, Caio Henrique chegou ao jogo de número 65 em 2019. A marca torna o jovem de 22 anos o jogador que mais vestiu a camisa do Fluminense em uma temporada desde 2009, quando Conca entrou em campo 67 vezes.

Em seguida, com 63 partidas, estão o goleiro Júlio César (2018), o zagueiro Henrique e o volante Cícero (2016). O ranking ainda conta com nomes como Mariano, Diego Cavalieri, Edinho e Henrique Dourado. Considerando a presente década, o lateral-esquerdo é quem mais jogou pelo Tricolor durante um ano. Confira:

  • 2010: Conca – 60 jogos
  • 2011: Mariano – 61 jogos
  • 2012: Diego Cavalieri – 61 jogos
  • 2013: Edinho – 61 jogos
  • 2014: Conca – 60 jogos
  • 2015: Diego Cavalieri – 58 jogos
  • 2016: Cícero e Henrique – 63 jogos
  • 2017: Henrique Dourado – 59 jogos
  • 2018: Júlio César – 63 jogos
  • 2019: Caio Henrique – 65 jogos

Emprestado ao Time de Guerreiros apenas até dezembro, Caio Henrique, vinculado ao Atlético de Madrid, vem sendo sondado por diversos clubes brasileiros, apesar de priorizar um retorno à Europa. Com convocações à seleção olímpica, ele assumiu o posto de atleta com mais partidas no país nessa temporada.

Quem desponta como principal candidato brasileiro à contratação é o Grêmio. Porém, o jogador admite querer ficar nas Laranjeiras, enquanto o clube busca a renovação do contrato.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Caio Henrique destaca classificação à Sul-Americana e despista sobre futuro: “deixo na mão do meu staff”

Após garantir vaga à Copa Sul-Americana do ano que vem com a vitória por 2 a 1 sobre o Corinthians na tarde deste domingo (8), o meia/lateral Caio Henrique fez questão de enaltecer a classificação:

Fechamos com chave de ouro conseguindo a classificação para a Sul-Americana, era um passo importante que a gente tinha que dar até pra dar uma reposta para a nossa torcida que nos apoiou e até cobrou, mas nos momentos difíceis estiveram lá com a gente – disse o jogador.

Questionado sobre sua permanência em Laranjeiras, Caio se esquivou mais uma vez:

Sempre deixei bem claro que me sinto bem à vontade no Fluminense, me abraçaram desde o início do ano, mas essa parte eu deixo com meu staff, até porque não dependo só de mim, ainda tenho contrato com o Atlético de Madrid e tenho que sentar com eles, vê o que querem e o que é melhor pra minha carreira – concluiu.

Vale destacar que o jogador tem seu contrato de empréstimo com o Fluminense se encerrando no final do ano e o Grêmio teria surgido como um possível destino para o atleta que foi um dos destaques do Campeonato atuando na lateral esquerda.

Foto em destaque: Divulgação/FFC

Caio Henrique encaminha saída do Fluminense; esposa de Nino “entrega” despedida

Mal acabou o Campeonato Brasileiro e o Fluminense sabe que sofrerá uma grande perda para o ano que vem. Um dos principais jogadores do elenco em 2019, Caio Henrique deve se transferir para o Grêmio, que venceu a disputa com o Corinthians. Flamengo e Santos fizeram sondagens, mas ficaram para trás devido às concorrências de Filipe Luís e Jorge, respectivamente.

A diretoria gremista nega ter negociação avançada, mas não esconde o interesse na contratação do lateral-esquerdo de 22 anos. O clube gaúcho é considerado possível candidato à compra do jovem, vinculado ao Atlético de Madrid.

Presente no rebaixamento do Paraná à Série B em 2018, Caio Henrique chegou ao Tricolor, em meados de janeiro, como volante e com status de reserva. Acabou deslocado para a lateral e colecionou convocações à seleção olímpica. Pelo Time de Guerreiros, marcou dois gols em 62 jogos – números que podem aumentar no domingo, diante do Corinthians.

Jantar de despedida

Na sexta-feira, Caio Henrique e sua namorada jantaram com Nino e esposa, que publicou mensagem de despedida em rede social. “Já com saudades de vocês, ‘migos'”.

Imagem

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: UOL.

Caio Henrique despista sobre futuro: “Deixo na mão do meu staff”

Em coletiva realizada na tarde desta terça-feira (3) no CT Carlos Castilho, o lateral Caio Henrique respondeu sobre uma possível permanência no Fluminense para o ano que vem.

O jogador que está emprestado ao Flu pelo Atlético de Madrid, da Espanha, desligou sobre o futuro e disse deixar essa questão na mão do seu staff:

Pretendo focar ainda nesse dois últimos jogos pra fechar bem o ano e depois pensar no futuro. Ainda tenho contrato com o Atlético de Madrid e deixo isso na mão do meu staff – disser o jogador durante a coletiva.

Caio Henrique lamenta empate com Avaí e afirma: “Era um jogo que estava controlado”

Lateral-esquerdo assumiu que faltou “aquele gás” nos momentos finais da partida, mas já virou a página e pregou foco no duelo com o Fortaleza

Foto: Lucas Merçon / FFC

Neste último domingo, o Fluminense perdeu uma grande chance de se livrar de vez de qualquer possibilidade de rebaixamento. Após abrir o placar com Marcos Paulo, o Tricolor recuou, abdicou do domínio do jogo, desperdiçou a chance de matá-lo e acabou sofrendo o empate do lanterna Avaí já nos minutos finais.

O tropeço, que fez com que a equipe continuasse na 15ª posição, foi alvo de lamentação entre os jogadores, como por exemplo Caio Henrique. Depois do apito final, o lateral-esquerdo tricolor analisou a queda de rendimento do Flu no segundo tempo, mas também fez questão de virar a página e focar totalmente no duelo contra o Fortaleza, no Maracanã.

“Faltou aquele gás no final. Pecamos no fim. Era um jogo que estava controlado, praticamente resolvido. Agora é pensar na próxima partida contra o Fortaleza. Dependemos apenas da vitória para nos livrarmos matematicamente”, afirmou.

Vale destacar que, mesmo com o empate, o Tricolor carioca ainda pode se livrar do rebaixamento nessa rodada. Para isso, o Vasco precisa vencer o Cruzeiro, em São Januário. A bola rola às 20h (de Brasília).

Caio Henrique no Flu em 2020?

Caio Henrique, que virou lateral e o jogador da elite do futebol brasileiro com mais partidas no ano, faz planos que incluem Seleção, Olimpíadas e possível permanência em Laranjeiras em 2020.

Caio Henrique, é o jogador mais regular do Fluminense neste ano. O volante de 22 anos saiu do meio de campo e encontrou na lateral esquerda não só sequência, mas o destaque para chegar a titular da seleção olímpica a meses dos Jogos do Japão, em 2020.

Sobre a sua permanência ou não no time, declarou:

-Não depende só de mim, tenho contrato com o Atlético de Madrid. Mas os presidentes já começaram a conversar. Sempre deixei claro que a minha permanência seria muito bem-vinda. Estou adaptado ao clube, à cidade e muito feliz aqui.

Foto: Mailson Santana/Fluminense

Fonte: Globo esporte

Após atuar pela Seleção Olímpica, Caio Henrique retorna ao Flu

O lateral-esquerdo Caio Henrique está de volta ao elenco tricolor. O jogador foi titular em dois jogos pelo time brasileiro, contra EUA e Argentina em partidas realizadas na Espanha com a seleção pré-olímpica.

Caio em ação na Espanha (Foto: Fernando Torres/CBF)

Ele chegou ao Brasil na manhã desta terça-feira é esperado no treino de quarta, no CT Carlos Castilho. O Tricolor não deve ter problemas para contar mais uma vez com Caio, já que o próximo compromisso é apenas na próxima segunda-feira quando o time visita o CSA. A partida será no estádio Rei Pelé às 20h (de Brasília), em duelo direto contra o rebaixamento. Com 35 pontos, o Flu está no Z-4, na 17ª posição.

Saudações Tricolores,

João Eduardo Gurgel

Caio Henrique e suas chances de permanecer no futebol brasileiro

Caio Henrique, um dos destaques do Campeonato Brasileiro pelo Fluminense, é bem avaliado pela equipe de análise de desempenho do Santos. Porém, o retorno ao clube de formação em 2020 é inviável.

Caio está emprestado pelo Atlético de Madrid até dezembro e há chance de permanecer no futebol brasileiro na próxima temporada. O problema relacionado ao Peixe, porém, vem do passado.

Parte da atual diretoria santista é contra qualquer chance da volta do jovem de 22 anos por causa da saída conturbada em 2016. A proposta foi baixa,v não houve acerto pela renovação do contrato e Caio saiu para o Atlético por pouco mais de R$ 1 milhão e um salário muito maior, sem nem estrear como profissional.

Em entrevista à Gazeta Esportiva concedida em junho, Caio falou sobre o sonho de atuar profissionalmente pelo time do coração.

“Conversamos com o Santos antes de acertar com o Paraná (em 2018), era um momento político conturbado, não houve acerto. Mas não guardo rancor nem mágoa. Não acho que o Santos errou, cada um com suas razões. Clube onde eu me formei, clube do coração. Sempre torço para que as coisas aconteçam. Daqui a um tempo, quem sabe voltar para casa? Tenho que pensar no meu trabalho no Fluminense, mantendo a pegada. Assim coisas boas surgem”, disse Caio.

fonte: gazetaesportiva

Flu fica sem Caio Henrique e usará Orinho contra Atlético

Caio Henrique disputou 60 jogos oficiais pelo Fluminense, sendo 54 como titular.

Na briga contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro, Flu não poderá contar com o jogador que mais vezes atuou pelo clube em 2019 em seu próximo compromisso. 

Caio Henrique, que vem sendo improvisado na lateral esquerda, foi convocado para defender a Seleção Brasileira Pré-Olímpica em um torneio amistoso na Espanha. Caio disputou 60 jogos oficiais pelo Fluminense, sendo 54 como titular. 

Mas não poderá enfrentar o Atlético, sábado (16) no Maracanã, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. Enquanto isso, sua vaga no Fluminense será ocupada por Orinho. 

“- Passo a semana fora e perco a partida contra o Atlético-MG, mas ficarei torcendo pelos companheiros. A seleção é um sonho de qualquer menino, mas ao mesmo tempo quero ajudar o clube, que passa por uma situação delicada também”, declarou Caio Henrique.

Top