fbpx

Fluminense insiste em Nenê e admite ceder Calazans ao São Paulo

Ainda sonhando com Nenê, o Fluminense mudou de ideia sobre a inclusão de Marquinhos Calazans numa possível troca com o São Paulo. Reserva que vem sendo bastante acionado por Fernando Diniz, o jovem, segundo Paulo Angioni, era considerado nos planos para a temporada. Mas o interesse no meia de 37 anos se sobrepôs a essa primeira postura.

Após a negativa do Tricolor, o São Paulo ensaiou uma negociação por Calazans paralelamente às conversas por Nenê. Nos últimos dias, porém, os clubes passaram a reavaliar a questão. O atacante é um pedido de Cuca, que se prepara para assumir o time que, hoje, é comandado pelo interino Vagner Mancini. Todavia, ao NETFLU, o empresário Gilmar revelou que são os paulistas que dificultam a saída do veterano.

Machucado, Nenê deve se recuperar até as fases eliminatórias do Campeonato Paulista. Só próximo ao início do Brasileirão é que a tratativa promete, enfim, ganhar um desfecho. O jogador está entre os “negociáveis” dado o alto salário e a necessidade de reformulação no Morumbi.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Com suspensões no Fluminense, Fernando Diniz dá chance a Allan contra a Cabofriense

Em jogo válido pela Taça Rio, Fluminense e Cabofriense se enfrentam às 16h deste domingo, no Maracanã. Sem Bruno Silva e Everaldo, suspensos, Fernando Diniz dará chance a Allan no meio-campo e deve apostar em Marquinhos Calazans para completar o trio de ataque, com Yony González e Luciano.

Assim como Paulo Henrique Ganso, o volante Allan estreou contra o Bangu, dia 22 de fevereiro. Deixou boa impressão, mas só neste fim de semana vai, enfim, começar jogando. Calazans, por sua vez, é peça carimbada, pelo menos, nas substituições, seja em sua posição original ou improvisado como lateral-esquerdo.


Provável escalação:
Rodolfo, Gilberto, Matheus Ferraz, Digão e Caio Henrique; Airton, Allan e Ganso; Luciano, Yony González e Calazans.

Na negociação por Nenê, que deve assinar por dois anos com o Tricolor, o São Paulo pediu que o atacante fosse envolvido numa troca. Mas, por ele ser frequentemente acionado pelo técnico, a diretoria recusou.

Punido pelo TJD-RJ, Bruno Silva cumpre gancho de seis partidas por cusparada a vascaínos no clássico em Brasília, mês passado. Everaldo levou cartão vermelho no empate em 1 a 1 com o Resende, na última sexta-feira.

Caso vença amanhã, a equipe assume a liderança isolada do grupo B, com 7 pontos, dada a derrota do Volta Redonda (6 pontos), que dorme líder, para o Bangu e o empate do Vasco (5 pontos), na segunda colocação, com o Flamengo.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Top