Moleques de Xerém vencem o Vasco e conquistam o bicampeonato Carioca sub-20

É campeão! Após derrota na ida por 2 a 1, o Fluminense venceu o Vasco por 3 a 0 em São Januário e conquistou o 19º título do Campeonato Carioca sub-20. Luan Brito, Diego Barbosa e Mateus Alves marcaram os gols da partida.

A conquista marcou o segundo título consecutivo dos Moleques de Xerém na competição, que venceram o Flamengo na final da temporada passada.

O jogo

Os Moleques de Xerém abriram o placar nos acréscimos da primeiro etapa com Luan Brito, que recebeu de Abner e finalizou de canhota no ângulo, sem chances para o goleiro.

Aos 13 minutos do segundo tempo, Ray levou o segundo cartão amarelo e foi expulso, deixando o tricolor com um jogador a mais em campo.

O Fluminense virou a partida aos 28 minutos, Diego Barbosa, que veio do banco, finalizou de fora da área e marcou um belo gol.

O terceiro gol saiu aos 43 minutos, Alexsander roubou a bola no meio campo, levou ao ataque e rolou para Mateus Alves, livre na área, sacramentar o título tricolor.

Campanha do Fluminense no Carioca sub-20

  • 17 jogos
  • 10 vitórias
  • 4 empates
  • 3 derrotas
  • 34 gols marcados
  • 12 gols sofridos

Ficha técnica

Fluminense: Cayo Fellipe; Justen, Felipe, Davi Schuindt e Jefté; Alexsander, Luis Fernando (Diego Barbosa) e Arthur; Abner (Mateus Alves), John Kennedy e Luan Brito (Thiago Henrique). Técnico: Guilherme Torres

Vasco: Cadu; Wesley (Paulinho), Pimentel, Victão e Julião (Leandrinho); Rodrigo, Lucas Eduardo (Caio Dantas) e Erick Marcus (Rayan); Ray, Tavares (Juan) e GB (Paixão). Técnico: Igor Guerra.

Foto: Leonardo Brasil/ FFC

Fluminense é campeão invicto da Copa Nike sub-15

Com uma campanha irretocável, os Moleques de Xerém venceram o Santos por 3 a 0 na final e conquistaram o título da Copa Nike sub-15. Gorgulho, Isaque e Matheus Reis marcaram os gols da partida.

Campeões também da Copa Rio da categoria, a esquadrilha 07, como é conhecida a geração sub-15 do tricolor, fez bonito na Copa Nike. O Fluminense não sofreu nenhum gol em seis jogos, teve o melhor goleiro, Dayvisson, e o craque da competição, Isaque.

Dominantes na temporada, a geração 07 disputou 17 jogos no ano, com 13 vitórias, 4 empates, 43 gols marcados e apenas 6 sofridos, conquistando de forma invicta as Copas Nike e Rio da categoria, com a melhor defesa e o melhor ataques nas duas competições.

Hoje fizemos história! Ganhamos um título de grande expressão, a principal competição da categoria no Brasil, com as melhores equipes do país de forma invicta e sem sofrer gols. Estou extremamente orgulhoso de todos os Moleques de Xerém. Fizeram um campeonato impecável. Preciso agradecer a todos da nossa comissão que trabalharam incansavelmente para esse objetivo. Vamos continuar trabalhando com muita ambição e querendo sempre mais. Temos uma grande geração sendo formada para o nosso Fluminense. -comemorou o técnico Rômulo Rodriguez.

Campanha do Fluminense na competição

1ª Rodada
Fluminense 1 x 0 Grêmio
Gol : Riquelme

2ª Rodada
Cruzeiro 0 x 2 Fluminense
Gols : Gabriel Renan e Riquelme

3ª Rodada
Palmeiras 0 x 0 Fluminense

Quartas de final
Fluminense 1 x 0 Internacional
Gol: Keven

Semifinal
Fluminense 1 x 0 Flamengo
Gol: Kaio

Final
Fluminense 3 x 0 Santos
Gols: Gorgulho, Isaque e Matheus Reis

Foto: Divulgação Nike Premier Cup

É campeão! Moleques de Xerém conquistam a Copa Rio sub-15 de forma invicta

Mais um título para Xerém! Após vencer o primeiro jogo da final por 2 a 0, o Fluminense empatou sem gols com o Vasco nas Laranjeiras e conquistou o título da Copa Rio sub-15 de forma invicta.

Donos da melhor campanha geral, os Moleques de Xerém terminaram a primeira fase da competição com 19 pontos, seis vitórias e um empate, com 29 gols marcados e apenas quatro sofridos, mantendo o melhor ataque e a melhor defesa do campeonato.

Na semifinal, o Tricolor eliminou o Botafogo por 4 a 2 no placar agregado. Autor de nove gols na competição, o meia-atacante Riquelme Felipe foi o artilheiro da Copa Rio sub-15.

A equipe do técnico Rômulo Rodríguez entrou em campo na final com a seguinte escalação: Dayvisson Henrique; Kaio Borges, Gabriel Gorgulho, Breno Britez e Vagno Júnior; Wallace Davi, Gabriel Renan e Riquelme Felipe; Matheus Reis, Isaque Severino e Arthur Santana.

Foto: Leonardo Brasil/ FFC

Moleques de Xerém batem o Palmeiras e fecham a temporada com o título da Aldeia Cup sub-16

É campeão! Com gols de Crysthyan Lucas (2x) e Miguel Vera, o Fluminense venceu o Palmeiras por 3 a 1 na final da Aldeia Cup sub-16, disputada no CT do Retrô.

Referência entre as competições de base do Norte e Nordeste, o Fluminense participou pela primeira vez do torneio, que aconteceu ao longo da semana.

Com cinco gols marcados, o centroavante Tricolor Crysthyan Lucas terminou como artilheiro da competição.

A equipe comandada pelo técnico Daniel Pinheiro se classificou na segunda posição do grupo B com quatro pontos, vencendo o Ceará, empatando com o Palmeiras e perdendo para o Sport.

Na semifinal, os Moleques de Xerém eliminaram o rival Flamengo por 1 a 0 antes do reencontro com o Palmeiras na grande decisão.

Foto: Divulgação Fluminense

Mais um título! Moleques de Xerém batem o Bangu e conquistam a Taça Guanabara sub-15

Depois do título no sub-17, foi a vez do Fluminense conquistar o título da Taça Guanabara no Carioca sub-15. O Tricolor venceu o Bangu no CT Vale das Laranjeiras por 2 a 0 com gols de Esquerdinha e Victor Kauan e confirmou mais um troféu para Xerém.

Com nove vitórias e apenas uma derrota, a equipe do técnico Lindolfo Melo espera Volta Redonda ou Boavista nas quartas de final, em jogos de ida e volta com a vantagem do empate.

Ficha técnica

Fluminense: Samuel; Júlio Fidelis, Matheus Costa, Rodrigo Gomes e Esquerdinha; Fabio, Victor Kauan e Kauã Brasília; Foguete, Victor Emanuel e Gustavo. Técnico: Lindolfo Melo.

Foto: Maílson Santana/FFC

É campeão! Moleques de Xerém vencem o Bangu e conquistam a Taça Guanabara sub-17

Com gol de Arthur, Fluminense vence o Bangu por 1 a 0 no CT Vale das Laranjeiras e conquista o título da Taça Guanabara no Carioca sub-17. Tricolor enfrenta o Nova Iguaçu nas quartas de final, em partidas de ida e volta com a vantagem do empate.

Atuais campeões da Copa Rio sub-17, os Moleques de Xerém terminaram a primeira fase do Carioca de forma invicta, com 10 vitórias e um empate.

Ficha técnica

Fluminense: Álvaro; Gustavo Nobre, Davi, Kayky Almeida e Daniel Lima; Juan, Thiago e Arthur; Luis Fernando, Pedro Careca e Agner. Técnico: Guilherme Torres.

Foto: Maílson Santana/FFC

É campeão! Moleques de Xerém batem o Flamengo na final e conquistam o Carioca sub-20

Fluminense bate o Flamengo no agregado por 5 a 1 e conquista o 18⁰ título do Campeonato Carioca sub-20, o primeiro desde 2013. Na ida, vitória Tricolor por 4 a 1 nas Laranjeiras, com hat-trick de John Kennedy e gol de Yago.

O técnico Eduardo Oliveira contou com o retorno de João Neto, após período machucado, e os desfalques de Yago, autor de um dos gols no primeiro jogo, e Miguel Vinícius, lesionados.

Com a desvantagem no placar, o Flamengo começou a partida pressionando em busca do resultado, arriscando finalizações de fora, mas parando no bom goleiro Thiago.

Aos 10 minutos, Matheus França aproveitou desatenção da zaga Tricolor e roubou a bola de Davi, o camisa 10 saiu livre mas chutou para fora, desperdiçando a melhor chance até então no duelo.

Após rebote em cobrança de falta, Thiaguinho finalizou forte de fora da área e quase abriu o placar na Gávea.

Depois da pressão inicial, o Fluminense conseguiu igualar as ações do jogo e neutralizar os ataques do Rubro-Negro, chegando com perigo em jogadas de John Kennedy e cabeçada de Alexandre Jesus.

Aos 42, os Moleques de Xerém quase abriram o marcador em um golaço de Matheus Martins, o camisa 10 ganhou da marcação e acertou um belo chute de longa distância, obrigando o goleiro Matheus Cunha a fazer a defesa.

Na segunda etapa, o Flamengo levou perigo com o atacante André, que acertou a trave aos 8 minutos. O Fluminense deu o troco com Jhonny, em chute cruzado aos 12 minutos.

No minuto seguinte, Marcos Pedro arriscou de longe, o goleiro deu rebote e Alexandre Jesus acabou finalizando para fora.

O Flamengo abriu o placar aos 24 minutos. Após cruzamento de Wesley, a bola bateu em Kayke David e enganou o goleiro Thiago, que não conseguiu fazer a defesa.

O time da casa se lançou ao ataque nos minutos finais em busca do empate mas não foi o suficiente para tirar a taça dos Moleques de Xerém.

Além do título, o Fluminense garantiu a classificação para a Copa do Brasil Sub-20 da próxima temporada.

Fluminense: Thiago; Jhonny, Luan Freitas, Davi e Marcos Pedro; Alexsander, Wallace e Matheus Martins; João Neto, Alexandre Jesus e John Kennedy.

Foto: Maílson Santana/FFC

É campeão! Moleques de Xerém batem o Vasco nos pênaltis e conquistam a Copa Rio sub-17

Uh vem que tem! Após empate por 1 a 1 no tempo regulamentar, Fluminense vence o Vasco nos pênaltis e levanta a taça da Copa Rio sub-17 pela quinta vez na história.

O Tricolor abriu o placar aos 12 da segunda etapa. O volante Thiago roubou a bola no meio-campo, tabelou com Gabriel Lyra e marcou um golaço.

O empate adversário veio aos 34. Paixão conduziu livre pela direita e cruzou para Rayan, sem goleiro, igualar o marcador.

Na disputa de pênaltis, o Fluminense saiu perdendo mas a estrela do goleiro Álvaro brilhou mais forte ao defender a cobrança de Rayan.

Na sequência, Renan acertou a trave e errou a segunda do Vasco, colocando o Tricolor na frente da disputa. O título saiu dos pés de Arthur, o camisa 10 e capitão bateu com categoria e garantiu mais uma taça para o salão de troféus de Xerém

Campanha dos Moleques de Xerém na competição:11 jogos

– 5 vitórias

– 4 empates

– 2 derrotas

– 14 gols marcados

– 5 gols sofridos

Foto: Maílson Santana/FFC

Uh vem que tem! Moleques de Xerém voltam a vencer o Athletico e são campeões do Brasileiro Sub-17

Após vencer a primeira partida por 2 a 1 no Luso Brasileiro, Moleques de Xerém voltam a vencer o Athletico Paranaense por 2 a 1 e conquistam o título do Brasileiro Sub-17.

Mesmo com a vantagem conquistada no primeiro jogo, o Flu começou pressionado o adversário, marcando a saída de bola e desarmando. Aos 4 minutos, Arthur roubou uma bola no meio campo e lançou Matheus Martins, que abriu o placar na Arena da Baixada.

A equipe do técnico Guilherme Torres continuou com tudo, e aos 9 minutos, Matheus Martins cruzou na medida para Kayky marcar o segundo Tricolor no jogo, 2 a 0.

A pressão na saída de bola quase resultou no terceiro gol. Arthur, aos 16, e Kayky, aos 30, tiveram boas oportunidades mas não conseguiram ampliar o placar.

Com o resultado adverso, a equipe do Athletico se lançou ao ataque, cruzando diversas bolas com perigo na área tricolor. Aos 33, o atacante Renan recebeu na área e diminuiu o placar, 2 a 1 para o Flu, e 4 a 2 no agregado.

Na volta do intervalo, o Athletico continuou pressionando, utilizando a bola aérea como principal arma. Aos 26, em contra ataque puxado por Abner, Matheus Martins desperdiçou a chance de fazer o terceiro gol.

Aos 30, boa jogada de João Neto, que finalizou colocado e obrigou o goleiro Mycael a fazer grande defesa. O Athletico continuou pressionando mas a defesa Tricolor conseguiu segurar o resultado.

No final da partida, a equipe do Athletico perdeu a cabeça, e uma briga generalizada começou no campo. Ao todo, 5 expulsos de cada lado, 3 jogadores de linha e 2 no banco de reservas.

Apesar da confusão, os Moleques de Xerém conquistaram o título inédito do Brasileiro Sub-17. Além da taça, o Flu também teve o artilheiro da competição, Kayky fez 12 gols, incluindo um em cada jogo da final.

Foto: Maílson Santana/ FFC

Há 8 anos o Tricolor conquistava seu último título Carioca

No dia 13 de Maio de 2012, o Fluminense vencia o Botafogo, por 1 a 0, pelo segundo jogo da final do Carioca e conquistava seu 31° Título estadual.

Após vencer por goleada na primeira partida, por 4 a 1, o Tricolor voltou a derrotar o Alvinegro, com gol de Rafael Moura, aos 17′ minutos dos segundo, que sacramentou mais uma festa no Engenhão.

Veja quem atuou nesta partida:

DIEGO CAVALIERI
BRUNO (FÁBIO BRAGA)
GUM
ANDERSON
CARLINHOS
JEAN
EDINHO
DECO (WAGNER)
THIAGO NEVES
RAFAEL SOBIS (MARCOS JUNIOR)
RAFAEL MOURA

ABEL BRAGA

Foto: André Durão / Globoesporte.com