fbpx

Egídio falha e Fluminense volta a perder no Brasileirão

O Fluminense foi até Pernambuco para enfrentar o Sport pela 11° rodada do Campeonato Brasileiro. Sem Dodi, Michel Araujo e Nenê, poupados o Fluminense foi derrotado por 1 a 0, com gol de pênalti de Hernane logo no início do jogo.

Após levar o gol o Fluminense conseguiu controlar o jogo e pressionar o Sport até os minutos finais, mas a falta de inspiração ofensiva pesou e o Tricolor não conseguiu marcar seu gol na Ilha do Retiro.

O jogo

O Fluminense iniciou o jogo com a tentativa de Luiz Henrique como homem mais adiante no entanto, uma bobeira de Egídio, que cometeu pênalti infantil em cima de Leandro Barcia, o Sport saiu na frente logo aos 12 minutos em pênalti convertido por Hernane.

Após o gol, o time pernambucano recuou e deixou a bola no pé do Fluminense, que sem um homem de referência, cercava a área do Sport, mas não ameaçava, sendo essa a tônica de todo primeiro tempo: o Fluminense com a posse da bolaas sem criação e o Sport tentando o contra ataque, mas sem muito sucesso.

No segundo tempo Odair tentou a entrada de Felippe Cardoso como homem de referência no lugar de André e deu uma melhorada na equipe que começou a chegar com mais perigo.

Em jogada individual, Wellington Silva teve a chance, mas jogou para cima. Ainda em cima, o Flu voltou a ameaçar quando Luiz Henrique recebeu na entrada da área, girou e bate forte, mas o goleiro defendeu.

Odair fez mais uma troca, lançando Miguel na vaga de Luiz Henrique e o Flu ganhou mais agressividade e logo na sua primeira jogada o camisa 30 lançou para Yago que chutou mas foi travado e a bola saiu para escanteio.

Com mais presença ofensiva e um Sport que não ameaçava Odair empurrou o time ainda mais pra frente, colocando Marcos Paulo e Fernando Pacheco, nos lugares de Yago e Wellington Silva.

Pacheco teve a chance do empate após receber de Felippe Cardoso. O camisa 16 perdeu um pouco do tempo de bola, mas bateu cruzado e Marcos Paulo ainda tentou o desvio mas não conseguiu empurrar pras redes.

Ainda em busca do empate o Fluminense teve a chance com Calegari, que entrou pela direita, finalizou para boa defesa de Luan Polli. O Flu ainda teve mais uma chance quando Ganso deu lindo passe para Egídio que chegou batendo de primeira, mas Polli fez mais uma defesa.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Fluminense divulga relacionados com novidades da base

O Fluminense enfrenta o Sport neste domingo (20), em partida válida pela 11° rodada do Campeonato Brasileiro. Poupando alguns jogadores devido ao desgaste físico, o técnico Odair Hellmann promoveu a estréia de alguns garotos da base, como por exemplo: Martinelli e Nascimento.

A molecada de Xerém inclusive tomou conta da lista de relacionados, que conta com 12 dos 23 jogadores, formados nas categorias de base Tricolor. São eles: o goleiro Marcos Felipe, o zagueiro Luan, os laterais Calegari, Daniel e Igor Julião, os volantes André, Martinelli e Nascimento, o meia Miguel e os atacantes Luiz Henrique, Marcos Paulo e Wellington Silva.

Segundo dados passados pelo clube, o Flu tem lavado uma média de 8 a 10 jogadores formados em suas categorias de base aos jogos desse Brasileirão.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Fluminense enfrenta Sport neste domingo em horário diferente para o torcedor

O Fluminense já está em Pernambuco, onde enfrenta o Sport, neste domingo (20) pela 11° rodada do Campeonato Brasileiro. O torcedor Tricolor no entanto tem que ficar atento porque a partida acontece em um horário não muito habitual, às 20h30.

Apesar do horário “diferente”, o Tricolor que não tem o pay per view terá a chance de acompanhar o Fluzão pelo SporTV, que fará a transmissão da partida para todo país, menos Pernambuco.

Em Recife desde o último sábado (19), o Fluminense realizou ainda durante a tarde do próprio sábado, um treino no Arruda, estádio do Santa Cruz, quando finalizou a preparação para o jogo de logo mais. Embora o técnico Odair Hellmann não tenha confirmado a equipe titular, o Flu deve iniciar a partida com a seguinte escalação: Muriel; Calegari, Nino, Luccas Claro e Egídio; Hudson, Yago e Paulo Henrique Ganso; Luiz Henrique, Wellington Silva e Marcos Paulo.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Próximo adversário do Flu, Corinthians vem ao Rio com o técnico pressionado e time desfalcado

Se nas Laranjeiras há um clima de cobrança em cima dos resultados negativos das últimas rodadas, o mesmo acontece com o próximo rival do Fluminense, o Corinthians, que vem ao Rio para encarar o Tricolor no próximo domingo (13).

Após perder o clássico para o Palmeiras, o técnico alvinegro, Thiago Nunes, sofre uma grande pressão no cargo com grandes cobranças da torcida e ainda terá desfalques no setor defensivo.

Expulsos no derby, Fagner e Danilo Avelar já são desfalques certos da equipe paulista, enquanto Boseli e Luan, ambos lesionados, seguem como dúvidas.

Assim, de acordo com o site Meu Timão, o Corinthians deve ir a campo com a seguinte escalação: Cássio; Michel Macedo, Bruno Méndez, Gil e Lucas Piton; Gabriel e Victor Cantillo; Ramiro, Otero e Mosquito; Jô.

Foto em destaque: Rodrigo Coca/Ag.Corinthians

Por meio de nota Fluminense informa motivo da ausência de Miguel entre os relacionados

O Fluminense divulgou na manhã desta quarta-feira (10) a lista dos jogadores relacionados para enfrentar o Flamengo, no clássico de logo mais, às 21h e 30, no estádio do Maracanã.

Ausente na relação, Miguel, de acordo com uma nota divulgada pelo clube, foi deixado de fora por conta de uma forte gripe, que ainda de acordo com o comunicado, não se trata do novo Coronavírus (Covid-19).

Veja a nota:

O meia Miguel não foi relacionado para a partida de hoje, contra o Flamengo, devido a uma forte gripe. O quadro não tem qualquer relação com a Covid-19, já que o atleta passa por todos os exames periódicos e testou negativo na bateria da nona rodada do Campeonato Brasileiro.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Fluminense divulga lista de relacionados com Fred e Muriel de volta ao time

O Fluminense divulgou na manhã desta quarta-feira (09) a lista dos relacionados para o clássico de logo mais, às 21h e 30, contra o Flamengo, no Maracanã.

Fora do último jogo após sua esposa testar positivo para a Covid-19, Fred, que já havia testado negativo anteriormente, está de volta a equipe para o confronto, no entanto, deve iniciar a partida do banco de reservas.

Situação contrária de Muriel. O goleiro que ficou de fora das últimas três partidas por conta de um desconforto na perna esquerda, voltou a ser relacionado e volta a titularidade na vaga de Marcos Felipe.

A partida pode marcar também a estreia de Danilo Barcelos. O lateral esquerdo que foi contratado na última semana, já estava regularizado antes mesmo da partida contra o São Paulo, porém, a comissão técnica optou por deixá-lo de fora daquela partida. Agora, contra o Flamengo, o jogador foi relacionado pela primeira vez, mas assim como Fred, deve começar entre os reservas, com Egídio sendo mantido no time titular.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Odair vê dois tempos destintos e desconcentração do Flu como principal fator pela derrota

Na coletiva pós jogo deste domingo (06), quando o Fluminense saiu derrotado de virada para o São Paulo, por 3 a 1, o técnico Odair Hellmann analisou analisou os principais pontos do jogo, que para o treinador, tiveram dois tempos bem distintos:

– O jogo foi bem claro. Dois tempos distintos. No primeiro tempo nós muito bem, abrimos o placar e ainda criamos mais duas oportunidades de gol e controlamos o São Paulo na fase defensiva, de marcação. Já no segundo tempo, principalmente nos primeiros minutos, a gente desconcentrou. Eles fizeram o primeiro de bola parada logo no início e criaram forças. Fizeram o segundo gol muito rápido. Esses primeiros 10 minutos não foram bons e nos custou a derrota – disse o treinador.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Para Dodi, relaxamento do time custou a vitória contra o São Paulo

O Fluminense foi derrotado para o São Paulo por 3 a 1 na tarde deste domingo (06), no Morumbi, levando a virada no início do segundo tempo, após ir para o intervalo vencendo por 1 a 0.

Após sofrer a virada em apenas oito minutos, Dodi, classificou o relaxamento da equipe na volta do intervalo como principal fator pela derrota:

Luccas Claro vê falta de atenção coletiva na derrota para o São Paulo

O Fluminense foi derrotado pelo São Paulo na tarde deste domingo (06) no Morumbi, de virada, por 3 a 1, isso tomando dois gols em oito minutos.

Apos a partida, o zagueiro Luccas Claro analisou a derrota e viu uma falta de atenção coletiva do Flu, principalmente no primeiro gol, que se originou de um escanteio:

Fizemos um bom primeiro tempo, saímos ganhando, mas numa falta de atenção levamos o gol em uma jogada que já sabíamos que eles utilizariam, que é essa bola raspada no primeiro pau. Depois disso o time desestabilizou e não pode acontecer até porque já saímos atrás do placar em outros jogos e conseguimos empatar e até virar. Que isso sirva de aprendizado para não se repetir no jogo de quarta-feira, e que possamos ter a concentração do primeiro tempo nos dois tempos no próximo jogo – analisou o zagueiro.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Egídio projeta jogo contra o São Paulo: “intuito é de vencer”

O Fluminense enfrenta o São Paulo na tarde deste domingo (06), às 16h, no estádio do Morumbi, em São Paulo.

Sexto colocado, com 11 pontos, o Fluminense pode chegar até a vice liderança da competição em caso de vitória, desde que para isso, Atlético-MG e Vasco não vençam seus jogos, contra Coritiba e Athletico-PR, respectivamente.

E é pensando exatamente nisso que o Tricolor entrará em campo, como disse o lateral esquerdo Egídio:

Nossa espectativa é sempre positiva. Vencemos o último jogo fora de casa, que foi contra o Athletico-PR, adversário muito difícil assim como o São Paulo, que está dois pontos na nossa frente na tabela. Sabemos que com uma vitória podemos ultrapassar e é nesse intuito que vamos, de vencer – disse o lateral.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Top