fbpx

CBF e clubes projetam Brasileirão de agosto à fevereiro de 2021

Uma reunião na tarde desta quinta-feira (25) com a participação da direção da CBF e dirigentes de clubes das Séries A e B projetaram o Brasileirão 2020, mantendo as 38 rodadas e finalizando somente em 2021.

De acordo com o portal UOL, o início seria no início de agosto, nos final de semana dos dias 8 e 9, faltando ainda definir alguns mandos de campo, visto que nem todos clubes podem conseguir autorização de prefeitura para liberar partidas. Desta forma, a transferência de partidas para cidades que tenham liberação de competições esportivas passam a ser uma possibilidade.

Na reunião foi decidido ainda que a Copa do Brasil também retorna a partir do fim da segunda semana de agosto, com dois jogos realizados por semana, com excessão das datas Fifas, previstas para voltarem em setembro.

Embora o retorno esteja previsto para agosto, os jogos ainda devem ser realizados sem a presença de público, tendo apenas o Athletico-PR votado contra este quesito.

Veja a nota que a CBF soltou após a reunião:

O campeonato Brasileiro da Série A poderá retornar no dia 9 de agosto, domingo. A Série B tem data prevista de recomeço para 8 de agosto.

A decisão foi tomada na noite desta quinta-feira, em reunião convocada pela CBF junto com a Comissão Nacional de Clubes (CNC) com a participação dos 40 clubes disputantes duas séries.

As datas básicas e o cronograma de retorno foram propostos pelo presidente da CBF, Rogério Caboclo, e apoiadas pelos clubes.

O retorno do futebol depende da autorização das autoridades de saúde. Mas, dezenove dos vinte clubes da Série A se dispuseram a jogar fora das suas cidades, em última instância, caso até lá seus municípios não estejam liberados pelas autoridades de saúde a realizar jogos. Foi um sinal de apoio à realização da competição pela CBF.”

Globo reprisará jogos de títulos dos times cariocas; tricolor verá jogo do tetra

Após grandes jogos das principais equipes serem reprisados no SporTV, chegou a vez do torcedor rever essas emoções em TV aberta, como por exemplo, o jogo do Tetra Campeonato Brasileiro conquistado pelo Fluminense, quando venceu o Palmeiras, em São Paulo.

O jogo que já foi reprisado pelo SporTV na última semana, ganhou um horário também na TV Globo que passará a festa tricolor de 2012, na faixa do futebol de domingo, às 16h.

A partida que teve Fred – melhor jogador do Campeonato naquele ano, como protagonista, que marcou o primeiro e terceiro gol do Fluzão, além de participar do segundo, foi pra lá de emocionante, com a vitória do Fluzão sendo conquistada na reta final do jogo, além de Cavalieri garantindo o triunfo e consequentemente o título antecipado ao Fluminense.

Então, marque aí na sua agenda: Palmeiras x Fluminense, domingo 31 de maio, às 16h. (Partida que sagrou o Fluminense Tetra Campeão Brasileiro).

Mais uma? Vitória do Flu sobre o Flamengo pelo Brasileiro de 2010 vai vencendo enquete do SporTV

O Tricolor pode emplacar um 3 a 0 no rival. Isso por que mais uma vez, a dupla FlaxFlu está em uma enquete, feita pelo SporTV, dessa vez pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro de 2010. Nas duas primeiras o Flu levou a melhor: vitória por 3 a 2 na decisão do Carioca de 1995 e goleada na final da Taça Rio de 2005, por 4 a 1.

Até aqui a vitória Tricolor vem levando a melhor com quase 60% dos votos. Confira o resultado parcial.

A partida vencedora será reexibida pelo canal por assinatura nesta sexta-feira (01), ás 15h. Clique AQUI para votar.

Foto: Wallace Teixeira/Photocamera

Clubes terão direito a parte do valor das apostas feitas em sites estrangeiros, entenda

Com a venda dos direitos de transmissão internacional do Campeonato Brasileiro, ficou estipulado que os clubes das Series A, B e C, também, terão direito a parte do valor das apostas feitas nos sites de fora do pais. Os times vão receber conforme o volume de apostas.

Não se tem detalhes sobre o contrato feito entre os clubes e a empresa que ficou com os direitos de transmissão da competição, mas sabe-se que a quantia ficou em torno de 40 milhões de dólares (cerca de R$ 209 milhões) por quatro temporadas (Até 2023), sendo repartido da seguinte maneira:

75% para os clubes da Série A
20% para os clubes da Série B
5% para os clubes da Série C


Fonte: NetFlu
Foto: Divulgação CBF

Site divulga possibilidade da volta do Brasileirão em maio e em novo formato

Ainda na incerteza sobre o futuro do futebol brasileiro por conta da pandemia do Novo Coronavírus (Covid-19) várias possibilidades vem surgindo e sendo debatidas entre federações, clubes e televisão.

Uma delas, envolve o Campeonato Brasileiro, que de acordo com o colunista Flávio Rico, do UOL, pode acontecer ainda em maio e com um formato completamente diferente dos anteriores. A idéia é fazer a bola rolar já a partir de maio, mas com todos os jogos sendo disputados em São Paulo, sem viagens aéreas ou presença de público.

De acordo com a publicação de Rico, o formato já está na mesa da CBF, e conta com a aprovação de grande parte dos clubes. O Flamengo no entanto já teria dado um sinal negativo.

O formato também seria diferente, com os mesmos 20 clubes, sendo divididos em dois grupos de dez, classificando-se quatro de cada um, seguindo assim para uma segunda fase, a do mata-mata.

As transmissões seguiriam também no mesmo formato, com a Globo transmitindo as partidas de quartas e domingos e o SporTV, Esporte Interativo ou pay-per-view, às terças, quintas, sextas e sábados.

A escolha por São Paulo se explica por ser o estado com mais estádios disponíveis, sendo Morumbi, Allianz Parque, Arena Itaquera, Vila Belmiro, Barueri, Brinco de Ouro e Bragança Paulista, já pré definidos como os locais das partidas.

Fluminense pode enfrentar grande problema caso Brasileirão se alongue até 2021

Devido a paralisação do futebol brasileiro por conta da pandemia do Novo Coronavírus (Covid-19) uma das alternativas é prolongar o calendário 2020, estendendo até 2021.

Caso isso acontece, o Fluminense pode enfrentar grandes problemas, pois boa parte do elenco atual tem contrato se encerrando no final de 2020.

Só no Fluminense, nove jogadores estão nessa situação, entre eles o principal nome do time até a paralisação, o meia Nenê, artilheiro da equipe no ano, com nove gols e duas assistências em 13 jogos disputados.

Além de Nenê, os outros nomes são: Caio Paulista (emprestado pela Tombense), Felippe Cardoso (emprestado pelo Santos), Henrique (emprestado pelo Cruzeiro), Hudson (emprestado pelo São Paulo), Luccas Claro, Dodi, Matheus Alessandro e Orinho.

Além dos profissionais, o Fluminense também vive situação parecida no sub-23, projeto que o clube montou para esse ano visando dar mais tempo de maturação aos jogadores recém-promovidos da base e que não encontram espaço imediato no elenco principal. Na categoria, que permite até quatro jogadores acima da idade limite, oito atletas também ficarão sem contrato no fim de dezembro.

São eles: os zagueiros Daniel (20 anos) e Higor (20); o lateral-direito Diogo (22); os meias Gabriel Capixaba (22) e Matheus Cassini (24); e os atacantes Christian (20), Lucas Barcelos (21) e Matheus Pato (24).

Você sabia? sete equipes já venceram o Brasileirão de 2003 pra cá

Desde que passou a ser disputado por pontos corridos, a partir de 2003, apenas sete times venceram o Campeonato Brasileiro. Neste formato o Tricolor sagrou-se campeão duas vezes: 2010 e 2012.

Outra curiosidade é de que todos que conquistaram o título, são da região sudeste (Rio de janeiro, São Paulo e Minas Gerais e Espirito Santo). Do Rio, apenas a dupla Fla-Flu levantou a principal taça do país.

Confira o Ranking de títulos, por time e estado, de 2003 pra cá

Clubes / N° de títulos (ano)

Corinthians – 4 (2005/2011/2015/2017)
Cruzeiro – 3 (2003/2013/2014)
São Paulo – 3 (2006/2007/2008)
Flamengo – 2 (2009/2019)
Fluminense – 2 (2010/2012)
Palmeiras – 2 (2016/2018)
Santos – 1 (2004)

Estado / N° de títulos

São Paulo – 10 Títulos
Rio de Janeiro – 4 Títulos
Minas Gerais – 3 Títulos


Clubes como: Vasco, Botafogo, Internacional, Grêmio e Atlético-MG, que completam os chamados 12 grandes, ainda não foram campeões neste formato.

Foto: André Durão / Globoesporte.com

Efeito Coronavírus: Campeonato Brasileiro pode ser organizado com portões fechados

Diante do surto do Coronavírus em todo o mundo, o futebol foi paralisado ao longo do planeta e no Brasil não foi diferente. Em meio a incertezas, ainda não se sabe como será a continuação da temporada no Brasil.

Uma das alternativas é o Campeonato Brasileiro de forma reduzida. Além disso também já há uma corrente de estudos que propõe a realização das partidas com os portões fechados.

A medida foi informada pelo secretário da CBF, Walter Feldman, ao dizer que a entidade tentará minimizar os riscos.

– Acho que até pode ser, se as autoridades públicas considerarem que isso pode. Agora, sinto uma enorme preocupação em relação aos jogadores, à comissão técnica, esse conjunto. Eu acho que a gente vai ter que ter muita clareza nesse momento, pensando que portões fechados é uma saída (…)Mas nós hoje estamos muito centrados também nos atores do futebol, que são os atletas, as comissões técnicas e os trabalhadores dos clubes. Se a gente considerar que essa miniaglomeração, já no descenso da doença, é possível, nós avaliaremos naquele momento. Neste momento, não dá para dizermos – disse Feldman.

Ainda não há uma estimativa nem para quando irá voltar os jogos. Contudo, de acordo com estimativa do governo, os três próximos meses devem ser o de pico de infecção no país.

CBF volta atrás e permite venda de mando de campo no Campeonato Brasileiro

Segundo reportagem do Correio Brasiliense, o próximo Campeonato Brasileiro terá sim venda de mando de campo.

O veto que havia sido decidido no conselho técnico da competição que contou com a presença dos representantes de todos os clubes da Série A, foi refugado a pedido do governando do Distrito Federal, Ibaneis Rocha.

Ainda de acordo com o Correio Brasiliense, Ibaneis viajou de Brasília para o Rio de Janeiro no último sábado (29) onde teve uma reunião com representantes da CBF, conseguindo reverter a decisão.

No entanto, para que a decisão fosse revertida foram exigidos algumas regras como a necessidade de comunicar com 30 dias de antecedência onde será realizada a partida, para regular o negócio

De tirar o fôlego: fevereiro será um mês de decisões para o Flu

Apesar da temporada estar no início, o mês de fevereiro já passou a ser de decisões para o Fluminense, que terá jogos importantes por Campeonato Carioca, Copa Sul-Americana e Copa do Brasil.

Os jogos decisivos já começam nesta terça-feira (04), quando o Fluzão recebe o Unión La Calera, do Chile, pelo primeiro jogo da Copa Sul-Americana. Já no domingo enfrenta o clássico diante o Botafogo, pela última rodada da Taça Guanabara, com o Fluzão precisando da vitória para se assegurar nas semifinais.

Já na outra quarta-feira (12), a decisão é pela Copa do Brasil, quando o Tricolor vai até o Maranhão para enfrentar o Moto Clube, em jogo único pela primeira fase da competição.

Já no final de semana seguinte, dia 15 ou 16, joga uma das semifinais da Taça Guanabara, caso avance. Na terça seguinte, dia 18, visita o Unión La Calera pelo jogo de volta da Sul-Americana e pra fechar ainda tem no domingo seguinte, dia 22, a decisão da Taça Guanabara, claro, caso avance.

E aí torcedor, é um mês de tirar o fôlego ou não é ?

Top