fbpx

Presidente do TJD-RJ crê em chance “remotíssima” de exclusão do Carioca

Por Rômulo Morse


O presidente do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ), Marcelo Jucá, crê que a chance do Fluminense de ser excluído do Campeonato Carioca é “remotíssima”. O motivo seria o clube ter entrado com uma ação na Justiça Comum, porém, Jucá fala que “seria necessário dolo específico de se atingir a competição, o que não parece ter ocorrido”.

O tricolor agiu dessa forma visando obter uma liminar para fazer valer o contrato com o Consórcio Maracanã e o direito de se posicionar no setor sul do estádio. Por conta disso, a Procuradoria do Rio de Janeiro (TJD-RJ) denunciou o clube na última segunda, tendo a possibilidade de ser excluído do estadual. No final do mesmo dia, Marcelo Jucá, que também preside a Comissão de Direito Desportivo da OAB-RJ, negou por meio de liminar a suspensão preventiva. O caso irá a julgamento.

Até a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ), que mostrou descontentamento com a atitude do presidente Pedro Abad, também não gostou da possibilidade de exclusão do clube da sua competição.  Segundo fontes escutadas pelo portal Globoesporte.com, a denúncia foi vista como um “exagero”.

Jucá foi perguntado nesta terça sobre a atuação do tribunal desportivo em casos dessa espécie. O presidente do TJD-RJ disse que a medida adotada pelo Fluminense, de acionar a Justiça Comum, normalmente é feita por clubes de menor expressão e comentou a situação.

“Na qualidade de pesquisador, com tese de Mestrado tratando justamente sobre a Justiça Desportiva, posso afirmar que foram poucos os casos de julgamentos no artigo 231 do CBJD e que na maioria das vezes são clubes de porte menor que utilizam desse expediente com o objetivo de tumultuar um campeonato. Falando apenas em tese sobre o caso específico, entendo que o Fluminense optou por defender um direito legítimo garantido em contrato e que este é conflitante com o regulamento da competição. A questão é contratual com reflexos desportivos diretos e dai, o grande desafio sobre a competência. Em uma hipótese como essa a chance de exclusão do torneio é remotíssima, pois seria necessário dolo específico de se atingir a competição, o que não parece ter ocorrido”.


Fonte: Globoesporte.com

Árbitro de Flu e Vasco relata xingamento de Airton na súmula

Por Rômulo Morse


Árbitro da final da Taça Guanabara, na qual o Vasco venceu o Fluminense por 1 a 0, Bruno Arleu Araújo relatou na súmula xingamentos do volante Airton. Por conta da reclamação, já nos últimos instantes da partida no Maracanã, o atleta foi expulso.

– Expulsei com cartão vermelho direto o atleta Airton (…) por haver proferido as seguintes palavras em minha direção: “Você é um m…, você conseguiu o que queria”. – descreveu o árbitro.

Outro que recebeu a punição foi o atacante Luciano. Após consultar o VAR (árbitro de vídeo), utilizado pela primeira vez no Campeonato Carioca, o juiz viu um empurrão do jogador depois que uma confusão foi armada por conta da falta de Andrey em Calazans, já nos acréscimos. Bruno Arleu foi notificado, consultou o lance e puniu o camisa 18 tricolor. O volante vascaíno ficou com o cartão amarelo.

Estreia de Ganso é confirmada para essa sexta, contra o Bangu

Por Rômulo Morse


A espera acabou. O Fluminense anunciou que Paulo Henrique Ganso, o novo camisa 10, vai fazer sua estreia com a camisa tricolor contra o Bangu, nesta sexta, às 21h, no Maracanã, pela primeira rodada da Taça Rio. Também foi divulgado o esquema para a venda de ingressos.

A comercialização dos bilhetes terá início nessa terça-feira (19). Pela internet, começará às 10h, por meio do site www.futebolcard.com, enquanto os pontos físicos ficarão disponíveis às 13h. Em acordo com o adversário, que será o mandante do duelo, os sócio-torcedores do tricolor terão os mesmo descontos de uma partida em casa. Os preços variam de R$ 15,00 a R$ 40,00.

Confira abaixo todas as informações:

VALOR DOS INGRESSOS:

Setores Sul e Leste Inferior (Gratuidades apenas no setor Leste Inferior)
100% de desconto – Pacotes Futebol e Check-Ins 2019 e Tricolor de Coração
R$ 15 – 62,5% de desconto – Sócio Futebol, Eterno Amor, Construa o CT e Pacote Jogos
R$ 30 – 25% de desconto – Guerreiro
R$ 40 – Demais torcedores (R$ 20 meia-entrada)

PONTOS DE VENDA E TROCA DE INGRESSOS (SOMENTE DINHEIRO):

Laranjeiras: Sede do Fluminense (Rua Álvaro Chaves, 41)
Dia 19/02, das 13h às 20h
Dias 20 e 21/02, das 10h às 20h

Maracanã: Bilheteria 1 (Avenida Maracanã, S/N)
Dia 19/02, das 13h às 17h
Dias 20 e 21/02, das 10h às 17h

Jacarepaguá: Loja Torcedor Carioca: (Estrada do Gabinal, 313, Lj 116/117, Galeria A)
Dia 19/02, das 13h às 17h
Dias 20 e 21/02, das 10h às 17h

Del Castilho: Loja Oficial Fluminense FC – Shopping Nova América (Avenida Pastor Martin Luther King Jr, 126, 1° piso)
Dia 19/02, das 13h às 22h
Dias 20 e 21/02, das 10h às 22h

Niterói: Clube Canto do Rio (Avenida Visconde do Rio Branco, 701, Centro)
Dia 19/02, das 13h às 17h
Dias 20 e 21/02, das 10h às 17h

Araruama: Loja Fanáticos : Av. Brasil, 10 – Loja 112 – Araruama
Dia 19/02 das 13h às 17h
Dias 20 e 21/02 Horário 10:00 às 17:00hs (apenas venda, sem troca)

VENDAS NO DIA DA PARTIDA (SOMENTE DINHEIRO): 

Laranjeiras – Sede do Fluminense
Das 10h às 14h

Maracanã – Bilheteria 1
Das 10h até o término do 1º tempo

VENDAS PARA TORCIDA DO BANGU:

Bangu: Estádio Moça Bonita (Rua Sul América, 950)
Dia 19/02, das 13h às 17h
Dias 20 e 21/02, das 10h às 17h

Maracanã: Bilheteria do Acesso E
Dia 22/02, das 19h ao fim do primeiro tempo

CHECK-IN PARA SÓCIO-TORCEDORES:

Pacotes Futebol, Check-Ins 2019, Tricolor de Coração, Sócio Futebol, Eterno Amor, Construa o CT, Pacote Jogos e Guerreiro:

Do dia 19/02, terça-feira, às 10h, até o dia 21/02, quinta-feira, às 23h50.

Os sócios também podem adquirir seus ingressos com o desconto do plano nos pontos de venda, na Sede do Fluminense e no Maracanã.


Fonte: Globoesporte.com

Flu e Vasco lucram R$ 109 mil cada com renda da final da Taça Guanabara

Por Rômulo Morse


Em meio a confusão no duelo entre Vasco e Fluminense, no domingo, pela final da Taça Guanabara, os clubes tiveram lucro. A final no Maracanã rendeu R$ 109.013,75 para cada equipe. Com 29.002 torcedores presentes, as equipes ficaram com apenas 20% do valor total arrecadado de R$ 1.129.912,00.

Segundo o borderô do jogo, publicado no site da Ferj, o clássico teve despesa de R$ 911.884,49, sendo sua maior parte referente ao aluguel do estádio, custando R$ 470 mil. Já a federação conseguiu ficar com quantia considerável, tendo apenas R$ 7 mil a menos que os times. A taxa da entidade, que custou nessa ocasião R$ 102.181,60, é cobrada em partidas de teor decisivo ou em duelos que envolvam os quatro grandes.

Confira abaixo o documento:

 

Confusão no Maraca pode levar a exclusão do Flu no Carioca

Foto: Lucas Merçon / FFC

TJD enquadrou o clube no artigo 231 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD)

A confusão que marcou a final da Taça Guanabara pode render uma severa punição ao Fluminense.

De acordo com o UOL Esporte, o procurador geral do TJD (Tribunal de Justiça Desportiva), André Valentim, já formalizou uma denuncia e enquadrou o clube das Laranjeiras no artigo 231 do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva). Caso seja aceito, as penas passam a valer antes mesmo do julgamento.

Ainda de acordo com a reportagem, uma condenação pode resultar na exclusão do clube do Campeonato Carioca.

Em contato com o UOL, Valentim informou o motivo da denuncia:

– Eles foram para a Justiça Comum antes de irem até a Justiça Desportiva. É a primeira vez que aplico esse artigo. Quem fala o que quer, escuta o que não quer – informou o procurador.

Ainda de acordo com Valentim, todo o material já está nas mãos do presidente do TJD.

Fluminense emite nota sobre decisão dos portões fechados na final da Taça Guanabara

Por Rômulo Morse


O Fluminense emitiu na madrugada desse domingo uma nota oficial referente a decisão de ter portões fechados contra o Vasco, no Maracanã, às 17h do mesmo dia,  pela final da Taça Guanabara. No texto, o clube informou que por conta da desobediência do contrato com o consórcio e da liminar, que garantia o setor sul ao tricolor, fez o requerimento para tal buscando a segurança dos torcedores.

Ainda segundo o comunicado, publicado no site do clube,  o time das Laranjeiras também fala que busca “a preservação do seu direito”. Na mesma madrugada, a desembargadora de plantão, Lucia Helena do Passo, determinou que o jogo não tivesse torcida e que tivesse  a devolução do dinheiro para aqueles que já compraram seus ingressos.

Confira, na íntegra, a nota oficial:

O Fluminense FC comunica que, diante do descumprimento do contrato e decisões judiciais por parte do Maracanã e Vasco da Gama, como medida extrema e buscando a segurança de todos os torcedores e a preservação do seu direito, requereu, entre outros pedidos, que a final se desse com portões fechados. A desembargadora acolheu o pedido do Fluminense, negando a tentativa do Vasco de se esquivar da decisão judicial que impedia o acesso de sua torcida ao setor Sul do Maracanã.

Enquanto o Clube aguardava a decisão da desembargadora de plantão – proferida apenas nesta madrugada, postergamos tanto quanto possível a venda de ingressos nas Laranjeiras.

Por esse motivo, mantida essa decisão, não abriremos a venda de ingressos neste domingo nas Laranjeiras.

Lamentamos muito que a festa das torcidas não aconteça na partida de logo mais, mas estamos certos que a torcida tricolor apoia e está ao lado do Fluminense nesse imbróglio.

Portões fechados na final da Taça Guanabara foi decretado por motivos de segurança

Por Rômulo Morse


A Justiça decretou que o clássico entre Vasco e Fluminense, neste domingo, às 17h, válido pela final da Taça Guanabara, no Maracanã, seja sem torcida, com os portões fechados. A decisão, emitida pela desembargadora de plantão, Lucia Helena do Passo, que também determinou a devolução do dinheiro para aqueles que já compraram seus ingressos, teve como justificativa a segurança dos torcedores.

Tal ação foi tomada após o time Cruz-Maltino entrar com um agravo de instrumento durante o plantão judiciário visando derrubar uma liminar conquistada pelo Fluminense. A mesma reconhecia o tricolor tendo direito ao setor sul do estádio, o que é previsto em contrato do time das Laranjeiras com o Complexo Maracanã, assinado em 2013.

Lucia Helena do Passo considerou que, pelo acordo firmado, as partes deveriam se entender com o Fluminense em relação a utilização do setor em disputa, algo que não aconteceu. A desembargadora também ressaltou a possibilidade de episódios de violência entre as torcidas e criticou o comportamento dos dirigentes.

Segundo ela, as atitudes e falas de Alexandre Campello, presidente do Vasco, e Pedro Abad, mandatário do Fluminense, “acirram o conflito posto e, agressivamente, incitam a violência entre os torcedores”. Dessa forma, por motivos de segurança, optou pela determinação dos portões fechados.

Confira abaixo o documento na íntegra: 

Desembargadora determina final da Taça Guanabara sem torcida

Por Rômulo Morse


Nova reviravolta na tumultuada final da Taça Guanabara. A Justiça decretou que o clássico entre Vasco e Fluminense, neste domingo, às 17h, no Maracanã, seja sem torcida, com os portões fechados. A decisão, emitida pela desembargadora de plantão, Lucia Helena do Passo, também determinou a devolução do dinheiro para aqueles que já compraram seus ingressos.

Mais informações em breve.

Flu anuncia ponto de venda nas Laranjeiras para duelo contra o Vasco

Por Rômulo Morse


O Fluminense anunciou em sua conta no Twitter que terá uma carga limitada de ingressos disponíveis à venda nas Laranjeiras para o duelo contra o Vasco, pela final da Taça Guanabara. O jogo está marcado para esse domingo, às 17h, no Maracanã.

A medida, solicitada por torcedores e sócios nas redes sociais, foi acatada pelo clube. O horário de funcionamento do novo ponto de venda será das 10h às 13h. Além disso, o tricolor também pode garantir seu lugar no próprio estádio da partida. A Bilheteria 1 estará disponível das 10h às 17h45, enquanto a Bilheteria 4 ficará aberta das 13h às 17h45.

Confira todas as informações sobre a venda de ingressos para a partida abaixo:

PONTOS DE VENDA: 

FLUMINENSE:

Laranjeiras – das 10h às 13h
Bilheteria 01 do Maracanã – das 10h às 17h45
Bilheteria 04 do Maracanã – das 13h às 17h45

VASCO:

As vendas para o setor sul seguem suspensas. O Vasco aguarda uma autorização da Justiça para retomar a comercialização.

Bilheteria de São Januário, das 10h às 13h – apenas sócios do Vasco
Mega Loja de São Januário – apenas sócios do Vasco
Bilheteria 02 do Maracanã – das 13h às 17h45
Bilheteria 03 do Maracanã – 10h às 17h45

VALORES DOS INGRESSOS:

FLUMINENSE:

  • SETOR NORTE

Sócio: R$ 30,00
Inteira: R$ 60,00
Meia: R$ 30,00

  • SETOR LESTE INFERIOR OU SUPERIOR (SETOR MISTO)

Sócio: R$ 40,00
Inteira: R$ 80,00
Meia: R$ 40,00

  • MARACANÃ MAIS (SETOR MISTO)

Inteira: R$ 250,00
Meia: R$ 125,00

VASCO: 

  • SETOR SUL

Inteira – R$ 60
Meia – R$ 30
Estatutário: R$ 30,00
Cadeirão: R$ 18,00
Caldeirão Mais: check-in
Colina: R$ 18,00
Colina Mais: check-in
De Norte a Sul: R$ 30,00

  • SETOR LESTE INFERIOR OU SUPERIOR (SETOR MISTO)

Inteira – R$ 80
Meia – R$ 40
Estatutário: R$ 40,00
Cadeirão: R$ 80,00
Caldeirão Mais: 80,00
Colina: R$ 24,00
Colina Mais: check-in
De Norte a Sul: R$ 40,00

  • MARACANÃ MAIS (SETOR MISTO)

Inteira: R$ 250,00
Meia: R$ 125,00

Flu fecha patrocínio para a final da Taça Guanabara

Por Rômulo Morse


O Fluminense fechou um patrocínio pontual com a Estácio para a decisão da Taça Guanabara, contra o Vasco da Gama. Marcado para às 17h, no Maracanã, o tricolor entrará em campo com a marca do grupo da área da educação estampada abaixo do nome dos atletas.

Publicando a parceria no site oficial do clube, o diretor de Marketing do tricolor, Lawrance Magrath, falou sobre o acordo.

– O Fluminense acertou uma parceria pontual aproveitando este jogo de grande visibilidade. A Estácio é uma grande instituição e tem uma capilaridade importante no Brasil. Somos do Rio de Janeiro mas temos muitos torcedores espalhados pelo Brasil, muitos deles impactados pela Estácio.

Confira abaixo como ficará o uniforme do Fluminense para o duelo:

Imagem: Divulgação
Top