Clube do exterior demonstra interesse em Lucca

Um dos nomes mais questionados pela torcida do Fluminense, o atacante Lucca, está perto de deixar o clube, pelo menos é o que garante o jornalista Jorge Nicola.

Em sua conta pessoal do twitter, Nicola informou que o jogador está na mira de um clube dos Emirados Árabes Unidos. O jornalista não deu mais detalhes sobre o possível destino do jogador, que chegou ao Fluminense exatamente do mundo Árabe, vindo do Al-Khor, do Qatar.

Lucca chegou ao Fluminense em outubro de 2020, com contrato até 30 de abril de 2022, após a disputa do Carioca, ou seja, o jogador já está livre para assinar pré contrato com qualquer equipe do mundo.

Ao todo, Lucca atuou em mais de 50 partidas com a camisa do Flu e marcou apenas seis gols.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Apesar de derrota, resultados da rodada ajudaram o Flu a se manter vivo na luta pelo G6

O Flu não depende mais unicamente de suas forças para ir diretamente à fase de grupos da Libertadores, mas dos males o menor. O Tricolor irá para a última rodada vivo na disputa pelo G6 do brasileirão.

Derrotado por 2 a 0 para o Bahia, neste domingo, na Fonte Nova, o Flu segue em sétimo com 51 pontos. E não perderá mais essa posição na penúltima rodada, que, até aqui, trouxe bons resultados.

Também neste domingo, o Bragantino foi derrotado por 4 a 3 para o Atlético-MG. O time paulista segue em sexto, com 53. Assim, na 38ª rodada, o Flu terá de vencer a Chapecoense, quinta, no Maracanã, e torcer para o Braga não superar o Inter, no Nabi Abi Chedid. Até empate serve, pois ambos iriam a 54 e o Tricolor já tem uma vitória a mais (14 a 13).

Além disso, Ceará e América-MG empataram por 0 a 0 no Castelão. Qualquer um que vencesse o duelo passaria o Flu e seria mais um adversário a ser secado na rodada derradeira. Menos uma preocupação.

O Internacional vai a campo na segunda, às 20h, no Beira-Rio, contra o Atlético-GO. Se vencer, empata em pontos com o Fluminense, mas ficará com uma vitória a menos. Uma eventual vitória colorada é até interessante, pois o colocará no G8 e fará com que jogue a vida diante do Bragantino, na última rodada, para também ir à Libertadores.

Em coletiva, Marcão tenta explicar escalação do time e substituição de André

Um dos jogadores mais regulares do Fluminense na reta final de Campeonato Brasileiro, André, vem sendo alvo de cobrança da torcida, mas não pelo seu desempenho em si, e sim pela forma como o técnico vem utilizando o jogador, que se destacou como primeiro homem de meio campo e vem sendo utilizado mais aberto.

A escalação foi repetida neste domingo (05), com Wellington seguindo como primeiro homem, e mais uma vez a equipe foi derrotada e André com um futebol abaixo da média. Na coletiva pós jogo, o técnico foi questionado pela escalação e também pelo troca no intervalo, quando tirou o camisa 35, deixando Wellington em campo.

A gente veio de um jogo forte, uma composição boa diante do último adversário, campeão brasileiro. Então, optamos em manter a equipe. Por isso a nossa escolha. Fizemos bons treinamentos na semana com essa formação, da maneira que a gente veio. Mas o primeiro tempo foi abaixo, muito ruim. Tanto vocês quanto nós nos cobramos. Tentamos mexer no intervalo, mas já tínhamos levado dois gols. Colocamos mais dois homens que tem essa qualidade de ficar com a bola para ver se tomávamos os controle do jogo e foi o que aconteceu – tentou explicar o treinador, sem ser direto na resposta pela escolha dos nomes.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Fluminense perde jogo e quatro jogadores para última rodada do Brasileirão

O Fluminense entrou em campo pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, precisando de uma vitória para se assegurar pelo menos na pré-Libertadores, porém, foi derrotado por 2 a 0 para o Bahia, e deixou a decisão para a última rodada, quando recebe a Chapecoense, no Maracanã, na próxima quinta-feira (09).

Além da derrota, o Tricolor ainda perdeu quatro jogadores: Fred, Wellington e Yago Felipe, ambos suspensos pelo terceiro cartão amarelo e, Manoel, expulso.

Além deles, Nino e Gabriel Teixeira, contundidos, só retornam na próxima temporada.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Análise: Com muitos erros individuais, falhas nas transições e muito nervoso, o Fluminense perde e vê a classificação à libertadores em risco.

Em jogo com dois erros individuais de Lucas Claro, o Fluminense foi derrotado pelo Bahia e vê sua classificação à Libertadores ameaçada. Ainda resta o último jogo contra a Chapecoense para o tricolor tentar uma vaga na maior competição das Américas.

O Fluminense começou o jogo com seu tradicional 1-4-3-3 com Wellington de 1º homem de meio campo e André mais a frente. Com o jovem volante jogando de costas para o gol adversário, o Fluminense errava muito na saída de bola e nas transições ofensivas, já nas transições defensivas encontrava muita dificuldade em recompor linhas e facilitava as ações ofensivas do adversário.

Luís Henrique conseguia o duelo 1×1 ofensivo e era efetivo no 1º drible, mas esbarrava na forte marcação do Bahia, precisava recuar a bola e com isso o Fluminense atrasava suas jogadas ofensivas. Com muita lentidão nas transições e viradas de bola o tricolor carioca era facilmente marcado e sofria nos contra ataques do adversário.

No segundo tempo, já perdendo por 2 a 0 o Fluminense teve a entrada de Cazares e Martinelli, conseguia criar ass jogadas mas pecava no último passe ou nas decisões erradas dos seus homens de frente. O tricolor carioca tinha mais volume de jogo, bastante jogadores entrando no último terço mas não finalizava ao gol, com isso o resultado do jogo foi mantido.

O tricolor carioca ainda sonha com uma vaga na próxima Libertadores, resta um jogo e esse com apoio da torcida no Maracanã. E você, torcedor tricolor, acredita na classificação?

Fluminense chega a 11° derrota fora de casa no Brasileirão; sexta seguida

Com uma atuação constrangedora, o Fluminense foi derrotado por 2 a 0 para o Bahia na Arena Fonte Nova, na tarde deste domingo (05) e, chegou a sua 11° derrota longe do Rio de Janeiro na competição; sendo a sexta seguida.

Foram um total de 19 partidas como visitante, sendo 4 vitórias, 4 empates e 11 derrotas, com 24 gols sofridos e apenas 14 gols marcados, média inferior a um gol por jogo. Nos últimos seis, o desempenho é ainda pior, foram seis derrotas com nove gols sofridos e apenas um marcado.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

“Assumo a responsabilidade pelo erro, mas é hora de levantar a cabeça e buscar a vitória contra a Chapecoense”, diz Luccas Claro

O Fluminense entrou em campo na tarde deste domingo (05) pela 37° e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, quando enfrentou o Bahia na Arena Fonte Nova. E com uma partida completamente apática, principalmente no primeiro tempo, foi derrotado por 2 a 0.

Autor de duas falhas na partida, dentre eles um pênalti infantil, o zagueiro Luccas Claro assumiu a responsabilidade pelos erros e pediu foco contra a Chapecoense:

Sabíamos da dificuldade. O Bahia fez um grande jogo e assumo os dois erros individuais que prejudicou toda a equipe. Conversamos que quem saísse na frente teria grandes chances de terminar com a vitória, então assumo a responsabilidade pelas falhas. Agora é levantar a cabeça e buscar fazer um grande jogo contra a Chapecoense – disse o zagueiro ao final do jogo.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Fluminense embarca para Bahia cheio de desfalques

O time do Fluminense embarcou para Salvador na tarde deste sábado (04), para enfrentar o Bahia, neste domingo (05), pela 37° e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. Precisando de apenas uma vitória nos dois próximos jogos para garantir classificação à Libertadores, o Tricolor viajou para o nordeste cheio de desfalques.

Ao todo, quatro jogadores que vinham atuando no time titular ficaram no Rio: Nino, com lesão na coxa, Marlon, com dores na coxa e Calegari, com uma virose, além de David Braz, que cumpre suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

Assim, o técnico Marcão deve mandar a campo a seguinte escalação: Marcos Felipe, Samuel Xavier, Luccas Claro, Manoel e Danilo Barcelos; André, Wellington e Yago; Luiz Henrique, Caio Paulista e Fred.

Fluminense toma a frente do Inter e encaminha contratação de Felipe Melo

Poucas horas depois de anunciar que não renovará seu contrato com o Palmeiras, o volante Felipe Melo, de 38 anos, encaminhou sua ida ao Fluminense.

O clube carioca vê o jogador com o perfil ideal para comandar o time em 2022, e encaminhou a contratação do jogador pelo período de uma temporada. Segundo informações do portal GE, restam apenas as partes burocráticas para a assinatura do contrato que deve acontecer no decorrer da semana.

O Fluminense busca um volante “cascudo” no mercado e, além da experiência e liderança de Felipe Melo, na maioria das vezes como capitão, ele também tem outra característica muito valorizada pela diretoria tricolor: a versatilidade para exercer outra função. No Palmeiras, por exemplo, vinha sendo frequentemente utilizado pelo técnico Abel Ferreira como zagueiro.

O Fluminense ainda espera o fim do Campeonato Brasileiro para traçar os rumos para 2022, mas, dependendo só de si nas últimas duas rodadas para se classificar para a Libertadores, a diretoria já vem mapeando o mercado atrás de reforços. Além de Felipe Melo, outros dois nomes surgiram como possíveis reforços do Flu: o lateral-esquerdo Cristiano, do Sheriff, da Moldávia, destaque na fase de grupos da Champions League e Mário Pineida, também lateral-esquerdo, do Barcelona-EQUA.

Guerreiras de Xerém batem o Vasco nos pênaltis e avançam para a final do Carioca Feminino sub-18

Com gol de Luany, o Fluminense empatou com o Vasco por 1 a 1 no tempo regulamentar e venceu por 3 a 2 nos pênaltis pela semifinal do Campeonato Carioca sub-18.

Guerreiras de Xerém enfrentam o Flamengo na grande decisão do estadual, na próxima quarta-feira (8/12), com local e horário ainda indefinidos.

Podendo conquistar seu segundo título do futebol feminino na história, Tricolor repete a final do Cariocão adulto dessa temporada, no qual foi derrotado pelo Rubro-Negro nas cobrança de pênalti.

Foto: Maílson Santana/ FFC