fbpx

Após completar 17 anos, Miguel aparece a lá Ronaldo

O meia Miguel, jogador mais jovem a vestir a camisa Tricolor, completou 17 anos na última quinta-feira (26), e nesta sexta-feira (27), apareceu de visual novo: o estilo cascão a lá Ronaldo na final da Copa do Mundo de 2002.

O Fluminense, apresentou de forma irreverente o “novo” penteado da jóia:

Não demorou, para o jovem Miguel responder, também em tom amistoso:

Presidente Tricolor, Mário Bittencourt agradece publicamente diretores que abriram mão de parte do salário

Após diretores e gerentes do Fluminense abrirem mão de cerca de 15% do salário para serem repassados como medida essencial no clube, para salvar o emprego de muita gente que passa por dificuldades e tem no salário que recebe do Flu sua única fonte de renda.

O presidente Mário Bittencourt usou sua conta oficial das redes sociais para agradecer publicamente a atitude dos diretores.

Segundo informado pelo presidente em sua publicação, a atitude motivou outros funcionários a aderirem o movimento. Mário completou ainda que o clube já vem adotando que serão anunciadas em breve para minimizar os prejuízos.

Diretores e gerentes do Flu abrem mão de parte salário para ajudar aos funcionários

Diante da pandemia em torno do Coronavírus, que “obrigou” o clube a paralisar toda sua atividade, Diretores e gerentes do clube vão abrir mão de cerca de 15% dos seus salários para ajudar no pagamento dos funcionários que ganham menos no clube.

A informação foi passada pela reportagem da rádio Globo/CBN, que confirmou ainda que a inciativa partiu dos próprios profissionais, se estendendo até que a pandemia do coronavírus normalize as atividades no clube.

Vale ressaltar que a medida alivia um pouco a situação do clube que já vinha passando por dificuldades em relação aos pagamentos desde o ano passado, tendo o agravante agora da crise do Coronavírus, que deve impedir receitas importantes no clube, como: receitas de bilheteria, adesão de novos sócios e até mesmo os royalties nas vendas do novo uniforme, produzido pela Umbro.

Com isso, a medida é vista de forma essencial no clube, pois pode salvar o emprego de muita gente que passa por dificuldades e tem no salário que recebe do Flu sua única fonte de renda.

Fluminense tem a décima maior folha salarial, dentre os vinte clubes da serie A, revela jornalista

Através do seu blog no portal UOL Esporte, Mauro Cezar divulgou o ranking das folhas de pagamento (apenas CLT, ou seja, sem direitos de imagem) dos vinte clubes da Série A. O levantamento realizado pelo jornalista foi feito a partir dos registros dos jogadores de futebol no sistema da CBF. O Tricolor aparece na metade do ranking, ocupando a décima posição.

Confira o ranking geral dos 20 clubes da serie A

1° Corinthians – R$ 8,8 milhões

1° Flamengo – R$ 8,8 milhões

3° Palmeiras – R$ 8,2 milhões

4° Internacional – R$ 6,3 milhões

5° São Paulo – R$ 5,1 milhões

6° Atlético-MG – R$ 5,1 milhões

7° Santos – R$ 4,8 milhões

8° Grêmio – R$ 4,3 milhões

9° Bahia – R$ 3,6 milhões

10° Fluminense – R$ 3,5 milhões

11° Vasco – R$ 2,9 milhões

12° Athletico-PR – R$ 2,5 milhões

13° Goiás – R$ 2,2 milhões

14° Botafogo – R$ 2,1 milhões

15° Coritiba – R$ 2,1 milhões

16° Fortaleza – R$ 1,8 milhões

17° Ceará – R$ 1,8 milhões

18° Red Bull Bragantino – R$ 1,7 milhões

19° Sport – R$ 1,4 milhões

20° Atlético-GO – R$ 800 mil

* Flamengo e Corinthians, ambos aparecem como primeiro colocado (1°) por possuírem o mesmo valor de folha salarial.

Fonte: Explosão Tricolor
Foto:

Ex Flu, Lenny completou 32 anos nesta semana e o Canal Flunews separou alguns lances do atacante com a camisa Tricolor

Tido como uma das grandes promessas do Fluminense no início dos anos 2000, o atacante Lenny completou 32 anos na última segunda-feira (23) e o Canal Flunews separou alguns lances do atacante com a camisa Tricolor.

Entre os lances, claro que teve aquele golaço contra o Cruzeiro pelas quartas de final da Copa do Brasil de 2006, quando o atacante marcou um verdadeiro golaço em pleno Mineirão, na vitória do Fluzão por 3 a 2 no jogo de ida.

O atacante no entanto não conseguiu deslanchar e apesar de ter passado por equipes como Palmeiras, por exemplo, não atingiu o sucesso que dele se esperava.

Aos 32 anos, Lenny joga atualmente no Khon Karen, da Tailândia.

Maracanã será utilizado para receber vítimas do Coronavírus

O governo do Rio segue buscando alternativas para minimizar os danos da pandemia do Coronavírus no estado e, terá no futebol um grande aliado. Isso porque o Maracanã será utilizado para atendimento aos doentes do Coronavírus.

Com a aceitação da dupla Fla-Flu, o governo estadual utilizará o Estádio, para servir de Hospital de campanha para enfermos da pandemia.

A estimativa do governo é de que o estádio esteja pronto para receber os pacientes em até duas semanas, tempo esse que é apontado por especialistas, na época em que a pandemia alcançará seu pico no Brasil.

A ideia é de que seja utilizada toda a área do complexo, desde o anexo, Célio de Barros, até o estádio em si, com as salas e camarotes sendo disponibilizados para as equipes de saúde. É possível também que até o gramado seja usado.

Marcos Paulo participa de Live na página do Flu nesta quinta

Uma das grandes revelações do Fluminense nós últimos anos, o meia atacante Marcos Paulo estará participando de uma Live pela página oficial do Fluminense nesta quinta-feira, às 19h e 30.

A página do Tricolor pediu perguntas ao torcedores e algumas serão repassadas ao jogador que é uma das grandes figuras do atual elenco do Fluminense.

Com altos e baixos na temporada, Marcos Paulo marcou quatro gols e deu duas assistências em sete jogos ao longo desse 2020.

Ferj amplia suspensão do futebol carioca

A Federação de Futebol do Rio de Janeiro, a Ferj, anunciou por meio de um comunicado pelas redes sociais, a ampliação na suspensão do futebol no Estado.

A fim de manter a quarentena por conta da luta contra a disseminação do Coronavírus, a Federação de Futebol carioca ampliou a suspensão de todas as atividades até 30 de abril.

Vale destacar que existe a possibilidade de uma nova ampliação do calendário no futebol, caso haja uma proliferação em massa do vírus, que até a tarde desta quinta-feira (26) já havia matado 77 brasileiros em diversos estados do país.

Você sabia? sete equipes já venceram o Brasileirão de 2003 pra cá

Desde que passou a ser disputado por pontos corridos, a partir de 2003, apenas sete times venceram o Campeonato Brasileiro. Neste formato o Tricolor sagrou-se campeão duas vezes: 2010 e 2012.

Outra curiosidade é de que todos que conquistaram o título, são da região sudeste (Rio de janeiro, São Paulo e Minas Gerais e Espirito Santo). Do Rio, apenas a dupla Fla-Flu levantou a principal taça do país.

Confira o Ranking de títulos, por time e estado, de 2003 pra cá

Clubes / N° de títulos (ano)

Corinthians – 4 (2005/2011/2015/2017)
Cruzeiro – 3 (2003/2013/2014)
São Paulo – 3 (2006/2007/2008)
Flamengo – 2 (2009/2019)
Fluminense – 2 (2010/2012)
Palmeiras – 2 (2016/2018)
Santos – 1 (2004)

Estado / N° de títulos

São Paulo – 10 Títulos
Rio de Janeiro – 4 Títulos
Minas Gerais – 3 Títulos


Clubes como: Vasco, Botafogo, Internacional, Grêmio e Atlético-MG, que completam os chamados 12 grandes, ainda não foram campeões neste formato.

Foto: André Durão / Globoesporte.com

Há 109 anos nascia Romeu Pellicciari, pentacampeão carioca pelo Flu

Mais conhecido como Romeu, o ex-meia nasceu no dia 26 de Março de 1911 na cidade de Jundiaí-SP e completaria 109 anos nesta quinta-feira.
Após se destacar atuando pelo antigo Palesta Itália (atual Palmeiras), foi contratado pelo Tricolor, onde jogou por sete temporadas (1935-1942).

Ao todo foram 202 partidas com a camisa verde, branca e grená com 92 gols marcados. Durante seu período nas laranjeiras, Romeu foi multicampeão, conquistando os principais títulos da época. Dentre eles, cinco Campeonatos Carioca, sendo um tricampeonato consecutivo (1936, 1937 e 1938). Foi atuando pelo Tricolor que chegou a seleção Brasileira, disputando a Copa do Mundo de 1938.

Romeu, Leônidas e Tim

Romeu era calvo, o que disfarçava jogando com uma touca, sua marca registrada, e tinha tendência a engordar. Um tipo físico pouco comum para um atleta. Foi um dos melhores meia-direita do Brasil em seu tempo. Um estilista que jamais abusava do drible. Desmontava os adversários com sua inteligência, seus passes e lançamentos, e ainda marcava muitos gols. “Levava meses para errar um passe”, diziam seus companheiros.

Confira todos os títulos conquistado por Romeu enquanto esteve o Flu

Campeonato Carioca: 1936, 1937, 1938, 1940 e 1941

Torneio Municipal: 1938

Torneio Extra: 1941

Torneio Início: 1940 e 1941


Foto: O globo Esportivo

Top