Fluminense garante boa quantia de premiação com classificação às quartas

O Fluminense passou pelo Cerro Porteño após vencer as duas partidas dos paraguaios, somando 3 a 0 no agregado. Com a classificação, o Tricolor garantiu mais uma boa premiação.

Com a chegada às quartas, o Fluminense embolsou mais US$ 1,5 milhão (R$ 7,7 milhões na cotação atual). Antes, o time das Laranjeiras já havia garantido US$ 3 milhões (R$ 15,5 milhões) pela participação na primeira fase (US$ 1 milhão por cada partida como mandante) e R$ 1,05 milhão (R$ 5,4 milhões) pelas oitavas, somando desta forma R$ 28,6 milhões.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Roger Machado enaltece campanha do time, mas vê dificuldade aumentando

O técnico Roger Machado buscou enaltecer a campanha do Fluminense até então ao longo da Libertadores. O treinador destacou a participação do time na fase de grupos, quando se classificou em primeiro lugar em uma chave disputada, além das vitórias nos dois jogos sobre o Cerro:

– A gente fez parte de um grupo difícil e muitos afirmaram que a gente teria dificuldade de ser competitivo nesse grupo, e aí, nós passamos em primeiro. Passamos do Cerro vencendo os dois jogos e gradativamente as dificuldades vão aumentar. Vamos buscar elevar o nível, competir cada vez mais e tornar essa disputa igual para que a gente tenha condições de avançar à próxima fase – afirmou o treinador.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

“Os verdadeiros vão estar ao nosso lado”, diz Fred após classificação

O Fluminense se garantiu para as quartas de finais da Libertadores após voltar a vencer o Cerro Porteño por 1 a 0, somando 3 a 0 no confronto geral.

Após a vitória, capitão e autor do gol no Maracanã, Fred foi o escolhido para participar da coletiva e achou exagerada o tom da cobrança:

Gostaria que vocês fizessem pelo menos uma pergunta para enaltecer. O Fluminense não chega às quartas de final da Libertadores e Copa do Brasil há 12 anos. Entendo que a gente precisa evoluir, e eu também quero que o time jogue bem, o time jogando bem eu vou ter mais chance de fazer gol , mas que a gente também olhe pelo lado bom. Os verdadeiros vão estar ao nosso lado e acreditar – disse o atacante.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Fluminense acerta a renovação de contrato com lateral direito Wisney até 2022

O Fluminense acertou a renovação de contrato de Wisney até o fim de 2022. O lateral-direito de 22 anos tinha vínculo só até dezembro e assinou na última segunda-feira a prorrogação por mais uma temporada. O jogador atualmente faz parte do elenco sub-23 tricolor.

Revelado em Xerém, Wisney chegou a fazer parte do Flu Samorim, projeto na Eslováquia que durou só oito meses em 2018, ao lado de nomes como por exemplo Evanilson e Igor Julião. Após retornar às Laranjeiras, o ala subiu para o profissional no ano passado e disputou dois jogos com Odair Hellmann.

Mas com a criação do projeto do sub-23, Wisney foi integrado ao elenco e foi titular no Campeonato Brasileiro de Aspirantes em 2020. Nesta temporada, ele foi emprestado ao Boavista no Carioca e disputou nove partidas pelo clube. Ao retornar, voltou para o sub-23, mas já foi chamado por Roger Machado para ficar no banco do profissional contra Santos, Fortaleza e Sport.

Fonte: Ge

Foto: Mailson Santana

Fred se isola como terceiro maior brasileiro na artilharia da Libertadores

Com o gol marcado na vitória do Fluminense sobre o Cerro Porteño por 1 a 0 nesta terça-feira, no Maracanã, Fred se isolou como o terceiro maior artilheiro brasileiro na história da Libertadores. Ele chegou a 23 gols na competição continental, ultrapassando Célio Taveira (ex-Vasco e Nacional-URU, clube pelo qual marcou todos os seus 22 gols no torneio).

Agora, o ídolo do Fluminense está a apenas dois gols de se tornar o segundo colocado neste ranking. Ele pode se igualar a Palhinha, que tem 25 gols. O maior artilheiro brasileiro na história da Libertadores é Luizão, com 29. Na atual edição, Fred chegou a 5 gols e está a apenas um dos artilheiros do torneio.

Libertadores é especial. A gente sabe da importância que ela tem para nós tricolores. A gente tem que aumentar alguma coisa para chegar”, disse o jogador após a partida.

Na próxima fase, em busca da classificação para a semifinal, o Time de Guerreiros terá pela frente o Barcelona de Guayaquil. O jogo de ida do confronto está marcado para o próximo dia 12 (quinta-feira), às 21h30, no Maracanã. O jogo de volta será uma semana depois, no dia 19, no mesmo horário, no Estádio Monumental de Barcelona, no Equador.

Autor do gol, Fred comenta que atuação do Flu foi sólida

O Flu venceu mais uma vez o Cerro na noite desta terça-feira, no Maracanã, e garantiu vaga nas quartas de final da Taça Libertadores, o que não acontecia desde 2013 na última participação tricolor na competição. Fred, autor do gol da vitória por 1 a 0 na partida de volta, afirmou que o time teve uma atuação sólida, correu poucos riscos e foi eficiente para ampliar a vantagem de dois gols construída fora de casa.

A nossa atuação foi sólida, equilibrada, a gente tentou impor o ritmo. Sabíamos que tínhamos uma boa vantagem, então entamos tentamos aumentar, conseguimos sair na frente, criamos pouco, mas não corremos muito risco e conseguimos ser eficientes”, disse o autor do gol tricolor. 

Foto: Lucas Merçon/FFC

Roger Machado comenta sobre o jogo de hoje contra o Cerro: “Precisamos jogar com autoridade”

Sabendo da vantagem que o Fluminense construiu no primeiro jogo, Roger Machado reconhece que o time não pode jogar pela vantagem e espera um time com mais autoridade dentro de casa.

É preciso saber jogar com a vantagem, mas não pela vantagem. Precisamos jogar com autoridade, pois estamos dentro de casa, para que as coisas corram bem e a gente consiga essa vaga”, finalizou o técnico Roger Machado.

Fluminense enfrenta hoje (03), às 19h15, o Cerro Porteño no Maracanã. Podendo perder por até um gol de diferença o time tricolor vai em busca da vaga nas quartas de final da competição.

Foto: Lucas Merçon/FFC

Antes da partida, Yago Felipe ressalta a força do Cerro Porteño

Fluminense enfrenta hoje (03), às 19h15 no Maracanã, o Cerro Porteño pela partida de volta das oitavas de final da Libertadores 2021. No primeiro jogo o nosso tricolor levou a melhor fora casa ao ganhar de 2 a 0 do time paraguaio. Com isso o Fluminense pode até perder por um gol de diferença que mesmo assim avança as quartas.

Antes da partida, Yago Felipe comentou sobre o jogo e ressaltou a força do time adversário.

A gente tem que adotar uma postura de muita concentração e muita luta para que a gente possa, diante de um grande adversário como é o Cerro, fazer um grande jogo e avançar“, disse Yago.

Foto: Lucas Merçon/FFC

Fred promete um time agressivo contra o Cerro hoje no Maracanã

Envolvido em uma verdadeira maratona de decisões, o Fluminense tem nesta terça-feira (03/08) mais uma final pela frente. O desafio da vez é a partida contra o Cerro Porteño, que vale vaga nas quartas de final da Libertadores. E quando a bola rolar às 19h15 no Maracanã, a ordem é esquecer a vantagem obtida no jogo de ida, em Assunção no Paraguai, onde o Tricolor venceu por 2 a 0. Para Fred, o time deve se comportar como se o confronto estivesse empatado.

“A gente tem que esquecer o que aconteceu lá. Vai ser um jogo completamente diferente. O time deles vai ter que sair mais para o jogo e nós também vamos impor nosso ritmo desde o início para buscar a vitória. Não temos que pensar na vantagem, temos que fazer ela aumentar nesses 90 minutos”, disse o camisa 9, artilheiro tricolor na temporada e na competição continental, que reforçou o comportamento que o Fluminense deve adotar na partida:

Nosso foco é passar de fase. Sabemos que o primeiro resultado lá foi muito bom. A nossa ideia aqui é ser agressivo, ir para cima deles e sair com uma grande vitória. Temos que esquecer um pouco essa vantagem e construir uma vantagem dentro desse novo jogo, para a gente pegar ainda mais confiança e ir em busca desse objetivo que é tão especial para a gente”, disse o camisa 9 tricolor.

Foto: Lucas Merçon/FFC

JULES RIMET – Criador da Copa do Mundo se encantou com Fluminense: “A organização esportiva mais perfeita do mundo.

Você sabe quem foi Jules Rimet?! Nada mais nada menos que o criador da Copa do Mundo! Sim, esse evento mundial de futebol, onde o Brasil tem cinco conquistas: 1958, 1962, 1970, 1994 e 2002. Foi ele também que criou a taça que tem seu próprio nome, da qual o Brasil conquistou de forma definitiva após ser campeão da Copa de 1970, no México.

Você sabe quem foi Jules Rimet?! Nada mais nada menos que o criador da Copa do Mundo! Sim, esse evento mundial de futebol, onde o Brasil tem (nada data que escrevi isto) cinco conquistas: 1958, 1962, 1970, 1994 e 2002. Foi ele também que criou a taça que tem seu próprio nome (ver foto acima), da qual o Brasil conquistou de forma definitiva após ser campeão da Copa de 1970, no México. Fluminense com a Taça Olímpica, da qual o clube por três vezes disputou por ela. Não tenho informações sobre o porque Julio Rimet foi o escolhido para entregar a taça, talvez porque o Fluminense era o único clube de futebol a receber essa honraria.

Fluminense com a Taça Olímpica, da qual o clube por três vezes disputou por ela. Não tenho informações sobre o porque Julio Rimet foi o escolhido para entregar a taça, talvez porque o Fluminense era o único clube de futebol a receber essa honraria.