Empresário de Suazo vê como difícil transferência para o Flu

O lateral-esquerdo Gabriel Suazo, que tem seu contrato com o Colo-Colo, do Chile, se encerrando ao final de dezembro, já recebeu uma proposta do Fluminense, porém, seu empresário, Alan Silberman, vê como difícil uma transferência ao Flu.

Em entrevista ao site “Dale Albo”, do Chile, Silberman disse que a cabeça do Suazo não está no Brasil e que o jogador pretende assinar com algum clube da Europa:

O sonho dele é a Europa – revelou.

Neste momento não há nada de concreto, há um grupo de equipes, cinco ou seis, muito interessadas, conversas, telefonemas, mas nenhuma oferta por escrito – completou Silberman.

Oficial: Ganso assina por mais dois anos com o Fluminense

Após viver sua melhor temporada com a camisa do Fluminense ao longo de 2022, o meia Paulo Henrique Ganso renovou seu vínculo com o Tricolor por mais duas temporadas. O camisa 10 que tinha contrato até o final de 2023, assinou o novo contrato até o final de 2025.

Desde 2019 no Fluminense, Ganso foi um dos grandes destaques do time na última temporada, com nove gols e nove assistências, além de grandes exibições. Ao todo, o camisa 10 possui 160 jogos com a armadura tricolor, com 18 gols e 14 assistências.

O meia teve outros números impressionantes nos 57 jogos em que atuou este ano, contribuindo tanto ofensiva quanto defensivamente. Foram 107 passes decisivos, 89% de acerto no passe, 67% acerto no passe longo, 62 desarmes e 217 bolas recuperadas, de acordo com estatísticas do SofaScore.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Fluminense irá emprestar jogadores do sub-23 que não terão espaço com Fernando Diniz

O zagueiro Davi Alves, que ficará no Bangu até o final do campeonato carioca, foi o primeiro garoto emprestado pelo Fluminense. Mas outros nomes também não terão espaço no time de Fernando Diniz em 2023.

Os atletas estouraram a idade da base e estavam no sub-23, mas, como o Campeonato Brasileiro de Aspirante só começa no final do primeiro semestre, a equipe não terá competição até lá.  

De acordo com o portal de notícias GE, o volante Edinho, de 21 anos, e o meia-atacante Gabryel Martins, de 20, também serão emprestados para jogarem o Estadual pelo Bangu em 2023. O volante Wallace, de 21 anos, também deve sair. O jovem, que já tinha sito emprestado em 2022 ao CRB, tem sondagens de clubes da Série B e do exterior.  

Fonte: GE

Foto em destaque: Mailson Santana/ FFC

Feliz com a renovação, Fernando Diniz planeja 2023 e mira títulos: “Me sinto em casa aqui”

Fernando Diniz não escondeu a felicidade ao voltar ao CT Carlos Castilho. E não fez a menor questão disso. O treinador esteve nesta quinta-feira (01/12) na casa tricolor para assinar sua renovação de contrato e dar prosseguimento ao planejamento para a próxima temporada. Diniz, que acertou novo vínculo até o fim de 2024, afirmou que a decisão de permanecer no Fluminense foi fácil. Afinal, vestindo verde, branco e grená ele se sente como se estivesse em casa.

“Para mim é uma grande alegria, mas era uma renovação que estava escrita nas estrelas. A gente já tinha toda preparação e era uma questão de esperar um pouco a eleição. Minha total preferência era renovar com o Fluminense. A conversa sempre foi fácil aqui. Tinha um desejo muito grande ficar em um lugar que eu adoro, me sinto totalmente em casa aqui. Conforme você vai convivendo com as pessoas, o vínculo fica cada vez mais profundo e eu sou movido a esse tipo de comportamento. Gosto de conviver com as pessoas que eu gosto e que gostam de mim. E aqui a gente foi estreitando cada vez mais os laços em todos os setores do clube. Temos uma harmonia muito grande nas relações humanas e isso pesa muito para mim. Além, é claro, de eu ter uma relação especial com o Fluminense, de uma maneira singular com o torcedor”, afirmou o treinador, em entrevista que pode ser conferida na íntegra na FluTV.

Após assinar o novo contrato, Fernando Diniz se reuniu com a diretoria tricolor para traçar os próximos passos no planejamento para o ano que vem. Na opinião do treinador, o principal reforço para o Fluminense é manter a base sólida da equipe que encantou o Brasil em 2022.

“O mais importante é que a principal base do planejamento seja a manutenção da equipe. É algo que a gente tem como fator comum. O time jogou de uma maneira muito positiva, foi se fortalecendo e sabendo enfrentar os desafios e terminou o ano em seu melhor momento. Então, a manutenção da base, para aquilo que vamos enfrentar no ano que vem, é nosso principal reforço. Agora é procurar alguns reforços pontuais. Quanto ao planejamento, em termos de metodologia e estruturação tática, técnica e física, a gente já tem um caminho. É mais uma continuidade e procurar melhorar em todas as frentes naquilo que a gente já vinha fazendo”.

Em maio deste ano, Fernando Diniz retornou ao clube após três anos para sua segunda passagem como treinador do clube onde também criou forte identificação como jogador, entre 2000 e 2003. Em sua segunda passagem como técnico do Fluminense, Fernando Diniz acumula 44 partidas, com 26 vitórias, nove empates e nove derrotas, que totalizam um aproveitamento de 65,9% em 2022. Sob o comando do treinador, o Time de Guerreiros realizou boa campanha no Campeonato Brasileiro (3º lugar) e voltou à semifinal da Copa do Brasil depois de sete anos. A boa participação no Brasileirão rendeu à equipe uma vaga direta na fase de grupos da Libertadores 2023. Agora, o comandante quer dar um passo além e conduzir a equipe a grandes títulos.

“No Fluminense, e eu falo isso constantemente, a primeira coisa que a gente tem que ter em mente é a capacidade de sonhar com as melhores coisas que todos os campeonatos podem oferecer, que são os títulos. Em termos de resultado no campo, temos que procurar acreditar que podemos fazer o melhor, chegar melhor e conquistar o melhor. É o desejo principal que tem que mover a gente. Mas não é algo que precisamos pensar o tempo todo. Temos que viver o processo do trabalho, ganhar todo dia, ser campeão todo dia, no treinamento, na relação com as pessoas… Eu acredito que vivenciando esse processo a gente se aproxima daquilo que a gente deseja, que é ganhar. As condições financeiras do Fluminense são, de alguma forma, desvantajosas em relação a alguns de nossos concorrentes no Brasil. A gente consegue superar isso se a gente conseguir trabalhar da maneira que a gente fez em 2022 e melhorar. Sonhar e desejar os títulos é o primeiro passo para tudo. Mas o mais importante é trabalhar para que isso se torne realidade”.

Fotos: Marcelo Gonçalves/FFC
Texto: Comunicação/FFC

O BOM FILHO A CASA TORNA! Fluminense anuncia Fred como novo Diretor de Planejamento Esportivo do clube

O ídolo está de volta para casa! O Fluminense acertou o retorno de Fred, que assumiu nesta quinta-feira (01/12) o cargo de diretor de Planejamento Esportivo. Após concluir cursos de especialização, que se aliam à experiência adquirida durante sua vitoriosa carreira, o ex-atacante será responsável pelo planejamento e integração de todas as áreas de futebol do clube, entre profissional, categorias de base e feminino.

Fred inicia seu trabalho com a missão de auxiliar o departamento de futebol no planejamento para a próxima temporada. Nesta quinta, ele participou de uma reunião com a diretoria e com o técnico Fernando Diniz visando 2023, quando o Fluminense vai em busca de grandes títulos como a conquista da Libertadores.

Em seu novo cargo, Fred também terá como atribuição representar o Fluminense em viagens de intercâmbio com equipes da Europa e o apoio em decisões de logística esportiva. Ele responderá à diretoria executiva de futebol e à diretoria do clube.

Recentemente, Fred tirou a Licença B de Treinadores pela CBF Academy. Ele concluiu também um curso de gestão ministrado por Fernando Carvalho, ex-presidente do Internacional, que lhe rendeu o certificado de “Executivo de Futebol”. As especializações acadêmicas se somam à vasta experiência de um jogador que iniciou sua carreira no futsal, passou pelas categorias de base e chegou, além do Fluminense e outros grandes clubes no Brasil, a equipes da Europa e à Seleção Brasileira. Fred tem ainda em seu currículo duas Copas do Mundo disputadas.

Fred já está eternizado na história do Fluminense. O ídolo, que se aposentou dos gramados em 9 de julho deste ano, quebrou diversos recordes enquanto jogador. O eterno camisa 9 é o segundo maior artilheiro da história do Tricolor e o primeiro em jogos oficiais (199 gols), o maior artilheiro da história da Copa do Brasil (37 gols), o segundo maior artilheiro da história do Campeonato Brasileiro e o maior na era dos pontos corridos (158 gols) e o terceiro brasileiro com mais gols na Libertadores (25). Fred está no top 15 dos jogadores com mais partidas pelo clube (381).

Pelo Fluminense, Fred conquistou dois Brasileirões (2010 e 2012), dois Cariocas (2012 e 2022), duas Taças Guanabara (2012 e 2022) e uma Taça Rio (2020).

Fotos: Marcelo Gonçalves/FFC
Texto: Comunicação/FFC

Fluminense acerta empréstimo do zagueiro Davi ao Bangu, até o final do Carioca

Antes mesmo da reapresentação do elenco, o Fluminense planeja a temporada 2023. Pensando em dar experiência, o zagueiro Davi, do sub-23, acertou empréstimo para a equipe do Bangu, até o final do Campeonato Carioca.

Formado em Xerém, o jovem de 20 anos já ficou no banco da equipe profissional em algumas partidas, mas ainda não fez sua estreia com a camisa do Fluminense.

Atuando pelo sub-23 e o sub-20, Davi tem 18 jogos na temporada com 1 gol marcado.

Fonte: Xerém Stuff

Foto: Maílson Santana

Atacante do Athletico-PR entra na mira do Fluminense

Em busca de um nome para reforçar o setor ofensivo, o Fluminense monitora a situação do atacante Vitinho, revelado pelo Athletico-PR e que jogou o último Brasileirão emprestado pelo Dinamo de Kiev ao Furacão.

Para contar com os serviços do atacante no entanto, o Fluminense terá de vencer a concorrência de clubes europeus, como: Ajax, Benfica e Sevilla, que também procuraram os representantes do jogador para entender a situação. No Brasil,o Vasco também sondou o atacante.

Vitinho tem contrato com o Dínamo até o meio de 2026, porém, segue emprestado ao Athletico até junho de 2023. O time paranaense espera por uma conversa e está otimista, já que os ucranianos tem uma dívida pelo jogador no valor de 2 milhões de euros pela venda em 2021.

Foto em destaque: Divulgação/CAP

Opção de compra do Grêmio por Biel vence e jogador retorna ao Fluminense

Emprestado pelo Fluminense, Gabriel Teixeira não seguirá no Grêmio em 2023. A opção de compra do atacante prevista no contrato, no valor de US$ 2 milhões (R$ 10,5 milhões na cotação atual), termina nesta quarta-feira, e o Tricolor gaúcho, com poucos recursos para investir, não procurou o carioca para exercê-la. Com isso, o jovem atacante de 21 anos já analisa as opções para a próxima temporada.

Com aval do técnico Renato Portaluppi, após o fim da Série B, o Grêmio chegou a abrir conversas para ficar com o jogador. Mas a eleição no clube mudou a diretoria, e o executivo Diego Cerri, que estava à frente do assunto, deixou o cargo. O estafe de Biel estava esperando o fim do prazo e agora já busca outras alternativas no mercado.

Biel chegou a Porto Alegre no início de abril para a disputa da Série B. O atleta foi recomendado pelo ex-treinador do time, Roger Machado. Ambos trabalharam juntos no Fluminense.

Fonte: ge

Foto: Lucas Uebel/Grêmio 

Campeões cariocas de 1995 pelo Fluminense se reúnem em Laranjeiras

Os campeões cariocas de 1995 se reencontraram em Laranjeiras nesta terça-feira (29/11), mais de 27 anos após a conquista. Os ex-jogadores vieram de diversos cantos do país e participaram de uma disputa de pênaltis, visitaram a sala de troféus do clube e almoçaram no restaurante Dom Hélio, que funciona dentro da sede histórica.

Desde o momento em que se encontram, o tom de brincadeira tomou conta do ambiente, com cantoria, histórias de bastidores e uma descontraída discussão sobre a autoria oficial do famoso gol de barriga.

“O gol bateu na barriga do Renato (Gaúcho) porque ele estava gordo, mas na súmula consta o meu nome, então o que vale é isso”, brincou Aílton, responsável pela finalização cruzada que originou o gol.

O clima de rivalidade surgiu quando a disputa de pênaltis entre os ex-atletas teve início. Em uma final diante de Aílton e Cadu, o ex-zagueiro Paulo Paiva saiu vencedor.

“A disputa de pênaltis foi difícil, ainda mais porque já paramos de jogar. No terceiro chute a perna já não obedece da mesma forma. Mas eu não vim aqui para perder e acabou dando certo. O mais importante é esse reencontro. Estar nesse estádio histórico, relembrar grandes momentos com esse pessoal é muito satisfatório”, disse Paulo Paiva.

Os ex-atletas ainda visitaram a sala de troféus para admirar a taça conquistada e almoçaram juntos enquanto botaram o papo em dia.

“Rever essa turma é bom demais, teve gente que veio de Curitiba, Brasília, Recife. Essa oportunidade de confraternização foi emocionante, teve até choro hoje mais cedo”, declarou o ex-lateral direito Ronald.

Estiveram presentes: Paulo Sérgio, Ronald, Lima, Sorlei, Lira, Márcio Costa, Paulo Paiva, Aílton, Djair, Rogerinho, Leonardo e Cadu.

Texto: Comunicação/FFC

Fotos: Marcelo Gonçalves/FFC

Moleques de Xerém dão início à preparação para Copinha

O elenco bicampeão carioca sub-20 pelo Fluminense em 2022 voltou aos trabalhos. Os Moleques de Xerém realizaram nesta terça-feira (29/11), no Centro de Treinamento Vale das Laranjeiras, o primeiro treino sob o comando do novo técnico Ricardo Resende. O grupo deu início às sessões no campo depois de ter sido submetido a exames médicos e avaliações físicas. A programação de atividades marcou o ponto de partida da preparação para a Copinha.

“Gostei do primeiro contato no campo com o elenco. Senti o grupo bastante motivado. Estou confiante, porque percebi que temos jogadores com qualidade técnica e personalidade para jogar. A expectativa é de que façamos um grande trabalho de preparação para a Copinha, formando jogadores de alto potencial”, afirmou o comandante.

De volta das férias, cumpridas desde o dia 2, os jogadores se reapresentaram ainda na última quarta-feira (23/11) ao clube. O elenco se reuniu com a comissão técnica no auditório da sede das categorias de base do Tricolor para ter o primeiro contato com o treinador, apresentado pelo coordenador metodológico Guilherme Torres e o diretor executivo Antônio Garcia.

Nos encontramos depois do recesso para começar um novo ciclo. Fizemos um bom ano, conquistando o título carioca, mas agora vamos olhar para a frente. O grupo voltou bem, alegre, e a expectativa é das melhores. Esperamos crescer durante a pré-temporada com o professor Ricardo (Resende, técnico do Sub-20), em busca do título da Copinha“, declarou o zagueiro Felipe.

Segundo maior campeão, com cinco títulos, o Flu jogará em Taubaté (SP) a primeira fase da Copinha. Os tricolores integram o Grupo 14, ao lado de Imperatriz (MA) e Porto Vitória (ES), além dos donos da casa. A edição de 2023 da competição acontece de 2 a 25 de janeiro, dia do aniversário da cidade de São Paulo.

Texto: Comunicação/FFC
Fotos: Leonardo Brasil/FFC