Um, dois: Martinelli fala sobre os primeiros gols pelos profissionais do Fluminense

A vitória do Fluminense sobre o Goiás na noite do último domingo (31), pela 33° rodada do Campeonato Brasileiro, foi com um gostinho mais saboroso para Martinelli.

O jovem que vem atuando como titular, tomou conta da posição e marcou não só o primeiro gol entre os profissionais, como marcou também o segundo, fazendo dois dos três gols do Flu na partida.

Após o jogo, o jogador falou da emoção em balançar as redes pela primeira vez como profissional:

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Fora de combate: Nenê é cortado horas antes do Fla-Flu

O meia Nenê não jogará o Fla-Flu desta quarta-feira (06), as 21h30. O meia que foi especulado começar a partida no banco de reservas, teve uma gastroenterite e foi cortado dos relacionados para o jogo.

Para seu lugar, o técnico Ailton, que substitui Marcão, diagnosticado com a Covid-19, relacionou o volante André, que havia ficado de fora da lista divulgada mais cedo.

Foto em destaque: Maílson Santana/FFC

Após deixar o campo de maca, Luiz Henrique fica fora de amistoso da Seleção sub-20

O atacante Luiz Henrique que deixou o último jogo da Seleção Brasileira sub-20 ainda no primeiro tempo contra a Bolívia após sentir um problema muscular, seguiu com a delegação brasileira, porém, não participa do segundo jogo do Brasil, contra o Peru, nesta terça-feira (15), às 16h.

A informação foi divulgada pela própria CBF através de seu portal, que confirmou ainda a entra do ex Tricolor Bruno Praxedes para a vaga de Luiz. Outro representante do Flu, Calegari assim como no primeiro jogo, inicia a partida no banco de reservas.

Na sexta-feira (18), o Brasil ainda faz o terceiro e último jogo, quando enfrenta o Chile.

Foto em destaque: Lucas Figueiredo/CBF

No dia da Consciência Negra, Fluminense explica história do pó de arroz

Nesta sexta-feira, 20 de novembro, é celebrado o dia da Consciência Negra, e o Fluminense usou a data para explicar uma das suas grandes tradições, o pó de arroz, que é dito por muitos ainda que era usado para esconder a pele dos jogadores negros.

Contudo, o Fluminense usou sua conta oficial nas redes sociais para explicar a origem apelido.

Foto em destaque: Divulgação

Fluminense aceita jogar no final de semana mas pretende mudar local da partida

O STJD definiu na tarde da última terça-feira (23) que os jogos da dupla Fluminense e Botafogo, sejam realizados no próximo final de semana, mais precisamente, no domingo (28), quando de acordo com a tabela da Ferj, o Botafogo joga no Nilton Santos, às 11h e o Fluminense, às 19h, no Maracanã.

O presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, até concordou com ressalvas em voltar aos gramados na data determinada, no entanto, busca meios de não atuar no Maracanã. A negativa deve-se ao fato do estádio abrigar um Hospital de Campanha em um de seus complexos.

Desta forma, de acordo com o portal UOL, o Fluminense enviou um ofício para a Federação, solicitando alteração de sua partida para o Nilton Santos. Como o Botafogo já irá jogar no estádio, teoricamente no mesmo dia, domingo (28), O Tricolor pede que sua partida não puder ser marcada para o mesmo dia, que seja remanejada para a segunda-feira (29).

A Ferj no entanto ainda não respondeu a solicitação.

Eliminação na Sul-Americana pressiona Odair com menos de dois meses de trabalho

O ano mal começou e o torcedor do Fluminense já teve a primeira grande frustração de 2020: a eliminação na Copa Sul-Americana.

A saída do Campeonato que era tido como a grande obsessão da torcida na temporada, fez com que os torcedores achassem um culpado: o técnico Odair Hellmann, que na visão dos tricolores escalou e mexeu mal na equipe, principalmente na partida do Chile, quando o Fluminense não conseguiu furar o bloqueio do La Calera, ficando no 0 a 0, resultado que culminou com a eliminação Tricolor.

Ainda durante a partida, os torcedores já reclamam da postura da equipe, principalmente por ter sido escalada com dois volantes de contenção contra uma equipe que embora estivesse em casa, jogava retrancada.

Quando veio a eliminação os torcedores não demoraram para ir as redes sociais e já pedirem a saída do treinador, isso com meno de dois meses de trabalho.

Embora já existe essa grande pressão da torcida pela saída do treinador, Odair ainda goza de prestígio com a direção tricolor, que não pensa em demissão do treinador.

Foto em destaque: Divulgação/FFC

Fernando Pacheco se destaca em vitória de virada do Peru

A seleção pré olímpica do Peru voltou a campo na noite do último sábado (25) para enfrentar o Paraguai pela segunda rodada do Pré Olímpico. Camisa 10 e principal nome da seleção peruana da categoria, Fernando Pacheco, novo contratado do Fluminense, foi o grande nome do jogo, com boa movimentação ofensiva.

Meio apática, a seleção peruana foi surpreendida pela equipe paraguaia, que fez dois gols logo no começo do jogo.

Fernando Pacheco entrou em ação e começou a mudar o jogo. O novo reforço do Tricolor participou diretamente do primeiro gol, quando cruzou para área e o zagueiro paraguaio desviou marcando contra o próprio patrimônio.

Pacheco continuou ditando o ritmo do ataque, mostrando grande desenvoltura pelo lado esquerdo, com muita velocidade e boas jogadas individuais.

A atuação do jogador logo ganhou destaque dos Tricolores pelas redes sociais, que não deixaram também de dar uma pequena cornetada no atacante:

Um torcedor peruano chegou a compará-lo inclusive ao craque francês Kylian Mbappé:

Após nova derrota chance de queda do Flu aumenta mais que o dobro

Foto: Lucas Merçon/FFC

O Fluminense perdeu de 2 a 0 para o Flamengo neste domingo (20), acumulando sua segunda derrota seguida no Brasileirão, uma vez que já havia perdido para o Athletico-PR na última quinta-feira (17) por 2 a 1.

Diante dos dois fracassos, o Tricolor via as chances de rebaixamento aumentar mais que o dobro.

Se antes de enfrentar o Furacão o risco de queda era de 12%, as duas derrotas fizeram as chances subirem para 29%. Claro que soma-se também aos resultados dos adversários.

Vale destacar, que CSA e Ceará, 18° e 17° colocados respectivamente ainda jogam na rodada. Enquanto o time alagoano visita o Botafogo, o Vozão visita o Bahia.

Celso Barros tem encontro com Wellington Nem e ressalta:”Tivemos um ótimo papo sobre futebol”

Celso encontra W.Nem (Foto: Arquivo pessoal/Instagram)

O vice-presidente tricolor Celso Barros, postou uma foto em suas redes sociais onde aparece juntamente com o jogador Wellington Nem, atacante que está no Shakthar, da Ucrânia. Ele postou a seguinte mensagem:

“Foi com alegria que encontrei hoje Wellington Nem, que atualmente joga no Shakhtar. Jogador criado na base do FLU. Campeão Brasileiro conosco em 2012. Tivemos um ótimo papo sobre futebol. ST🇭🇺”

Com isso, especula-se que o ponta, que fez tanto sucesso no título brasileiro de 2012, poderia ser um dos nomes citados na primeira entrevista coletiva pós posse presidencial, que ele e Mário Bittencourt estariam negociando.

A torcida tricolor, é claro, fez um grande alvoroço nas redes sociais, tanto de Celso, quanto do próprio jogador, pedindo o seu retorno para o Flu.

Saudações Tricolores,

João Eduardo Gurgel

André Rizek elogia bravura do time tricolor: “Impossível não aplaudir de pé”

A derrota tricolor para o Cruzeiro foi muito sofrida por todos os tricolores. Mas, não faltou vontade e garra do “Time de Guerreiros” durante todos os 90 minutos. Houve luta, pressão, determinação, porém, a parte técnica novamente foi um percursor de almas, uma vez que de quatro cobranças de pênaltis, o Flu só acertou uma, com Caio Henrique.

O reconhecimento após a partida não foi somente dos torcedores. O jornalista André Rizek, do SporTV, falou em suas redes sociais, antes das penalidades máximas, o que ele achou do time das Laranjeiras:

Rizek elogia atuação do Flu (Foto: Reprodução/Twitter)

Apesar de ser eliminado, o Fluminense jogou em cima do time mineiro quase o tempo todo. Teve inúmeras chances de fazer gols, mas o goleiro Fábio, estava em mais uma noite inspirada.

Saudações Tricolores,

João Eduardo Gurgel