Após postagem de Mário, Celso Barros volta a se pronunciar e revela que presidente sugeriu que renunciasse

A postagem enigmática de Mário Bittencourt gerou uma grande discussão entre os torcedores do Fluminense na última quinta-feira (08). Mesmo com o presidente esclarecendo que a postagem não teria relação com o clube, muitos torcedores não aceitaram o discurso. Um dos casos foi Celso Barros, que mais uma vez se pronunciou por meio de seu perfil pessoal do Instagram e revelou que Mário sugeriu inclusive que ele renunciasse ao cargo de vice-presidente eleito do clube.

Ainda na postagem, Celso disse que Mário seria capaz de usar métodos não convencionais para chegar a seus objetivos e, finalizou chamando Mário de mal caráter. Confira:

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Celso Barros confirma conversas com patrocínio durante a campanha, mas acha difícil acerto neste momento

O Canal Flunews recebeu na noite da última sexta-feira (12) o vice presidente eleito do Fluminense, Celso Barros, que participou da campanha vitoriosa pela chapa Mário e Celso, que tinha como uma das promessas, o acerto com um patrocínio master.

Dito diversas vezes por Mário Bittencourt há época, Celso Barros confirmou conversas com uma empresa para anunciar a marca no espaço nobre da camisa Tricolor:

Nós tivemos uma conversa que ficou bem próxima com o patrocínio master, mas infelizmente não evoluiu. São negociações e negociações são difíceis, mas efetivamente nós tivemos. Eu estive com o Mário e é verdade isso, mas acabou que não aconteceu. Nem vou citar aqui o nome da empresa, porque é desagradável, mas foram negociações boas, mas infelizmente não ocorreu — disse Celso, que confirmou que mesmo afastado

— Claro que se tivesse algum nome eu levaria isso, mas eu nem sei como “a banda toca lá” porque estou afastado, e não tenho conhecimento de nada. Tem um conselho diretor que faço parte e antigamente até recebia os comunicados de reunião, mas hoje eu já nem sei como é que faz, até porque houve essa história aí da pandemia e atrapalhou muito, mas eu não sei porque ninguém me fala nada. Mas se eu tiver algum patrocínio, lógico que levaria ao Fluminense sem problema nenhum, mas o felizmente não tenho e reitero que acho isso hoje difícil — completou.

Celso Barros ainda confirmou que um dos patrocinadores atuais foi levado ao clube por ele:

— Teve um que me procurou mas não era patrocinador master, que está lá inclusive. Pessoa que tenho um bom relacionamento e queria ampliar a participação. Está lá inclusive na camisa inclusive. Falou comigo, mas já tinha acesso e foi direto lá resolver — concluiu.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Vice presidente do Fluminense, Celso Barros parabeniza equipe pela vitória

O vice presidente eleito do Fluminense, Celso Barros, usou sua conta oficial para parabenizar a equipe do Fluminense pela vitória na última quarta-feira (06), de virada, por 2 a 1 sobre o Flamengo.

Celso, que ultimamente usava sua conta das redes sociais para contestação da atual gestão, dessa vez limitou-se a parabenizar a equipe. Confira:

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Celso Barros volta a criticar trabalho de Marcão e alfineta Thiago Silva

O vice presidente eleito do Fluminense, Celso Barros, voltou a criticar a o desempenho de Marcão à frente do comando técnico do Fluminense. Celso usou a porcentagem obtida pelo novo treinador, e ressaltou que é importante parar de queimar a gordura conquistada no primeiro turno.

Celso ainda alfinetou Thiago Silva, que saiu em defesa do técnico e amigo Marcão, na última postagem do vice presidente, criticando o técnico.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Thiago Silva responde postagem de Celso Barros e cobra créditos para Marcão

O zagueiro e ídolo da torcida Tricolor, Thiago Silva, movimentou as redes sociais na manhã desta quarta-feira (23), quando comentou uma postagem do vice presidente geral do clube, Celso Barros, que segue afastado.

Na postagem, Celso falou sobre o interesse de Ariel Holan e Lisca em treinar o Fluminense em 2019, antes da efetivação de Marcão naquela época.

Celso Barros “reaparece” nas redes sociais, questiona escolhas e dispara: “Só os amigos do rei são escolhidos”

Após a derrota do Fluminense para o Atlético-Go, na última quarta-feira (16), o vice presidente eleito do Fluminense, Celso Barros, que segue afastado do futebol do clube, usou sua rede social para questionar alguma escolhas feitas pelo atual presidente, Mário Bittencourt.

Além disso, Celso, também questionou as vendas dos jovens jogadores e manutenção de alguns veteranos:

Foto em destaque: Divulgação

Sobre suposta “rachadinha” Celso Barros cobra conselheiros: “que estas questões sejam apuradas com todo rigor”

O vice-presidente geral do clube, Celso Barros, se manifestou neste sábado, através das redes sociais, (10) com relação a polêmica envolvendo uma possível “rachadinha” durante as negociações de um patrocínio, para final do Carioca, contra o Flamengo.

Em seu texto, o dirigente tricolor cobra para que as apurações sobre o fato sejam investigadas com rigor, por parte dos conselheiros do clube.

Confira a postagem de Celso Barros

Foto: Fluminense Football Club

Pelas redes sociais Celso Barros fala sobre postagem com exclusão de Conca: “atitude lamentável de ingratidão e de ódio”

A polêmica postagem do Fluminense esperando a imagem de Conca em uma comemoração de um gol, gerou grande críticas por parte da torcida, tanto que o clube tentou amenizar postando inclusive os gols da partida com um deles sendo marcado exatamente por Conca.

O que começou na torcida chegou até o vice presidente geral, Celso Barros, que já havia feito fortes críticas ao presidente Mário Bittencourt, em entrevista ao GE na última sexta-feira (25), e voltou a atacar o mandatário no caso Conca. Veja a postagem:

Foto em destaque: Divulgação/FFC

Celso Barros classifica temporada como “muito ruim” e aponta responsável pelo momento atual do clube

Após a eliminação do Fluminense na Copa do Brasil, o vice presidente eleito do clube, Celso Barros, que segue afastado do futebol, concedeu entrevista na última sexta-feira (25) ao GE e apontou o que pra ele seria o principal responsável pelo atual momento do clube:

O culpado maior não é o Odair, o grande culpado é o Mário… Se quiser discutir técnico, contratação de A ou B, vide os atletas do Cruzeiro rebaixado que vieram, que se discuta. Mas o Mário foi o grande responsável pelo elenco, assumiu o futebol sozinho, descartou um acordo politico que existia entre eu, ele e o grupo dele. E infelizmente o resultado está sendo bem ruim – declarou Celso, que chegou a afirmar que “erros” em contratações é normal, porém a forma como o presidente atual vem administrando que seria o “errado”.

Contratação de jogador você sempre vai errar, mas tem que minimizar ao máximo, acertar mais do que errar. Mas vai errar, seja eu, ele, qualquer um. Quando trouxe o Cícero e o Soares, o grande nome era o Soares, acabou que quem deu certo foi o Cícero. Então isso acontece, seja quando eu estava lá, seja agora na formação do elenco. Mas hoje, o grande responsável, e ele desejava isso ao promover a minha exclusão, chama-se Mário Bittencourt. Quis assumir uma posição que sabe tudo.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

“Ninguém conseguirá fazer uma boa gestão trabalhando de forma isolada”, diz Celso Barros sobre atual momento do Flu

O vice presidente eleito do Fluminense, Celso Barros, afastado do departamento de futebol desde setembro do ano passado usou as redes sociais para falar do atual momento vivido pelo clube.

Na postagem, Celso questionou as relações com empresários e falta de transparência, tema que também vem sendo muito questionado por torcedores nas redes sociais.

Celso aproveitou a postagem para questionar a forma com a atual gestão vem trabalhando à frente do clube, chegando a dizer que: “Ninguém conseguirá fazer uma boa gestão trabalhando de forma isolada.”

Confira a postagem: