fbpx

Vice geral, Celso Barros se mostra otimista com permanência de Yony no Flu

Dirigentes do Fluminense, entre eles o vice geral, Celso Barros e diretor de futebol, Paulo Angione, se reuniram na manhã desta quinta-feira (15) com o pai e o estafe de Yony Gonzáles.

De acordo com as palavras de Celso Barros, a torcida pode ficar animada por um final feliz. Isso porque, o dirigente classificou a reunião como: “positiva”.

– Foi uma boa reunião. Encaminhamos para eles uma proposta do Fluminense, eles ficaram de estudar e dar uma resposta em breve – disse Barros.

Vale destacar que Yony Gonzáles tem contrato só até o final do ano com o clube das Laranjeiras e, com isso, já pode assinar um pré contrato com qualquer outra equipe.

Vale destacar ainda que essa já é a terceira tentativa de renovação com Yony, sendo uma feita pela antiga gestão que tinha como presidente Pedro Abad, e outra pela atual diretoria a comando de Mário Bittencourt. Em ambas, o atleta recusou as ofertas.

O estafe do jogador pede um valor que beira os R$4 milhões, valor bem acima do que oferecido pelo clube nas outras tratativas. O Tricolor no entanto já teria concordado em pagar o valor pedido, faltando apenas alinhavar como seria feito esse pagamento. Enquanto o Flu pretende parcelar, os representantes do jogador pedem a quantia à vista.

Celso Barros confirma Diniz, mas admite haver cobrança com o treinador

Vice presidente geral e homem forte do futebol do Fluminense, Celso Barros concedeu coletiva na tarde desta terça-feira (13) após o treinamento do grupo no CTPA (Centro de Treinamento Pedro Antônio), e esclareceu alguns fatos, principalmente a cerca de permanência do técnico Fernando Diniz.

De acordo com Barros, o clube não procurou nenhum nome para substituir o atual treinador:

– Surgiu um rumor de que havíamos procurado o Mano, que é meu amigo, o Dorival e até mesmo o Abel. Isso não procede – afirmou o dirigente.

Celso no entanto, deixou claro o desconforto com a atual situação do clube na temporada, e admitiu haver cobranças não só para com o treinador, como também para o grupo de jogadores:

– Não vou dizer aqui que ele está prestigiado porque isso não existe. O dirigente fala que o treinador está prestigiado e ele cai no dia seguinte. O que posso dizer é que o Diniz é o treinador do Fluminense. Mas ele está sendo cobrado, assim como os jogadores também são e até nós da diretoria somos, pelos torcedores. Os resultados são importantes – disse Celso Barros.

Internado por pneumonia, Celso Barros é liberado de hospital após duas semanas

Uma figura importante do Fluminense perdeu as atividades das últimas semanas, como treino aberto à torcida, jogos de Brasileirão e Sul-Americana, apresentação dos reforços Nenê e Wellington Nem e a FluFest. Trata-se de Celso Barros, que estava internado em hospital da Unimed na Barra da Tijuca desde o dia 13 para tratar de pneumonia. Recebeu alta nesta quinta-feira e continuará o tratamento em casa.

Ao NETFLU, o dirigente disse que não deve comparecer ao jogo contra o São Paulo, sábado, no Maracanã. Mas que, provavelmente, retomará os trabalhos no início da próxima semana.

– Tive uma pneumonia braba, mas muito braba. Mesmo assim, continuo de pé. Não foi dessa vez que levaram o Celsão (risos).

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Celso Barros é internado com pneumonia

Vice-presidente do Fluminense, Celso Barros precisou ser internado, domingo, em razão de uma pneumonia. Em tratamento no Hospital da Unimed-Rio na Barra da Tijuca, o dirigente acabou perdendo o treino aberto à torcida e a apresentação de Nenê, no Maracanã, segunda-feira, dia do empate em 1 a 1 com o Ceará, pela 10ª rodada do Brasileirão.

– Graças a Deus estou melhorando. Tive um gripe forte, que evoluiu para pneumonia. Mas estou bem. Agora é esperar o tempo da medicação para ter alta.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Portal revela possível retorno de Wellington Nem ao Flu

Foto: Agência / Photocamera

Campeão Carioca e Brasileiro em 2012 pelo Fluminense, o atacante Wellington Nem pode acertar seu retorno ao Tricolor.

O jogador que após se destacar no Flu se transferiu para o Shaktar Donetsk, da Ucrânia, não conseguiu repetir o mesmo sucesso de Flu na Europa. Nem ainda foi emprestado ao São Pulo, em 2017, porém, também não teve um bom desempenho. Em 20 partidas marcou apenas um gol.

Recém empossado com Vice presidente geral, Celso Barros nutre uma grande admiração pelo jogador, que de acordo com o site Saudações Tricolores, pode pintar no clube das Laranjeiras ainda durante o ano de 2019.

Tendo contrato com o Shaktar até o junho de 2020, é possível que Nem consiga convencer os ucranianos um possível empréstimo ou até mesmo uma rescisão de contrato, ficando livre dessa forma para assinar com o Fluzão.

De féria no Rio, Wellington Nem já havia se encontrado casualmente com o vice presidente do Fluminense, Celso Barros. (Foto: Reprodução/Instagram)

Vale destacar que o jogador esteve no Rio curtindo férias e encontrou com Celso Barros. Na ocasião, o encontro foi registrado pelo próprio vice presidente Tricolor, que publicou uma foto ao lado do atacante em sua rede social.

Celso Barros encontra Muriel em Brasil x Peru, no Maracanã

Anunciado na sexta-feira como novo reforço do Fluminense, Muriel encontrou o vice-presidente Celso Barros neste domingo, no Maracanã, durante a final da Copa América, entre Brasil e Peru. O goleiro prestigia o irmão mais novo, Alisson. Mário Bittencourt também marca presença no estádio.

“Hoje foi dia de dar as boas-vindas ao nosso novo goleiro Muriel. Falamos sobre o nosso clube e seleção. Ele estará hoje no Maracanã torcendo pelo título sul-americano e, em especial, pelo seu irmão Alisson, goleiro da seleção brasileira. Também estamos na torcida”.

Muriel aguarda seu contrato de três anos e meio ser publicado no BID até às 14h de segunda para confirmar sua pré-inscrição na Sul-Americana. Deve poder estrear já na retomada do Campeonato Brasileiro, dia 15, contra o Ceará, no Maraca. De folga, o elenco retoma as atividades na terça-feira, data da apresentação do novo contratado.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Celso conta que convidou Marcelo a retornar ao Fluminense: “Ele achou a ideia boa”

Marcelo encontrou Celso Barros em sua ida ao Centro de Treinamento do Fluminense, sexta-feira, depois de uma visita a Xerém no início da semana. O novo vice-presidente do clube postou uma foto ao lado do lateral-esquerdo do Real Madrid e, na legenda, contou do convite para ele voltar a vestir verde, branco e grená.

“Ontem recebemos no CT o grande lateral Marcelo, do Real Madri, cria de Xerém. Claro que não deixei passar a oportunidade de convidá-lo para no futuro voltar ao Flu. Acho que ele achou a ideia boa”, escreveu.



É o segundo registro de Celso com um craque nas dependências tricolores. Durante o período de treinos da seleção uruguaia no CT, ele brincou com uma possível contratação de Cavani, do PSG. “Sonhar não custa nada”, disse na ocasião.



Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Celso Barros posa ao lado de Cavani: “Quem sabe no futuro ele poderá estar conosco”

Celso Barros e Cavani conversaram terça-feira no Centro de Treinamento do Fluminense, na Barra da Tijuca, que vinha servindo à seleção uruguaia na Copa América. O vice-presidente, empossado há duas semanas, postou uma imagem ao lado do centroavante de 32 anos e, na legenda, escreveu que sonha, futuramente, com a contratação. O craque tem contrato com o PSG até junho de 2020.

– Foi com alegria que recebemos as delegações do Uruguai e da Argentina no Centro de Treinamento do Fluminense. Tive oportunidade de bater um papo rápido com Cavani e tirar essa foto. Ele foi extremamente simpático. Quem sabe no futuro ele poderá estar conosco. Sonhar não custa nada – disse.

Assim como os demais uruguaios, Cavani ganhou do clube uma camisa oficial personalizada. Tirou foto com Pedro e Luis Suárez e levou os tricolores à loucura. A mesma ação ocorreu com a Argentina de Messi, nesta quarta-feira.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Celso Barros tem encontro com Wellington Nem e ressalta:”Tivemos um ótimo papo sobre futebol”

Celso encontra W.Nem (Foto: Arquivo pessoal/Instagram)

O vice-presidente tricolor Celso Barros, postou uma foto em suas redes sociais onde aparece juntamente com o jogador Wellington Nem, atacante que está no Shakthar, da Ucrânia. Ele postou a seguinte mensagem:

“Foi com alegria que encontrei hoje Wellington Nem, que atualmente joga no Shakhtar. Jogador criado na base do FLU. Campeão Brasileiro conosco em 2012. Tivemos um ótimo papo sobre futebol. ST🇭🇺”

Com isso, especula-se que o ponta, que fez tanto sucesso no título brasileiro de 2012, poderia ser um dos nomes citados na primeira entrevista coletiva pós posse presidencial, que ele e Mário Bittencourt estariam negociando.

A torcida tricolor, é claro, fez um grande alvoroço nas redes sociais, tanto de Celso, quanto do próprio jogador, pedindo o seu retorno para o Flu.

Saudações Tricolores,

João Eduardo Gurgel

Mário promete “grandes dias” no Fluminense e Celso fala em reconstrução em 1º discurso aos tricolores

Nos minutos seguintes ao anúncio de sua chegada ao poder no Fluminense, sábado, Mário Bittencourt apareceu na janela do Bar dos Guerreiros, nas Laranjeiras, acompanhado de seu vice, Celso Barros, para discursar pela primeira vez como presidente do clube.

– Quero um Fluminense unido, forte e imenso. Precisamos fazer o Fluminense imenso. E eu conto com vocês. O segredo do nosso sucesso está no amor que vocês têm ao Fluminense. Comecei aqui em 1998 e agora estou tendo a honra, ao lado do Celso, de presidir o clube. O trabalho é árduo. Mas a gente vai trazer o Fluminense para os grandes dias novamente. Que o Fluminense nos faça sorrir – disse, sendo ouvido por centenas de apoiadores.

Mário ficou com 2.225 dos 3.286 votos registrados nas urnas. Parabenizou seu ex-aliado, Ricardo Tenório, e considerou a disputa leal. Mas, principalmente, agradeceu aqueles que demonstraram confiança em suas propostas.

– Parabenizo a vocês pela belíssima campanha que fizemos juntos. Pela honradez, pela altivez, pela dignidade. Foi uma campanha de propostas, sem ofensas. Uma campanha que mostrou a grandeza do Fluminense.

– Agradeço a vocês pelos votos, pelos que pediram votos. Agradeço até aqueles que vieram aqui e não votaram em nós, mas exerceram seu direito democrático.

Foi, na verdade, Celso Barros quem puxou o pronunciamento. Assim como seu parceiro de chapa, destacou a importância do apoio em massa dos torcedores. Para o ex-patrocinador, a eleição da dupla aos cargos máximos vão devolver credibilidade ao Tricolor.

– Nosso presidente, Mário Bittencourt, foi um grande companheiro nessa campanha. Nós, juntos, vamos resgatar a credibilidade do Fluminense. Mas vocês é que vão ser a base desse caminho.

– É uma alegria estar aqui. Fizemos uma campanha limpa, com proposta e o resultado veio. Agora é o momento de reconstruirmos o Fluminense. Todos nós. Agradeço a vocês pelo carinho e pelo apoio. Quem vai salvar o Fluminense são vocês. Nós, torcedores, é que vamos salvar o Fluminense. Vamos buscar o rumo de onde esse clube nunca deveria ter saído.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Top