Celso se vê injustiçado por Mário

Após ser afastado do futebol do Flu pelo presidente Mario Bittencourt, o vice-presidente geral do Tricolor Celso Barros conversou com a imprensa nesta sexta-feira (23). 

O dirigente se viu injustiçado e não sabe se volta ao departamento em 2020. Em coletiva, o mandatário afirmou que conversaria com ele ao fim do Campeonato Brasileiro.

“Não vou deixar a vice-presidência, quero deixar claro. Vou me manter vice-geral, no futebol, essa tal conversa de fim de ano, estou refletindo muito, talvez nem precise. Nesse modelo, não me interessa. Eu não pude fazer nada. Ele vai dizer que trouxe Lucão, Orinho… todos no clube sabem como foi feito, e ele participou, como presidente, dono da caneta, claro, para dizer que me deu autonomia. Mas não havia. Eu disse que estava me sentindo injustiçado”, declarou.

Fonte: bol.uol

Mário confirma o afastamento de Celso Barros do futebol

O presidente Mário Bittencourt quebrou o silêncio e confirmou o afastamento de Celso Barros do futebol do Fluminense, ao menos até o fim do Campeonato Brasileiro. O vice-presidente geral deixa de ser oficialmente o homem forte do departamento, que vai passar a ser controlado diretamente pelo mandatário tricolor. 

– Eu ontem conversei durante 3 horas com ele. Eu não vim a público para falar sobre isso porque essa questão tem que ser resolvido internamente e caso eu falasse, geraria ainda mais instabilidade. Diante das postagens, causando instabilidade, decidi tirá-lo do futebol. O que eu informei para ele é que até o Campeonato terminar ele vai seguir afastado. A partir de hoje, assumo o futebol e que ele espere até o fim do ano para uma nova conversa para ver se segue no futebol ou como vice-presidente geral. 

Fonte: lance

Empate de Flu e Atlético aumenta crise entre Mário Bittencourt e Celso Barros

O empate em 1 a 1 com o Atlético-MG, no último sábado (16), no Maracanã, serviu para aumentar ainda mais o abismo na relação entre os dirigentes. Isso porque, por decisão do presidente tricolor, o vice-geral não recebeu a sua cota de ingressos e não foi ao jogo.

A informação foi divulgada inicialmente pelo “Globoesporte” e confirmada pelo Jogo Extra, que apurou que a situação entre os dirigentes está cada vez mais insustentável. A tendência é pelo afastamento de Celso até o término desta edição do Campeonato Brasileiro.

Tanto Mário quanto Celso têm direito a uma cota de ingressos, válidos para camarotes ou setores populares do estádio, que podem ser distribuídos para convidados. Mesmo sem eles, Celso poderia estar presente por ter uma credencial de entrada no Maracanã, mas decidiu por não estar presente para não causar atritos.

Pessoas próximas aos dirigentes veem esse “racha” como um problema grave na luta contra o rebaixamento e temem que possa atrapalhar os jogadores.

Fonte: extra

Jogadores do Flu apoiam técnico mesmo após declaração de Celso a favor da saída de Marcão

Com a última declaração pública do vice geral Celso Barros de que é necessária uma mudança no cargo técnico, o grupo de jogadores comprou a briga de Marcão.

O treinador, que estará no comando da equipe contra o São Paulo, nesta quinta, no Morumbi, está pressionado. Uma situação que se repete mais uma vez no clube este ano.

Yuri tentou fugir do assunto, mas declarou:

– A gente cai num ponto em que se o técnico é mandado embora a culpa é praticamente dos jogadores. Talvez nisso a gente se abale. Mas é do futebol. Infelizmente no Brasil se não há resultado sobra para o treinador. É assim na maioria das vezes. Mas a gente não pode pensar nisso. Tem que pensar em trabalhar todos os dias e ir para o jogo da melhor forma possível. Hoje o Marcão é o treinador, e agente está fechado com o Marcão.

Ao contrário do vice geral, o mandatário ainda defende a manutenção de Marcão. Nesta segunda, em entrevista ao “Globoesporte.com”, o ex-patrocinador chegou a tornar pública a divergência na cúpula.

– A gente está preocupado dentro de campo. Esses problemas de fora eles que resolvam. Estamos fechados com o Marcão. Não acredito que isso atrapalhe nosso rendimento – continuou o volante.