Em busca da sobrevivência: Flu precisa vencer na Argentina para seguir com chances de classificação na Sula

O Fluminense já está na Argentina para enfrentar o Union de Santa Fé nesta quinta-feira (19) pela quinta rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana.

Neste momento, o Fluminense está na terceira colocação, um ponto atrás dos argentinos e a três do líder Junior Barranquilla, que venceu o Oriente Petrolero na última terça-feira e complicou a situação tricolor no grupo. Como faltam duas rodadas — uma para os colombianos — e apenas o primeiro avança para as oitavas de final, a equipe do técnico Fernando Diniz enfrentará o Unión com a calculadora na mão.

  • Se o Fluminense vencer o Unión: vai a 10 pontos, os mesmos do líder Junior Barranquilla, com o desempate sendo no saldo de gols (6 a 1 para os colombianos). Na última rodada, terá que vencer o Oriente Petrolero, na Bolívia, e torcer por um tropeço do Junior diante do Unión, na Colômbia. Ou vencer e superar os colombianos no saldo de gols. Caso empate, terá que torcer por uma derrota do Junior.
  • Se o Fluminense empatar com o Unión: permanece na 3ª colocação com 8 pontos e está virtualmente eliminado. Teria que vencer o Oriente Petrolero e torcer por um empate entre Junior e Unión na última rodada. Neste cenário, também teria que superar os colombianos no saldo de gols já que ambos empatariam com 11 pontos.
  • Se o Fluminense for derrotado pelo Unión: está eliminado da Copa Sul-Americana.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Fonte: Jornal Extra

Diniz celebra classificação e divide méritos com ex-comandante Abel Braga

O Fluminense voltou a vencer o Vila Nova-GO nesta quarta-feira (12), e garantiu classificação às oitavas de final da Copa do Brasil. Como havia vencido o primeiro jogo por 3 a 2, o Tricolor poderia até empatar que garantiria a classificação.

Após o jogo, o técnico Abel Braga comemorou a classificação e dividiu os méritos com o técnico Abel Braga, que estava a frente do time na partida de ida:

Claro que divido com o Abel, não só a classificação, como o trabalho que está sendo feito. O Abel fez muito por esse time, pela história do Fluminense e pelo futebol, e faz ainda, até quando ele decidir continuar. Então divido com muita alegria essa classificação com o Abel e esse grupo de jogadores que ele soube conduzir tão bem, tanto é que ele é amado pelos jogadores e pelas pessoas no clube – comentou Diniz.

Foto em destaque: Marcelo Gonçalves/FFC

Fluminense vai a Goiás em busca da classificação e dinheiro no bolso

O Fluminense já está em Goiânia, o de enfrenta o Vila Nova-GO em busca da classificação às oitavas de final da Copa do Brasil, que garante R$3 milhões aos cofres do Fluminense.

A premiação é toda como primordial para reduzir os prejuízos financeiros do clube, principalmente após a eliminação precoce na Libertadores.

Além do dinheiro nos cofres, o jogo é importante para o técnico Fernando Diniz. O comandante Tricolor chegou no início deste mês e estreia na competição pelo Flu em busca do seu primeiro título de expressão como treinador.

Foto em destaque: Marcelo Gonçalves/FFC

Classificação sem festa

Apesar da classificação dramática sobre o Botafogo nos minutos finais do clássico, o Fluminense não teve o que comemorar. Na torcida, a classificação nos últimos muitos ganhou um pequeno tempo de euforia que logo foi trocado por protestos com gritos de “Time sem vergonha”.

Dentro de campo não foi muito diferente. Logo após o apito final que gerou revolta dos botafoguenses por não derem cobrar uma falta, os jogadores do Flu deixaram o campo cabisbaixos e sem esboçar nenhuma tipo de comemoração, inclusive na entrevista do herói da classificação, Germán Cano, que reconheceu o péssimo desempenho do time.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

“Cumprimos nosso objetivo”, destaca William após garantir classificação sobre o Millonarios

Com duas vitórias nos dois jogos, o Fluminense garantiu sua classificação a terceira fase da Libertadores. Após bater o Millonarios por 2 a 1 na Colômbia, o Fluminemse voltou a bater o líder do Campeonato Colombiano, dessa vez por 2 a 0, em São Januário.

Autor do primeiro gol e eleito Craque do Jogo pela Conmebol, o atacante William destacou o empenho da equipe em cumprir com o objetivo: a classificação.

Esse era o nosso objetivo. Passar de fase. Vencemos na Colômbia e, diante do nosso torcedor fazendo essa festa linda, vencemos novamente. Jogo difícil, mas graças a Deus fizemos os gols no segundo tempo e deixou o jogo mais tranquilo. Já voltar o foco para sábado. Vai ser um mais um jogo difícil. Está todo mundo de parabéns. Fico feliz pelo gol e mais ainda pela classificação – destacou o atacante.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Moleques de Xerém vencem a Francana-SP por 3 a 1 e avançam para a terceira fase da Copinha

Com gols de John Kennedy (2x) e Matheus Martins, os Moleques de Xerém venceram a Francana-SP por 3 a 1 e confirmaram a classificação para a terceira fase da Copinha. Adversário Tricolor sai do confronto entre Ponte Preta e Jacuipense.

O jogo

O Fluminense começou a partida com tudo e logo aos 7 minutos, John Kennedy recebeu lançamento de Marcos Pedro e teve categoria para concluir de primeira e abrir o placar no Ferreirão.

Os Moleques de Xerém quase ampliaram aos 16 minutos, após cruzamento de Jhonny, John Kennedy tentou uma bicicleta, Matheus Martins aproveitou o rebote e bateu forte, obrigando o goleiro a fazer uma boa defesa. Na sequência, foi a vez do zagueiro Felipe levar perigo ao gol da Francana.

Antes do intervalo, Wallace fez uma grande jogada individual, deixou a marcação no chão e finalizou rasteiro perto da trave. Nos minutos finais, o camisa 8 fez outra boa jogada e rolou para John Kennedy, mas o centroavante foi travado na hora do chute.

Na segunda etapa, o Fluminense não diminuiu a intensidade e ampliou a vantagem aos 8 minutos com John Kennedy, o camisa 9 aproveitou o cruzamento na medida de Matheus Martins em cobrança de falta para marcar seu segundo gol na partida.

A diferença no placar não durou muito. Aos 13 minutos, após cobrança de lateral na área, Pedro Policarpo desviou de cabeça e Vitor Mendonça apareceu livre para diminuiur o marcador para a Francana.

Os Moleques de Xerém não se abateram com o gol sofrido e voltaram a ampliar a vantagem aos 28 minutos. Após lançamento do goleiro Thiago, John Kennedy tabelou com Yago e deixou Matheus Martins livre para tirar do arqueiro adversário e marcar o terceiro do Flu.

O Tricolor ainda teve a chance de aumentar o placar com Miguel Vinícius na reta final do jogo, o atacante arrancou em velocidade e acertou a bola trave. Luan Brito, já nos acréscimos, também teve uma boa oportunidade mas acabou sendo atrapalhado pelas condições do gramado.

A equipe do técnico Eduardo Oliveira foi a campo com: Thiago; Jhonny, Davi (Justen), Felipe e Marcos Pedro (Jefté); Alexsander, Nathan e Wallace (Arthur); Yago (Guilherme), Matheus Martins (Miguel Vinícius) e John Kennedy (Luan Brito).

Foto: Maílson Santana/ FFC

Com uma equipe alternativa, Moleques de Xerém vencem a Matonense por 3 a 2 e confirmam a liderança do grupo na Copinha

Na última rodada da fase de grupos, o Fluminense venceu a Matonense-SP por 3 a 2 e confirmou a classificação na liderança do grupo 6 da Copinha. Guilherme e Luan Brito (2x) marcaram os gols da partida.

Já classificado para a próxima fase da competição, o técnico Eduardo Oliveira promoveu mudanças na equipe e escalou um time quase todo alternativo, com destaque para o meia Arthur, titular pela primeira vez na Copinha.

O jogo

Com muitas alterações na formação, o Tricolor começou a partida desatento e, logo no primeiro minuto, a Matonense-SP aproveitou uma falha de marcação da zaga e abriu o placar com Iago Teixeira.

Apesar da desvantagem, os Moleques de Xerém não se abateram e dominavam as ações do jogo, criando boas oportunidades com Alexandre Jesus, Edinho, Cauã Aguiar e Davi.

O Fluminense não demorou a reagir e empatou aos 29 minutos com Guilherme. O atacante, que veio do Serra Macaense e fez sua estreia com a camisa Tricolor, recebeu cruzamento na medida de Jhonny, destaque da partida, e testou para o fundo das redes.

No segundo tempo, o técnico Eduardo Oliveira colocou o atacante Luan Brito para aumentar o poder de ataque Tricolor, mas assim como na primeira etapa, o time voltou desligado e aos 2 minutos, Juan Carlos subiu livre na área para colocar a equipe da casa na frente do marcador.

Após o gol, Matheus Martins e Yago entraram no lugar de Guilherme e Arthur, e os Moleques de Xerém voltaram a controlar o jogo. Aos 31, Jefferson encontrou Jhonny na área, o lateral cruzou rasteiro para Luan Brito deixar tudo igual.

A virada Tricolor não demorou e aos 35, Luan Brito, artilheiro do último Carioca sub-20, aproveitou desatenção da zaga adversária para bater de esquerda e colocar o Fluminense na frente do placar.

Com a liderança da chave, os Moleques de Xerém aguardam a definição do grupo 5 para conhecer o adversário da próxima fase.

O Fluminense foi a campo com: Thiago; Jhonny (Cipriano), Davi, Joílson (Felipe) e Marcos Pedro; Nathan, Edinho e Arthur (Yago); Cauã Aguiar (Luan Brito), Guilherme (Matheus Martins) e Alexandre Jesus (Jefferson).

Foto: Maílson Santana/ FFC

Moleques de Xerém vencem o Grêmio e avançam para as quartas de final da Copa Nike sub-15

Classificado! Com gol do volante Fábio, o Fluminense venceu o Grêmio por 1 a 0 e se classificou para as quartas de final da Copa Nike sub-15.

Equipe do técnico Lindolfo Melo terminou a primeira fase na segunda posição do grupo B, com duas vitórias em três partidas.

Adversário Tricolor nas quartas da competição é o Corinthians, primeiro colocado no grupo A. A bola rola amanhã (11/10), às 14hrs.

Os Moleques de Xerém foram a campo com: Davi; Júlio Fidelis, Matheus Gomes, Rodrigo e Esquerdinha; Fábio, Victor Kauan e Victor Emanuel; Kauã Brasília, Foguete e Gustavo.

Foto: Lucas Merçon/ FFC

Fluminense pode perder mais uma posição antes do início da próxima rodada

O Fluminense, atualmente na oitava colocação, com 39 pontos, entra em campo no próximo sábado (06), quando recebe o Sport, no Maracanã, às 21h. Porém, pode entrar em campo já tendo perdido mais uma posição.

Isso porquê, o Atlético-GO, atualmente na 11° colocação, com 37 pontos, joga contra o Flamengo, também no Maracanã, na sexta-feira (05), às 21h e 30, em partida atrasada da 19° rodada do Brasileirão. Assim, caso o dragão surpreenda o Flamengo e vença a partida, chegaria aos 40 pontos, ultrapassando o Fluminense, que cairia para a nona posição.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Vence o Fluminense! Moleques de Xerém batem o Vasco por 2 a 0 e avançam para a final do Carioca Sub-20

Após empate por 2 a 2 no primeiro jogo, Fluminense vence o Vasco por 2 a 0 nas Laranjeiras com gols de Matheus Martins e John Kennedy e avança para a final do Campeonato Carioca Sub-20.

Com a vantagem do empate por ter a melhor campanha na primeira fase, o Tricolor começou assustando com John Kennedy. O camisa 9 aproveitou bola roubada por Alexsander após saída errada da zaga e finalizou forte de fora da área para defesa do goleiro.

Em um primeiro tempo sem muitas chances, a melhor oportunidade antes do intervalo veio após cruzamento de Marcos Pedro para chute de John Kennedy, que acabou travado por Menezez.

Assim como no início do jogo, o Tricolor começou a segunda etapa levando perigo, dessa vez com Yago, que finalizou forte de longa distância, com a bola passando perto da trave.

O Vasco assustou aos 9. Tavares saiu cara a cara com o goleiro Thiago, mas o zagueiro Damaceno foi providencial na recuperação, cortando a bola na hora da finalização.

O Flu abriu o placar aos 13 minutos, após cobrança de falta de Matheus Martins desviar em MT e tirar o goleiro Fintelman do lance. E o camisa 10 Tricolor quase ampliou a vantagem aos 16, em outra batida de falta, dessa vez parando no arqueiro adversário.

O segundo gol dos Moleques de Xerém veio aos 19 minutos. Marcos Pedro foi derrubado por Zé Vitor na área e o árbitro marcou pênalti. John Kennedy foi para a cobrança e deu números finais ao jogo.

O Vasco ainda teve Caio Eduardo expulso na reta final da partida após dar uma cotovelada em Edinho, mas nada que alterasse o resultado final da partida.

Equipe do técnico Eduardo Oliveira enfrenta o vencedor de Flamengo e Botafogo na decisão do Carioca Sub-20. No primeiro jogo, vitória Rubro-Negra por 1 a 0.

Foto: Maílson Santana/FFC