Presidente Mário aborda a opção por Roger Machado

Mário Bittencourt comentou sobre os motivos pelos quais contratou o treinador para comandar o tricolor na temporada 2021.

Quando a gente optou pelo nome dele. A gente fez uma análise da carreira, e não tem um clube que o Roger tenha trabalho e não tenha tido mais de 50% de aproveitamento, ou seja, é que infelizmente há uma cultura no futebol brasileiro com uma linha de corte de resultado quando se quer levar a descontinuidade de um trabalho, se opta por escolher os últimos resultados. Com relação a isso, a gente tem que começar a olhar mais pro conjunto do trabalho das pessoas que estão aqui, e das pessoas que estão no futebol. Todos os treinadores do futebol brasileiros tiveram vitórias e derrotas. Conquistas e não conquistas.

Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC 

Marcão fala sobre sensação de terminar o Brasileirão classificado para Libertadores e fora do G4

Após o término do Campeonato Brasileiro, na última quinta-feira (25), o técnico Marcão concedeu coletiva nesta sexta-feira (26) e falou sobre a sensação que ficou com a classificação do time à Libertadores, mas vendo o G4 escapando na última rodada.

Terminamos com muita satisfação essa nossa passagem, mas com um sentimento um pouco amargo, porque ontem ficou bem perto de conseguirmos o G4, tamanho o esforço dos meninos (jogadores), a entrega e comprometimento. A gente lamentou do jogo passado contra o Santos, quando a arbitragem não teve uma noite feliz, nos prejudicou. Realmente foram pontos que nos deixariam certamente no G4. Mas assim: a sensação é de dever cumprido, que os meninos fizeram de tudo por essa posição. De cada vez mais elevar o nome do Fluminense lá em cima e, com a certeza que se tiver que disputar a pré, é lógico ainda na dependência do jogo do Palmeiras e Grêmio para entrarmos numa fase de grupos, mas com a sensação que se tiver que disputar o jogo da pré, esse time não teme mais a nada. Nosso time pode jogar contra qualquer equipe, em qualquer lugar, que eles vão jogar da melhor maneira possível. O que eles construíram é para ficar guardado, registrado, e tenho certeza que o Roger viu e vai ser daí para cima por tudo que esses meninos criaram – disse Marcão.

Vale destacar que o clube ainda segue na espectativa da decisão da Copa do Brasil, que caso termine com o título do Palmeiras, o Flu mesmo na quinta posição, avança direto à fase de grupos.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Yago “ciclista” e Nino “empresário” roubam a cena na coletiva de Fred

O atacante Fred concedeu coletiva na sala de imprensa do CT Carlos Castilho nesta quarta-feira (24) quando atendeu a imprensa de maneira remota. No entanto, dois jogadores chamaram atenção e “roubaram a cena” durante a entrevista: Nino e Yago.

– Chegou um ciclista e um empresário ali também… hoje nós combinamos no nosso grupo de whatsapp para ver quem vem mais mal vestido e o Nino tentou vim arrumado, mas ganhou o título de mais mal arrumado – disse o atacante em tom de descontração.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

“É uma realização incrível”, diz Nenê sobre disputar a Libertadores pelo Flu

O Fluminense garantiu classificação à Libertadores da próxima temporada e, com isso, volta a competição mais importante do continente depois de oito anos afastado.

Um dos principais nomes do elenco, o meia Nenê, falou sobre disputar a competição com a camisa Tricolor, dizendo ser uma realização incrível.

– É uma realização incrível pra mim. Consegui cumprir com meu objetivo, com meu sonho, de poder estar jogando a Libertadores com o Fluminense e eu sempre acreditava nisso… até estava brincando com o Muriel ele falou sobre isso. Não lembro se eu havia falado G4 ou G5, mas lembro da conversa, e chegar assim no final, tantas dificuldades, o pessoal de fora não acreditando. Mas nós, de dentro demonstrando que era possível se nós fizéssemos tudo que podíamos, então é uma realização incrível e estou muito, muito feliz em poder estar terminando essa temporada com números pessoais tão altos e atuações constantes e boas e ajudando o time a conquistar essa vaga, então realmente é uma coisa incrível.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Nenê concede entrevista nesta quinta-feira

Vivendo uma de suas melhores temporadas com a camisa do Fluminense, o meia Nenê irá conceder coletiva na manhã desta quinta-feira (18) na sala de imprensa do CT Carlos Castilho.

A entrevista está prevista para iniciar às 11h20, logo após a atividade que iniciou por volta das 9h30.

A coletiva ainda seguirá os padrões adotados pelo clube desde a volta do futebol pós parada por conta da pandemia, onde o jogador atende os repórteres de forma remota, com transmissão ao vivo pelo canal do Fluminense no YouTube, a FluTv.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Após garantir classificação à Libertadores, Marcão garante foco na briga pelo G4: “tenho certeza que vão subir mais degrau”

O Fluminense entrou em campo na noite da última segunda-feira (15) para enfrentar o Ceará já garantido ao menos para a fase pré Libertadores, no entanto, o treinador destacou o foco do grupo e garantiu que o time ainda segue lutando por uma vaga no G4, o que daria uma vaga direta a fase de grupos.

É um ponto que a gente tocou na preleção e conversamos muito sobre isso. A gente chegou depois do resultado do Corinthians e as notícias começaram a chegar… De que maneira a gente ia reagir reagir? Se nossa equipe ia evoluir ou se ia “cumprimos” a nossa primeira meta ? Não, eles foram extremamente concentrados, extremamente ligados a tudo, estão curtindo o momento, mas querem mais. Esses meninos aí têm um espacinho na história do clube por tudo que estão fazendo, tenho certeza que vão subir mais um degrau, pois eles merecem – concluiu o treinador.

O clube ainda entra em campo em amis duas oportunidades na luta pelo G4, quando enfrenta o Santos, na Vila Belmiro, e fecha contra o Fortaleza, no Maracanã.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Lider em assistências na temporada, Egídio rebate críticas: “Prefiro receber tentando do que me omitir”

Mesmo ficando uma parte da temporada no banco, Egídio continua líder isolado em assistências. Em coletiva de imprensa realizada hoje pela manhã no CT Carlos Castilho, o lateral, que retomou a vaga de titular e vem fazendo boas exibições, rebateu as críticas de parte da torcida.

Eu fiquei muitas partidas no banco e não perdi a liderança de assistências. Sou líder isolado, com nove, e de desarmes também. E sou lateral. A maioria dos meus passes para gol foi de bola rolando, não foi bola parada. As pessoas veem só os erros. Por que sou líder de assistência? Porque eu tento, vou no fundo e cruzo. Se eu ficasse só ali atrás tocando de lado, talvez eu não recebesse críticas. Prefiro receber tentando do que me omitir e não vir as críticas e não ter números bons. Se os números estão significativos para mim continuarei tentando. Não me preocupo com o que vem de fora. É por isso que tenho essa retomada com as boas atuações. Penso no Fluminense. Vestir essa camisa, dar meu melhor dentro de campo. E é isso que está acontecendo. – disse Egídio.

O Fluminense volta a campo em duelo contra o Ceará, na próxima segunda-feira, às 18hrs, na Arena Castelão.

Foto: Lucas Merçon/FFC

Lateral esquerdo, Egídio dará coletiva nesta sexta-feira

O Fluminense se reapresentou na manhã desta sexta-feira (12) quando iniciou a preparação para o.jogo contra o Ceará, em Fortaleza, na próxima segunda-feira (15).

Após a atividade, o lateral esquerdo Egídio, dará coletiva na sala de imprensa do CT Carlos Castilho. O formato seguirá de forma online com a transmissão acontecendo ao vivo através do canal do Fluminense no YouTube, a FluTv, com início previsto para às 11h20.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Lateral ou no meio ? Calegari revela onde prefere atuar

O lateral/volante Calegari estava na manhã desta segunda-feira (8) ao lado de Luiz Henrique concedendo entrevista coletiva na sala de imprensa do CT Carlos Castilho.

Volante de origem e lateral nos profissionais, Calegari confidenciou em qual setor do campo que preferia atuar. Convocado ultimamente como lateral pela seleção sub-20, Calegari diz que convocação não influencia na decisão.

Até o Sub-17 eu fui convocado de volante. Minha primeira convocação como lateral aconteceu agora pelo sub-20 então isso não influencia na minha decisão. Deixo isso nas mãos do treinador, eles conversam comigo e eu me sinto confiante tanto na lateral quanto no meio campo, e por mais que tenha tido minha estreia no profissional pela lateral onde já estou a temporada toda jogando, nunca vou descartar minha posição de origem: volante, onde me sinto muito confortável.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Moleques de Xerém concedem entrevista nesta segunda-feira

O Fluminense segue a preparação para enfrentar o Atlético-MG na próxima quarta-feira (10) e o elenco realiza uma atividade na manhã desta segunda-feira (8) no CT Carlos Castilho, após, a dupla Luiz Henrique e Calegari estarão concedendo entrevista coletiva na sala de imprensa.

A coletiva seguirá no formato remoto, sendo transmitida ao vivo pelo canal do clube no YouTube, a FluTv a partir das 11h15.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC