fbpx

Com saída de Abel Braga, comissão técnica sofre reformulação

A saída de Abel Braga, há duas semanas, provocou mais mudanças na comissão técnica do Fluminense, agora comandado por Marcelo Oliveira, ex-Coritiba. Escudeiro de Abelão, Leomir também deixou o clube, assim como Manoel Santos (preparador físico) e Marquinhos Lopes (preparador de goleiros). Eles trabalharam durante um ano e meio no Tricolor.

Com a vinda de Oliveira e os desfalques no time que coordena o futebol, o Fluminense contratou os auxiliares Tico e Eduardo Pacheco, que começaram trabalho nesta segunda-feira, reservada apenas para avaliações físicas. Ex-Paraná e campeão da Olimpíada 2016, no Rio, pelo Brasil, Marcos Seixas, que atua como preparador físico, foi integrado ao grupo. É sua terceira passagem por Laranjeiras (outras duas foram no final da década de 90 e em 2000).

Os remanescentes do comando passado são Marcão, assistente técnico, Fábio Moreno, auxiliar técnico, Marcelo Chirol, preparador físico, e André Carvalho, preparador de goleiros. Os novatos têm um mês para conhecer melhor o elenco, que se reapresentou, nesta terça-feira, sem novidades. O primeiro compromisso pós-Copa é o clássico com o Vasco, dia 19 de julho, em São Januário.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

 

Top