Anderson Daronco apitará Corinthians x Fluminense, pela Copa do Brasil

https://www.betnacional.com?p=canalflunews

Anderson Daronco foi o selecionado para apitar a partida entre Corinthians e Fluminense, no segundo jogo da semifinal da Copa do Brasil, quinta-feira, às 20h (de Brasília), em Itaquera.

O gaúcho será auxiliado por Rafael da Silva Alves (Fifa-RS) e Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG). O árbitro de vídeo será Rodrigo Dalonso Ferreira (SC).

Fluminense e Corinthians empataram por 2 a 2 no jogo de ida, no Maracanã. Nova igualdade leva a decisão para os pênaltis. As finais da Copa do Brasil acontecem nos dias 12 e 19 de outubro.

Fonte: ge
Foto: Divulgação

Matheus Martins vibra com bom momento e vê Flu pronto para avançar na Copa do Brasil

Embalado por uma sequência de cinco vitórias consecutivas, o Fluminense tem pela frente nesta terça-feira (12/07) um importante desafio na temporada. Às 21h, o Tricolor encara o Cruzeiro no Mineirão pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. Com a vitória por 2 a 1 no jogo no confronto de ida, no Maracanã, o time comandado pelo técnico Fernando Diniz pode até empatar que vai carimbar o passaporte para a próxima fase.

O bom momento da equipe caminha junto do crescimento do jovem Matheus Martins. O Moleque de Xerém, de apenas 18 anos, não esconde a felicidade pelas atuações recentes, mas agora já concentra suas atenções na partida decisiva desta terça. Apesar da vantagem construída em casa, o meia-atacante garante que a equipe vai em busca de mais uma vitória nesta noite.

“Muito feliz pelo momento que estou vivendo. Agora é dar continuidade no trabalho para a gente conquistar grandes coisas. Conseguimos uma vantagem importante no Maracanã, mas sabemos da importância desse segundo jogo e temos a consciência de que vai ser uma partida muito difícil. Mas a gente está preparado e, se Deus quiser, vamos sair com a vitória e com a classificação”, afirmou.

Matheus Martins vem de um jogo para lá de especial. O garoto marcou um gol na vitória por 2 a 1 sobre o Ceará no último sábado (12/07), no Maracanã, na partida que marcou o adeus do ídolo Fred dos gramados.

“Fico feliz de ter marcado na despedida do Fred, de ter tido a oportunidade de ter jogado ao lado dele e comemorar meu gol com ele. Foi uma honra muito grande para mim”, disse.

Foto: Marcelo Gonçalves/FFC
Texto: Comunicação/FFC

Nino conta com o apoio da torcida no jogo de hoje contra o Cruzeiro

Agora é mata-mata! Depois de uma importante vitória que colocou o time no G-6 do Campeonato Brasileiro, o Fluminense vira a chave e agora concentra suas atenções na Copa do Brasil. Nesta quinta-feira (23/06), o Time de Guerreiros inicia a batalha contra o Cruzeiro pelas oitavas de final da competição. A bola rola às 19h no Maracanã pelo jogo de ida do confronto. Com mais de 40 mil ingressos vendidos antecipadamente, o zagueiro Nino conta com o apoio da torcida para que o Tricolor dê um importante passo rumo à classificação para as quartas.

“É uma competição muito importante para a gente, um jogo que vai ser muito difícil, contra uma equipe que vem muito bem na temporada. A gente espera contar com o apoio da nossa torcida para poder fazer um bom jogo nesses primeiros 90 minutos. Estamos preparados para fazer um bom resultado”, disse o camisa 33.

Sorteado para fazer o primeiro jogo do confronto em casa, o Fluminense está preparado para uma decisão em 180 minutos. Na avaliação do zagueiro Nino, é fundamental ter a consciência de que a classificação não será definida nesta noite. O jogo de volta está marcado para o próximo dia 12 de julho (terça-feira), às 21h, no Mineirão.

“A gente sabe que no final o que conta são os 180 minutos, e a gente precisa ter um equilíbrio para que este fator, de eles decidirem em casa, não faça a diferença. A gente sabe que é difícil jogar no Mineirão, mas a agente também sabe que é muito difícil jogar contra a gente no Maracanã, e a gente conta com o apoio da nossa torcida”, afirmou.

Foto: Mailson Santana/FFC

Após eliminação; Luccas Claro exalta equipe: “Saímos de cabeça erguida” 

O Fluminense está fora da disputa pela taça da Copa do Brasil. Nesta quarta-feira, a equipe carioca perdeu para o Atlético-MG, por 1 x 0 no Mineirão, e foi eliminada com placar agregado de 3 x 1 para o adversário. Ao fim do confronto, Luccas Claro lamentou a eliminação, mas disse que o Fluminense seguirá forte no Campeonato Brasileiro.

É triste você ser eliminado de uma competição tão importante, mas não podemos nos abater. Nós não entregamos o jogo, sabíamos da dificuldade. A equipe do Atlético-MG é uma das melhores do Brasil, infelizmente não conseguimos, mas saímos de cabeça erguida e vamos seguir fortes no Brasileiro”, disse. 

Foto: Lucas Merçon/FFC

Marcão reconhece bom primeiro tempo e diz que tentou de tudo para mudar o jogo


O Fluminense precisava vencer o Atlético-MG no Mineirão para sonhar com a classificação para as semifinais da Copa do Brasil. A primeira metade de jogo do time comandado pelo técnico Marcão foi até promissor, com duas boas chances de gol e segurando o ímpeto do Galo. Mas após sofrer o gol no início da 2ª etapa, o tricolor se perdeu na partida e não conseguiu dar trabalho ao time atleticano. Na coletiva após a partida, Marcão destacou a atuação de sua equipe no 1º tempo e reconheceu que as tentativas feitas após o gol sofrido acabaram não surtiram efeito.

No segundo momento, quando tomamos o gol, teríamos que, de alguma forma, arriscar mais. Tentamos de tudo. Primeiro colocamos o Arias por dentro, mas não estava resultando muito, e adiantamos mais um atacante, fizemos duas linhas de área para pesarmos mais a área. Mas não conseguimos empatar. Os meninos fizeram de tudo, tentamos de tudo. Lógico que queríamos sair daqui com um resultado muito positivo, voltar com essa classificação para o Rio de Janeiro, mas infelizmente não deu. Fizemos uma boa partida diante de uma equipe muito bem treinada”, finalizou.

Foto: Lucas Merçon 

Tática Didática: Quais os caminhos para o Fluminense se classificar na Copa do Brasil? Confira análise

O Fluminense entra em campo, na noite desta quarta-feira (15), para decidir a classificação para as semifinal da Copa do Brasil. Mas o desafio será árduo. Vai encarar o líder do Campeonato Brasileiro, e embalado, Atlético-MG.

No confronto de ida, no Nilton Santos, vitória dos mineiros por 2 a 1. Ou seja, eles entram classificados. O Fluminense precisa correr atrás do placar para passsa de fase.

E isso, por si só, dobra o desafio. O Fluminense é uma equipe reativa, ou seja, gosta de se defender, roubar a bola e puxar o contra-ataque. Com a vantagem no placar é bem improvável que o Galo vá pra cima, deixando espaços para o tricolor.

Qual a saída, então, para o time de Marcão? Não vemos outra alternativa que não seja fazer uma marcação pressão para roubar a bola e rapidamente puxar o contra-ataque. E isso pode ser feito no ataque ou no meio-campo.

No vídeo abaixo, explicamos melhor sobre esta estratégia e, claro, como que o Flu deve se defender do Atlético, para conseguir a classificação. Assista e deixe seu comentário.

DIA DE DECISÃO! Saiba todas informações do jogo de hoje entre Fluminense x Atlético-Mg

O Atlético venceu o primeiro jogo no maraca por 2 a 1. Com isso, joga pelo empate ou vitória por qualquer placar, nesta quarta-feira, para se classificar. Como na Copa do Brasil não existe o critério de gols fora de casa, se o Fluminense derrotar o rival por um gol de diferença, a vaga será decidida nos pênaltis, por mais de um, avança direto.

O jogo desta quarta-feira não terá a presença de torcedores no Mineirão. O Galo até tem uma liminar do STJD que permitiria vender ingressos, mas escolheu cumprir o acordo entre clubes e CBF, para que tenha torcida em jogos eliminatórias apenas se as duas equipes puderem exercer o direito. 

SporTV e Premiere, com narração de Luiz Carlos Júnior e comentários de Lédio Carmona e Fábio Júnior.

O Fluminense chega com a motivação recuperada com a reação no Brasileirão. Após a chegada do técnico Marcão para substituir Roger Machado, o Tricolor está há cinco jogos invicto na competição e só perdeu na Copa do Brasil, no jogo de ida para o Atlético-MG.

Para o jogo desta quarta, o treinador tem uma série de desfalques. Além de não ter mais Nenê, que rescindiu amigavelmente com o Tricolor e acertou com o Vasco, não poderá contar com outros oito jogadores, com destaque para Martinelli, Gabriel Teixeira e Egídio, titulares em boa parte da temporada

Provável Fluminense: Marcos Felipe, Samuel Xavier, Nino, Luccas Claro e Danilo Barcelos; André (Wellignton), Nonato (Arias) e Yago; Luiz Henrique, Caio Paulista e Fred

Foto: Divulgação 

Ao lado de Romário, Fred se torna o maior artilheiro da história da Copa do Brasil

Fred não para de alcançar marcas desde que voltou ao Fluminense. Na noite desta quinta-feira, o centroavante de 37 anos chegou a 36 gols na história da Copa do Brasil e se tornou o maior artilheiro do torneio ao lado de Romário. O camisa 9 tricolor estufou as redes no jogo contra o Atlético-MG, no Nilton Santos, pela partida de ida das quartas de final da competição.

Na ida para o vestiário, no intervalo da partida, o centroavante tricolor comentou o gol, mas lamentou a vitória parcial do Galo, que já vencia o jogo por 2 a 1.

Fico feliz pelo gol, mas não dá para comemorar. O Daronco falou quatro minutos, depois dois minutos. Orientamos para não tomarmos contra-ataque. Eles vieram posicionados. E tem o Hulk, tem o Zaracho, uns caras muito rápidos, com muita profundidade, e com um descuido nosso complicamos mais a situação. Sabemos que contra o Atlético quando você erra acontece isso aí. Vamos acertar para tentar virar o jogo para o segundo tempo”, disse Fred ao sair de campo no primeiro tempo.

Este é o jogo de número 32 de Fred na Copa do Brasil pelo Fluminense. Com a camisa tricolor, o atacante tem 16 vitórias, sete empates e oito derrotas, com 20 gols marcados no torneio.

Entre os maiores artilheiros da Copa do Brasil, Fred é o único que ainda está em atividade. Além de Romário e do atacante tricolor, o Top 6 tem Viola (29 gols), Oséas e Paulo Nunes (28 gols cada) e Dodô (26 gols).

Foto: Lucas Merçon/FFC

Tática Didática: Como o Atlético-MG joga? E como o Fluminense pode vencer?

O Fluminense volta a receber o Atlético-MG no Rio de Janeiro. Desta vez, pela partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil.

O jogo do Campeonato Brasileiro, que aconteceu na última segunda-feira, trouxe uma prévia do que deve ser este confronto mata-mata. No entanto, se engana quem acha que o Galo mostrou todo o seu repertório neste jogo.

O Atlético-MG é um time extremamente vertical. Ou seja, se movimenta em direção ao gol adversário o tempo todo. E busca fazer isso de forma rápida e com poucos toques.

Quando joga contra equipes muito fechadas, como foi o Fluminense pelo Campeonato Brasileiro, sofre. Mas não dá pra imaginar que num mata-mata, a postura será a mesma. O Flu precisará, em algum momento, subir o jogo para marcar.

A jogada pelas pontas é muito perigosa. Hulk se movimenta muito e dá opções, com Nacho fazendo a entrelinha. No vídeo abaixo, explicamos como o Atlético-MG joga e como o Fluminense pode ganhar. Assista e responda: Qual o placar do jogo?

Tática Didática: Na prévia da Copa do Brasil, da para se animar com o Fluminense

O FLuminense recebeu o Atlético-MG pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. O confronto terminou empatado em 1 a 1, mas com saldo positivo para o tricolor. E explicamos.

Diante da troca de treinador e enfrentando o líder do Campeonato Brasileiro, o favoritismo era todo o Galo. Mas, dentro de campo, isso não se mostrou.

Mesmo que o Atlético tenha ficado mais com a bola e pressionado mais durante os 90 minutos, o Fluminense fez o seu jogo. Em alguns momentos adiantou a marcação para pressionar a saída de bola. Em outros, na maioria, recuou e esperou o Galo.

E funcionou. Conseguiu abrir o placar e teve a chance de liquidar a partida com Gabriel Teixeira. Como perdeu, minutos depois, os mineiros empataram com Sasha.

No vídeo abaixo explicamos como foi o confronto, o modelo de jogo aplicado por Marcão e como o resultado influencia a partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Assista!