Após empate, Marcão valoriza poder de reação da equipe: “Por pouco não conseguimos virar”

Depois do empate por 3 a 3 fora de casa com o Coritiba no Couto Pereira, o técnico Marcão comentou sobre o poder de reação da equipe após sair perdendo por 2 gols e buscar o empate, podendo até ter virado o placar nos minutos finais.

Lógico que a gente queria estar comemorando um grande resultado, tivemos o volume total do jogo. O Coritiba, nas chances que eles tiveram finalizaram com gols, e isso foi freando o ímpeto da nossa equipe. Quando tomamos o terceiro gol, foi onde ganharam mais 10 minutos de sobrevida, mas mesmo assim continuamos agredindo, atacando, continuamos infiltrando e criando situações de gol. Por pouco não conseguimos virar um resultado que seria de grande importância. Sentimento é de que buscamos um ponto que no final vai fazer diferença a nosso favor – disse Marcão.

Foto: Lucas Merçon/ FFC

Tem estrela! John Kennedy precisa de apenas 13 minutos para marcar em seu primeiro jogo como profissional

Na sua estreia como profissional, John Kennedy entra no intervalo e faz o primeiro gol do empate Tricolor com o Coritiba por 3 a 3 no Couto Pereira.

Moleque de Xerém precisou de apenas 13 minutos para deixar sua marca. Já nos acréscimos quase marcou um golaço, recebeu na entrada da área, driblou a marcação e finalizou com perigo, com a bola passando perto da trave.

O atacante de 18 anos já mostrou suas credenciais e se colocou como uma boa opção de ataque para os próximos jogos, principalmente com Fred suspenso para o confronto com o Botafogo no domingo.

Foto: Lucas Merçon/ FFC

Yago define meta contra o Coritiba: “Seguir pontuando para cumprir nosso objetivo”

Em busca da vaga para a Libertadores, Flu enfrenta o Coritiba no Couto Pereira rola às 20:30. O volante Yago comentou sobre as dificuldades esperadas para o confronto e o objetivo Tricolor no jogo.

– No segundo turno todos estão disputando algo, o que torna todo jogo muito complicado. Cada jogo é muito importante, principalmente fora de casa. A gente tem essa consciência e sabe da importância de seguir pontuando a cada rodada para que a gente possa cumprir nosso objetivo. – disse o jogador.

Foto: Lucas Merçon/ FFC

Marcão projeta duelo com o Coritiba: “Trazer mais três pontos fazendo um bom jogo”

Após vitória contra o Sport na última rodada, Flu busca mais um resultado positivo no duelo de hoje com o Coritiba, às 20:30, no Couto Pereira. O técnico comentou sobre as expectativas para a partida de logo mais.

– Esperamos um jogo forte do adversário, mas a nossa equipe vem de um jogo forte, com resultado importante, e fizemos bons treinamentos. É levar isso tudo para dentro de campo e trazer mais três pontos fazendo um bom jogo. – disse o treinador.

O Fluminense é o sétimo colocado na tabela com 46 pontos conquistados em 30 partidas.

Foto: Lucas Merçon/ FFC

Gustavo Murínigo testa positivo para a Covid-19 e não treina o Coxa contra o Fluminense

Próximo adversário do Fluminense, o Coritiba sofreu uma baixa para o jogo desta quarta-feira (20): o técnico Gustavo Murínigo, que testou positivo para a Covid-19.

Além do treinador, os auxiliares Roberto Acuña e Martin Paolorosso, e o preparador físico, Gonzalo Llano, também testaram positivo e segundo nota divulgada pelo clube, já estão em isolamento domiciliar

Sem Morínigo, o auxiliar Júlio Sérgio assume interinamente pela terceira vez na temporada. Antes, esteve à frente da equipe nas partidas contra Goiás (derrota) e Athletico (empate).

Coritiba e Fluminense se enfrentam nesta quarta-feira (20), no jogo que está marcado para 20h30, no Couto Pereira.

Foto em destaque: Divulgação/Coritiba

Após rescindir com o Fluminense, Kelvin está perto de ser anunciado por novo clube

Foto: Lucas Merçon/FFC

Após ter atuado pouco mais de dois minutos em cerca de cinco meses de Fluminense, o atacante Kelvin rescindiu seu contrato com o clube e, já está perto de ser anunciado por uma nova equipe.

O atacante já está no Paraná onde deve ser oficializado como novo jogador do Coritiba, atualmente na segunda divisão do Campeonato Brasileiro.

Natural do Paraná, o jogador que foi revelado pelo próprio Paraná, chegou a ser especulado no Athletico-PR ainda antes de fechar com o Flu.

Fluminense encaminha contratações de Orinho e Luccas Claro

A cerca de três meses do fim da temporada, o Fluminense deve anunciar mais dois reforços para o elenco de Oswaldo de Oliveira. Sem clube, o lateral-esquerdo Orinho e o zagueiro Luccas Claro estão no Rio de Janeiro e têm acordo para assinar até 2020. Se aprovados nos exames médicos, acertam com o Tricolor.

Ex-equipe de Orinho, o Santos repassou ao Time de Guerreiros os exames cardiológicos do jogador, que complementa nesse sábado a avaliação médica. Por sua vez, Luccas Claro será examinado no domingo.

Durante a maior parte do ano, em razão da saída de Marlon e das seguidas lesões de Mascarenhas, o volante Caio Henrique jogou improvisado na lateral-esquerda. Em entrevista ao Globo Esporte, o técnico Oswaldo explicou a necessidade de contratar para o setor e dar fim à improvisação.

— Precisamos de um lateral-esquerdo, porque o Caio Henrique não é da posição, mas tem jogado e feito partidas muito boas. Temo quando não tivermos ele. Puxei um garoto da base, o César, mas ele ainda precisa ganhar mais experiência, ainda mais nesse momento difícil — disse, completando:

— Se nós conseguirmos trazer um lateral e eu puder usar o Caio Henrique por dentro, claro que vamos fazer. É uma ideia que eu admito, com certeza.

A zaga, uma das mais vazadas do Campeonato Brasileiro, é alvo de duras reclamações de torcedores. Enquanto Digão e Nino são titulares, apenas Frazan e Luan ficam no banco de reservas. Matheus Ferraz, lesionado, só volta em 2020.


QUEM SÃO OS REFORÇOS TRICOLORES?

Orinho: Revelado pelo Santos, o lateral-esquerdo de 24 anos chegou a ser emprestado à Ponte Preta no ano passado e retornou à Vila em 2019 para, em maio, encerrar seu vínculo com o Peixe. Sua última partida ocorreu em março.

Luccas Claro: O zagueiro defendeu o Coritiba, que o revelou, por quase seis anos, até ser negociado para o Gençlerbirligi, da Turquia, em 2016. Não joga desde maio.


Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Com a concorrência do Inter, Fluminense negocia por Guilherme Parede, do Coritiba

Aos 23 anos, Guilherme Parede, mesmo jogando na segunda divisão, atraiu os olhares de Fluminense e Internacional, que negociam sua contratação para a próxima temporada. Ele terminou o ano como artilheiro do Coritiba, com 12 gols em 47 jogos, apesar da má campanha do time.

Parede ainda tem contrato até o fim de 2021. Mesmo assim, Flu e Inter oficializaram o interesse ao Coxa, que o revelou e chega a vê-lo como uma joia. Dessa forma, a condição para liberá-lo é uma boa compensação financeira. Mas os clubes, por enquanto, propuseram apenas o empréstimo de jogadores que agradem a diretoria paranaense.

– Se não houver contrapartida financeira ou atletas que interessem ao clube, Parede não sai. Temos um objetivo claro de acesso, precisamos acrescentar e não perder. Por enquanto, só interesse e conversas entre as diretorias – disse Rodrigo Pastana, diretor de futebol, que foi a Porto Alegre para conversar com dirigentes colorados.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Programa flagra Kleber chegando ao hospital no Rio

Jogador deve assinar com o Flu até o final de 2019.

A repórter Luana Trindade e o cinegrafista Leonardo Silva, ambos do programa “Os Donos da Bola”, flagraram o momento em que o atacante Kleber Gladiador chegava ao hospital Vitória, na Barra da Tijuca, zona Oeste do Rio de Janeiro para realização dos exames médicos.

Assim que aprovado, o atacante de 34 anos assinará com o tricolor. Contudo, ainda não há data definida para a apresentação do jogador que deve assinar até o final de 2019 com um salário dentro do atual teto Tricolor, abaixo do que ganhava no Coritiba, que visando”se livrar” do atacante, não dificultou na liberação e o Flu não pagará nada ao clube paranaense.

 

ST,

Douglas Wandekochen

 

foto: Reprodução vídeo/ Leonardo Silva

Baixo salário e contratação a custo zero: por que o Fluminense escolheu Kléber

A parada entre a eliminação no Campeonato Carioca, depois da derrota para o Vasco, e a estreia na Sul-Americana, daqui a quatro dias, serviu para o Fluminense encaminhar acerto com reforços pontuais para 2018. Como adiantado por Paulo Autuori, os focos eram: zaga (existe acerto verbal com Luan Peres, da Ponte Preta), meio-campo e ataque. Para o setor mais ofensivo, os nomes são João Carlos, ex-Cabofriense, e Kléber, do Coritiba, que disputa a final do Paranaense, domingo, frente ao Atlético-PR.

A negociação com o Gladiador, noticiada, em primeira mão, pelo Canal FluNews, está em vias de ser confirmada. Há, porém, enorme desconfiança da torcida a respeito da vinda do atacante, de 34 anos. Com informações exclusivas, o portal explica o que a diretoria avaliou para abrir conversas com o camisa 83 do Coxa.

Baixo salário

Dada as dificuldades financeiras, o Fluminense está sem poder de fogo no mercado. Portanto, busca opções mais baratas e que se enquadrem na sua realidade. Kléber é uma delas. Os gastos mensais com o jogador serão de apenas R$ 140 mil.

Contratação a custo zero

Além do baixo valor de salário, a contratação, se confirmada, o que é provável que aconteça, será a custo zero. Ou seja, sem gasto de aquisição.

Experiência

A diretoria vê evolução do time de janeiro para cá, mas reconhece a necessidade de encorpar o elenco com jogadores experientes. Embora valorize as joias de Xerém, bateu o martelo e decidiu por escolher figuras mais prontas no mundo do futebol. Kléber, por exemplo, vestiu as camisas de São Paulo, Palmeiras, Cruzeiro, Grêmio e Vasco, além do Coritiba. Defendeu, ainda, um time europeu: o Dynamo de Kiev.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.