Fluminense foi o time com maior número de jogadores infectados pelo Covid-19 ao longo do Brasileirão 2020

O Campeonato Brasileiro 2020, que terminou na última quinta-feira (26) foi marcado por diversos problemas pelo novo Coronavírus (Covid-19). Pandemia que mudou o rumo do futebol, com paralisação nos campeonatos, jogos sem torcida dentre outros tantos fatores.

Diante de toda insegurança causada pela doença, o Brasileirão iniciou mediante um protocolo de testagens buscando preservar a saúde e vidas dos envolvidos com o esporte, apresentando uma rotina diferente com muitos exames por mês e trouxe um novo motivo de desfalque para os compromissos da competição.

Ao todo, a Série A registrou 302 infecções de jogadores pelo vírus durante o Brasileirão, com o Fluminense, ao lado do Vasco, sendo os clubes com maior número de jogadores infectados ao longo da competição, com 26 atletas no total, com a contagem sendo feita no período de 10 dias antes do início do Brasileirão até a data da última rodada

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Fonte: GE

Mãe de Ronaldinho Gaúcho, Dona Miguelina, morre em decorrência da Covid-19

A mãe de Ronaldinho Gaúcho, Miguelina Elói Assis dos Santos, morreu na noite deste sábado (20), em Porto Alegre, por decorrência da Covid-19.

Dona Miguelina, tinha 71 anos e estava internada desde dezembro do ano passado, quando o craque usou seu perfil nas redes sociais para pedir orações para a mãe, que teve complicações por conta da doença.

A informação foi publicada pela Rádio Itatiaia, e pelo sobrinho de Ronaldinho e filho de Assis, Diego Assis, que confirmou que a avó “foi descansar”.

Em nota, o Fluminense, onde Ronaldinho teve uma curta passagem em 2015, lamentou o falecimento de Dona Miguelina:

Foto em destaque: Pedro Souza/Atlético-MG

Ex médico do Flu, Victor Favilla, morre em decorrência da Covid-19; clube emite nota de pesar

O ex médico do Fluminense, Dr Victor Favilla, faleceu na manhã deste sábado (20) em decorrência da Covid-19. O médico que trabalhou por 18 anos no clube estava internado há um mês.

Ao longo dos 18 anos de clube, Favilla, que era ortopedista e traumatologista, esteve na coordenação médica do clube nos dois últimos títulos Brasileiros, 2010 e 2012.

O clube informou ainda que fará um minuto de silêncio na partida contra o Santos neste domingo (21). Além disso, o presidente Mário Bittencourt declarou luto de três dias com bandeiras a meio mastro no clube.

Foto em destaque: Fernando Cazaes/Photocamera

Matheus Ferraz realiza novo exame da Covid-19, testa negativo, e está liberado para atuar

O zagueiro Matheus Ferraz, que havia testado positivo para a Covid-19 na última sexta-feira (12), tendo o resultado divulgado no sábado, esteve assintomático e com isso submetido a novos testes, que deram negativo.

De acordo com nota divulgada pelo clube, o zagueiro realizou um segundo teste três dias depois, segunda-feira (15), tendo resultado negativo. Na última quinta-feira (18), realizou um novo teste e, novamente deu negativo, ficando assim liberado para atuar na próximo domingo (21), contra o Santos.

Vale destacar que o exame realizado na última quinta foi válido para a 37° rodada do Campeonato, onde todo elenco e submetido. Sendo assim, além da liberação de Matheus Ferraz, o Flu não teve mais nenhum caso positivo no elenco.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Desfalque! Matheus Ferraz testa positivo para Covid e não enfrenta o Ceará

Sem Nino, lesionado, o técnico Marcão tem mais um desfalque para o duelo contra o Ceará segunda-feira às 18hrs, no Estádio Castelão.

Substituto imediato, Matheus Ferraz testou positivo para Covid e está fora da partida. A tendência é que Frazan seja o titular da posição ao lado de Luccas Claro.

Outras opções para a zaga Tricolor são os jovens Luan Freitas e Higor, já relacionados para jogos na temporada, mas ainda sem estrear pelos profissionais.

Foto: Maílson Santana/FFC

Felippe Cardoso é diagnosticado com a Covid-19 e desfalcará o Fluminense

O Fluminense que já não poderia contar com o atacante Fred, suspenso para a partida contra o Botafogo, ganhou mais uma baixa: o também atacante Felippe Cardoso.

O jogador que disputava com John Kennedy a posição deixada por Fred, testou positivo para a Covid-19 e já cumpre isolamento, desfalcando assim o Fluminense na partida.

Como o tempo de isolamento é de no mínimo 10 dias, Cardoso há está automaticamente fora também do confronto contra o Goiás, no outro domingo (31).

Já o jogo entre Fluminense e Botafogo acontece neste domingo (24), às 20h39, no estádio Nilton Santos.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Gustavo Murínigo testa positivo para a Covid-19 e não treina o Coxa contra o Fluminense

Próximo adversário do Fluminense, o Coritiba sofreu uma baixa para o jogo desta quarta-feira (20): o técnico Gustavo Murínigo, que testou positivo para a Covid-19.

Além do treinador, os auxiliares Roberto Acuña e Martin Paolorosso, e o preparador físico, Gonzalo Llano, também testaram positivo e segundo nota divulgada pelo clube, já estão em isolamento domiciliar

Sem Morínigo, o auxiliar Júlio Sérgio assume interinamente pela terceira vez na temporada. Antes, esteve à frente da equipe nas partidas contra Goiás (derrota) e Athletico (empate).

Coritiba e Fluminense se enfrentam nesta quarta-feira (20), no jogo que está marcado para 20h30, no Couto Pereira.

Foto em destaque: Divulgação/Coritiba

Fluminense tem jogos da Superliga adiados após surto de Covid-19

Em exame realizado na quarta-feira (16/12), cinco atletas e dois membros da comissão técnica do time adulto feminino de vôlei do Fluminense testaram positivo para COVID-19. Com isso, as próximas três partidas do time pela Superliga Banco do Brasil, contra Curitiba Vôlei (19/12), São José dos Pinhais (22/12) e Sesc RJ Flamengo (29/12), foram adiadas. As novas datas para os confrontos ainda serão definidas.

As centrais Fran e Marcella, a oposta Arianne e as levantadoras Giovana e Júlia Parada apresentam sintomas leves e já cumprem quarentena. O técnico Hylmer Dias, que já havia sido detectado com COVID-19 no início do mês, e o analista de desempenho Rafael Rodriguez também testaram positivo e passam bem.

De acordo com o regulamento da competição, a equipe que apresentar quatro jogadoras com COVID-19 simultaneamente, ou duas levantadoras, terá seus jogos adiados durante o período de isolamento social (dez dias para assintomáticos e 14 dias para aquelas que apresentarem sintomas da doença).

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Ex jogador do Flu, Renê Weber morre no Rio, aos 59 anos em decorrência da Covid-19

Renê Weber, que atuou pelo Fluminense na década de 80 faleceu nesta quarta-feira (16), vítima da Covid-19. Ele estava internando desde o início de dezembro, no hospital São Lucas, em Copacabana, zona Sul do Rio de Janeiro.

O ex jogador do Fluminense trabalhou recentemente no Botafogo, quando foi auxiliar técnico de Paulo Autuori, repetindo a dupla de sucesso de 95 quando Autuori e Renê foram campeões Brasileiro com o alvinegro, retornando ao clube este ano, onde trabalhou de fevereiro até 1° de outubro.

Como jogador Renê teve maior sucesso no Fluminense, onde foi campeão Brasileiro (1984) e tricampeão Carioca (1983, 84 e 85).

Foto em destaque: Divulgação

Fluminense lamenta a morte de Paulinho, vocalista do Roupa Nova, que morreu por complicações em decorrência da Covid-19

O Fluminense usou seu perfil oficial nas redes sociais para lamentar o falecimento de Paulinho, vocalista do grupo Roupa Nova, que morreu na noite da última segunda-feira (14) por complicações após contrair a Covid-19.

A própria assessoria da banda confirmou a morte do cantor, que assim como todos os integrantes do Roupa Nova, era declaradamente torcedor do Fluminense. A assessoria confirmou ainda que Paulinho havia contraído a Covid-19, porém, o cantor não estava mais com o vírus no corpo, mas em decorrência do vírus, outros fatores acabaram se “complicando”.

Paulinho foi diagnosticado com coronavírus enquanto se recuperava de um transplante de medula óssea que havia feito em setembro para tratar um linfoma – no procedimento, foram utilizadas as próprias células do paciente, que respondeu bem ao tratamento. No entanto, em novembro, ele precisou ser novamente internado, desta vez com Covid-19. Ele deixa dois filhos: Pepê, baterista da banda Jamz, revelada no programa SuperStar (TV Globo), e a cantora Twigg.

Foto em destaque: Jamile Alves/G1 AM