Tigres-MEX não planeja aumentar proposta por Nino e zagueiro deve seguir no Flu

Depois de ficar perto do adeus, o zagueiro Nino deve seguir no Fluminense para a próxima temporada. A negociação entre o Tricolor e o Tigres-MEX pela transferência do jogador acabou melando por conta de divergência entre Flu e Criciúma e a tendência é que o zagueiro siga no Rio.

Pelo menos, o Tigres-MEX não deve fazer uma nova investida no jogador. Segundo informações do diário As México, o clube não oferecerá mais do que os US$ 5 milhões (cerca de R$ 28,1 milhões na cotação atual) oferecido na primeira investida.

Vale destacar que a negociação estável a vias de ser sacramentada, porém, o Fluminense e Criciúma, que detém 60% e 40% respectivamente dos direitos de não chegaram a um acordo. Nino chegou a aceitar a proposta do clube mexicano, porém, o Fluminense declinou a oferta e a negociação foi encerrada.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Tática Didática: Como joga o Criciúma, adversário do Flu na Copa do Brasil? Confira análise

O Fluminense volta a campo pela Copa do Brasil na noite desta terça-feira (27). O adversário será o Criciúma, no Estádio Heriberto Hülse, em Santa Catarina.

O Criciúma está na terceira colocação do grupo B do Campeonato Brasileiro da Série C. Uma campanha interessante para o time dirigido pelo ex-jogador Paulo Baier.

O time catarinense tem como proposta de jogo ser mais ofensivo. Se organiza, basicamente, num 4-2-3-1, com muitos jogadores chegando à área. A maioria das jogadas acontece pelos lados do campo, em que o ponta, ou lateral, buscam os atacantes e meias dentro da área.

Outro ponto importante é que o time finaliza muito de fora da área. Normalmente, se tiver alguma brecha, os jogadores finalizam. Isso faz com que a responsabilidade defensiva do time adversário aumente. Além de marcar a subida dos laterais, é necessário fechar o espaço para finalização.

No vídeo abaixo, apresentamos mais detalhes deste jogo ofensivo e também quais são os problemas defensivos da equipe. Explicamos também se o jogo do Flu se encaixa contra eles. Assista e responda: Fluminense leva essa?

Após ser anunciado pelo Criciúma, ex Flu, Gum, deve fechar com outro clube

O zagueiro Gum, bi campeão brasileiro com o Fluminense, e que chegou a ser anunciado pelo Criciúma, não vai mais vestir a camisa do clube catarinense em 2020.

O jogador que além de ser anunciado oficialmente, realizou exames médicos e chegou a conversar com toda a comissão técnica para de apresentar ao elenco, acabou declinando do acerto.

Gum recebeu até uma arte de apresentação na última sexta-feira (07). (Foto: Divulgação/Criciúma)

O motivo da reviravolta teria sido uma proposta considerada pelo jogador como mais atrativa, que segundo o portal Globoesporte.com seria o CRB de Alagoas, clube que disputa a Copa do Nordeste e a Série B do Campeonato Brasileiro.

Depois da decisão do jogador em não assinar o vínculo com o Tigre, o clube emitiu uma nota oficial. Confira:

O Criciúma Esporte Clube comunica que desfez o acerto com o zagueiro Gum, que foi anunciado como reforço no sábado (08/02). O jogador chegou à cidade nesta terça-feira (11/02), realizou alguns exames médicos, mas revelou que recebeu uma proposta de outro clube e mostrou-se não estar focado em defender o Criciúma. Por conta disso o jogador foi liberado.
 
O Criciúma quer contar apenas com jogadores que estejam com o pensamento 100% comprometido em defender as cores do clube.

Foto em destaque: Reprodução/NSC

Ex Flu, Gum é anunciado por novo clube

O zagueiro Gum, que atuou por quase 10 anos no Fluminense, está de casa nova para 2020.

O jogador que atuou na Chapecoense, em 2019, quando acabou sendo rebaixado à Série B coma equipe catarinense, acertou com o Criciúma, também de Santa Catarina.

Gum foi anunciado de forma oficial pelo Criciúma, na tarde da última sexta-feira (07).

Considerado ídolo por parte da torcida do Fluminense, Hum conquistou quatro títulos pelo Fluzão, entre eles, os Brasileiros de 2010 e 2012, ambos como titular.

O zagueiro ainda está no top 10 dos jogadores que mais vestiram a camisa tricolor, onde ocupa a oitava colocação, com 414 partidas disputadas, tendo marcado ainda 29 gols.

Fluminense reforça equipe sub-17 com ex-Criciúma

Ex-Criciúma, o meia-atacante Welinton assinou, nessa quinta-feira, contrato de três anos com o Fluminense, que ficou com 70% do passe e deixou o restante com o clube catarinense. A contratação reforça a equipe sub-17, comandada pelo técnico Leonardo Ramos.

— É uma sensação muito boa. Poder chegar em um clube que tem uma história gigante como esta, com a base forte que tem, é muito gratificante. Espero que consigamos escrever coisas legais na base e traçar minha história aqui — disse o jovem, autor do gol do título do Criciúma no Campeonato Catarinense da categoria em 2019.

Empresário do jogador, Leonardo Pereira revelou ter recebido outras propostas e explicou o que levou seu cliente a se tornar um “moleque de Xerém”.

— Welinton tinha recebido proposta de outros clubes da série A, mas decidimos acertar com o Fluminense pela excelente capacidade de formação e desenvolvimento de jovens talentos lá em Xerém. Isso sem falar do alto aproveitamento destes atletas no profissional. Basta olhar para os jogos do Campeonato Carioca e o retrospecto dos últimos anos.

Os garotos se preparam para a disputa do Brasileirão sub-17, que começa no dia 11 de março. A estreia do Tricolor será contra o São Paulo, na casa do adversário.

Publicado por: Nicholas Rodrigues.
Fonte: GloboEsporte.com.

Fluminense compra Nino e aguarda assinatura de contrato de três anos: “Falta acerto salarial”

Para garantir Nino no ano que vem, o Fluminense montou negociação que, além do Criciúma, envolveu o Corinthians, em dívida com o clube carioca. A operação levou à compra de 70% do passe do zagueiro por R$ 5 milhões, dos quais a maior parte será paga pelos alvinegros. O contrato de três anos depende somente de acordo salarial para ser assinado.

— Estamos muito bem encaminhados com o Nino. Havia uma opção de compra por 50% dos direitos. Consegui comprar um percentual maior pelo mesmo valor. A gente negociou, o Criciúma foi cordial e sensato, e já triangulamos uma negociação. Corinthians pagará um pedaço direto ao Criciúma. O contrato da opção de compra deve ser assinado hoje, falta só o acerto salarial com ele. A não ser que tenha uma grande reviravolta, o Nino tem 95% de jogador do Fluminense pelos próximos três anos — explicou o presidente Mário Bittencourt.

Nino chegou às Laranjeiras emprestado pela equipe catarinense, no fim de fevereiro. Fez 50 jogos e um gol e entrou na lista de nomes observados por André Jardine, comandante da seleção olímpica. O jovem de 22 anos, avaliado com potencial de venda, sonha com a disputa das Olimpíadas de Tóquio, em 2020.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: UOL.

De olho em 2020, Fluminense pode contar com ‘ajuda’ do Criciúma para manter Nino

Diante da dificuldade financeira tricolor, diretoria do clube catarinense pode acabar ‘facilitando’ a permanência do zagueiro

Foto: Lucas Merçon / FFC

Além da dúvida em relação à permanência ou não na Série A do Campeonato Brasileiro, outro fator que dificulta a renovação de jogadores no Fluminense é a dificuldade financeira que o clube atravessa. Porém, em meio a incertezas e prognósticos ruins, o Tricolor carioca pode ter final feliz em uma negociação: a do zagueiro Nino.

Emprestado pelo Criciúma até o fim desta temporada, o atleta ainda não sabe qual será seu destino em 2020. O Fluminense já demonstrou total interesse na permanência do jogador, mas como encontra-se sem dinheiro, não conseguiria pagar a quantia de R$ 5 milhões pela compra de seus direitos. Mas esse panorama pode mudar.

Conforme noticiaram os portais Uol e Netflu, o clube catarinense e os detentores dos direitos de Nino podem aceitar o parcelamento dessa quantia, ou então renovar o empréstimo por mais um ano. Um dos nomes mais elogiados na equipe, o zagueiro também já manifestou o desejo de seguir no Fluminense.

Treinando no CT há semanas, Nino é oficializado pelo Fluminense

Após apresentar Léo Santos, emprestado pelo Corinthians, o Fluminense, enfim, confirmou a chegada de mais um zagueiro. Nino, de 21 anos, deixou o Criciúma para assinar empréstimo até dezembro, mesmo prazo do contrato com o Tigre. Destaque na Série B em 2018, o jovem é pedido por Fernando Diniz desde a época em que treinava o Atlético-PR.

Nino vinha trabalhado no CT na Barra há duas semanas. Porém, dependia ainda do acerto de detalhes burocráticos para ser anunciado, o que ocorreu no fim da noite desta quinta-feira. Ele é o 11º reforço contratado pela diretoria para a temporada. Existe o pensamento de que, pelo menos para este semestre, o elenco está fechado. Há, por outro lado, o interesse em Nenê, do São Paulo.

As novidades na defesa eram necessárias em razão das saídas de Ibañez, vendido ao Atalanta-ITA, e Nathan Ribeiro, cedido ao Fortaleza. Além dos titulares Digão e Matheus Ferraz, o técnico tem à disposição Frazan, Paulo Ricardo e os novatos Léo Santos e Nino.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

A caminho do Flu, Nino se despede do Criciúma

Foto: Divulgação/Criciúma

Jogador deve ser emprestado ao Tricolor até o final deste ano.

O zagueiro Nino está muito próximo de ser anunciado como novo reforço do Fluminense.

O jogador que já tem tudo encaminhado para fechar  contrato de empréstimo com o Fluzão até o final deste ano, já se despediu do Criciúma através das redes sociais:

 

Possível saída de Ibanez faz Flu acelerar acordo por Nino

foto: Fernando Ribeiro / Criciúma

O zagueiro Nino, de 22 anos, está muito próximo de ser o mais novo jogador do Fluminense. O zagueiro que pertence ao Criciúma deve assinar o empréstimo de uma temporada com opção de compra ao final com o Tricolor.

O Fluminense já monitora o zagueiro desde o final de dezembro de 2018 e a possível saída de Ibanez ao Atalanta, da Itália, praticamente selou o acordo entre Flu e Criciúma pelo zagueiro.

Contudo, de acordo com informações veiculadas pelo site globoesporte.com, Nino só deve chegar ao Flu na próxima semana. Isso porque, o Criciúma teria solicitado ao Tricolor a permanência do zagueiro até o final do mês de janeiro para ganhar tempo e conseguir as regularizações de Federico Platero, do Liverpool-URU, e Derlan, emprestado pelo próprio Flu para aí sim, liberar o jogador.