fbpx

Após deixar o CSA, Robinho assina com o Vila Nova também por empréstimo

Sem espaço no Fluminense, atacante foi repassado ao clube goiano e irá trabalhar novamente com o treinador Marcelo Cabo

Foto: Lucas Merçon / FFC

Contratado pelo Fluminense após se destacar no Figueirense, Robinho não conseguiu se firmar e passou a colecionar empréstimos. Depois de defender o América-MG no ano passado, o atacante chegou a treinar e a compor o elenco do treinador Fernando Diniz, mas logo foi negociado novamente. Emprestado ao CSA, que também disputa a Série A, disputou apenas nove partidas e marcou dois gols, sendo preterido por Argel Fucks, novo técnico. Com isso, o atleta foi repassado ao Vila Nova para a disputa da Série B.

No Tigre, Robinho reencontrará Marcelo Cabo, com quem trabalhou no CSA na primeira parte da temporada. Foi o treinador que indicou a contratação do atacante. O jogador de 23 anos chega ao clube goiano com o desafio de livrar a equipe da parte de baixo da tabela. Atualmente, o Vila Nova está na 17ª posição com apenas 10 pontos conquistados.

Robinho deixa o Flu rumo ao CSA

Foto: Lucas Merçon/FFC

Atacante não disputou uma partida oficial sequer pelo Tricolor nesta temporada.

O atacante Robinho, de 23 anos foi emprestado pelo Fluminense ao CSA de Alagoas, clube recém promovido a Série A do Brasileirão.

Com poucas oportunidades no Tricolor onde não disputou nenhuma partida oficial sequer neste ano, Robinho chega ao CSA para disputar além do Brasileirão, a Copa do Nordeste e o Campeonato Alagoano.

O jogador foi anunciado pelo próprio CSA, que divulgou o acerto através das redes sociais.

O atacante chegou ao Tricolor após se destacar pelo Figueirense, onde foi artilheiro do clube catarinense na Série B. Contudo, não conseguiu repetir no Flu as boas atuações e chegou a ser emprestado ao América Mineiro na tentativa de recuperar o bom futebol. No entanto, assim como no Flu, foi uma passagem sem brilho.

 

Fora do Flu, Gum ainda aguarda definição de seu futuro

Foto: Léo Corrêa/AP

Zagueiro é o oitavo atleta com maior número de participação pelo clube.

Após nove anos vestindo a camisa do Fluminense, o zagueiro Gum deixou o clube ao final de seu contrato.

Livre no mercado, o jogador teve o nome ligado ao CSA, recém promovido a Série A do futebol brasileiro e, a Chapecoense. Contudo quase dois meses após deixar o Flu, o zagueiro ainda não acertou com uma nova equipe.

De acordo com o repórter Victor Mélo do site Globoesporte.com, o jogador confirmou que já conversou com alguns clubes, mas que ainda não definiu seu futuro e que estaria em oração para tomar a decisão certa.

Ainda de acordo com a reportagem do GE, o jogador ainda segue no radar do CSA e é pauta constante no clube alagoano.

Em nove anos vestindo a camisa do Fluminense, Gum alcançou a marca de oitavo jogador que mais vestiu a camisa Tricolor, com mais de 400 partidas pelo clube. O zagueiro ainda conquistou dois títulos brasileiros (2010 e 2012), além da conquista da Primeira Liga em 2016 e do Campeonato Carioca de 2012

Top