fbpx

Ex técnico do Flu, Cuca recebe alta após internação por Covid-19

O atual técnico do Santos e com passagem marcante pelo Fluminense quando livrou o time do rebaixamento em 2009, Cuca recebeu alta hospitalar nesta segunda-feira (16) após pouco mais de uma semana de internação.

O treinador que foi internando no dia 7 de novembro, após surto de contaminação no elenco do Santos, que contou com quase 20 infecções, contabilizando todo o departamento de futebol.

Cuca no entanto ainda não poderá comandar o Santos de forma imediata e terá de cumprir mais 10 dias de repouso dominciliar antes de retornar ao trablaho.

Vale destacar que além da idade 57 anos, Cuca é considerado na faixa do grupo de risco por conta dos problemas cardíacos apresentados na última temporada.

Foto em destaque: Ivan Storti/Santos

Ex técnico do Flu, Cuca é internando com diagnóstico da Covid-19

Técnico da história arrancada do rebaixamento do Fluminense, Cuca, que dirige atualmente o Santos, foi internado neste sábado (07), com o diagnóstico da Covid-19.

O treinador chegou a ir ao CT Rei Pelé, nesta manhã, quando apresentou os sintomas e recebeu os primeiros atendimentos pelo próprio departamento médico do Peixe, que encaminhou o treinador ao Hospital Beneficência Portuguesa, onde foi internando por se encaixar no grupo de risco devido aos problemas cardíacos que já o fez inclusive dar uma pausa no trabalho com o futebol.

Devido exatamente a esse histórico, o treinador se encontra em estado estável, mas preocupa por conta do histórico de saúde do treinador, que será transferido ao hospital Círio Libanês, na capital paulista.

O Santos emitiu uma nota informado a internação do treinador. Confira:

Boa tarde, pessoal. O técnico Cuca apresentou um quadro de mal-estar e dor de cabeça na manhã deste sábado (7), no CT Rei Pelé.

O Departamento Médico do Santos FC encaminhou o treinador para o hospital Beneficência Portuguesa, em Santos, onde foram realizados exames clínicos, tomografia, e um novo teste de coronavírus.

Cuca testou positivo para Covid-19. O quadro dele é estável, mas por precaução, o técnico será encaminhado para o hospital Sírio Libanês, em São Paulo. O comandante ficará em observação e isolamento.

Foto em destaque: Divulgação/Santos

Torcida homenageia Cuca por arrancada de 2009

O treinador Cuca, que esteve no Maracanã com o Santos no último domingo (26), quando o Peixe foi derrotado por 3 a 1 pelo Tricolor, recebeu uma homenagem de uma organizada do Flu devido a arrancada histórica de 2009.

O treinador que livrou o Flu do rebaixamento daquele ano, quando tinha apenas 1% de chances de escapar, ganhou uma bandeira como homenagem e, um pedido. Confira!

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

“Não merecemos vencer”, declara Cuca após 3 a 1 do Flu sobre Santos

Após vitória do Fluminense sobre o Santos, o técnico Cuca reclamou sobre a arbitragem, mas também admitiu que o time não merecia vencer, confira:

Avaliar a arbitragem é ruim. Não é função minha, mas o lance (do Hudson em Soteldo) era para vermelho, estava a cinco metros de mim. Não adianta passar essa situação para o árbitro de vídeo, é uma sensação que tem que ter no campo. Como ele (Anderson Daronco) teve essa sensação de anular nosso primeiro gol anulado, e não foi nada. Então foi nisso que falei, que foi tudo contra hoje. Se você for buscar o movimento do Arthur (em um dos dois gols anulados), ele para, não faz uma carga. O jogo é de uma disputa de espaço. Se ele não desse falta em nenhum dos lances, passaria. Se desse só no segundo, está bom, o primeiro não. Acho que a arbitragem foi muito ruim, não deixou o jogo fluir, mas ele é bom árbitro. Esteve em um dia ruim, mas não apaga a carreira. Uma excelente pessoa, que esteve num dia ruim – declarou o técnico.

Cuca também falou sobre estar em um dia ruim:

— Assim como tivemos num dia ruim, não merecemos vencer. Mesmo se tivesse sido validado os dois gols. Estivemos num dia ruim, não merecemos vencer.

FOTOS: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.

Cuca participa de bate papo com Alexandre Praetzel e relembra partida contra LDU

Ex-técnico do Flu, Cuca , que comandou arrancada histórica do Time de Guerreiros, livrando equipe do rebaixamento, na última terça feira (5) participou de programa no Esporte Interativo e comentou sobre a partida contra LDU, confira:

Cuca é o preferido, mas Fluminense já trabalha com outros nomes para substituir Oswaldo

Foto: Divulgação/FFC

Mesmo sem a diretoria do Fluminense oficializar a saída de Oswaldo de Oliveira, nomes de outros treinadores já começam a pipocar como possíveis substituto do treinador que deixou o clube após o empate em 1 a 1 com o Santos.

Como apurado pelo Canal Flunews, Alex Estival, o Cuca, é o nome preferido pela direção do Fluminense para assumir a equipe. Porém, os cartolas Tricolores também trabalham com outras alternativas.

De acordo com a repórter do Esporte Interativo, Aline Nastari, Zé Ricardo, recém demitido do Fortaleza e, Lisca, atualmente sem clube, seriam as alternativas a uma possível recusa de Cuca.

Como já foi informado aqui no Canal Flunews, Cuca não só é o favorito, como já foi contactado pela direção do clube e deve dar uma resposta ainda hoje para os cartolas Tricolores.

O salvador de volta? Fluminense já estaria negociando com Cuca para ser o novo técnico

Pouco minutos após a confirmação da demissão do técnico Oswaldo de Oliveira, os bastidores no Fluminense seguem agitados.

Após apuração do Canal Flu News, a informação é de que o clube já negocia no momento com o técnico Cuca, recentemente demitido do São Paulo, para o cargo de novo treinador.

Cuca e Ronaldo Torres no jogo em que salvou o Flu em 2009, no Couto Pereira (Foto: Extra)

Cuca teve seu nome gritado ontem no Maracanã e foi o técnico responsável por salvar o clube do rebaixamento em 2009 em uma campanha heroica, onde o time tinha 99% de chances de cair para a segunda divisão e o treinador conseguiu salvar o tricolor.

Mais informações exclusivas você acompanha aqui no Canal Flu News.

Saudações Tricolores,

João Eduardo Gurgel

Fernando Diniz acerta com São Paulo e substituirá Cuca, pedido por tricolores em jogo no Maracanã

Desempregado desde a demissão do Fluminense, em 19 de agosto, após derrota para o CSA no Maracanã, Fernando Diniz acertou com o São Paulo para substituir Cuca, que pediu dispensa depois de revés para o Goiás, em casa, quarta-feira.

Anunciado quase na madrugada desta quinta, Diniz estreará contra o Flamengo, sábado, em seu retorno ao Maracanã. O reencontro com o ex-time ocorrerá somente em 06 de novembro, no Morumbi. “É um sonho realizado. Estou muito feliz e pronto para este novo desafio na minha carreira. Tenho certeza de que faremos um grande trabalho junto”, disse o treinador aos são-paulinos.

A passagem de Fernando Diniz pelas Laranjeiras começou no fim de janeiro e durou 43 jogos. Ele deixou o Tricolor na 18ª colocação do Brasileirão, com 12 pontos em 45 disputados. Apesar da má campanha, alguns tricolores o queriam de volta ao cargo.

Durante o empate em 1 a 1 entre Flu e Santos, com a pressão sobre Oswaldo de Oliveira e a briga dele com Paulo Henrique Ganso, a torcida chamou pelo nome de Cuca, marcado, principalmente, pela arrancada que livrou o clube do rebaixamento em 2009.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

À espera de resposta de Dorival Júnior, Fluminense sonda Cuca

O elenco se reapresenta em uma semana e, por enquanto, está sem técnico. Com a saída de Abel Braga, o Fluminense avalia o que o mercado tem a oferecer. Depois de as conversas com Zé Ricardo, primeiro alvo, travarem, o foco principal da diretoria se tornou Dorival Júnior, ex-São Paulo e cujo trabalho agrada Pedro Abad. Embora seja tratado como favorito a assumir o time, o treinador, que está resolvendo problemas pessoais em Florianópolis, pediu tempo para tomar uma decisão.

Enquanto aguarda resposta de um, o clube corre atrás de outro. Desempregado desde outubro passado, quando deixou o Palmeiras, Cuca entrou no radar e foi sondado. Mas o contrato com o Grupo Globo e o compromisso de comentar jogos da Copa do Mundo levam o Fluminense a considerar que esta possibilidade é improvável. Cuca comandou o Tricolor em 2008 e 2009/2010. Participou da campanha do time de guerreiros de 2009, que se recuperou no Campeonato Brasileiro e escapou do fantasma do rebaixamento.

Há, ainda, mais um nome ventilado nas Laranjeiras: Guto Ferreira, ex-Bahia. Este, no entanto, não foi procurado. Vale relembrar que o plano é contratar o substituto de Abelão até o dia 26 deste mês.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

 

Top