fbpx

TST nega recurso e mantém Scarpa vinculado ao Flu

Decisão ainda cabe recurso e advogado do meia estuda outras maneiras de recorrer.

O TST (Tribunal Superior do Trabalho), em Brasília, negou o pedido de correição do recurso da defesa de Gustavo Scarpa, permanecendo o jogador vinculado ao Fluminense.

O ministro Lelio Bentes Corrêa, manteve a decisão por entender não ter havido erro ou atos contrários à ordem do processo. Em acórdão da decisão da desembargadora Claudia Regina Vianna Marques afirma que o jogador usou de “má fé” e “oportunismo” com objetivo de “aumentar retorno financeiro na transferência ao ‘economizar’ a multa rescisória”.

A decisão não é definitiva e segue trâmite normal com audiência marcada para o próximo dia 14 de abril, contudo, o advogado de Scarpa, Maurício Corrêa da Veiga, estuda novas maneiras de tentar reverter a decisão.

 

ST,

Douglas Wandekochen

Top