fbpx

Marcelo Oliveira prioriza segurança defensiva em único treino no Uruguai

Com dois gols de vantagem sobre o Defensor, adversário desta quinta-feira, no Uruguai, o Fluminense quer reforçar a defesa para conter as investidas uruguaias. Na tarde de quarta-feira, os relacionados para o jogo foram até o Luis Franzini, palco do duelo que decide o classificado às oitavas-de-final, para fazer o reconhecimento do gramado.

Horas depois, Marcelo Oliveira comandou, na Escola Naval de Montevidéu, uma atividade tática que, segundo ele, priorizou a segurança defensiva. A estratégia definida é proteger Júlio César e, de preferência, marcar gols.

– A conversa que tivemos foi no sentido de mudar o foco. Agora é outra competição. A classificação é muito importante. Mesmo que a gente tivesse vencido o Inter, o jogo é passado. Temos de tirar o aprendizado. O futebol de hoje tem muita marcação e o erro no campo defensivo custa caro. Fizemos um treino nesse sentido para jogar com bastante segurança atrás, mas sem abdicar de atacar. Marcar um gol aqui será importante – afirmou.

Recuperado de dores no tornozelo, Aírton trabalhou normalmente e deve atuar mais tarde, em busca da permanência na Sul-Americana. O rival na próxima fase é o Deportivo Cuenca, do Equador.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

 

Em chegada a Montevidéu, Jádson espera ‘ambiente hostil’ contra o Defensor: ‘Temos de usar nossa vantagem’

Mal deu tempo de lamentar a goleada para o Internacional, por 3 a 0, na segunda-feira. A delegação chegou a Montevidéu, no Uruguai, na tarde desta terça-feira, a dois dias do confronto decisivo contra o Defensor, pela Sul-Americana. No desembarque no hotel onde o grupo ficará hospedado, Jádson explica como usar a derrota no Brasileirão como aprendizado para o mata-mata. 

– Trazemos na bagagem a vontade de deixar para trás a última partida. A gente sabe que não foi bem, mas tem de virar a chave. Temos de ir atrás da classificação para voltarmos ao Brasil felizes motivados – disse.

Há duas semanas, os times se enfrentaram no Maracanã, com o Fluminense vencendo (por 2 a 0, gols de Digão e Sornoza) e abrindo vantagem. O que impressionou foi o comportamento defensivo adotado pelo clube uruguaio na ida. Para Jádson, o perigo está em atuar na casa do rival. 

– A gente imaginava que o jogo no Maracanã fosse com postura defensiva deles. Foi a mesma situação do Potosí, na primeira rodada. Eles jogam praticamente dentro da área pois confiam muito no jogo da volta. Agora, aqui será muito difícil. Eles vão tentar provocar. Vamos encontrar ambiente hostil. Temos de ter tranquilidade e saber usar a nossa vantagem. Temos de fazer o possível para voltarmos classificados – finalizou.

Apesar da torção no tornozelo no duelo com o Colorado, Aírton se recuperou a tempo de integrar a lista de relacionados para este compromisso pela Sula.   Ele sequer mancou ao deixar o ônibus e deve começar jogando. A ideia é que o primeiro treino por lá seja nesta tarde.


Relacionados:

Goleiros: Júlio César e Rodolfo.

Laterais: Gilberto, Ayrton Lucas e Léo.

Zagueiros: Gum, Digão e Ibañez.

Meio-campistas: Airton, Jadson, Richard, Matheus Norton, Sornoza.

Atacantes: Matheus Alessandro, João Carlos, Everaldo, Pablo Dyego, Pedro, Júnior Dutra e Marcos Junior.


Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Com gol olímpico de Sornoza, Fluminense vence retranca e leva vantagem para o Uruguai

A quinta-feira no Maracanã reservou aos 15 mil tricolores um jogo de um time só. Pois era o Fluminense quem buscava o gol, enquanto o Defensor, fazendo jus ao nome, se defendia. Embora com certa demora, a fórmula para sair do 0 a 0 foi encontrada e praticada aos 41′ do segundo tempo. Digão, em cabeceio, e Sornoza, minutos depois, com uma obra-prima que encantou o Brasil, fizeram o 2 a 0.

Desde que a bola rolou, às 21h45, os uruguaios adotaram uma postura que apontava seu objetivo: sair do Rio de Janeiro sem tomar gols. Mas, para tal, foram além da retranca. Fizeram o antijogo. Cera, principalmente, marcou o que foi a atuação do Defensor na ida da segunda fase da Sul-Americana. Só que é o que dizem no futebol: a bola pune.

Houve, inclusive, o absurdo de um deles se jogar fora do campo e voltar engatinhando. Levou amarelo, pelo menos.

Eram nove adversários atrás da linha de meio-campo, com Waterman, o centroavante solitário, tentando desafogar a pressão do Fluminense. Sem sucesso, é claro. Afinal, Júlio César apenas assistiu às investidas tricolores. Marcelo Oliveira, por sua vez, apostou na ofensividade, com três atacantes. Apesar do maior tempo de posse de bola, disparado, o time da casa pouco levou perigo ao gol do Defensor. A chance que, no primeiro tempo, ainda fez a torcida se empolgar foi de autoria de Sornoza, que mal sabia que acabaria o nome da rodada.

Na segunda metade do duelo, a dificuldade em chegar à área rival persistia. A alternativa foi arriscar chutes de longa distância e fazer o goleiro trabalhar. Em um cruzamento, Pedro teve a melhor jogada. Observado por olheiros de Tite na Seleção, o camisa 9 passou em branco, completando quase duas semanas sem marcar, e, quando viu a bola chegar redondinha, tocou para fora.

O próprio Marcelo Oliveira reforçou, nas últimas entrevistas, a importância de levar vantagem para o embate na casa do adversário. E, nos minutos finais, Digão abriu caminho para a vitória. Fez gol em sua centésima partida pelo clube, ao qual retornou neste meio de ano. Para encerrar com chave de ouro, Sornoza, simplesmente, fez um lindíssimo gol olímpico. Talvez o mais bonito do novo Maracanã.

O reencontro entre Fluminense e Defensor é dia 16 de agosto, em Montevidéu. Caso confirme a vaga nas oitavas-de-final, o Tricolor pegará o Deportivo Cuenca, do Equador.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

 

Marcelo Oliveira ganha desfalque importante em dia de jogo pela Sul-Americana 

Daqui a pouco, Fluminense e Defensor se enfrentam, pela Sul-Americana, no Maracanã. Sem Júnior Dutra, com edema na coxa e poupado até do treino desta quarta-feira, Marcelo Oliveira ganhou um desfalque horas antes de a bola rolar. Gilberto, inicialmente relacionado, acusou dores musculares na coxa direita e, cortado da lista no dia do jogo, dará lugar a Léo. 

Examinado na véspera da partida, o jogador até se concentrou com o elenco, segundo o Globoesporte.com. Mas a comissão técnica preferiu resguardá-lo e se precaver de uma possível piora do problema.

Depois da Copa do Mundo, em razão de contusão no tornozelo, o lateral-direito atuou apenas duas vezes: contra o Palmeiras, quarta-feira passada, quando retornou, inclusive, marcando gol, e contra o Ceará. Sábado, tomou o terceiro amarelo e está impedido de atuar neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro, em duelo com o Bahia, no Rio. 

Apesar da quinta-feira chuvosa no estado, a torcida deve comparecer em bom número para assistir à ida da segunda fase da Sula. Até esta tarde, a parcial de ingressos informava 10 mil vendidos, com o setor Leste Superior, o chamado promocional, esgotado há um dia. 

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

 

Na mira da Seleção, Pedro será observado por auxiliares de Tite no Maracanã

Mantido como técnico da Seleção, eliminada da Copa do Mundo nas quartas-de-final, Tite inicia nesta quarta-feira o seu segundo ciclo à frente da ‘Canarinho’. De olho nos destaques de times brasileiros e, especialmente, nas jovens promessas, a comissão técnica se espalhará pelo país para acompanhar os principais jogos deste meio de semana.

Nome do Fluminense na temporada, Pedro, como é sabido, está no radar e pode ganhar chance ainda em 2018, em amistosos. Artilheiro do Campeonato Brasileiro, o centroavante, assunto até durante o Mundial, pela sua ascensão, é, hoje, considerado o melhor camisa 9 de sua geração. Ao Globoesporte.com, ele confirmou a expectativa por uma convocação.

– Estou confiante, sim. Mas tem de continuar fazendo gol, trabalhando firme. A oportunidade vai aparecer na hora certa. É dar o meu melhor e, se acontecer, será um sonho realizado. Essa oportunidade não quero deixar passar de jeito nenhum.

Enquanto Tite estará em Porto Alegre para assistir a Grêmio x Flamengo, pela Copa do Brasil, Matheus Bachi e Fernando Lázaro vão ao Maracanã na quinta-feira para acompanhar o jogo do clube de Laranjeiras contra o Defensor, pela segunda fase da Sul-Americana.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Fluminense x Defensor: ingressos para setor promocional estão esgotados

Como aconteceu na semana passada, contra o Palmeiras, quando o setor promocional estreou, os ingressos a preços mais acessíveis (R$ 10, a meia, e R$ 20, a inteira) esgotaram na véspera do jogo no Maracanã. Desta vez, o torneio e adversário são diferentes: o Fluminense encara o Defensor, às 21h45 desta quinta-feira, pela segunda fase da Sul-Americana.

A única parcial divulgada, no começo da tarde de terça-feira, indica mais de 5 mil bilhetes vendidos. A expectativa é que o público supere os 22 mil que assistiram ao 1 a 0 sobre o Alviverde, pelo Campeonato Brasileiro, e que haja lucro novamente, algo incomum para o clube desde que passou a jogar com mais frequência no principal estádio do país. Para se garantir entre os presentes, basta clicar aqui e conferir todas as informações importantes.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fluminense x Defensor: primeira parcial de ingressos é divulgada

Dois dias antes de encarar o Defensor, pela segunda fase da Sul-Americana, o Fluminense divulgou a primeira parcial de ingressos vendido para a partida, marcada para o Maracanã. Até o começo da tarde desta terça-feira, 5 mil torcedores haviam comprado seus bilhetes. A expectativa é que o número aumente e até supere o público do jogo de quarta-feira passada, contra o Palmeiras, pelo Campeonato Brasil.

Depois de tantos prejuízos no Maraca, parece que a diretoria encontrou a fórmula para ter algum lucro quando atuar por lá. Abre o setor Leste Superior, que requer custos mais baixos, com preços mais acessíveis, de R$ 10 (meia) a R$ 20 (inteira). A promoção estreou na última semana e, graças ao sucesso e ao borderô com ganho de quase R$ 30 mil aos cofres tricolores, foi mantida para o confronto da Sula.

Para garantir presença, é só clicar aqui e ficar por dentro de todas as informações sobre a venda de ingressos.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Júnior Dutra se lesiona e Marcos Jr. pode retornar ao time contra o Defensor

Faz menos de um mês de sua chegada ao Fluminense, mas Júnior Dutra se machucou no sábado, na derrota para o Ceará, e se tornou dúvida para o jogo desta quinta-feira, contra o Defensor, no Maracanã. Ao lado de Digão e Everaldo, ele foi escolhido pela comissão técnica para passar a integrar a lista de inscritos na Sul-Americana.

No jogo em Fortaleza, Dutra alegou incômodo na coxa esquerda, onde exames apontaram um edema. Marcelo Oliveira avaliará se o reforço poderá enfrentar os uruguaios, mas já considera ter de devolver a vaga a Marcos Jr., poupado da 16ª rodada do Campeonato Brasileiro por desgaste físico, ou começar com Everaldo.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Gilberto quer casa cheia na quinta-feira e elogia torcida: ‘Faz a diferença e nos ajuda’

A euforia do Fluminense, que vinha em ascensão no Campeonato Brasileiro, esbarrou na derrota de sábado, para o Ceará, por 1 a 0. O reencontro com a torcida, depois de uma semana, é às 21h45 desta quinta-feira, no Maracanã. Assim como contra o Palmeiras, Gilberto quer casa cheia e enfatiza a importância do apoio para o time.

– O apoio do torcedor nos ajuda. Contra o Palmeiras, a torcida fez a diferença, nos apoiou o jogo todo. Até os jogadores novos puderam sentir o clima. Na Sul-Americana, tem que fazer o melhor resultado possível em casa, pois sabemos que, na casa deles, também vamos sofrer pressão. Espero que o torcedor venha e nos apoie, pois vamos dar o melhor dentro de campo para conseguir o resultado aqui – garantiu.

A tendência é que o clube faça as três alterações permitidas na lista de inscritos no torneio. Enquanto Digão e Júnior Dutra foram garantidos por Marcelo Oliveira, ainda há dúvida quanto ao dono da última vaga. A disputa é entre Everaldo e Luciano, sendo que o primeiro é considerado mais à frente que seu companheiro.

– Muito importante, ainda mais para o treinador, que consegue reforçar a equipe com os jogadores novos que chegaram. Dutra e Digão somam com experiência. Esperamos conseguir um bom resultado na quinta-feira.


Veja outros trechos da entrevista:

Derrota para o Ceará

– Acho até que a gente se entrosou mais rápido do que imaginava. Conseguimos pontos importantes, mas acabou vindo essa primeira derrota depois da parada para a Copa. Mas acredito que foi mais pelo cansaço do jogo de quinta-feira, de já ter que jogar no sábado. Acho que esse foi o que mais pesou.

Mudança de chave

– É a rotina normal do futebol. É um campeonato completamente diferente, contra um time estrangeiro, um outro tipo de competição. Então, tem que esquecer o que passou no sábado, o resultado ruim que a gente teve, e focar totalmente na Sul-Americana.

Troca do 3-5-2 pelo 4-4-2

– A liberdade não é a mesma de quando jogava quase como um ponta, o que favorecia minha parte ofensiva, uma das minhas melhores qualidades. Mas, como lateral, jogar na linha defensiva é bom. Poucas equipes jogam com três zagueiros e, para mim, é importante para estar o mais habituado possível.


Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

 

Com Digão e Júnior Dutra garantidos, Fluminense ainda avalia terceira troca na lista da Sula

Quase três meses depois de se classificar sobre o Nacional de Potosí, o Fluminense volta suas atenções para a Sul-Americana, tratada, assim como em 2017, como objetivo maior na temporada. Às 21h45 desta quinta-feira, enfrenta o Defensor, do Uruguai, no Maracanã, pelo primeiro jogo da segunda fase. Com os cinco reforços e as saídas anunciadas desde a parada para a Copa, é natural que haja mudanças na lista de inscritos no torneio – o regulamento permite três.

Enquanto garante Digão e Júnior Dutra, Marcelo Oliveira disse estar em dúvida sobre quem colocar na terceira vaga, disputada por Luciano e Everaldo. É improvável que Bryan Cabezas seja o escolhido, uma vez que ainda aguarda ser regularizado e precisa recuperar a forma física ideal.

Igualmente ao clube de Laranjeiras, que perdeu para o Ceará, por 1 a 0, o time uruguaio foi derrotado no fim de semana. Reunindo informações sobre o rival e buscando levar vantagem para a segundo partida, marcada para o dia 16 de agosto, o técnico revelou entusiasmo do elenco.

– Conhecemos um pouco do adversário, mas tem uma pessoa da comissão especificamente cuidando disso, de trazer informações. Nesse tipo de competição temos que fazer o resultado em casa. Temos que recuperar fisicamente e o ânimo também. Momento de ajustes, conhecer os jogadores. Estamos com todo o entusiasmo de fazer um grande jogo na quinta-feira.

A tendência é que, apesar do revés no Campeonato Brasileiro, a torcida encha o Maraca, também em razão da continuidade do setor promocional (ingressos a R$ 10, a meia, e R$ 20, a inteira). Os bilhetes para sócios-torcedores estão sendo comercializados desde a tarde de sexta-feira, enquanto a venda para o público-geral começa na manhã desta segunda-feira.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Top