Galo ja têm três desfalques confirmados para enfrentar o Flu pela Copa do Brasil

Fluminense e Atlético-MG decidem uma vaga na semifinal da Copa do Brasil nesta quarta-feira (15), quando se enfrentam no Mineirão, às 19h.

Com a vantagem do empate após ter ganhado o primeiro jogo por 2 a 1 no Rio de Janeiro, o Galo já conta com três desfalques certos para a partida, são eles: o volante Tchê Tchê e o atacante Savarino, ambos lesionados, além do zagueiro Nathan Silva, que já disputou a competição pelo Atlético-GO, não pode entrar em campo por conta do regulamento da competição.

Situação parecida com a de Cazares no Flu. O meia que já jogou pelo Corinthians, não pode defender o Tricolor, que também não deve contar com Nenê, em processo de desligamento do clube.

Foto em destaque: Divulgação/CAM

Desfalques! Fred e André recebem o terceiro amarelo e não enfrentam o Cuiabá na próxima rodada; Martinelli é dúvida

O técnico Marcão tem problemas para escalar o time na próxima rodada contra o Cuiabá na Arena Pantanal. Destaques na vitória por 2 a 1 sobre o São Paulo, André e Fred receberam o terceiro cartão amarelo e são desfalques.

Bobadilla é o provável substituto de Fred, com Abel Hernández correndo por fora. Em grande fase no sub-20, John Kennedy pode aparecer como surpresa. No meio-campo, Wellington e Nonato disputam a vaga de André, caso Martinelli se recupere a tempo da lesão na coxa que o tirou do último jogo. Wallace é outra opção para a posição.

Apesar dos desfalques, Marcão deve ganhar o retorno de Egídio e Gabriel Teixeira, recuperados de lesão.

O Fluminense enfrenta o Cuiabá na próxima segunda (20/9), às 20hrs, na Arena Pantanal. Antes disso, duelo com o Atlético-MG pelo segundo jogo das quartas de final da Copa do Brasil na quarta-feira (15/9), às 19hrs, no Mineirão.

Foto: Lucas Merçon/FFC

Fluminense chega a sete desfalques para jogo contra o São Paulo

A partida entre Fluminense e São Paulo, neste domingo (12), abre o returno do Brasileirão para nas as equipes, que buscam entrar de vez na briga por a vaga na fase de classificação para a Libertadores da próxima temporada.

PaRa chegar a vitória, o Fluminense terá que mostrar a força do seu elenco, visto que tem ao todo sete desfalques, sendo seis deles entregues ao departamento médico.

Lucca, Martinelli, Egídio e Gabriel Teixeira, ficam de fora por conta de questões físicas. Ganso e Hudson, ainda seguem de fora, se recuperando das intervenções cirúrgicas que foram submetidos.

Único desfalque que não entra na estatística médica é Jhon Arias. O colombiano foi liberado na última semana para acompanhar o sepultamento do avó, que faleceu na Colômbia, e ficou de fora de praticamente toda sessão de treinamentos.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Fluminense ganha três desfalques para o jogo contra o América-MG

A delegação Tricolor já está em Minas Gerais, onde enfrenta o Atlético-MG, às 16h deste domingo (08), com uma série de desfalques.

Além dos já lesionados Caio Paulista e Hudson, Bobadilla, com Covid-19 também é desfalque, assim como Nino, que esteve com a seleção brasileira na conquista do ouro olímpico.

Além deles, Roger Machado também não contará com Luiz Henrique, Gabriel Teixeira e Calegari, que sequer viajaram.

Luiz Henrique sentiu dores musculares, enquanto Gabriel Teixeira se acometeu de um forte resfriado. Calegari foi liberado para acompanhar sua esposa em procedimento cirúrgico emergencial por conta de uma apendicite.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Rival Tricolor na próxima rodada da Libertadores, Júnior Barranquilla tem desfalques de peso

Lutando pela sobrevivência na Libertadores, o Júnior Barranquilla, próximo adversário do Fluminense, tem dois desfalques de peso para o duelo no Maracanã. O ponta Hinestroza e o atacante Miguel Borja, artilheiro da Libertadores até aqui com seis gols, levaram o terceiro cartão amarelo no empate por 1 a 1 contra o River Plate na Colômbia e estão suspensos.

Com o resultado ruim contra os argentinos, o Júnior tem 3 pontos em quatro jogos disputados, e ocupa a terceira posição no Grupo D, cinco pontos atrás do Flu. Um empate na próxima rodada contra a equipe colombiana classifica matematicamente o Fluminense para as oitavas de final da competição continental.

Além de Borja e Hinestroza, o Júnior Barranquilla deve seguir sem podar contar com o atacante Téo Gutiérrez, que se recupera de lesão. As equipes voltam a se enfrentar na próxima terça-feira (18/5), às 21:30, no Maracanã.

O Fluminense é o primeiro colocado do Grupo D, com oito pontos conquistados em quatro partidas, dois a mais que o River Plate, segundo da chave.

Foto: Divulgação Júnior Barranquilla

River já tem três desfalques confirmados para enfrentar o Fluminense

O Fluminense já volta suas atenções para o jogo da próxima quinta-feira (22), quando enfrenta o River Plate, da Argentina, pela primeira rodada do grupo D da Libertadores.

O jogo que marca a volta do Flu à maior competição do continente, está marcada para às 19h. O adversário porém, terá problemas na escalação e já conta com três desfalques confirmados para o jogo: o meia Jorge Carrascal e o zagueiro Robert Rojas cumprirão suspensões por terem sido expulsos na semifinal da última temporada, diante do Palmeiras, além do também zagueiro Javier Pinolla, com uma fratura no antebraço direito.

Em contra-partida, Gallardo terá a volta de De la Cruz. O meia deixou o campo sentindo dores musculares na partida do último final de semana, porém, não deve ser problemas para enfrentar o flu.

Assim, o River deve iniciar o jogo no Maracanã com a seguinte escalação: Armani, Montiel, Paulo Díaz, Maidana e Angileri; Palavecino, Enzo Pérez e De La Cruz; Beltrán, Borré y Julián Álvarez.

Foto em destaque: REUTERS/Pilar Olivares

Fluminense divulga lista de relacionados com diversos desfalques

O Fluminense enfrenta o Goiás na noite deste domingo (31), às 20h30, no estádio Nilton Santos, pela 33° rodada do Campeonato Brasileiro.

O Tricolor que busca se consolidar na disputa por uma vaga na Libertadores da Próxima temporada terá uma série de desfalques para a partida, como por exemplo Wellington Silva, negociando com Gamba Osaka, do Japão e, Marcos Paulo, com o Atlético de Madrid, da Espanha, não foram relacionados para a partida.

Quem também ficou de fora foi o meia Michel Araujo. O jogador que já havia ficado de fora da partida contra o Botafogo, volta a desfalcar o time, se recuperando de dores musculares, assim como Ganso, que se recupera de uma cirurgia de apendicite. Felippe Cardoso, com Covid-19, também fica de fora.

Além deles, Yago, que levou o terceiro cartão amarelo contra o Botafogo, também não joga.

O número de ausências abre as portas para mais uma cara nova de Xerém: o atacante Samuel, que já estava de férias após encerramento do Brasileirão de Aspirantes, mas foi chamado para participar dos treinamentos ao longo da semana, sendo relacionado pela primeira vez nos profissionais.

Desfalques! Wellington Silva e Yago levam terceiro amarelo e não jogam contra o Atlético-GO

Sem poder contar com Martinelli (lesionado), Calegari e Luiz Henrique (Seleção Sub-20), o técnico Marcão tem mais dois desfalques para o jogo contra o Atlético-GO na próxima quarta-feira (16/12), às 21:30, no Estádio Antônio Accioly.

Wellington Silva e Yago levaram o terceiro cartão amarelo e estão suspensos da partida. Com isso, Caio Paulista, Lucca e Fernando Pacheco disputam a vaga do atacante. No meio, Yuri, Hudson (que foi substituído na última partida com um mal-estsr) e André lutam por duas posições.

O elenco tricolor se reapresenta na tarde desta segunda-feira no CT Carlos Castilho.

Foto: Lucas Merçon/ FFC

Mais dois: Fluminense confirma novos casos de Covid-19

O Fluminense ainda vem sofrendo com desfalques por conta da Covid-19, que já tirou oito jogadores ao mesmo tempo do elenco Tricolor neste segundo surto que a equipe de Laranjeiras vem atravessando.

Apesar de contar com alguns retornos, Digão, Muriel, Danilo Barcelos ainda seguem de fora e agora, Lucca e o goleiro Pedro Rangel, também testaram positivo e irão desfalcar a equipe de Odair Hellmann.

Assim como nos outros casos, a dupla já entregou em quarentena, onde ficarão por 10 dias em isolamento.

Foto em destaque: Daniel Perpétuo/FFC

Entre Covid-19 e lesionados, Fluminense pode ter até 10 desfalques contra o Bragantino

O Fluminense volta a campo na próxima segunda-feira (30), quando enfrenta o RB Bragantino pela 23° rodada do Campeonato Brasileiro, às 20h, no Maracanã.

E a escalação do time para esta partida vem sendo uma grande dor de cabeça para Odair Hellmann, que pode ter entre jogadores com Covid-19 e lesionados, até 10 desfalques.

Danilo Barcelos, Digão, Muriel, Yuri, Hudson, Michel Araújo, Nino e Egídio, contaminados pelo coronavírus. Os três últimos já foram liberados para voltarem às atividades, mas como não treinaram durante a semana, não devem ser relacionados. Além disso soma-se a eles Fred e Yago, lesionados no tornozelo e joelho respectivamente.

Nesta sexta-feira, Odair começou a esboçar, em atividade no CT Carlos Castilho, o time que pode levar a campo: Marcos Felipe, Calegari, Luccas Claro, Matheus Ferraz e Igor Julião; André, Martinelli e Nenê; Lucca, Wellington Silva e Marcos Paulo. O treinador ainda tem dois treinos, sábado e domingo, para definir a equipe que começar jogando na segunda-feira.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC