fbpx

Com lesão confirmada, Digão não enfrenta o Athletico

Exames realizados na tarde dessa terça-feira confirmaram lesão no músculo posterior da coxa direita de Digão, que saiu machucado nos primeiros minutos do triunfo sobre o Bahia, sábado. Assim, o zagueiro, que se ausentou dos treinos da semana, não enfrentará o Athletico, quinta, no Maracanã, pela 26ª rodada do Brasileirão.

Entregue ao departamento médico, o capitão, provavelmente, será substituído por Frazan. Ainda não há previsão de retorno aos gramados.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

À espera de exame que pode apontar lesão, Digão é dúvida para jogo contra Athletico

Sacado nos primeiros minutos do triunfo sobre o Bahia, sábado, em razão de incômodo no músculo posterior da coxa direita, Digão ainda é dúvida para a 26ª rodada do Brasileirão, quinta-feira, quando o Fluminense duela com o Athletico, no Maracanã.

O zagueiro, com suspeita de lesão, fará exames nessa terça. Confirmada a ausência, Marcão deve optar novamente por Frazan, que substituiu o capitão no jogo passado e contra o Cruzeiro, dessa vez desde o início da partida e por questão contratual.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: GloboEsporte.com.

Expulsão contra o Santos pode render grande gancho à Digão

Foto: Divulgação/FFC

Expulso no empate entre entre Fluminense e Santos por 1 a 1 na noite da última quinta-feira (26) no Maracanã, o zagueiro Digão pode ficar de fora por mais partidas além da suspensão automática.

Capitão Tricolor, o zagueiro pode pegar um grande gancho devido ao fato do árbitro da partida, Wilson Pereira de Sampaio, relatou na súmula do jogo que o atleta do Flu atingiu o adversário sem bola enquanto o jogo já estava parado.

– Motivo: V2.5. Golpear ou tentar golpear um adversário com uso de força excessiva fora da disputa da bola – Expulsei do campo de jogo com cartão vermelho direto, por dar um chute na altura do ombro de seu adversário de número 11 sr. mario sérgio santos costa, com uso de força excessiva enquanto ambos se encontravam no chão após a marcação de uma falta sofrida pelo atleta expulso. informo que o fato ocorreu fora da disputa de bola pois o jogo já se encontrava paralisado no momento do ocorrido – relatou o árbitro

Com isso, Digão pode ser enquadrado no artigo 254-A (Praticar agressão física durante a partida, prova ou equivalente) podendo pegar um gancho de 4 a 12 partidas.

Torcedores se reúnem com jogadores e dirigente para conversa sobre campanha do Fluminense no Brasileirão

Cerca de dez torcedores foram ao CT e comandaram protesto contra a má campanha do Fluminense no Brasileirão, na reapresentação após a derrota por 1 a 0 para o Avaí, no Maracanã. Digão, Nenê, Wellington Nem e Paulo Angioni, dirigente do clube, conversaram com o grupo na entrada da sede de treinos.

O presidente Mário Bittencourt e o vice Celso Barros não estavam no local no momento da reunião. Após o jogo de segunda-feira, tricolores precisaram ser contidos pela segurança ao tentarem invadir o Portão 2, área de onde sai o ônibus da delegação.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: GloboEsporte.com.

Após nova derrota, Digão pede desculpas aos torcedores e diz que Flu ‘não vai desistir’

Capitão tricolor assumiu que elenco não vem retribuindo o apoio da torcida e afirmou que a cobrança em time grande é normal

Foto: Lucas Merçon / FFC

O que já era ruim, piorou. O Fluminense perdeu para o Avaí por 1 a 0 dentro do Maracanã e viu a situação dentro do Campeonato Brasileiro se tornar complicadíssima. O Tricolor segue na 18ª posição, a seis pontos do Cruzeiro, primeira equipe fora da zona de rebaixamento. São 10 derrotas em 16 jogos até aqui no Brasileirão.

Apesar do momento difícil, o capitão Digão destacou que o elenco não vai se desanimar e seguirá trabalhando forte para tirar o Fluminense do Z4. Além disso, o zagueiro pediu desculpas aos torcedores, que mais uma vez foram ao estádio e viram a equipe não corresponder dentro de campo.

“Não vamos baixar a guarda, o campeonato continua. Vamos trabalhar para tirar o Fluminense dessa situação. Time grande é assim, a cobrança vem. Mas a gente não vai desistir. Espero que a torcida continue do nosso lado. Só pedir desculpas a eles. Vêm nos apoiando e não estamos retribuindo”, disse.

Recuperado, Digão deve ser titular contra o Corinthians; veja a provável escalação do Flu para o duelo decisivo

Capitão tricolor ficou de fora da partida de ida, mas já está livre de dores musculares; atacante colombiano, que foi poupado de treinos durante a semana, também vai para o jogo

Foto: Lucas Merçon / FFC

O Fluminense encerrou a preparação para o duelo decisivo contra o Corinthians na última quarta. A partida, válida pelas quartas de final da Copa Sul-Americana, será realizada no Maracanã. A bola rola às 21h30 (de Brasília). Mais de 45 mil ingressos foram vendidos de forma antecipada e a promessa é de casa cheia no Rio de Janeiro. Com o empate em 0 a 0 na semana passada em Itaquera, o Tricolor avança de fase com uma simples vitória. Em caso de nova igualdade sem gols, a decisão vai para os pênaltis.

O jogo marcará a estreia de Oswaldo de Oliveira no comando da equipe. O treinador teve uma semana inteira para trabalhar visando a partida desta quinta (29). De acordo com os treinamentos, apenas uma mudança deve acontecer no time que começou jogando fora de casa. O capitão Digão, recuperado de dores musculares, deve voltar a ser titular no lugar de Frazan. O novo técnico deve manter Wellington Nem no banco, dando mais uma chance ao jovem Marcos Paulo.

Poupado de treinos no CTPA devido ao desgaste, Yony González participou das últimas atividades normalmente e vai para o jogo normalmente. O meia Nenê, titular em Itaquera, deve ser mantido entre os 11 que iniciarão o duelo decisivo. João Pedro, cria de Xerém, começa entre os reservas.

Com isso, a provável escalação do Fluminense é a seguinte: Muriel; Igor Julião, Digão, Nino, Caio Henrique; Allan, Daniel, Paulo Henrique Ganso, Nenê; Marcos Paulo e Yony González.

Veja a lista de relacionados para a partida contra o Corinthians:

Foto: Reprodução

Digão viaja para São Paulo, mas segue como dúvida para duelo contra o Corinthians

Com dores na panturrilha, zagueiro ficou de fora da derrota para o CSA e não treinou com o grupo durante a semana

Foto: Lucas Merçon / FFC

Nesta próxima quinta (22), o Fluminense enfrenta o Corinthians pelo jogo de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana. A bola rola às 21h30 (de Brasília), em Itaquera. Essa será a primeira partida do Tricolor após a demissão de Fernando Diniz. Novo técnico da equipe, Oswaldo de Oliveira estará com o elenco em São Paulo, mas Marcão, auxiliar técnico, será o comandante dentro de campo.

Em uma situação complicada no Campeonato Brasileiro, o Fluminense precisa de um resultado no mínimo satisfatório para melhorar o clima dentro do elenco e principalmente com a torcida. O time embarcou nesta quarta para São Paulo com uma dúvida na escalação. Digão, que ficou de fora na derrota para o CSA por conta de dores na panturrilha, viajou com o grupo mas ainda não tem sua presença confirmada. O zagueiro não treinou durante a semana. Caso ele não esteja apto, Frazan deve ser o substituto.

Julgados pelo STJD, Digão e Frazan estão liberados para enfrentar o Atlético-MG

Enquanto capitão tricolor pegou um jogo de suspensão, que já foi cumprido, jovem zagueiro foi absolvido

Foto: Lucas Merçon / FFC

Nesta sexta-feira (9), Digão e Frazan foram julgados pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pelas expulsões na derrota por 2 a 1 para o Vasco, em São Januário. Enquanto o capitão tricolor foi expulso após receber o segundo amarelo por entrada em Bruno César, o jovem zagueiro levou o vermelho direto por falta cometida em Yago Pikachu. Na ocasião, os atletas do time protestaram bastante contra a punição da arbitragem, principalmente Bruno Silva e Paulo Henrique Ganso.

Os dois zagueiros foram julgados por ‘jogada violenta’ ou ‘ato desleal’. Digão pegou um jogo de suspensão, já cumprido por ter recebido o cartão vermelho. Frazan, por sua vez, foi absolvido. Dessa forma, os dois estão liberados e poderão enfrentar o Atlético-MG, neste sábado (10), às 21h (de Brasília), no Independência. O duelo será válido pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Digão lamenta racismo sofrido por Pablo Dyego no Uruguai: “Isso nos incomoda demais”

Pablo Dyego disse ter sido vítima de racismo, pela primeira vez, no Uruguai, à época do primeiro jogo contra o Peñarol, no fim de julho, pela Sul-Americana. Aos 25 anos e com clubes de EUA, Canadá, Suécia e Polônia no currículo, o atacante afirmou que nunca havia sofrido discriminação racial explicitamente.

– Teve um episódio agora que aconteceu no Uruguai, em que eu sofri racismo, eu e alguns companheiros que também ali estavam. Infelizmente essa é a realidade que a gente vive hoje em dia, em um mundo tão moderno. Me deixa triste, até. Porque nunca tinha sofrido assim, de forma tão explícita, como sofri lá no Uruguai. Mas é levantar a cabeça e não deixar essas coisas ruins marcarem a gente – explicou ao “Saudações Tricolores”.

Em entrevista no Centro de Treinamento nesta quarta-feira, Digão detalhou e revelou a reação do colega ao episódio. O zagueiro passou pelo mesmo problema em solo uruguaio.

– Infelizmente, é uma coisa que dificilmente vai mudar. Eu sofri no ano passado, em um jogo contra o Defensor pela Sul-Americana. Cara ficou provocando o tempo todo. Me chamou do que vocês sabem. Eu fiz um gol e fiz um coração para ele para provocar. É uma coisa que não tem como controlar. Chamaram o Pablo de macaco lá no treino após o jogo. Ele entrou muito triste no vestiário. É algo que a gente não espera. Quero que essas coisas parem. Estamos em 2019. Isso nos incomoda demais.

Em maio, na virada por 5 a 4 sobre o Grêmio, Yony González ouviu falas racistas de gremistas presentes à Arena. Inicialmente condenado a pagar multa de R$ 30 mil, o clube gaúcho recorreu e, no início do mês passado, conseguiu a absolvição.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Ex-companheiro, Digão abre as portas do Flu para Fred: “Que venha ser feliz aqui”

Foto: Ricardo Ayres/Photocamera

Antes mesmo de assumir à presidência do Fluminense, Mário Bittencourt já falava do desejo da volta de Fred ao Tricolor. Fato que parece cada vez mais próximo.

O desejo no entanto, vai além dos torcedores e diretoria, e os próprios jogadores já parecem fazer ‘campanha’ pela volta do ex capitão Tricolor.

Ganso, foi um dos casos. Em sua chegada trocou diversos elogios com o camisa 9 e chegou inclusive a deixar claro a vontade de formar parceria com Fred.

Outro, Digão, que em coletiva nesta quarta-feira, deixou claro a vontade de contar com Fred de volta ao Flu:

– É ídolo do clube, é um ídolo para mim. Se vier, vai ser muito bem recebido. As portas estão abertas. Espero que ele volte. Se ele não estiver feliz lá, que venha ser feliz aqui no Fluminense – disse o atual capitão Tricolor.

Vale ressaltar que Digão já atuou ao lado de Fred não só no Fluminense, como também no Cruzeiro, clube onde o atacante tem contrato até o final de 2020, porém, uma transferência já no início do ano não é descartada.

Fonte: Globoesporte.com

Top